campanha



Sete nominados, todos vencedores!

Olá pessoal!

Nós estamos super orgulhosos da participação dos municípios no concurso cultural sobre consciência no trânsito! Nas edições de setembro do Diário, não se fala em outra coisa!

E em meio a toda essa festa, os professores Ricardo Pastoreli e Alethéia Braga continuam levando mais conhecimento aos profissionais da Educação que participam do Programa O Diário na Escola!

Oficinas Pedagógicas

Até a chegada da Prova Brasil, estamos trabalhando com conteúdos que ajudem os professores a preparem os alunos para uma prova tranquila.

Astorga

E na edição do dia 12, os alunos da professora Valéria de Nunes de Jesus, da Escola Municipal Alfredo Sofientini, foram jornalistas por um dia e atingiram um resultado maravilhoso! Parabéns meninos!

Incentivo à leitura

Na mesma edição, nossa coluninha “Bom de Ler” trouxe como sugestão o livro A Árvore que dava dinheiro. O livro fez parte da infância da jornalista Taís Nakakura, repórter do site ODiário.com.

 

Abração!

Equipe O Diário na escola

PS – Para ficar sempre por dentro das nossas ações e enviar sugestões vocês podem acessar o nossa página do Facebook

 

Comente aqui


Saíram os campeões do Concurso Cultural da Semana de Trânsito

Olá pessoal!

 

Tivemos uma semana super movimentada por aqui! No dia 5 de setembro foram selecionados os campeões da 9ª Promoção Cultural Semana Nacional de Trânsito: “Minha escolha faz a diferença no trânsito”.

E como foram os bastidores?

O programa O Diário na Escola recebeu 398 frases de escolas participantes do programa. Na seleção prévia ficaram 60 concorrentes e entre elas, as sete campeãs.

A comissão

Marcelo Bulgarelli (Jornalista da Viapar), Priscila Gomes (Viapar), professora Alethéia Braga Ribeiro, Wilame Prado (editor de cultura do Diário) e Alexandre Gaioto (professor e repórter do Diário), sob a coordenação do professor Ricardo A. Pastoreli.

A comissão que selecionou as frases vencedoras foi formada por jornalistas e professores

Os alunos e professores vencedores serão premiados em breve. Confira os vencedores de 2017:
“Respeite as leis de trânsito e preste atenção no volante, se a vida está difícil, imagine como vive um cadeirante”.
Aluna: Ana Claudia Gonçalves Lemos – 5º ano A
Escola Municipal João Daniel Machado Benetti – Astorga
Professora: Fátima dos Santos Herrera
“No trânsito, sou o resultado das minhas escolhas”.
Aluna: Amanda Caroline dos Santos Neves – 5º ano A
Escola Municipal Amábile Tonetto Pozzobon – Astorga
Professora: Simone Maria Alves dos Santos Rodrigues
“Todos nós vamos cuidar, para no trânsito a vida não terminar”.
Aluno: Marcos V. – 5º ano C
Escola Municipal Mercedes R. Panzeni – Sarandi
Professora: Margarete
“No trânsito vou te falar! Não pode vacilar… Moto, carro, pedestre, bicicleta e circular… Todos têm que colaborar”.
Aluno: Jackson da Silva – 4º ano B
Escola Municipal Olinda Dias Pereira – Sarandi
Professora: Rosângela de Oliveira da Silva
“No trânsito não brinque com a sorte, compartilhe a vida não a morte”.
Aluna: Maria Julia Corsoline Silva – 5º ano
Escola Municipal Messias Barbosa Ferreira – Floresta
Professora: Adriana de Araujo Xavier Pelizer
 
“Na olimpíada da escola corro para ser campeão, no trânsito eu escolho ser ouro em colaboração!”
Aluna: Polyane Rebeca Guedes Pedro – 5º ano B
Escola Municipal Poetisa Cecília Meireles – Sarandi
Professora: Gisele Andreto Candido
“Toda diferença no trânsito começa com você”.
Aluno: Gabriel Ricardo de Andrade – 9º ano
Abrigo Provisório Municipal – Maringá
Professora: Fátima França Paulino
A equipe do Diário na Escola agradece a participação de todos e parabeniza os vencedores. 👏
Fotos: João Paulo Santos
1 Comentário


Pets do Paraná podem ter documento equivalente à certidão de nascimento

Olá Pessoal! Fazer uma pergunta pública no jornalismo é uma ferramenta do Jornalismo chamada enquete. É considerada a forma mais isenta de saber a opinião pública sobre algum assunto. Na última semana, convidamos quem visita a página do O Diário na Escola no Facebook para dizer se registraria ou não um animal de estimação. A certidão se chama PetLegal e é […]

Comente aqui


Vídeo campeão do Prêmio EduCriação Viapar 2016 está on-line

Olá pessoal! Para quem ainda não teve oportunidade de assistir o trabalho que levou o primeiro lugar no Prêmio EduCriação 2016, a equipe da Viapar convida a acessar o canal do concurso. O vídeo “Trombada” é a materialização do projeto do pessoal da Faculdade Alvorada, de Maringá.  O material é educativo e pode ser levado para sala […]

Comente aqui


Saúde bucal para os pequenos

Foto Abre

“Se você não escovar os dentes direito, o bichinho vai fazer um buraco neles.” Desde cedo os pais contam histórias como essa para mostrar a importância de cuidar da saúde bucal. Com toda razão, já que prevenção é a palavra de ordem para quem busca um sorriso perfeito. Especialistas apontam que ela deve começar desde bebê com a limpeza da gengiva e assim que os primeiros dentes começarem a despontar, a criança já deve ir a uma consulta com um odontopediatra.

Pensando nisso, a Legião da Boa Vontade (LBV), em Maringá, ofereceu para as meninas e os meninos que são atendidos pela instituição uma palestra educativa e lúdica ministrada por dentistas da Secretaria de Saúde da cidade sobre como ter um sorriso saudável.

Super atentas, as crianças receberam informações importantes sobre a maneira correta de escovar os dentes e cuidar de toda a boca. “A prevenção é a maneira mais econômica e menos desagradável de cuidar da saúde bucal e com muitas possibilidades de obtenção de resultados satisfatórios”, destacou a Dra. Maristela Yokoyama.

O Projeto Saúde Bucal, da LBV, é desenvolvido em parceria com a Unidade de Saúde do bairro e promove atividades que colaboram para o bem-estar físico e mental dos atendidos, além de promover ações de educação preventiva e curativa, conscientizando-os da importância de manter a dentição e a boca saudáveis.

Após a palestra e demonstrações, as crianças entenderam a maneira correta para a escovação e prevenção de doenças; compreenderam a importância da escovação após as refeições; identificaram os vilões dos dentes; reforçaram a importância da escova, do creme dental e do fio dental na limpeza dos dentes; assim como a relevância dos dentes na alimentação, comunicação e no relacionamento social.

Com escovas e creme dental em mãos, as crianças demostraram tudo que aprenderam. No momento da escovação, as dicas foram colocadas em prática. O atendido Felipe do Carmo de Jesus atento à palestra, disse: “aprendi que devo cuidar dos meus dentes, cuidar para não ter cáries e outras doenças que possam prejudicar minha saúde. A melhor forma de prevenir é fazer uma boa escovação e usar o fio dental. ”

Comente aqui


Copel faz projeto em escolas

Foto AbreAlunos das escolas municipais de Maringá estão recebendo uma visita diferente nas últimas semanas. São eletricistas, leituristas e profissionais administrativos da Copel que vão às salas de aula, de forma voluntária, para levar orientações importantes sobre o uso seguro e eficiente de energia elétrica através do programa educativo Iluminando Gerações.

As crianças aprendem sobre o caminho que a energia percorre desde as usinas geradoras até chegar aos consumidores finais, como ocorre um curto-circuito e quais materiais são condutores de eletricidade. Assim, fica mais fácil entender o porque não se deve soltar pipa com material metálico, ou concluir se é ou não perigoso mudar a temperatura do chuveiro com o equipamento ligado.

A voluntária da Copel, Camila Satiro Fugii está há três anos no projeto e se diz motivada por saber que os estudantes levarão as informações para as pessoas que convivem. “Eles são nossos multiplicadores de orientações de segurança, com isso conseguimos evitar fatalidades, em especial, as que ocorrem na comunidade.”

A colega de trabalho e também voluntária, Vanessa Neves ressalta que as crianças precisam estar atentas aos riscos que envolvem a energia elétrica, pois em boa parte dos casos elas são as vítimas dos acidentes simplesmente por falta de conhecimento.

O aluno, Maycon Armando Bozzi comenta que após assistir a palestra do Iluminando Gerações mudará uma série de atitudes. “Percebi que ações do meu dia-a-dia me deixam em risco, a exemplo das vezes em que uso um pedaço de madeira para tirar fruta da árvore, sendo que bem acima passa uma rede elétrica. Algo que parecia normal para mim, me deixa vulnerável a um choque.”

Para não esquecer as informações recebidas pelos voluntários da Copel as crianças levam para casa um kit com caderno, lápis, régua e uma cartilha com dicas de segurança. A diretora da Escola Municipal Campos Sales, Lucília Tomazini Hoffmeister destaca a importância da atividade para a formação integral dos alunos: “O projeto é de grande valia dentro dos espaços escolares, pois instiga o debate com as crianças, exemplifica com situações vivenciadas no cotidiano delas e ainda ressalta os cuidados que devemos ter com o meio ambiente. Afinal, a energia vem da água.”

Comente aqui


Crianças alertam sobre dengue

Diante do aumento de casos de dengue, zika vírus e de febre chikungunya em várias regiões do Brasil, incluindo o Paraná, as crianças atendidas pela Legião da Boa Vontade, em Maringá, aprendem que ações simples podem prevenir o nascimento do mosquito.

Estamos vivendo um cenário desafiador no combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, que tem causado muitos males. Diante dessa situação, a LBV não ficou de braços cruzados e mobilizou os seus atendidos para uma caminhada de conscientização. A ação teve como principal objetivo alertar a população sobre os perigos da proliferação do mosquito e os riscos que representa à saúde.

Foto Abre 02Antes mesmo da caminhada, a educadora Aparecida Nonato realizou diversas atividades e oficinas para as crianças e adolescentes, orientando-os sobre os cuidados que devem ser tomados para combater o mosquito. “Iniciamos com uma explanação sobre o que é cada um dos vírus que podem ser transmitidos pelo Aedes. Alertei o que é mito e verdade sobre a dengue e então apresentei a notícia do Diário com a manchete, “40 cidades estão em epidemia” para que os atendidos percebessem a importância da prevenção”, destaca Aparecida.

“Quando li a matéria do jornal fiquei bastante triste. São muitas cidades em epidemia, com isso, diversas pessoas são atingidas pela dengue e o que é pior, muita gente pode morrer. A sociedade tem que se conscientizar que somente ela é capaz de destruir de vez o mosquito a partir de atos simples, como colocar o lixo em local apropriado, por exemplo”, ressalta a atendida, Geovana Moraes da Silva..

As crianças e adolescentes receberam um folder da Secretaria de Saúde de Maringá com informações sobre o vírus, com isso tiveram o dever de casa de fazer uma vistoria em sua residência, assim como observar no caminho de casa até a instituição, se havia algum foco do mosquito.

Por fim, os atendidos produziram cartazes e panfletos que foram entregues para a comunidade com dicas de simples atitudes que podem ajudar a eliminar os criadouros do Aedes e realizaram uma caminhada de conscientização no bairro Parque das Grevileas III, intermediações do Centro Comunitário de Assistência Social da LBV.

Geovana espera que com a caminhada que realizaram mais pessoas fiquem atentas e reforcem os cuidados para que consigamos eliminar de vez a dengue, zika vírus e a febre chikungunya. “Vamos dar um basta ao mosquito Aedes aegypti e dar um viva a vida”, comemora.

 

Comente aqui


Prêmio Educriação está com inscrições abertas

O Prêmio Educriação é uma iniciativa da concessionária de rodovias VIAPAR que elege as melhores ideias para a conscientização de segurança no trânsito, segundo os critérios criatividade, originalidade e fidelidade ao briefing. Um prêmio para universitários que cursam Comunicação – jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e afins – ou Marketing. Como o trânsito é um assunto que diretamente envolve a todos, a VIAPAR oferece uma oportunidade para que universitários desenvolvam campanhas criativas e, com isso, contribuam para o esforço de conscientizar a sociedade.

Há premiação para os três primeiros colocados. Um júri formado por pessoas da área da Comunicação e Marketing, representantes da agência de publicidade que atende a VIAPAR, representantes da concessionária e da Associação dos Profissionais em Propaganda (APP) Maringá irão avaliam as mídias outdoor, rádio, jornal e filme publicitário. A campanha é veiculada durante um ano e pode ser um diferencial para os futuros profissionais que terão no currículo um trabalho deste porte para uma grande empresa.

Se você tem uma boa ideia não perca tempo, ela pode ser a próxima produzida pela VIAPAR. Já estão abertas as inscrições para o 6º Educriação. Assim com em anos anteriores, além de receber premiação em dinheiro – o vencedor vai levar para casa o valor de R$ 1.600; o segundo colocado receberá R$ 1.100 e o terceiro R$ 700 – os melhores trabalhos, mais uma vez, vão ter a oportunidade de estampar uma campanha da empresa. As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de maio.

Vencedores 2015

PRÊMIO. Estudantes da Faculdade Assis Gugacz, de Cascavel, venceram a edição do ano passado.

PRÊMIO. Estudantes da Faculdade Assis Gugacz, de Cascavel, venceram a edição do ano passado.

Já estão sendo veiculadas as peças publicitárias vencedoras do 5º Educriação. A ideia da campanha é dos alunos da Faculdade Assis Gurgacz (FAG), de Cascavel, Taciane Ávila, André Salles, Nelson Tavares, Gabrielli Hoffmann e Guilherme Hoffmann, ganhadores da última edição do concurso. Além de estampar a campanha publicitária da concessionária, eles repartiram o prêmio em dinheiro. “Sem sombra de dúvidas é um concurso que vem ganhando cada vez mais importância entre os universitários e academias, além de ser uma oportunidade dos estudantes já terem uma campanha no currículo”, destacou a coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da FAG, Laila Rotter Schmidt, destacando que o Educriação já está inserido no calendário letivo da instituição.

A Lettera Propaganda e Marketing é a agência responsável pela produção dos trabalhos. “Nesta campanha a ideia foi trabalhar com o fator sorte, o qual não pode ser levado em consideração em uma rodovia. A campanha retrata uma ultrapassagem arriscada e entre dois veículos, os quais se envolvem em um acidente frontal com um caminhão. Em meio a essa grave colisão trabalhamos números estatísticos apresentados pela própria concessionária sobre acidentes”, contou a diretora de criação da agência, Moira Haddad. “Foram várias horas de gravação e mais de dez pessoas envolvidas”.

INSCRIÇÕES

Mais informações podem ser obtidas no site http://www.viapar.com.br/educriacao/ ou pelo telefone (44) 3033-6031.

Comente aqui


Água, cuidar para não acabar

No último dia 22 se comemorou o Dia Mundial da Água, mas está é uma data que deve ser lembrada diariamente. Acreditando nisso, a educadora da Legião da Boa Vontade (LBV) de Maringá, Aparecida Nonato desenvolveu uma série de atividades com as crianças e adolescentes atendidos pela instituição, voltadas à preservação e economia desse recurso tão precioso.

“O projeto pedagógico teve por objetivo incentivar os bons hábitos para o uso consciente da água e despertar nos atendidos o alerta de que o cuidado com o meio ambiente é dever de todos os cidadãos”, destaca Aparecida.

A atendida Giovana Heloisa Foque ressalta que apesar de existirem muitos recursos hídricos em nosso planeta, eles não são inesgotáveis. O colega, Kaue Filipe Mattike completa, “temos que cuidar para não deixar lixo na rua e nos canteiros, pois com as chuvas a sujeira entra nos bueiros entupindo eles ou levando a poluição até os rios.”

Foto Abre

A LBV é uma instituição que atua promovendo ações socioambientais, por isso ao longo do ano são realizadas palestras, oficinas lúdicas e atividades práticas sobre a importância em preservar o meio ambiente, fazer a separação do lixo, a reciclagem assim como a economia dos nossos bens naturais.

Nesta proposta da educadora Aparecida, ela iniciou o trabalho pedindo para as crianças uma pesquisa sobre a água, algo bem geral mesmo para que eles conseguissem o máximo de informações possíveis. No encontro seguinte os atendidos assistiram ao filme “Um plano para salvar o planeta” que chama a atenção para o consumo consciente e cuidados com a Terra. Em uma roda de conversa crianças e adolescentes expuseram seus conhecimentos prévios sobre o tema meio ambiente. Em seguida, meninos e meninas fizeram leituras compartilhadas de notícias do jornal O Diário, livros infantis, gibis e outros materiais que discutem o consumo dos recursos naturais.

“Para estimular a prática, e verificar o que aprenderam sobre o tema, solicitei que os atendidos fizessem cartazes com frases de efeito e desenhos a respeito do combate ao desperdício da água”, conta a educadora.

Aparecida também apresentou às crianças e adolescentes a história do Parque do Ingá, talvez o lugar mais próximo à realidade deles onde podem estar em contato com o meio ambiente e ainda oportunizou aos atendidos um passeio ao Parque, para que pudessem ver e aplicar os conteúdos adquiridos.

“O projeto valeu muito a pena! É extremamente importante ver todos envolvidos e conscientes do seu papel na sociedade. São crianças que se preocupam com o futuro e querem um lugar melhor para viver. O resultado foi constatado com a mudança de atitudes e a percepção de que com pequenos cuidados diários podemos ter água saudável disponível para todos e por muito mais tempo”, comemora Aparecida.

 

Comente aqui


Trânsito em 140 caracteres

Alunos e professores que ganharam o concurso promovido pelo Diário na Escola em parceria com a Viapar, receberam seus prêmios na sede da concessionária de rodovias.

Foto Abre

Com o tema “Seja você a mudança no trânsito” os estudantes foram desafiados a criar uma frase criativa e de efeito dentro de 140 caracteres. Para auxiliar o trabalho, os professores debateram o assunto em sala de aula e contribuíram com os bons resultados.

Foram mais de nove mil formulários de inscrições entregues às instituições de ensino parceiras do Diário na Escola, deste número apenas sete frases foram selecionadas como vencedoras.

“Foi uma alegria enorme quando a organização do Concurso me ligou falando sobre o resultado. Eu sabia que eram muitos inscritos e quase não acreditei quando soube que eu era uma das sete vencedoras. Meus colegas de classe também festejaram por mim, pois é o nome da nossa escola que estou representando hoje”, destaca a aluna ganhadora, Camila Buozo do Nascimento.

A professora que também levou prêmio, Nívia Maria de Brito participa do Programa há mais de cinco anos e conta que só no Concurso de frases já é o terceiro aluno dela que tem a frase escolhida. “Quando a gente ganha uma vez, no ano seguinte se esforça ainda mais, pois ter o trabalho reconhecido é extremamente gratificante. Esse prêmio que estou recebendo não é só meu, mas de toda a equipe escolar do município de Astorga que se dedica pela educação das nossas crianças todos os dias.”

Almir Garcia é diretor da Escola Estadual Elvira Balani, de Maringá. A instituição que ele direciona participa do Diário na Escola através do subsídio oferecido pela Viapar. “Eu não pude deixar de vir prestigiar o evento, além de termos uma aluna e professora vencedoras, percebi que este ano o nível das frases melhorou muito, o número de inscritos também foi bastante significativo e nós conseguimos nos destacar entre os ganhadores.”

Rubens Alexandre Soares é pai do aluno vencedor Kevin e esteve na premiação para acompanhar o filho nesse momento tão importante. “O dia de hoje ficará para sempre na memória do Kevin, e na minha também. Estou muito orgulhoso dele, é um menino dedicado em tudo o que faz e, com certeza, esse prêmio vai o motivar a estudar cada vez mais pois os resultados serão sempre positivos.”

“Ter um estudante da rede municipal de Marialva entre os ganhadores nos mostra que o projeto educacional que estamos realizando está no caminho certo. O Diário na Escola tem contribuído muito não só com a formação das crianças, como também dos nossos professores. Agradeço o bom trabalho que o Programa realiza nas escolas, pois oferece a todos nós um conhecimento de mundo e o acesso a um veículo de comunicação que torna alunos e professores cidadãos mais atuantes e críticos”, enfatiza a secretária da educação, Maria Inez Bria.

O prefeito de Ivatuba, Robson Ramos também esteve na cerimônia de premiação contemplando a aluna vencedora Yasmim Vitória de Souza Lima. “Dentre as atividades extracurriculares que temos na escola do município, acredito que as desenvolvidas pelo Diário na Escola são as que mais acrescentam à formação das nossas crianças. Desde o início dessa parceria sentimos uma evolução nos dados educacionais, no nível de aprendizado e na satisfação do aluno em passar mais tempo dentro da escola.”

O assessor de comunicação da Viapar, Marcelo Bulgarelli comenta que é de grande valia o subsídio oferecido aos estudantes do Diário na Escola e a realização da Promoção Cultural da Semana Nacional de Trânsito, que já virou uma tradição. “Estamos plantando as sementes para, em breve, colher bons frutos.”

Comente aqui