artigo



Escritos sobre Educomunicação…

Interessante o paranorama trazido pelo site Portal Aprendiz, no artigo “A educomunicação e suas contribuições na educação integral”, escrito pela jornalista Daniele Próspero.

Para se ter uma ideia do número de pessoas envolvidas em projetos que envolvam a Comunicação e a Educação, o artigo explica que “em 2011, mais de 4200 instituições escolares, em 842 cidades, estão desenvolvendo atividades educomunicativas com cerca de 825 mil alunos participantes”.

O Diário na Escola trabalha em 2011 com o jornal na sala de aula de mais de 10 mil alunos, de 116 instituições educacionais. Os resultados destas práticas ressaltam que a Educomunicação tem sido um instrumento de luta para a emancipação dos sujeitos envolvidos.

Abaixo um trecho do artigo “A educomunicação e suas contribuições na educação integral”:

Diante dos novos desafios da sociedade contemporânea, a educação, cada vez mais, precisa ampliar os espaços, tempos e oportunidades educativas, o que busca justamente a promoção de uma educação integral, ou seja, a formação dos alunos nas suas multidimensões. Isso passa, necessariamente, pela possibilidade de converter-se num espaço privilegiado para garantir às novas gerações os conhecimentos e as habilidades indispensáveis, para que se comuniquem com autonomia e autenticidade.

Sendo assim, não há como não falar em comunicação. Essa aproximação entre comunicação e educação se torna essencial. É o que chamamos de educomunicação, ou seja, um conjunto das ações voltadas ao planejamento e implementação de práticas des-tinadas a criar e desenvolver ecossistemas comunicativos abertos e criativos em espaços educativos, garantindo, dessa forma, crescentes possibilidades de expressão a todos os membros das comunidades educativas.

Diversas experiências e práticas educomunicativas têm alcançado resultados im-portantes no processo de aprendizagem das crianças e jovens. Algumas, inclusive, avançaram e se tornaram políticas públicas, como o projeto Educom.radio, em São Pau-lo. O governo federal percebeu o valor da proposta e sua importância para a busca de uma nova educação e inseriu, pela primeira vez, como política pública nacional – no Programa Mais Educação -, o conceito e pressupostos da educomunicação como uma forma de agregar à busca constante por uma educação integral.

Leia completo aqui

 

1 Comentário


Práticas de Educação para a Mídia

Resolvi compartilhar um dos textos do Confibercom – I Congresso Mundial de Comunicação Ibero-Americana – que aconteceu entre os dias 31/07 e 04/08, em São Paulo-SP. Achei interesse o ponto de vista trazido pela Lígia Beatriz de Almeida. Depois vocês me contam o que acharam!!

2 Comentários