O Diário na Escola



SEJAM BEM-VINDOS

Recebemos muitas informações diariamente, que podem ser vindas do impresso, da TV, internet, rádio, celulares, etc. Com tanto avanço tecnológico, os meios de comunicação estão cada vez mais presentes na vida das pessoas. Por isso, a escola não pode deixar de lado este fato, cabe a ela trabalhar os conteúdos de forma crítica diante das versões mediadas.

A partir de hoje os alunos das instituições parceiras do Diário na Escola irão receber semanalmente o jornal na sala de aula. Assim, o estudante terá acesso à uma leitura diversificada, com diferentes conteúdos e linguagens, proporcionando o desenvolvimento de um processo de aprendizagem mais dinâmico e criativo, e estimulando a construção da cidadania em toda a comunidade escolar.

Na prática do ensino os professores buscam inúmeras formas e técnicas de trabalhar um determinado conteúdo, com a finalidade de facilitar o conhecimento para o aluno, propiciando um aprendizado ideal para a formação intelectual e cognitiva do mesmo.

O trabalho com o jornal, além de ampliar o universo dos alunos, ajuda a formar leitores competentes e torna as aulas mais interessantes, as atividades realizadas em conjunto dos recursos que a comunicação oferece, juntamente com tabelas, gráficos e assunto que exploram a interdisciplinariedade e a multidisciplinaridade são fundamentais na educação.

Os jornais são uma fonte respeitada para pesquisa e para a obtenção de informação sobre o mundo atual. O veículo se modernizou e passou por reestruturações gráficas e editoriais para proporcionar uma leitura mais agradável de seu conteúdo.

 

Em entrevista para a Revista Nova Escola, a escritora e professora aposentada da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Maria Alice Faria, explica que o contexto da edição e da publicação traz informações importantes, que são ocultadas quando se destaca apenas um pedaço. “O professor deve levar jornais inteiros para a sala de aula, mesmo que antigos, pois nem todos os alunos têm acesso a ele ou intimidade com esse meio de comunicação”, completa.

E para auxiliar neste trabalho, o Diário na Escola estará com vocês durante todo este ano. Juntos, vamos refletir sobre a atualidade, tornando o aluno um ser ativo e consequentemente participativo da realidade social em que está inserido.

Comente aqui


É DIA DE FESTA!

VAMOS COMEMORAR!

O DIÁRIO NA ESCOLA ESTÁ COMPLETANTO 12 ANOS!!!

Muito obrigado a todos vocês que acreditam no Programa, que de alguma forma nos ajudam a conquistar todos os dias, novos desafios. São 12 anos proporcionando o hábito da leitura e desenvolvendo o senso crítico nas nossas crianças e adolescentes!
PARABÉNS!

Comente aqui


HQs: Crianças refletem sobre problemas sociais

Conheça as Histórias em Quadrinhos vencedoras do 7ª Concurso Cultural de Gibi. Os alunos, após a leitura de matérias jornalísticas, veiculadas no jornal no período da promoção (de 10 de setembro a 10 de outubro), produziram os trabalhos. Foram mais de 350 HQs enviadas à equipe do Diário na Escola. Sendo três vencedores na categoria escolas da rede municipal de Maringá; três vencedores das escolas da região e um vencedor na categoria escolas apoiadas pela Concessionária de Rodovias, Viapar. As premiações foram feitas aos alunos e seus professores nas escolas. Familiares das crianças vencedoras, professores de diversas áreas, alunos e secretários municipais da educação acompanharam as entregas de prêmios. As principais temáticas abordadas foram: violência, abuso sexual, pedofilia, abandono de animais, pichação, direção e bebida alcoólica, destruição da natureza etc.

A seguir as Histórias em Quadrinhos vencedoras. Foram três etapas de seleção: a primeira feita pela equipe do Diário na Escola; a segunda pela professora Ms. Maisa Cardoso, que ministrou a oficina de capacitação aos professores para esse concurso cultural e, por fim, a jornalista e professora Ms. Cristiane Parente, coordenadora dos Programas de Jornal e Educação, da Associação Nacional de Jornais, PJE/ANJ, definiu os sete vencedores.

Clique na imagem para ampliá-la.

Categoria escolas municipais de Maringá:

1º lugar:

 

 

 

 

 

2º lugar:

 

 

 

 

 

3º lugar:

 

 

 

 

 

Categoria escolas municipais da Região:

1º lugar:

 

 

 

 

 

2º lugar:

 

 

 

 

 

3º lugar:

 

 

 

 

 

Categoria Viapar:

Comente aqui


Promoção Cultural Semana Nacional de Trânsito

O Diário na Escola, em parceria com as secretarias municipais da educação de Maringá e região e com a VIAPAR, convida a todos os professores do programa a participarem, juntamente com as crianças e adolescentes, da Promoção Cultural Semana Nacional de Trânsito (Concurso de frases), que tem como objetivo discutir questões relacionadas às problemáticas do trânsito, em busca de reflexão, conscientização e ação. O tema a ser focado neste ano é a velocidade. A intenção é que, após o trabalho na escola com essa temática, sejam produzidas frases criativas e de efeito. Os autores das sete melhores frases e seus respectivos professores serão premiados e essas produções serão veiculadas em O Diário, de 18 a 25 de setembro, coincidindo, assim, com a Semana Nacional de Trânsito.

“Atualmente cerca de 2 milhões de pessoas morrem por ano, vítimas da violência no trânsito, e o número de feridos é ainda mais alarmante. Levando em conta que dois dos principais fatores que influenciam no crescimento da taxa de mortalidade no trânsito são a relação “comportamento e segurança dos usuários” e o excesso de velocidade, e os relatórios internacionais sobre acidentes de trânsito, o Contran definiu o tema da Semana Nacional de Trânsito 2012 como: “Década Mundial de Ações para a Segurança do Trânsito – 2011/2020: Não exceda a Velocidade, Preserve a Vida”, enfatiza Júlio Ferraz Arcoverde, presidente do Contran e diretor do Denatran, no site oficial do Detran – Departamento Nacional de Trânsito.

Confiram o regulamento, atentem-se ao prazo e participem!

REGULAMENTO – Promoção Cultural Semana Nacional de Trânsito

1 – Todo aluno cadastrado no Programa Educacional O Diário na Escola poderá participar da Promoção Cultural Semana Nacional de Trânsito, que acontecerá entre os dias 20 (vinte) de agosto e 10 (dez) de setembro de 2012.

2 – O participante deverá escrever uma frase criativa sobre o tema proposto neste ano pela Semana Nacional de Trânsito (velocidade), no período de vigência dessa promoção.

3 – Serão analisadas pela comissão julgadora a originalidade e a criatividade do aluno, bem como aspectos relacionados à Língua Portuguesa (coerência, coesão, ortografia etc).

4 – Haverá premiação para os alunos autores das sete melhores frases e seus respectivos professores.

5 – O supervisor e/ou coordenador pedagógico, de cada estabelecimento educacional, deverá selecionar no máximo até 10 (dez) frases de cada turma participante, informar os dados do aluno (nome, idade, série/ano), da instituição (nome e cidade) e nome do professor; e enviar para O Diário, no seguinte endereço: Av. Mauá, 1988 – 87050-020 – Maringá – Programa Educacional O Diário na Escola ou através do email: [email protected]

6 – As frases serão consideradas válidas de acordo com a data de postagem, conforme carimbo dos correios, ou da portaria desse jornal, ou do recebimento via email, obedecendo ao prazo estipulado.

7 – As frases que não apresentarem os dados corretos dos alunos; não forem entregues na data estabelecida; apresentarem problemas relacionados à Língua Portuguesa e/ou estiverem rasuradas ou ilegíveis, estarão automaticamente desclassificadas.

8 – Cada participante poderá concorrer com apenas 1(uma) frase, atendendo aos itens prescritos.

9 – A seleção dos trabalhos será acompanhada por todos os membros da comissão julgadora, formada por profissionais ligados às áreas de Educação e Comunicação.

10 – Os ganhadores serão informados e convocados para retirarem seus respectivos prêmios conforme data e local a serem  determinados pela organização.

11 – Não haverá revisão de trabalho em hipótese alguma.

12 – O prêmio é pessoal e intransferível.

13 – A distribuição dos prêmios é gratuita, não cabendo nenhum ônus aos contemplados.

14 – O ganhador concorda em autorizar o uso de sua imagem em conteúdo jornalístico e nas redes sociais.

15 – O ganhador deverá comparecer para receber o prêmio acompanhado de um de seus representantes legais ou do professor.

 

Outras informações podem ser obtidas com a equipe do Diário na Escola, através do telefone: (44) 3221-6050 ou pelo email: [email protected]

 

Comente aqui


Como transformar uma visita à empresa jornalística em conhecimento

Frequentes são as visitas dos alunos e professores de escolas de Maringá e região ao jornal O Diário. Nesses passeios, os visitantes têm a oportunidade de conhecerem todo o processo de produção do impresso, que chega toda manhã às casas, empresas e escolas.

Nossa dica é que os profissionais da educação aproveitem esse momento de entretenimento para que as crianças e adolescentes transformem o que vivenciaram em aprendizagem. E como fazer isso? Sugerimos que o professor deixe bem claro o objetivo da visita, que pode ser, por exemplo, verificar a capacidade de observação e compreensão dos envolvidos em relação ao processo de confecção do jornal.

Esse trabalho pode ser realizado em três etapas. Na primeira parte, o professor pode fazer levantamento de hipóteses, isto é, verificar como os estudantes imaginam que acontece o processo de produção do jornal. Após as observações apontadas, poderá trabalhar vídeos, textos e imagens (fotos) sobre processos de produção do impresso. E disso originar produções orais e escritas, ilustrações etc. Que tal a elaboração de uma carta à equipe de “O Diário na Escola” para agendar a visita. Essa produção pode ser um ótimo recurso para que os alunos sintam interagidos no processo de comunicação.

O segundo passo é o “passeio” ao Diário. Nesse momento os alunos devem saber os objetivos a serem alcançados e o porquê da visita. Muitas vezes pode ser apenas por entretenimento. O  importante é que o professor deixe bem claro os objetivos da aula passeio. Algumas questões poderão ser elaboradas anteriormente para que sejam questionadas no momento da visita. Os alunos poderão ser divididos em equipes para que cada grupo anote sobre uma determinada etapa, assim o grupo A pode tomar nota sobre a Redação; o grupo B sobre a criação de imagens gráficas; o grupo C atentar ao processo de impressão e expedição, por exemplo.

Alguns materiais deverão ser providenciados com antecedência, para que as equipes tenham êxito no trabalho, tais como lápis, caneta, máquina fotográfica ou celular etc.

Por fim, na terceira etapa, o professor propõe uma apresentação oral, para que cada grupo aponte  suas observações e anotações de cada etapa. Feito isso, todos terão muito o que escrever e divulgar para toda a escola e comunidade, através de um jornal mural, de um fanzine, cartazes, Blog, facebook… Mãos à obra!

Observação: Jornal mural não deve ser entendido apenas como simples recorte e colagem de textos e imagens, e sim produções que façam com que os alunos reflitam e aprendam sobre a escrita e sobre o que estão escrevendo.

2 Comentários


Concurso Cultural Práticas Pedagógicas com Jornal. Participem!

O Programa Educacional “O Diário na Escola” promove a primeira edição do Concurso Cultural Práticas Pedagógicas com jornal entre os dias 23/04/12 e  04/06/12. O objetivo é valorizar as práticas docentes desenvolvidas na escola a partir da utilização do jornal como instrumento pedagógico.

O Concurso é destinado, exclusivamente, aos educadores participantes de “O Diário na Escola”. Haverá premiação para as 10 (dez) melhores práticas pedagógicas. Confira o regulamento.

Comente aqui


O Diário na Escola em Mandaguaçu

A equipe de O Diário na Escola acaba de chegar da reunião com a Secretaria de Educação de Mandaguaçu e mais uma vez o município fechou parceria com Programa!

Estre os assuntos discutidos, decidimos capacitar ainda mais os professores para as atividades em sala de aula, publicar assuntos na coluna de O Diário na Escola que sejam de interesse dos alunos e realizar um trabalho de parceria entre coordenação, professores, alunos e a equipe do Programa.

Todos lutando por um nível de ensino cada vez melhor!!!

Na foto o Prefeito de Mandaguaçu, Ismael Ibraim Fouani com a Secretária de Educação, Lourdes Aparecida de Souza.

 

 

Comente aqui


Viapar incentiva leitura de mais de mil alunos

Por meio do apoio da Concessionária Viapar, mais de mil jovens e seus respectivos professores participarão, sem custo algum, do Diário na Escola. Informação, leitura e cidadania mais próximas da escola

 

O presidente da Concessionária Viapar, Marcelo Stachow Machado, declarou esta semana que “a  revolução que o País precisa deve partir da educação. Por acreditar nisso é que a Viapar mantém a parceria com o Diário na Escola”. A concessionária apoia diferentes projetos sociais e educacionais e em 2012 patrocina 1.040 crianças de instituições públicas de Maringá e região dentro do projeto de incentivo à leitura do Diário.

As escolas que vão contar com o benefício estão em fase de seleção, mas o apoio se refere a oferecer acesso à leitura de jornal na sala de aula, o direito a participação dos eventos culturais e educacionais promovidos pelo Diário na Escola. A criança é inserida em um universo cheio de informação e ações cidadãs, repleto de profissionais cujo papel vai além de incentivar à leitura, mas estimular a pesquisa, a discussão e a reflexão social.

Oficina com alunos: estímulo à cidadania

Semanalmente, os jovens leem as notícias, discutem em sala o contexto em que elas estão inseridas e finalizam a atividade com textos ou desenhos com base nas suas conclusões. Para o trabalho didático, os professores passarão por formações sobre métodos de utilizar o jornal no processo de ensino e aprendizagem. Os trabalhos feitos nas escolas são enviados ao Diário na Escola, que organiza a publicação na página impressa e no blog do programa.

Aos integrantes do projeto, uma novidade. A jornalista da Viapar, Priscila Nascimento, vai mesclar leitura de jornal e cuidados no trânsito em oficinas que vão atender professores e alunos, separadamente. Os encontros são promovidos pelo Diário na Escola em parceria com a equipe de assessoria de comunicação da Concessionária.

“Nossa idéia é conscientizar cada vez mais sobre os cuidados no trânsito. Capacitar as professoras para trabalharem o tema de forma mais aprofundada em sala de aula, e depois reforçar a prática aqui na Oficina de Trânsito. Desta forma iremos formar motoristas, pedestres, motociclistas e ciclistas mais conscientes”, aposta Priscila. Nesse sentido, a Viapar e O Diário permitem que uma grande quantidade de jovens possam enxergar o mundo com outros olhos, cheios de questionamentos e opinião, a fim de contribuir com a sociedade em que vivem.

3 Comentários


Quer participar do Diário na Escola?

Ler não é simplesmente decodificar. A leitura remete à interpretação, ao envolvimento, à compreensão e à aquisição do conhecimento. A fim de oferecer aos alunos textos de circulação social, educadores têm levado o jornal impresso à sala de aula. Alguns optam por trabalhar com a leitura crítica das notícias, outros preferem que os textos jornalísticos sejam fonte de reflexão social. Independente do método encontrado pelo professor para aliar jornal e educação, a iniciativa de ler o impresso na sala de aula tem sido freqüente nas escolas de Maringá e região.
Para quem tem a intenção de fazer da escola um espaço de construção da cidadania por meio do jornal, pode contar com o apoio profissional do Diário na Escola. São 11 anos democratizando a leitura e desenvolvendo capacitações com professores, para que sejam o elo entre a equipe e os alunos participantes. Todas as atividades ocorridas nas instituições integrantes viram pauta da página do Diário na Escola e do blog do programa. São inúmeras ações que associam educação, comunicação e cidadania.
Atenção educadores críticos e comprometidos, O Diário na Escola está a disposição para fazer da leitura de jornal o ponto de partida para ações cidadãs.  Todas as instituições de ensino ( formal ou não-formal) podem participar do Programa. Informações podem ser obtidas pelo telefone (44) 3221-6050

Criança lendo jornal pode ser uma realidade na sua escola, ligue para a gente!

1 Comentário


O Diário na Escola no Educaparty

Entre os dias seis e 12 de fevereiro, o Anhembi Parque, em São Paulo, recebe a 5ª edição da Campus Party Brasil. Considerado o maior evento tecnológico do mundo, a Feira promete reunir cerca de sete mil pessoas em mais de 500 horas em torno de temas como ciência, cultura e entretenimento digital e inovação.
Este ano, os campuseiros, como são chamados os participantes do evento, terão acesso a uma novidade, o Educaparty. Em média 250 educadores e interessados no assunto vivenciarão a tecnologia como prática educacional. Esta extensão do evento ocorre apenas entre os dias sete e dez e contará com oficinas, debates com especialistas, entre outras atividades planejadas sobre as ferramentas da web e de celulares como recursos educacionais.
A convite da Fundação Telefônica, Ricardo Pastoreli, do Diário na Escola, entre outros coordenadores de programas de Jornal e Educação, participará do evento. A expectativa de Pastoreli está, em especial, na oficina “Vídeo de bolso”, sobre o uso do celular na educação. “Acredito que o “EducaParty” proporcionará ótimos momentos para discussão das possibilidades de uso das novas tecnologias como recursos indispensáveis para o auxílio de um ensino-aprendizagem mais efetivo”, aposta.

A Feira vai ocupar 64 mil m² do Anhembi Parque e espera reunir sete mil pessoas

1 Comentário