Atividades com o jornal promovem formação cidadã

Subsidiados pela concessionária VIAPAR, os atendidos da Fundação Isis Bruder – Unidade Champagnat – recebem o jornal toda semana na instituição. “Com a leitura do Diário ficamos ciente do que acontece em nossa cidade e na região, nos informamos também sobre a política do Brasil e as discussões que ocorrem na câmara e CPI dos ministros, o que nos torna mais cidadãos”, conta a aluna Juliana Rafaela.

A orientadora social, Criciely Vieira é uma das educadoras que desenvolve os projetos dentro da sala de aula. “Trabalho com o jornal impresso no intuito de fazer com que crianças e adolescentes atendidos pela Isis Bruder se tornem não apenas parte da sociedade, mas cidadãos critícios que tenham argumento de discussão”. Ela conta também que procura no Diário notícias sobre violência e uso de drogas para alertar os estudantes dos riscos que podem enfrentar nas ruas, “com os mais velhos meu trabalho é focado no lado social da informação e na conscientização”.

Com os pequenos, Criciely realiza dinâmicas com maior entretenimento, em especial trabalhos com a charge. “As crianças ficam encantadas com as imagens e os desenhos que aparecem no jornal, por isso, aproveito do interesse deles por esses conteúdos para desenvolver produções”, relata.

Em uma das semanas em que recebeu o jornal a orientadora teve a ideia de produzir uma cuzadinha a partir das notícias publicadas no Diário. Utilizando da criatividade, para cada palavra da cruzadinha ela fez uma dica que ajudou o estudante a encontrar a resposta dentro das matérias do jornal. A dinâmica foi realizada com os atendidos de seis a 15 anos. “O importante das produções em grupo é que gera competitividade saudável dentro da sala, assim, os alunos ficam mais participativos, e os que terminam primeiro acabam auxiliando os que tem mais dificuldade”, destaca Criciely.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.