dia do circo



Circo: uma verdadeira escola

Foto Abre

O circo nunca perde o seu encanto. Quer uma prova? Pergunte a qualquer menina ou menino atendido pela Legião da Boa Vontade (LBV) em Maringá. Recentemente, os participantes do programa “Criança: Futuro no Presente!” conheceram e vivenciaram o incrível mundo circense durante a oficina “Corpo e Movimento”.

Com o objetivo de desenvolver nas crianças, através de atividades lúdicas e pedagógicas, o desejo de conhecer e valorizar a arte circense, diversas atividades foram realizadas. Além de aguçar o imaginário dos pequenos, o projeto ainda teve foco no respeito e nas diferenças de todas as pessoas, povos e linguagens seja ela corporal, musical, plástica ou oral, levando a criança a expressar suas ideias, sentimentos, necessidades e desejos e, com isso, avançando o seu processo de aprendizagem.

A educadora social, Soraia Camila de Andrade Jardim conta que o tema foi apresentado às crianças por meio de uma dinâmica que consistia em uma brincadeira de adivinhação para que aos poucos elas conseguissem descobrir qual era a atividade proposta. Após o tema ser revelado, a educadora apresentou a história do surgimento do circo no mundo e no Brasil.

A participação dos pequenos, contudo, não se resumiu a história do Circo. Eles participaram ativamente do projeto colaborando inclusive na confecção dos materiais usados no espetáculo. Durante a oficina prática, as crianças conheceram a fundo sobre o malabarismo, para isso, elas confeccionaram bolinhas e utilizando garrafas pets e cabo de vassoura, produziram as claves de malabares.

Em seguida, com tinta facial e roupas coloridas, os atendidos se caracterizaram de palhaços e compartilharam a alegria que esses personagens transmitem em seus espetáculos. A acrobacia também foi tema das atividades. Trabalhando o equilibro, as crianças andaram sobre a corda segurando um cabo de vassoura na mão. Além disso, com um palito de churrasco aprenderam a equilibrar um prato descartável.

“A atividade das figuras acrobáticas foi bem dinâmica, um trabalho em equipe. Se um desiquilibra o restante do grupo não consegue montar a figura. Com paciência foi possível fazer várias. Eu adorei”, enfatiza a pequena, Júlia Vitória de Souza Rodrigues.

“Confeccionamos equipamentos e materiais para aplicar a atividade sempre atentos à segurança e proteção. Essa oficina proporcionou nas crianças a relação entre a arte e a atividade física, e em poucas horas muitas emoções e sentimentos foram compartilhados. Elas foram estimuladas à criatividade que oportunizou grandes descobertas”, aponta Soraia.

Ao final do projeto os atendidos da LBV participaram do espetáculo “O Mundo Mágico do Circo”, onde meninos e meninas foram os protagonistas e apresentaram a seus colegas tudo o que aprenderam sobre a arte circense.

“Através do brincar a criança desenvolve as áreas do conhecimento, além de estimular a curiosidade, a autoconfiança e a autonomia, pois os instrumentos que foram utilizados como suporte para a oficina, ajudaram no aspecto físico, social, intelectual ou emocional, buscando proporcionar assim o seu desenvolvimento integral”, ressalta assessora da LBV, Vania Carla de Melo Barros.

Comente aqui


Dias de comemoração

Ontem foram celebrados o Dia do Teatro e o Dia do Circo, e no próximo domingo (31) vamos comemorar a Páscoa. Mas você sabe por quê esses dias são considerados especiais? Na página de hoje você vai conhecer um pouco mais sobre cada um deles.

Dia do Teatro

Você já foi ao teatro? Se foi, sabe o quanto é grandiosa essa arte milenar. Se não foi, ainda está em tempo de conhecer a arte que nasceu da necessidade em se comunicar. Os primeiros atores a encenar peças foram os gregos, mas apenas os homens faziam parte das apresentações. Eles montavam espetáculos com cenários, figurinos e utilizavam máscaras para fazer os papeis femininos. E foi assim que nasceram todas as outras formas de teatro que conhecemos hoje, e que tanto atrai o olhar do público, assim como o teatro de fantoches, de bonecos, de rua, os musicais, as óperas e diversos outros que nos emocionam com lindas histórias ou até mesmo nos fazem rir, no caso das comédias.

Dia do Circo

O Dia do Circo foi criado em homenagem ao palhaço brasileiro Piolin, que nasceu dia 27 de março de 1897, na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

Você sabia que as primeiras tentativas de apresentações em circo vieram da China? Lá a monarquia se divertia com a apresentação dos contorcionistas e equilibristas.

O mundo mágico dos circos é feito pelos divertidos e simpáticos palhaços, malabaristas e suas manobras arriscadas, mulher borracha, atirador de facas, mágicos, adestradores de animais e trapezistas.

Os palhaços ficam encarregados de proporcionarem muitas gargalhadas ao público. Para ser um deles, é preciso vocação e gostar de interagir com as pessoas, pois só assim irão transmitir alegria e entusiasmo a todos que estão assistindo ao espetáculo.

O mágico é o que chama mais a atenção de todos na plateia. Executa números curiosos de ilusionismo prendendo a atenção dos espectadores.

Se você nunca foi ao circo, quando puder, conheça este mundo de diversão e magia!

Páscoa

Data em que se comemora a ressurreição de Cristo. A palavra Páscoa vem do hebreu “pessach” que significa passagem, a passagem da morte para a vida eterna, da escravidão para a liberdade, das trevas para a luz.

O ovo tornou-se símbolo da vida em razão da sua capacidade vitalícia. De dentro de uma casquinha tão frágil nasce um ser vivo.

Os ovos de chocolate foram criados no século XX. Desde a antiguidade vários povos consideravam o chocolate um “alimento sagrado”.

O coelho simboliza a fertilidade, já que é um animal que tem muitos filhotes de uma só vez, e fertilidade simboliza vida, nascimento.
No Brasil e na América Latina as crianças costumam preparar um cantinho que se assemelhe a um ninho e enfeitá-lo com palha, papel picado para que na madrugada da Páscoa o “coelhinho” passe por lá e deixe um ovinho de chocolate.
Geralmente esta data comemorativa é celebrada em abril, mas como ocorre 47 dias depois do carnaval, às vezes é em março, como vai acontecer neste ano.

A forma de comemorar a Páscoa pode ser diferente em diversos lugares do mundo, mas o importante é não esquecermos o significado dela.

Comente aqui


Poemas para ler e brincar

A Escola Municipal Professor Domingos Laudenir Vitorino, Itambé/ PR, desenvolveu em 2011 a 5ª edição do livro “Poemas para ler e brincar”, no qual os alunos da instituição escreveram poemas e acrósticos sobre o que o espetáculo circense marcou na vida de cada um. Relembrando o Dia do Circo que foi tema da coluna de O Diário na Escola na semana passada, veja algumas das produções que fazem parte do livro:

     

Comente aqui