TIC



Educaparty: “O telefone celular vai entrar na sala de aula queira ou não o governo”

 

Sugata Mitra aponta as tecnologias da informação e comunicação como aliadas do ensino e aprendizagem

“O telefone celular vai entrar na sala de aula queira ou não o governo”. Essa foi uma afirmação feita pelo educador indiano Sugata Mitra durante encontro exclusivo com professores de diversos estados do país nesta terça-feira, 07, que participam do Educaparty, primeiro evento de educação dentro da Campus Party, realizado pela Fundação TelefônicaVivo entre os dias 07 e 10 de fevereiro de 2012 no Hotel Holiday Inn, no Anhembi Parque, na cidade de São Paulo.

De acordo com Mitra, que é professor da Universidade de Newcastle na Inglaterra, as crianças apresentam dons inatos no desenvolvimento de competências em Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) e quando “envolvidas no experimento não só aprendem a usar computadores de uma forma intuitiva, mas melhoram significamente seu desempenho.” O educador enfatiza a necessidade dos profissionais da educação desenvolverem metodologias para que crianças e adolescentes construam conhecimento a partir das novas tecnologias. O facebook, por exemplo, não vai funcionar para instrução, mas pode ser uma ferramenta para provocar, através da diversão, o interesse pela busca e construção do saber.  Da mesma forma que o celular pode ser um ótimo recurso quando incorporado à prática pedagógica, enfatiza.

O que é o Educaparty – “A 5ª edição da Campus Party Brasil – maior acontecimento tecnológico do mundo nas áreas de inovação, ciência, cultura e entretenimento digital – chega com uma importante novidade para os campuseiros e educadores preocupados com os paradigmas da educação no Século XXI”.

Para hoje, dia 8, estão programados os seguintes debates: Cases-Inclusão Digital e Transformação Sócio-Econômica, Lan Houses e Telecentros como Espaços de Educação, Participação na Era Digital, Digi_Tas; serão oferecidas as oficinas Vídeo de bolso: narrativas audiovisuais com celular (parte 1), Mapas digitais e novas formas de representação do espaço (parte 1) entre outras atividades sugeridas. Amanhã, dia nove, estão programados os debates: Cultura livre e Inovação na Educação, Games na Educação: apertando o start, Ética Digital: uso responsável da web, Inclusão e Mídias Digitais, Celular na educação; e as oficinas Vídeo de bolso: narrativas audiovisuais com celular (parte 2), Mapas digitais e novas formas de representação do espaço (parte 2), Como usar, criar e compartilhar Recursos Educacionais Abertos.

Já para o  último dia do evento, 10, acontecerá o debate Mobilidade digital e educação: a escola para além de seus muros e à tarde dinâmica de encerramento, momento em que os participantes compartilham suas vivências e os aprendizados obtidos durante o encontro.

Os participantes podem escolher livremente as atividades que querem acompanhar.

 

 

 

Comente aqui