desafio



Da sala de aula para a comunidade

Foto AbreA Escola Municipal Dr Eurico Jardim Dornellas de Barros, de Marialva, está em festa. Professoras e estudantes do quinto ano realizaram a entrega dos exemplares do jornal escolar da instituição.

O trabalho realizado em sala teve início com a apresentação da estrutura e organização das páginas do Diário, impresso que as crianças têm contato semanalmente. Na sequência foi proposta a realização de um jornalzinho com a missão de informar parte dos fatos ocorridos na escola.

De forma democrática, o nome do impresso foi escolhido a partir de votação. Várias ideias foram sugeridas e as mais votadas foram: Jornal Estudantil com nove votos e Jornal Escolar com 14. Matheus Reine, votou no título campeão e explicou, “este nome é o que mais se adequa, pois as notícias fazem parte da escola”.

Nas aulas de produção de conteúdo, as professoras Luciana da Silva Biazotto, Ana Carolina Gandolfi Felber e Andréia dos Santos Gallo debateram com suas turmas sobre

a importância de um jornal e quais as possibilidades de desenvolvimento a partir deste trabalho, em cada aluno.

“O jornal traz muitos conteúdos do dia-a-dia, assim estamos sempre bem informados. Eu gostei de trabalhar com o impresso, ainda mais agora que aprendi como usar”, conta o aluno, João Eduardo Contini Bueno.

Entre as notícias em destaque, foram divulgadas as etapas de produção das poesias criadas com matérias do Diário, a serem enviadas para o Concurso do Diário na Escola, “Noticias em Versos”. Como também as atividades realizadas sobre a temática meio ambiente, e a preparação para a festa junina da escola.

“O trabalho realizado com o impresso proporcionou momentos de descontração. Os estudantes puderam ler uma grande variedade de textos que contribuiu tanto no aprendizado, como em produções textuais que enriqueceram o vocabulário de cada criança. Esse projeto é muito importante, pois não deixa o indivíduo alheio perante a sociedade”, destaca a professora Andréia.

As educadoras responsáveis pela produção do material agradecem a família Dr Eurico pela participação da equipe na festa junina que aconteceu no mesmo dia em que o Jornal Escolar foi colocado em circulação.

capa - jornal escolar

Comente aqui


Jornal Escolar é tema de formação

jornalOs professores do Ambiente Educacional Informatizado (AEI) da rede municipal de Maringá têm um grande desafio até o final do ano letivo, a confecção de um jornal escolar para a instituição de ensino em que lecionam. Em seu segundo ano, o projeto tem apresentado ótimos resultados. Com a colaboração das equipes pedagógicas e a participação efetiva dos estudantes nos processos de produção, o trabalho tem caminhado para mais um edição de sucesso.

Com o objetivo de auxiliar os professores nessa tarefa, a jornalista e coordenadora do O Diário na Escola, Loiva Lopes ministrou uma formação para o grupo que está responsável pela realização do jornal escolar. Cerca de 50 educadores participaram do encontro pedagógico que apresentou toda a estrutura do impresso, sugestões de matérias a serem publicadas, opções de jornais temáticos e ainda dicas de diagramação.

“As informações serviram para clarear dúvidas e repensar caminhos, especialmente na separação de cadernos e assuntos”, conta a professora, Sandra Regina D’Antonio. A colega de profissão, Aúdrea Alice da Costa completa, “a formação nos trouxe conhecimentos teóricos e práticos a serem aplicados nas etapas de desenvolvimento e finalização do jornal escolar.”

A assessora de informática educacional Patrícia Gongora destaca que o encontro referente a estrutura do jornal foi positivo e produtivo, pois oportunizou uma interação dinâmica e construtiva com subsídios para se obter bons resultados no desenvolvimento da prática pedagógica.

“A proposta referente ao jornal escolar desenvolvido no (AEI) desempenha um papel fundamental, aproximando os alunos da leitura e da escrita, desenvolvendo o senso crítico deles e possibilitando a inserção como cidadão no convívio social da escola e da comunidade, por meio da publicação de suas matérias. Além disso, propicia à crianças o conhecimento dos princípios de responsabilidade, autonomia, criatividade e respeito”, enfatiza a também assessora de informática, Sandra Mara Milak.

Comente aqui