trânsito

Viapar instrui crianças

O trânsito já faz parte da vida de todo ser humano, mas a preocupação com ele, aparentemente, só começa quando se resolve tirar a carteira de habilitação. Para contornar essa situação deve se considerar que as escolas são celeiros de futuros motoristas. Afinal, qual a criança que não sonha em dirigir? Por isso, a educação para o trânsito tem começado já nas séries iniciais, aliando teoria e prática.

Os pequenos têm sido orientados para ter um comportamento adequado em relação ao respeito e à segurança exigida nas vias públicas, tanto na condição de pedestre quanto na de passageiro ou até de condutor de bicicletas, por exemplo. Aqueles que usam skates, patins, patinetes e outros brinquedos que promovem a locomoção ainda devem aprender que existem lugares apropriados e seguros para brincar.

Foto AbreImagine uma rodovia ocupada por crianças e cada uma delas interpretando um veículo diferente: automóveis, bicicletas, motos, bombeiro, polícia, ambulância, ônibus e caminhão.

Essa iniciativa inédita agora faz parte da oficina pedagógica da Viapar.  A primeira instituição a participar foi a Escola Municipal Julia Wanderley, de Alto Paraná. Cerca 45 crianças com idades entre nove e dez anos estiveram na Oficina de Trânsito, na sede da concessionária, em Maringá.

Cada uma delas recebeu um colete com um desenho lúdico inspirado em veículos de desenho animado. Algumas fizeram o papel de carros, outras de bicicletas e assim por diante. A ideia consiste em utilizar a própria mini rodovia existente na sede da Viapar com todos os seus personagens automotivos.

“É uma forma de fazer com que as crianças possam entender as regras para cada veículo, sem esquecer que elas também são pedestres. Essa aula lúdica permite que todos os estudantes participem de forma ativa”, explica Priscila Nascimento, coordenadora da Oficina.

A diretora da Escola Municipal Tisuro, de Sarandi, Silvonete Macario Costa conta que a visita a Viapar foi muito importante para a formação dos alunos. “Além de informações teóricas, foram também vivenciadas situações diárias enfrentadas no trânsito e que fizeram os pequenos refletirem sobre os cuidados necessários para a segurança de cada um. No caminho de volta para a escola, eles mostravam as placas de sinalização e alertavam sobre a função delas tanto para os motoristas, como para os pedestres.”

Os estudantes receberam um livreto de conteúdos e atividades que serão trabalhadas em sala de aula pelos professores, e ainda estão participando de um concurso promovido pela concessionária. “As crianças que passam pela oficina, recebem uma folha de desenho. Ali vão reproduzir o que aprenderam sobre o trânsito e sobre a Viapar.

Os desenhos são encaminhados para nós ao longo do ano e ao final, fazemos uma votação da melhor produção, que irá estampar nosso cartão de natal. O aluno vencedor ganha um kit escolar, com mochila, lápis, caneta e uma bicicleta”, ressalta Priscila.

Na Oficina de Trânsito há palestra, lanchinho e aulas práticas na mini-rodovia.  Desde 2002 esta iniciativa vem atendendo mais de quatro mil crianças por ano, contemplando todos os municípios da malha da concessionária e cidades vizinhas.

Comente aqui

Compromisso Social

Com uma parceria consolidada, a concessionária de rodovias Viapar oportuniza a participação de diversas instituições de ensino, sem fins lucrativos, no Programa. Neste ano estão sendo atendidos estudantes de Maringá, Sarandi, Itambé, Floresta e Marialva, tanto do ensino regular, como da educação especial. “Nossa parceria tem o intuito de formar novos leitores. Afinal, a leitura é formadora de cidadania”, destaca o presidente da concessionária, Camilo Carvalho.

Os participantes do Programa recebem o jornal semanalmente para a leitura e o desenvolvimento de atividades, participam de promoções culturais – a exemplo do Concurso de Frases sobre o tema da Semana Nacional de Trânsito, promovido pela Viapar – e os educadores ainda recebem capacitação para saber aproveitar o material no processo de ensino e aprendizagem.

“O Diário é bastante utilizado pelos professores como apoio e complemento de trabalho, além de ser ilustrativo, é uma ferramenta de leitura. Os alunos são os maiores beneficiados com o subsídio oferecido pela concessionária, uma vez que tem acesso a um veículo de comunicação importante, o melhor jornal da região. Vale ressaltar ainda que o hábito de leitura vem sendo aprimorado através deste material. Agradecemos a parceria e o apoio de vocês”, comemora a diretora da Escola Estadual Presidente Arthur da Costa e Silva, de Floresta, Vera Lucia Cavalli Ramos.

A pedagoga e responsável pela Oficina de Trânsito da Viapar, Bruna Santos comenta que com a integração das escolas atendidas pelo Programa foi possível alcançar bons frutos. “O resultado estamos vendo nos cursos onde temos a participação dos professores e na grande procura pelas oficinas. Estamos sempre buscando aperfeiçoar e trazer nosso público escolar pra mais perto, essa é a nossa grande motivação.”

Bruna enfatiza que a empresa é preocupada com a educação e , por isso, busca parcerias que reforcem essa ideia. “O Programa O Diário na Escola, é um desses grandes aliados”, diz.

Foto AbreOficina de Trânsito

Idealizada pela Viapar tem por objetivo educar alunos sobre os direitos e deveres enquanto pedestres e ciclistas, além de informar como transitar com segurança em vias urbanas e rodoviárias, identificar a sinalização usada no trânsito e ensinar noções de cidadania e meio ambiente.

O projeto teve inicio em abril de 2002 e desde então a concessionária recebe alunos de intuições municipais, estaduais e particulares. Desde 2007 o programa conta com a Oficina Itinerante, que se desloca da sede da empresa e leva o projeto às escolas de ensino regular e também instituições sociais.

A concessionária está cadastrando instituições interessadas em participar da Oficina de Trânsito. O agendamento pode ser feito pelo telefone (44) 3033-6000.

Comente aqui

7ª edição do Concurso de Frases

Foto AbreA promoção cultural que já é tradição do Programa irá premiar as sete melhores frases sobre o tema: “Década mundial de ações para a segurança no trânsito – 2011/2020: cidade para as pessoas, proteção e prioridade ao pedestre”. O concurso da Semana Nacional de Trânsito (SNT) é uma realização do Diário na Escola, Viapar e Cooper Card, com o objetivo de conscientizar os estudantes a respeito do cuidado que se deve ter nas ruas, seja como motorista, ou não.

“A parceria com o Programa é um investimento na formação de nossas crianças. E esse concurso é mais uma etapa desse processo. Ficamos felizes em apoiar essa promoção”, destaca o diretor presidente da Viapar, Marcelo Stachow Machado.

Esta é a terceira vez que o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) define os pedestres como tema da SNT. No ano de 2000 o tema escolhido foi “Faixa de Pedestre, a vida pede passagem”, já em 2005 o tema foi “No Trânsito Somos Todos Pedestres”.

“É em pequenos atos que começamos a mudar o mundo. E o Concurso de Frases representa um estímulo para conscientização de nossas crianças sobre a segurança no trânsito”, ressalta o assessor de comunicação da Viapar, Marcelo Bulgarelli.

A Semana Nacional de Trânsito que tem abrangência nacional é um convite à participação de toda a população no esforço para a redução de acidentes. Comemorada entre os dias 18 e 25 de setembro, tem a finalidade de conscientizar a sociedade para que contribua na criação de um ambiente favorável à valorização da vida focando o desenvolvimento de valores, posturas e atitudes, no sentido de garantir o direito de ir e vir dos cidadãos.

Sendo assim, dentro do ambiente escolar a ideia é que, após a discussão e reflexão de notícias e imagens, sejam produzidas frases criativas com no máximo 140 caracteres sobre a temática da SNT. As fichas de inscrição já foram enviadas para as instituições de ensino parceiras do Diário na Escola. O prazo para recebimento das três melhores produções, por turma, vai até 03 de setembro. Neste ano, cada aluno vencedor será contemplado com uma bicicleta.

Mais informações podem ser obtidas com a equipe do Diário na Escola, pelo telefone: (44) 3221-6050.

Comente aqui

Educação no trânsito

ANUNCIO OFICINA DE TRANSITO (2) (1)Com o objetivo de ensinar as crianças sobre as obrigações e os deveres dos pedestres e motoristas, a VIAPAR recebe em sua sede grupos de alunos toda semana para a participação na Oficina de Trânsito.

No auditório da empresa, além de uma pequena palestra sobre segurança no trânsito, os visitantes assistem a vídeos relacionados ao assunto. Em seguida, vão até uma mini-rodovia lá existente, com pistas, placas, semáforo e passarela em tamanho reduzido, construída especialmente para essa finalidade. E ainda conhecem o Centro de Controle e Operações (CCO), um dos mais modernos do País.

Ao final é servido um delicioso lanche, além da entrega de brindes e material informativo.

Caso a instituição de ensino não possa levar os alunos até a sede da VIAPAR, a empresa disponibiliza uma equipe que vai a escola e realiza a Oficina Itinerante com atividades de conscientização sobre o trânsito.

Entre em contato pelo telefone (44) 3033-6000 e agende um horário para a Oficina de Trânsito ou solicite a Oficina Itinerante em sua escola!

1 Comentário

Segurança no trânsito é tema de aula para estudantes de Maringá

abreA educação hoje não está associada apenas ao letramento, mas também a discussões de questões relacionadas às problemáticas do trânsito, buscando conscientização, reflexão e ação, de modo que contribua positivamente na formação dos alunos, atuais pedestres e futuros condutores de veículos.

A professora Aline Romero da Silva leciona para o 4º ano da Escola Municipal Professor Midufo Vada, em Maringá, e desenvolveu uma série de atividades visando alertar as crianças sobre os perigos e cuidados que devem ter nas ruas.

Em sala, os estudantes realizaram leituras, por vários dias, de reportagens sobre acidentes de trânsito publicadas no jornal O Diário. Já no Ambiente Educacional Informatizado (A.E.I) assistiram a três vídeos relacionados ao tema “Álcool, outras drogas e acidentes de trânsito”.

Debates e conversas sobre o assunto também foram realizados, sempre referindo-se aos  malefícios que o álcool causa no organismo das pessoas, bem como no fato de ingerir bebida alcoólica e dirigir.

Em seguida, os alunos leram diversas reportagens no portal “odiario.com” e a que mais chamou a atenção das crianças foi a notícia com a seguinte manchete: “Acidente envolvendo motorista embriagado mata uma pessoa na PR-323, em Cruzeiro do Oeste”.

Aline conta que solicitou aos alunos que escrevessem frases sobre as matérias lidas. “Nos trabalhos encontrei produções ricas em argumentos. Por meio da criatividade, percebi que as crianças foram além da simples informação sobre o assunto”. A exemplo da frase escrita pelo aluno, Eduardo Felipe Boregio Rufino: “Drogas e álcool tiram nosso cérebro da realidade e das atitudes, por isso não assuma o risco de matar. No trânsito não seja negligente e dirija sempre consciente!”

A professora que perdeu os pais em um acidente de carro, no qual o condutor do outro veículo que os atingiu estava embriagado, considera a discussão sobre essa temática de extrema importância. “É minha função, enquanto educadora e cidadã, esclarecer, alertar e conscientizar os estudantes sobre as responsabilidades e as escolhas que fazemos em nossa vida”.

O aluno, Felipe Giollo, destaca que aprendeu muito com as pesquisas na sala de informática e conclui que, “uma pessoa que está alcoolizada e vai dirigir pode perder os sentidos e bater o carro, quando eu ficar adulto não quero cometer esses erros, a valorização da vida tem que estar em primeiro lugar”.

abre 2Especialmente no trabalho referente ao tema segurança no trânsito, Aline observou desde o início grande interesse e envolvimento por parte dos alunos. “Durante as leituras e conversas sobre o tema, eles traziam relatos de fatos ocorridos com a própria família ou pessoas conhecidas. Inclusive, nos dias seguintes as discussões em sala, alguns estudantes contaram que conversaram em casa sobre o assunto e que os pais também argumentaram com eles sobre os malefícios do uso de álcool e drogas”, ressalva.

A educadora acredita que boa parte dos resultados e motivação foram devido à leitura semanal do Diário, que apresenta assuntos que envolvem as crianças, pois trata-se de informações sobre o dia-a-dia, e além disso, proporciona aos alunos contato com uma grande diversidade de gêneros textuais, vocabulários e argumentos.

Produção do aluno, André Periçato Guidi, na busca de conscientizar os motoristas

Produção do aluno, André Periçato Guidi, na busca de conscientizar os motoristas

Comente aqui

Oficina de Trânsito em Lobato

Alunos da rede municipal de ensino de Lobato participaram da Oficina de Trânsito Itinerante da VIAPAR. A concessionária, que é parceira do Diário na Escola, tem por objetivo conscientizar as crianças sobre a segurança no trânsito, e ensina quais as obrigações e os deveres dos pedestres e motoristas.

O prefeito de Lobato, Fábio Chicaroli e a secretária de educação, Fabíola Gazzone Chicaroli também assistiram à palestra. “Educar é uma tarefa constante e diária. Com a educação no trânsito não pode ser diferente, temos que sensibilizar principalmente as crianças para formá-los cidadãos responsáveis, autônomos e comprometidos com a preservação da vida”, enfatiza Fabíola.

Keyke Lemos de Almeida é aluno do 5º ano e conta o que aprendeu na oficina. “A VIAPAR deixa as estradas sinalizadas para evitar acidentes e mortes. Eles têm um caminhão boiadeiro que recolhe os animais da pista, para que não ocorra nenhuma fatalidade. Aprendemos também como andar de forma segura nas calçadas e de bicicleta na rua. Pode ter certeza que vou ensinar isso a muitas pessoas”.

A professora do 5º ano, Elaine Aparecida de Lima ficou feliz com a participação dos estudantes nas discussões da palestra e relata que estão ansiosos pela chegada das carteirinhas de “assistentes do trânsito” para que possam atuar nas ruas de Lobato.

Maria Aparecida Tolotto de Carvalho é diretora da Escola Municipal Elias Abrahão e destaca a importância do Programa. “Através dele podemos inovar as aulas oferecendo algo a mais aos nossos alunos, como a oficina itinerante da VIAPAR”.

A secretária conta que a parceria com o Diário na Escola é fundamental para as crianças que atuam como leitores do jornal, praticando o dialogismo que os textos jornalísticos propõem e construindo o próprio conhecimento. “As crianças gostam, principalmente, quando se identificam com as matérias ou se vêem nelas, quando é citada a cidade ou região, e pessoas que fazem parte do seu dia a dia”.

 

Comente aqui

GANHADORES – Concurso de Frases

O Diário na Escola, em parceria com as Secretarias Municipais de Educação e com a VIAPAR, promoveu o Concurso Cultural de Frases sobre a  Semana Nacional de Trânsito.

O tema neste ano foi: “Álcool, outras drogas e a segurança no trânsito: efeitos, responsabilidades e escolhas.”  Após o trabalho na escola com essa temática, foram produzidas frases criativas e de efeito.

Os autores das sete melhores frases e seus respectivos professores serão premiados no próximo dia 26 de setembro às 14h na sede da VIAPAR e as produções serão veiculadas nas páginas do jornal O Diário, de 18 a 25 de setembro.

Abaixo a lista dos GANHADORES:

ESCOLA MUNICIPAL PIONEIRA JESUÍNA DE JESUS FREITAS – MARINGÁ

Drogas, não use! Elas não vão te fazer bem. Tenha responsabilidade no trânsito preservando a sua vida e a minha também!

Aluna: Maria Eduarda Gama da Costa – 4º ano D

Professora: Maria de Lourdes Salviano

 

ESCOLA MUNICIPAL ÂNGELA VERGÍNIA BORIN – MARINGÁ

Não fique aí parado, o trânsito precisa ser mudado! Diga não ao álcool e dirija com cuidado!

Aluna: Maria Eduarda da Silva – 4º ano A

Professora: Cleonice Aparecida Raphael da Silva

 

ESCOLA MUNICIPAL ANTENOR BALAROTTI – ASTORGA

Motorista, não beba se estiver dirigindo, sou uma criança e estou te corrigindo.

Aluna: Weila da Silva Santos – 5º ano A

Professora: Nivia Maria de Brito de Oliveira

 

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA MARIA CELESTINA MACHADO – ASTORGA

Respeitar a lei do trânsito é ser cidadão. Bebida e direção diga sempre não.

Aluno: Adrian Henrique Teodoro – 5º ano B

Professora: Edna R. dos Santos Coutinho

 

ESCOLA MUNICIPAL AYRES ANICETO DE ANDRADE – SARANDI

Ei pessoal! Preste atenção. Velocidade e álcool não rola não!

Aluna: Ana Paula Santos da Silva – 5º ano D

Professora: Sara Meneghetti

 

ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ POLO – SARANDI

O motorista embriagado se acha o rei da direção, perde os sentidos e os reflexos e se acha o dono da razão. O motorista consciente, respeita a sinalização, dá preferência ao pedestre e nunca bebe na direção.

Aluna: Rebeca Salles Silva – 5º ano B

Professora: Rosemira André Evangelista Leme

 

ESCOLA MUNICIPAL JARDIM PRIMAVERA – SANTA FÉ

Trânsito não é brincadeira se for dirigir, diga não a bebedeira.

Aluna: Maria Eduarda Gasparetto Zancan – 4º ano

Professora: Andréa Conti Checom

Comente aqui

Notícia de acidente choca e desperta conscientização

Os alunos do 5º ano da Escola Municipal Rocha Pombo, de Ourizona, participam do Diário na Escola e trabalham em sala com a leitura do jornal, desta forma podem ter mais conhecimento sobre os fatos que acontecem na região da cidade em que moram.

Em um dos dias de leitura, uma matéria publicada em O Diário chamou a atenção da aluna Ana Clara Nascimento Machado Dias. A notícia ressaltava informações sobre o atropelamento que levou a morte da menina Fabíula, de apenas 12 anos, tragédia ocorrida em 2003 na Avenida Colombo, em Maringá, devido à um racha.

Pensando que ela, Ana Clara, poderia ter sido a vítima, a estudante desenvolveu uma produção textual com o intuito de conscientizar os motoristas sobre os riscos da alta velocidade no trânsito. Confira o trabalho que teve orientação da professora Cícera Aparecida Tassoli.

Comente aqui

VIAPAR realiza oficina na Fundação Isis Bruder

A VIAPAR subsidia cerca de 800 alunos do Diário na Escola que tem a oportunidade de produzir atividades com o jornal semanalmente. Entre as instituições beneficiadas está a Fundação Isis Bruder, com as unidades Vó Tita e Champagnat.

“O jornal é muito legal, eu nunca tinha lido um. Tem coisas tão interessantes, mas o que eu mais gostei foi a foto bem grande na capa e as palavras cruzadas. Vai ser bom trabalhar com o jornal porque a gente faz a leitura, o que nos deixa mais inteligente!”, destaca o aluno da Fundação, Kian Matthew, de nove anos.

Neste mês, as crianças atendidas pela unidade Vó Tita receberam a Oficina de Trânsito da VIAPAR, na qual foi apresentada uma palestra sobre segurança no trânsito, vídeos relacionados ao assunto e distribuição de brindes.

As crianças ainda conheceram as cidades com o trânsito mais e menos seguro, Londres e Índia, respectivamente. As instruções sobre como o pedestre deve andar com segurança na calçada e os diferentes tipos de uso do cinto de segurança, também foram muito válidas.

A oficineira da VIAPAR, Bruna Santos, enfatiza que a experiência na Fundação Isis Bruder foi muito produtiva. “Os alunos foram participativos, e as crianças são nossos multiplicadores no trânsito,  por isso é importante trabalhar a conscientização desde já. Elas que vão cobrar as atitudes corretas do pai, mãe e avós. Além do mais, elas serão nossos condutores no futuro”.

No jornal é possível ver diferentes notícias sobre acidentes de trânsito. Depois do que foi ensinado na oficina da VIAPAR, as crianças terão conhecimento das infrações cometidas e vão compreender de melhor forma os textos publicados, podendo, inclusive, produzir atividades sobre as atitudes erradas no trânsito que levaram à ocorrência do acidente apresentado em alguma matéria.

“O jornal é extremamente válido no nosso dia-a-dia, proporciona às crianças uma nova cultura, algo que eles não tem acesso fora da Fundação. Aliar esse material à educação no trânsito é um despertar muito importante para nossos alunos”, conta a educadora, Marivalda Pereira de Souza.

A gestora da Fundação, Terezinha Naiverth Sezini, destaca que o objetivo da instituição é fazer com que a criança e o adolescente tenham ciência dos seus direitos e deveres. “A informação presente no jornal será decisiva na construção desse cidadão com um perfil mais crítico, não se deixando ser manipulado pela sociedade”.

A Fundação

Instituída em junho de 2001 a Fundação Isis Bruder atende mensalmente mais de 600 crianças, adolescentes, jovens e adultos, com projetos nas áreas de apoio socioeducativo, sociofamiliar, educação, esporte, inclusão digital, entre outros. Atualmente, cerca de 15 voluntários auxiliam no desenvolvimento das oficinas.

As unidades Vó Tita e a Champagnat atendem as faixas etárias de seis à 15 anos, já a unidade Renovo, além das oficinas com as crianças, oferece cursos de trabalhos manuais para adultos, em especial, para as mulheres que são moradoras do Conjunto Santa Felicidade.

A instituição também disponibiliza cursos para jovens que queiram ingressar no mercado de trabalho através do projeto Jovem Aprendiz.

Seja um parceiro da Fundação Isis Bruder e faça a diferença! Você pode ser um voluntário e atuar diretamente nas unidades, um contribuinte mensal para o desenvolvimento dos projetos, ou uma empresa parceira, assim sua contribuição irá melhorar o futuro das crianças e adolescentes da nossa cidade. Para maiores informações entre em contato pelo telefone (44) 3026-1517.

Comente aqui

Concurso de Frases – Semana Nacional do Trânsito

O Diário na Escola, em parceria com as Secretarias Municipais de Educação e com a VIAPAR, convida os profissionais envolvidos no programa a participarem, juntamente com as crianças e adolescentes, do Concurso Cultural de Frases da Semana Nacional de Trânsito.

O tema a ser focado neste ano é “Álcool, outras drogas e a segurança no trânsito: efeitos, responsabilidades e escolhas.”  A intenção é que, após o trabalho na escola com essa temática, sejam produzidas frases criativas e de efeito. Os autores das sete melhores frases e seus respectivos professores serão premiados e essas produções serão veiculadas em O Diário, de 18 a 25 de setembro.

A vigência da promoção é de 15/08/2013 a 05/09/2013. PARTICIPE!

2 Comentários