Mês: março 2011



Marialva recebe, hoje, oficina do Diário na Escola

Oficina pedagógica: alia teoria e prática para subsidiar o trabalho do professor

Na noite de hoje, na Escola Municipal Dr. Eurico Jardim, em Marialva, acontece a oficina ‘Imagens, elementos jornalísticos e o trabalho pedagógico’, ministrada pelo professor e coordenador do Diário na Escola, Ricardo Pastoreli.

 

O encontro é voltado para os professores da rede municipal de Marialva, que trabalham com o jornal na sala de aula.

O programa oferece as capacitações nas cidades participantes a fim de facilitar a aquisição de ideias, métodos e práticas sobre o jornal na educação.

 

 

1 Comentário


Jogos: Vilões ou mocinhos?*

Os jogos eletrônicos ou não – podem ser positivos ou negativos; cabe aos pais o papel de escolher, fiscalizar e limitar o uso.

Que os seres humanos aprendem brincando é fato. Se tudo o que aprendem é bom e útil, é questionável. Esse é um dos pontos a levar em consideração quando falamos não somente do brinquedo tradicional, mas principalmente dos jogos eletrônicos. “O brinquedo, enquanto situação de jogo ou objeto, constitui-se em uma oportunidade para que possamos nos desenvolver cognitiva, afetiva e socialmente. Por meio dele, nos deparamos com o desconhecido, com o sofrido, com o agradável…”, explica a psicóloga, mestre e doutoranda em Educação, Sonia Mari Shima Barroco, que dá aulas na UEM – Universidade Estadual de Maringá.

Ela acrescenta que há brinquedos que podem nos fazer sentir acarinhados, protegidos, que nos permitem vivenciar algo que possa estar faltando em nossas vidas e dessa forma realizar desejos e expectativas que na realidade são impossíveis. “Por exemplo, uma criança de 4 anos pode ser uma mamãe, boa ou má – algo impensável pela sua condição biológica, mas realizável numa situação imaginária ou de fantasia. Todo brinquedo envolve regras e fantasias, imaginação, daí sua importância como recurso para o crescimento”, complementa.

A partir disso é possível entender que brinquedos e jogos, e podemos incluir os eletrônicos, podem, em níveis diferentes, ter uma ação educativa. Dependendo da forma como são utilizados, segundo a psicóloga. Cada vez mais cedo as crianças entram em contato com jogos de computador e vídeo games. “Lidar com o universo virtual tem sido requisito do tornar-se humanizado em nossa sociedade. Não lidar com isso ou não se sobressair pode soar como sinônimo de ser menos desenvolvido. O que preocupa é a precocidade com que as crianças adentram tal universo sem a devida mediação de adultos que não têm tempo ou não dominam as novas ferramentas ou brinquedos”, exemplifica Sonia.

Continue lendo

Comente aqui


Biblioteca oferece oficina de poesia

Para comemorar o Dia Internacional do Livro Infantil, no próximo sábado, dois de abril, a Biblioteca Municipal do Centro de Maringá promoverá oficinas de poesia para crianças e adolescentes nas três primeiras sextas-feiras do mês de abril, dia primeiro, oito e 15, das 14h às 16h. Os escritores das produções mais caprichadas, produzidas nas oficinas, serão premiados com cursos completos de redação. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo telefone 3901-1794.

 

Comente aqui


Concurso aborda arte, cultura e prevenção do uso de crack

Para enfrentar um problema social é preciso tratar sobre ele nas diversas esferas, com abordagens que provoquem a reflexão e a percepção acentuada da realidade. A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) promove o concurso com o tema ‘Arte e Cultura na Prevenção do Uso de Crack e Outras Drogas’, voltado para estudantes, amadores e profissionais através das seguintes categorias: cartazes, fotografia, jingle e vídeo. As premiações ocorrem por região para 1º, 2º e 3º colocados. As inscrições vão até 25 de abril. Informações podem ser obtidas em www.senad.gov.br

 

Comente aqui


Hora do planeta acontece hoje

 

Hoje é dia da Hora do Planeta. Ação criada pela Ong WWF Brasil com objetivo de demonstrar a preocupação com as mudanças climáticas. Das 20h30 às 21h30 é hora de deixar todas as luzes apagadas; o primeiro minuto será de reflexão sobre as vítimas da tragédia no Japão. A ideia de chamar a atenção das pessoas para o meio ambiente, através da simbologia de apagar a luz, acontece desde 2007 e objetiva mobilizar, hoje, mais de um bilhão de pessoas pelo mundo! Participe você também e depois conte sua experiência para a gente!

 

 

Comente aqui


Marialva receberá oficina pedagógica de O Diário na Escola na próxima semana

Está agendado para quinta-feira, 31, a oficina intitulada “Imagens, elementos jornalísticos e o trabalho pedagógico”, que acontecerá a partir das 19 horas, na Escola Municipal Dr. Eurico Jardim Dornelles de Barros, em Marialva. O encontro será destinado a todos os professores participantes de “O Diário na Escola” no município e tem como objetivos principais discutir conceitos teóricos sobre Educação e Comunicação; propor o trabalho de leitura apreciativa de imagens e análise dos gêneros textuais presentes no jornal.O segundo momento será destinado à realização de atividades práticas para que sirvam de inspiração para o trabalho interdisciplinar com o jornal em sala de aula.

As confirmações de participação podem ser feitas pelo telefone 3221-6050. Vale lembrar que a oficina é destinada, nesse momento, para os professores de Marialva.

Comente aqui


Atenção, educadores! Não deixem passar em branco o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Todo dia 3 de maio comemora-se o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. Lembrar e participar das discussões sobre esse tema, inclusive nas escolas e universidades, significa valorizar a independência dos veículos de comunicação e homenagear, conforme informa o site da Unesco, os “jornalistas que perderam suas vidas no exercício de suas profissões”.

“O direito à informação é essencial para defender outros direitos fundamentais, para fomentar a transparência, a justiça e o desenvolvimento. Juntamente com o princípio de liberdade de expressão, o direito à informação funciona como apoio à democracia”, informa Irina Bokova, diretora geral da Unesco.

A Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias, WAN-IFRA, e a Associação Nacional de Jornais, ANJ, através do Programa de “Jornal e Educação”, o qual “O Diário na Escola” faz parte, estimulam práticas que incentivem a reflexão sobre o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, inclusive com a produção de jornais escolares sobre o tema.

“O Diário na Escola” também apoia essa data e promove discussões sobre o assunto em encontros pedagógicos destinados a professores e estudantes e através da veiculação de conteúdos jornalísticos para o trabalho nas instituições de ensino.

1 Comentário


Congresso Mundial vai debater Educomunicação

O I Congresso Mundial da Comunicação Ibero-Americana acontece na primeira semana de agosto, no Núcleo de Comunicação e Educação (NCE), da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Um dos temas abordados será Educomunicação, como não podoeria deixar de ser, afinal um dos grandes investigadores da áreas é o coordenador do NCE, Ismar de Oliveira Soares. Outras temáticas de pesquisa também serão representadas através da submissão de trabalhos. As inscrições já estão abertas e seguem até dia 25 de abril. Informações podem ser obtidas aqui

As sessões temáticas:

ST1–Audiovisual(Rádio,Televisão, Cinema)
ST2 – Cibercultura
ST3 – Comunicação Organizacional e Relações Públicas
ST4 – Comunicação Pública da Ciência
ST5 – Economia Política da Comunicação
ST6 – Folkcomunicação
ST7 – História da Mídia
ST8 – Jornalismo
ST9 – Marketing Político e Propaganda
ST10 – Semiótica da Comunicação
ST11 – Epistemologia da Comunicação
ST12 – Políticas de comunicação e cultura
ST13 – Estudos culturais
ST14 – Estudos de audiência
ST15 – Educomunicação
ST 16 – Publicidade e Propaganda

Comente aqui


Boa notícia para os docentes da educação básica

 

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) vai conceder bolsas de mestrado aos professores da educação básica. E, melhor, os educadores vão ter a chance de acumular a bolsa com os salários. Foi o que disse o ministro da Educação, Fernando Haddad, na última segunda-feira.

A portaria foi publicada, ontem, no Diário Oficial da União e a bolsa vai ser concedida a docentes matriculados em cursos de educação a distância da Universidade Aberta do Brasil (UAB), sistema que unifica universidades públicas e oportuniza acesso à população para a formação universitária.

Comente aqui


A reação de uma vítima de bullying

É chocante,  mas não tem como não se perguntar: como chegou a esse ponto?

Considerado por alguns como herói, Casey Heynes, de 15 anos,  não aguentou mais sofrer bullying. Seus pais disseram nem desconfiar do que o garoto sentia ou passava na escola.  No Brasil cerca de 30% dos estudantes já foram vítimas.

Violência gera violência!

 

http://www.youtube.com/watch?v=Tl7zygVnFQY&NR=1

 

 

 

1 Comentário