palestra



Os desafios da escrita

Foto Abre 01Motivar os estudantes a escreverem pode ser um verdadeiro desafio, mas tendo em vista a necessidade da escrita na vida cotidiana é fundamental encontrar maneiras que tornem a atividade mais simples e divertida. A escritora e colunista, Lu Oliveira esteve em um bate-papo com mais de 200 profissionais da educação participantes do Diário na Escola, realizado a partir do tema “Prô, tô sem inspiração para escrever! – E agora José?”.

“Um dos principais motivos que fazem crianças e adolescentes fugirem do encontro com o papel e o lápis é a falta de inspiração. Por isso, o nome da palestra. Por muitas vezes ouvi os alunos me dizendo que não podiam escrever, pois não estavam inspirados. Realmente existem dias em que não estamos extremamente dispostos, mas nestes casos é preciso treinar formas para externar o que pensamos”, destaca Lu.

A palestrante que trabalha com a disciplina de Redação há mais de 15 anos, compartilhou com os colegas algumas de suas experiências. “Enfrento em sala de aula a difícil tarefa de fazer os estudantes escreverem – missão comum para aqueles que lecionam Língua Portuguesa – uma missão diária, por isso é preciso muita dedicação”, diz.

Foto Abre 02Lu enfatiza que educar é um desafio sim, mas todos aqueles que estão à frente do tablado optaram por permanecer neste caminho. Diariamente professores se veem na situação de lidar com a falta de vontade do aluno, neste momento, é preciso motivá-los, não se pode simplesmente desistir daquele desinteressado. “A inspiração é uma inquietação, quem não se incomoda, se acomoda”, ressalta.

Durante a conversa a ministrante ofereceu algumas sugestões para tornar o trabalho mais fácil, pois a escrita exige leitura, troca de informações, pesquisas e correções textuais. Uma das dicas é provocar a inspiração no aluno, e isso é possível a partir da conversa sobre temas do cotidiano dele ou mesmo experiências, reflexões e sensações já vividas.

Apontamentos sobre “transpiração” também foram destacados. Lu conta que, na medida do possível, é preciso estimular os alunos a escreverem por provocação, com a intenção de fazer com que eles despertem emoções, reações e, assim, “transpirem” a escrita. No caso de pessoas apaixonadas pelos textos, como a própria palestrante, a tarefa costuma ser mais agradável. “Para mim, a própria vida já me serve de conteúdo, tudo me inspira e o tempo todo.”

Músicas, poemas, imagens e filmes são grandes aliados no trabalho do professor. Com o estimulo visual e sensorial, as palavras e ideias fluem com muito mais facilidade e a temida falta de inspiração, na maioria dos casos, vai embora. “A escrita exige treino, técnica e habilidade, mas, ao mesmo tempo, é um instrumento de libertação. A educação tem o poder de transformar, por isso precisamos ser educadores ousados. Educar é uma determinação diária”, diz Lu.

A secretaria da educação de Itambé, Maria Eliza Spineli conta que a palestra foi bastante gratificante. “O conteúdo abordado de uma maneira muito leve, com palavras claras, seguidas de gestos e sorrisos suaves, coincidiu com os meus valores e com a maneira como eu administro a vida. Senti uma sinergia muito positiva entre a palestrante e a plateia”, enfatiza.

Comente aqui


Palestra Gratuita

Aprenda a lidar com o relacionamento interpessoal, a organização da coletividade de sala de aula e o trabalho com o conhecimento.

Maiores informações pelo e-mail:[email protected]

ou telefone: (44) 3028- 4416

Comente aqui


Região em destaque

Escola Municipal de Ourizona oferece oficinas no contraturno

As crianças que estudam do ensino infantil ao fundamental na Escola Municipal Rocha Pombo, têm a oportunidade de participarem no contraturno de oficinas de: informática, futsal, xadrez, handebol, ballet, pintura, literatura e inglês. Todas as aulas são ministradas por professores capacitados e os cursos e materiais necessários são gratuitos. Para se inscrever basta ser aluno da escola e entrar em contato com a direção pelo telefone: (44) 3278-1277.

 

Pediatra faz palestra sobre “limites” em Uniflor

Na última quarta-feira, os pais dos alunos da Escola Municipal Menino Jesus participaram, no Centro de Eventos de Uniflor, da palestra promovida pela própria instituição de ensino em parceria com a pastoral da criança do município. Ministrada pelo pediatra, Dr. Luiz Renato, os participantes adquiriram novos conhecimentos sobre como impor limites na infância. Parabéns aos organizadores do evento pela iniciativa e temática escolhida.

 

Secretaria de Educação de Flórida faz reuniões sobre o CONAE

A secretária de educação do município, Elza Bernuci Grippa em parceria com o conselho escolar, professores da rede municipal de ensino, coordenadores e integrantes da Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF) realizou uma reunião na semana passada para discutir sobre as leis da Conferência Nacional de Educação (CONAE). Hoje, participarão da reunião com a mesma temática, os profissionais do Colégio Estadual José de Anchieta.

Comente aqui


UEM realiza jornada de Políticas Públicas e Gestão Educacional

O Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas e Gestão Educacional (GEPPGE) e a Escola de Agroecologia Milton Santos, com o apoio da Fundação Araucária, promovem nos dias 10, 11 e 12 deste mês, a IX Jornada de Políticas Públicas e Gestão Educacional na UEM. O tema será Educação no Campo: um conceito em construção. O evento ocorrerá no Auditório do Bloco I-12.

Na abertura do evento, no dia 10, às 19h30, Gilmar Mauro, coordenador nacional do Movimento Nacional dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), ministra a palestra sobre “A Realidade do Campo”.

No dia 11, a professora Liliam Faria Porto Borges (Unioeste-Cascavel), líder do Grupo de Pesquisas em Políticas Sociais (GPPS), discutirá o tema “Reflexões acerca do conceito de Educação do Campo”.

O encerramento do evento ocorrerá na Escola de Agroecologia Milton Santos, às 7h30, quando haverá o Momento Cultural do Coletivo com a Mística, realizada pelos alunos da escola, e peças de teatro, dirigidas por Pedro Uchoa: O Auto dos 99 e o texto dramatizado Discurso contra Discurso.

As inscrições podem ser realizadas no Laboratório de Apoio Pedagógico do Bloco I12 ou pelo email [email protected]

Estão abertas as inscrições para envio de Resumo e Apresentação de Pôster no evento. Para maiores informações acessar o Blog do Evento: http://jornadadepoliticas.blogspot.com.

Comente aqui


Encontro na UEM discute saberes e práticas educacionais

Tem início na próxima segunda-feira, dia 24, o VI Encontro de Pesquisa em Educação e a XVIII Semana de Pedagogia da Universidade Estadual de Maringá (UEM). A iniciativa é dos departamentos de Teoria e Prática da Educação (DTP) e Fundamentos da Educação (DFE).

No primeiro dia, o credenciamento ocorre no período da tarde, no anfiteatro do Bloco I-12, mas a abertura oficial acontece às 19h30 no Auditório Dona Guilhermina, com a palestra “Educação e escola: saberes e práticas”. A convidada desta noite é a professora doutora Alesandra Arce, da Universidade Federal de São Carlos.

O evento conta com debates, comunicações, palestras e exibição e análise de filmes, com o objetivo de aprofundar as questões educacionais emergentes com a intenção de introduzí-los na prática educativa. Informações e inscrições aqui

Comente aqui


Mandaguaçu é sede de ciclo de palestras

Tem início hoje o XI Seminário de reflexão de educação e X Seminário Regional de Educação de Mandaguaçu. O tema deste ano é “Educação contemporânea: o resgate de valores em busca de uma prática educativa com sucesso”. O evento é voltado para profissionais da educação e áreas afins de toda a região e segue até sexta-feira, dia 30.
Hoje à noite o professor Nailor Marques trata de “Educação para o hoje! (O futuro já chegou)” e motiva o público presente. Amanhã pela manhã, a palestra fica a cargo do professor mestre em Educação Marcos Meier, com o título “A psicologia e a indisciplina na sala de aula” e à tarde é a vez de “Bullying ou crise de valores?” com Jamar Monteiro, historiador, pedagogo e mestre em Educação. Informações podem ser obtidas pelo telefone (44) 3245-5588.

Comente aqui


Pais, filhos e o conselho tutelar

Acontece amanhã no Sindicato dos Metalúrgicos de Maringá a partir das 9h30 a palestra “Pais, filhos e o conselho tutelar”. O evento é gratuito e aberto ao público, o objetivo dos organizadores é de conscientizar a população sobre deveres e direitos da família. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3901-1966.

 

 

O Sindicato fica na Avenida Paissandú, 517, na Vila Operária.

Comente aqui


Supernanny amanhã em Astorga

Amanhã de manhã Cris Poli, mais conhecida como Supernanny do SBT, ministra palestra para crianças de Astorga, à pedido do Colégio Geração. À noite é a vez dos pais, professores e demais interessados ouvirem os conselhos comportamentais da palestrante e pedagoga. Informações podem ser obtidas pelo telefone 3234-3341. Amanhã mais notícias aqui!

 

 

Comente aqui


Novos olhares sobre o jornal

Cristiane promoveu a reflexão sobre o papel do jornal na educação

A coordenadora nacional de Programas Jornal e Educação (PJE), da Associação Nacional de Jornais (ANJ), Cristiane Parente de Sá Barreto, veio à Maringá para palestra “Jornal e Educação: da leitura à cidadania”. O evento ocorreu ontem pela manhã no auditório Hélio Moreira e reuniu 100 professores do Diário na Escola  acerca de temas como a importância de trabalhar o conteúdo do jornal associado ao currículo escolar e a postura do educador frente as tecnologias mais utilizadas pelos jovens como o celular e o notebook. “Já existem oficinas sobre como usar o celular de modo didático”, orientou.

Separamos algumas sugestões dadas pela educomunicadora para despertar novos olhares sobre o veículo de comunicação impresso:

 

Poema de jornal – Carlos Drummon de Andrade

O fato ainda não acabou de acontecer
e já a mão nervosa do repórter
o transforma em notícia.
O marido está matando a mulher.
A mulher ensangüentada grita.
Ladrões arrombam o cofre.
A polícia dissolve o meeting.
A pena escreve.

 

Pagina de Jornal – Cidade Negra

Eu não vou estar
Nas páginas de um jornal
Não, não, não, eu não
Fazendo alguma coisa
Que alguns querem que eu faça

Vou sobreviver a uma média nacional
Que diz que todo humilde
Tem tendência marginal
Tem tendência marginal

Vou mostrar aos filhos dos meus filhos
Para que eles mostrem que é possível
Que a vitória é do justo
Sempre foi e sempre será
Sempre foi e sempre será

Correndo sempre à frente da verdade
Que tá dentro de você
Até chegar as rosas passei pelos espinhos
Consciente de tantas pedras no caminho

Você é capaz de ser um pop star
Ocupando uma página de jornal
Você é a constelação que poderá brilhar
Na obscura consciência

 

 

 

 

Comente aqui


Palestra – “Jornal e educação: da leitura à cidadania”

O grupo O Diário, através do Diário na Escola, realiza amanhã, 15/06, a palestra especial, em comemoração aos 10 anos do programa, “Jornal e Educação: da leitura à cidadania”. A convidada é a professora, jornalista e educomunicadora, Cristiane Parente de Sá Barreto, que também é coordenadora do Programa Jornal e Educação (PJE), da Associação Nacional de Jornais (ANJ).

O encontro é destinado aos profissionais da educação e comunicação ligados ao Diário na Escola e acontecerá das 8 às 12 horas, no auditório Hélio Moreira – Av. XV de novembro, 701, anexo à prefeitura de Maringá.

“Vamos falar um pouco da importância atual de se discutir e trabalhar com mídia em sala de aula, do contexto atual e da formação de leitores; mostrar experiências bem sucedidas e como o jornal pode contribuir para uma sociedade mais cidadã”, aponta Cristiane.

Comente aqui