trânsito



Trânsito consciente em pauta

Para um aprendizado efetivo, nada melhor do que vivenciar na prática toda a teoria adquirida em sala de aula, não é mesmo? E foi exatamente assim, que a professora Rosângela da Silva Oliveira que leciona na Escola Municipal São Jorge desenvolveu um projeto sobre a conscientização no trânsito, com seus alunos. Desta forma além de repassar orientações que eles poderão seguir diariamente, já aproveitou para trabalhar o assunto que é tema da Promoção Cultural da Semana Nacional de Trânsito.

Para dar início ao trabalho, Rosângela sugeriu às crianças a leitura da notícia “Maringá é o 2º do Paraná em feridos no trânsito”, que foi publicada em O Diário do Norte do Paraná. “Na interpretação textual elas observaram o aumento de acidentes numa cidade tão próxima à nossa, para isso analisamos o gráfico da matéria e debatemos o tema em sala”, conta.

Foto AbreNeste momento os alunos relataram que não é preciso ir tão longe, em frente à escola acontecem infrações diariamente. A exemplo dos motoristas de caminhões que não respeitam a faixa de pedestre que há em frente ao portão da instituição.

Com o intuito de aumentar o conhecimento dos estudantes e conscientizar os moradores de São Jorge, a professora levou os alunos para um passeio nas ruas da cidade. Sempre os orientando da importância em se andar na calçada, respeitar os limites de velocidade e as placas de sinalização.

“Agora toda vez que vou atravessar a avenida, procuro a faixa mais próxima. Quando percebo que estou tendo alguma atitude errada, muitas vezes para cortar caminho, paro e me cobro do certo, pois alguns motoristas dirigem distraídos, então tenho que zelar pela minha vida e pela do próximo”, destaca a estudante, Karollainy Vitória Simão Ortiz.

Rosângela afirma que foi um projeto de muito resultado. “É um assunto do cotidiano, meus alunos são futuros motoristas e precisam ser conscientizados. Foi uma aula dinâmica que os apresentou dicas de comportamento nas ruas, como também argumentos para a produção das frases que enviaremos para o concurso. Estamos preparados e ansiosos pela premiação”, conclui esperançosa.

 

 

CONSCIENTIZAÇÃO

Ao fim do trabalho os alunos produziram poemas para alertar a população sobre os cuidados que se deve tomar nas ruas, seja você pedestre, ciclista ou motorista. Confira a produção da estudante Helena Tavares Modesto.

 

Se esse trânsito fosse meu   

Se esse trânsito fosse meu

Eu mandava parar

Para quem estiver atravessando

Mais seguro ficar.

 

Se esse trânsito fosse meu

Eu mandava arrumar

Com faixa e sinaleiro

Para as pessoas protegidas ficar.

 

Se esse trânsito fosse meu

Eu pedia para se conscientizar

Quando os pedestres estiverem passando

Carro, moto… parar.

 

Se esse trânsito fosse meu

Eu mandava a menos de 80 andar

Para ninguém se atropelar.

Comente aqui


Por um trânsito mais seguro

concurso transitoO Diário na Escola em parceria com a concessionária de rodovias Viapar está promovendo a 8ª Promoção Cultural Semana Nacional do Trânsito, que este ano tem como tema “Década Mundial de Ações para a Segurança do Trânsito – 2011/2020: Seja você a mudança no trânsito”.

O desafio do Concurso é a produção de uma frase criativa e de efeito com no máximo 140 caracteres a partir do tema, “Seja você a mudança no trânsito”. Para isso, os alunos poderão utilizar as notícias e imagens publicadas em O Diário como ferramenta de pesquisa que auxiliarão no momento da escrita.

Os professores também terão a oportunidade de trabalhar com um assunto que é destaque na mídia e nas ruas das cidades. Dentro do ambiente escolar será possível debater os conteúdos e orientar as crianças dos cuidados necessários no trânsito.

“Como coordenadora pedagógica da Escola João Freire de Carvalho, de Astorga, oriento as professoras a dar maior ênfase nas questões relacionadas ao bom comportamento no trânsito, pois de que adianta formarmos médicos, engenheiros ou advogados, se a chance de estes perderem a vida em um acidente é grande, por conta da falta de responsabilidade de alguns motoristas”, conta Berivalda Prado Sachi.

As fichas de inscrição e regulamento da Promoção já foram enviadas para as instituições de ensino parceiras do Diário na Escola. O prazo para recebimento das três melhores produções, por turma, vai até 28 de agosto. Fique atento!

Lembrando que a premiação será para as sete melhores frases. Ganha o aluno que produziu o conteúdo, como também o professor que orientou o trabalho.

Berivalda lembra que, no ano passado ela e a aluna Adriana Rabi Mendes foram uma das vencedoras do Concurso de Frases da Semana Nacional do Trânsito. “Algo que nos deixou infinitamente felizes, pois pudemos ver o reconhecimento do nosso trabalho por meio da premiação. Para este ano, as expectativas são bem grandes!”

Comportamental

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) definiu o tema com o objetivo de mostrar a população que a redução de acidentes depende da mudança de comportamento de cada um. Sejam pedestres, ciclistas, passageiros ou condutores.

A Semana Nacional de Trânsito é comemorada entre os dias 18 e 25 de setembro, e de acordo com o Contran tem a proposta de conscientizar a sociedade a contribuir para a criação de um ambiente favorável a valorização da vida, focando no desenvolvimento de valores, posturas e atitudes que garantam o direito de ir e vir dos cidadãos.

“A Viapar prima pela formação de pedestres e de futuros condutores responsáveis. A Oficina de Trânsito é uma das nossas ações nesse sentido. É nossa parcela de contribuição para uma sociedade melhor”, destaca o presidente da concessionária de rodovias, Camilo Carvalho.

 

FIQUE ATENTO!

Se a sua escola faz parte do Programa e esta semana não recebeu as fichas de inscrição e o regulamento para o Concurso, entre em contato com nossa equipe: (44) 3221-6050.

Comente aqui


Segurança no trânsito é tema de aula para estudantes de Maringá

abreA educação hoje não está associada apenas ao letramento, mas também a discussões de questões relacionadas às problemáticas do trânsito, buscando conscientização, reflexão e ação, de modo que contribua positivamente na formação dos alunos, atuais pedestres e futuros condutores de veículos.

A professora Aline Romero da Silva leciona para o 4º ano da Escola Municipal Professor Midufo Vada, em Maringá, e desenvolveu uma série de atividades visando alertar as crianças sobre os perigos e cuidados que devem ter nas ruas.

Em sala, os estudantes realizaram leituras, por vários dias, de reportagens sobre acidentes de trânsito publicadas no jornal O Diário. Já no Ambiente Educacional Informatizado (A.E.I) assistiram a três vídeos relacionados ao tema “Álcool, outras drogas e acidentes de trânsito”.

Debates e conversas sobre o assunto também foram realizados, sempre referindo-se aos  malefícios que o álcool causa no organismo das pessoas, bem como no fato de ingerir bebida alcoólica e dirigir.

Em seguida, os alunos leram diversas reportagens no portal “odiario.com” e a que mais chamou a atenção das crianças foi a notícia com a seguinte manchete: “Acidente envolvendo motorista embriagado mata uma pessoa na PR-323, em Cruzeiro do Oeste”.

Aline conta que solicitou aos alunos que escrevessem frases sobre as matérias lidas. “Nos trabalhos encontrei produções ricas em argumentos. Por meio da criatividade, percebi que as crianças foram além da simples informação sobre o assunto”. A exemplo da frase escrita pelo aluno, Eduardo Felipe Boregio Rufino: “Drogas e álcool tiram nosso cérebro da realidade e das atitudes, por isso não assuma o risco de matar. No trânsito não seja negligente e dirija sempre consciente!”

A professora que perdeu os pais em um acidente de carro, no qual o condutor do outro veículo que os atingiu estava embriagado, considera a discussão sobre essa temática de extrema importância. “É minha função, enquanto educadora e cidadã, esclarecer, alertar e conscientizar os estudantes sobre as responsabilidades e as escolhas que fazemos em nossa vida”.

O aluno, Felipe Giollo, destaca que aprendeu muito com as pesquisas na sala de informática e conclui que, “uma pessoa que está alcoolizada e vai dirigir pode perder os sentidos e bater o carro, quando eu ficar adulto não quero cometer esses erros, a valorização da vida tem que estar em primeiro lugar”.

abre 2Especialmente no trabalho referente ao tema segurança no trânsito, Aline observou desde o início grande interesse e envolvimento por parte dos alunos. “Durante as leituras e conversas sobre o tema, eles traziam relatos de fatos ocorridos com a própria família ou pessoas conhecidas. Inclusive, nos dias seguintes as discussões em sala, alguns estudantes contaram que conversaram em casa sobre o assunto e que os pais também argumentaram com eles sobre os malefícios do uso de álcool e drogas”, ressalva.

A educadora acredita que boa parte dos resultados e motivação foram devido à leitura semanal do Diário, que apresenta assuntos que envolvem as crianças, pois trata-se de informações sobre o dia-a-dia, e além disso, proporciona aos alunos contato com uma grande diversidade de gêneros textuais, vocabulários e argumentos.

Produção do aluno, André Periçato Guidi, na busca de conscientizar os motoristas

Produção do aluno, André Periçato Guidi, na busca de conscientizar os motoristas

Comente aqui


Concurso de Frases sobre o trânsito premia alunos e professores de Maringá e região

Uma promoção do Diário na Escola, concessionária VIAPAR e secretarias municipais de educação, o Concurso de Frases sobre a Semana Nacional de Trânsito premiou sete alunos e professores que após o trabalho de leitura, interpretação e atividades orais e escritas, produziram as melhores frases criativas e de efeito sobre a temática proposta.

Este ano o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) definiu o tema da Semana Nacional de Trânsito como: “Álcool, outras drogas e a segurança no trânsito: efeitos, responsabilidades e escolhas”. Alinhando as discussões as consequências de beber e dirigir.

O evento de premiação foi realizado na última quinta-feira (26) na sede da VIAPAR. Estavam presentes além dos ganhadores, parte da coordenação das escolas, representantes da secretaria de educação dos municípios, familiares dos alunos e a diretoria dos organizadores da ação.

“Dos vários projetos que a VIAPAR tem apoiado, esse merece atenção especial, pois achamos fundamental trabalhar com a educação infantil. É compensador ver o resultado dessa parceria da concessionária junto com o Diário e prefeituras”, afirma o presidente, Marcelo Stachow Machado.

O diretor comercial do Grupo O Diário, César Carvalho, presente na entrega de prêmios, celebra a parceria com a VIAPAR. “Aliar o Diário na Escola com o projeto pedagógico da concessionária, sobre educação no trânsito, é algo que nos proporciona ótimos frutos. Conscientizar as crianças para que sejam cidadãos responsáveis nas ruas é plantar uma sementinha de pessoas melhores no futuro”.

As sete frases premiadas foram publicadas durante a Semana Nacional de Trânsito, de 18 a 25 de setembro, no jornal O Diário. O principal objetivo da Promoção foi promover a reflexão sobre o trânsito, fazendo das crianças multiplicadoras de atitudes cidadãs.

“Hoje as crianças refletem e opinam sobre os problemas da sociedade. Ter a oportunidade de trabalhar assuntos em que elas conheçam mais sobre os perigos do trânsito e o que pode ser melhorado, é excelente, pois amanhã elas serão os nossos motoristas. Acredito que a educação, em todas as suas áreas, é o caminho para o sucesso!”, ressalta a coordenadora pedagógica da secretaria de educação de Maringá, Raquel Lipe.

A secretária de educação de Sarandi, Adriana Palmieri, destaca a importância em trabalhar com temas que saiam do espaço interno da sala de aula. “O jornal é uma ferramenta que abre a mente dos leitores, constantemente as crianças lêem notícias sobre mortes e violência no trânsito, por isso é importante começar o trabalho educacional desde cedo. Iniciativas como a deste concurso fazem a diferença na vida do aluno. Ações boas assim devem se estender por todo o ano”.

A ganhadora e aluna da Escola Municipal Jardim Primavera, Santa Fé, Maria Eduarda Gasparetto Zancan ficou muito feliz com a premiação. “Eu nunca tinha recebido um prêmio, agora estou motivada a participar de mais concursos para ter outras chances”. Em relação ao trânsito, Maria Eduarda conta que quando for motorista quer fazer a diferença nas ruas da cidade, sempre respeitando as leis e os limites impostos.

“O objetivo das oficinas de trânsito da VIAPAR é conscientizar os participantes sobre a educação no transito. O Concurso de Frases auxilia muito neste trabalho, pois faz as crianças buscarem conhecimento e informação, o que proporciona resultado nas ações e, em alguns casos, eles passam até a aconselhar os pais”, afirma a oficineira da concessionária, Bruna Santos.

Vilma Spinella é assessora pedagógica na secretaria de educação de Astorga e conta que o município está em festa. “Tivemos dois alunos premiados no concurso, é uma enorme satisfação. Em especial, porque as crianças vencedoras apresentam dificuldade de aprendizado em sala de aula, com a vitória mostramos não só para elas, mas para os colegas, que com dedicação e esforço, tudo é possível”, comemora.

A ganhadora e professora da Escola Municipal José Pólo, Sarandi, Rosemira André Evangelista Leme, conta que o concurso motivou uma competição saudável na escola, ainda mais depois da notícia de que uma das alunas foi premiada. “Receber o prêmio hoje me fez refletir sobre o meu trabalho, e concluir que é uma retribuição do meu esforço e dedicação. Isso me incentiva a fazer cada vez mais pela educação e pelos meus alunos”.

Comente aqui


O Diário na Escola promovendo ações culturais de incentivo à leitura e cidadania

O programa Jornal e Educação – O Diário na Escola, desenvolvido desde 2001 pelo jornal O Diário do Norte/PR, realiza nos meses de setembro e outubro dois concursos culturais denominados Promoção Cultural Semana Nacional de Trânsito (5ª edição) e Concurso Cultural de Gibi (7ª edição). Ambos têm como objetivo principal propiciar que crianças e adolescentes, juntamente com seus professores, desenvolvam um trabalho de leitura crítica diante dos assuntos relacionados às notícias veiculadas nas páginas do jornal e produzam diferentes gêneros textuais.

Na Promoção Cultural sobre a Semana Nacional de trânsito, os alunos escrevem, após o trabalho de leitura, interpretação e produções orais e escritas, frases criativas e de efeito sobre a temática proposta, que é a velocidade. A intenção é que sejam discutidas questões relacionadas às problemáticas do trânsito, através das notícias do jornal, em busca de reflexão, conscientização e ação, e que os participantes sejam multiplicadores de atitudes cidadãs. Os autores das sete melhores frases e seus respectivos professores serão premiados e as produções publicadas em O Diário, de 18 a 25 de setembro, coincidindo, assim, com a Semana Nacional de Trânsito.

Na edição deste ano foram mais de 400 frases enviadas à equipe do Diário na Escola. A seguir duas das sete frases vencedoras: “Ei jovens, prestem atenção, escutem seus pais! Velocidade no trânsito não rola não!” – Emily Ferreira dos Santos – 5º ano A, da Escola Municipal Barão do Rio Branco, de Mandaguaçu. “É permitido velocidade máxima para amar e respeitar o próximo” – Lucas de Souza Werlang – 5º ano A, da Escola Municipal Ayrton Plaisant, de Maringá.

Já para o Concurso Cultural de Gibi do Diário na Escola, que acontece entre os dias dez de setembro e dez de outubro, os educadores receberam capacitação, nos dias 27 e 28 de agosto, na oficina pedagógica intitulada “Histórias em Quadrinhos: entre o prazer de ler e a formação do leitor crítico”, ministrada pela professora Ms. Maísa Cardoso. As discussões giraram em torno do papel da escola na formação de leitores críticos, a utilização da linguagem como interação, aspectos e características relacionadas às notícias e as HQs, a mediação do professor na elaboração das HQs, bem como técnicas de elaboração e análise desse gênero textual. Os principais personagens utilizados para discussões foram os da turma da Mônica e da Mafalfa.  De acordo com a professora Vilma Ribeiro Martins, da Escola Municipal Pioneiro Geraldo Meneghetti, de Maringá, “a oficina foi muito interativa, trouxe diversas informações práticas e teóricas para usarmos em sala de aula no nosso dia a dia. Possibilitou algumas maneiras de estimular o gosto pela leitura e forma adequada de como abordar os temas, os gêneros textuais.”

Continue lendo

1 Comentário


Encontro Pedagógico reúne profissionais da educação em Maringá

“Leitura, trânsito e cidadania” foram os assuntos discutidos no último encontro pedagógico, para os professores e coordenadores dos municípios parceiros de O Diário na Escola, no dia 29 de março. A palestra foi ministrada no primeiro momento pelo professor e especialista, Ricardo Pastoreli, que discutiu sobre a importância do jornal na educação, o que é educomunicação, sugeriu propostas de práticas com o impresso, explicou como produzir a notícia, entre outros assuntos relacionados à leitura e cidadania.

No segundo momento a palestra foi ministrada pela jornalista da Viapar, Priscila Nascimento, que abordou formas de trabalhar o tema trânsito dentro da sala de aula. “Este assunto faz com que o aluno exerça a cidadania e leve os conhecimentos para dentro de casa, para a família. Assim as crianças começam a cobrar dos pais atitudes que vão garantir melhor qualidade de vida para a comunidade. A Viapar acredita que a criança vai conscientizar o adulto”, avalia.

Comente aqui


O Diário na Escola realiza encontro em Sarandi

Acontece agora na Secretaria de Educação de Sarandi, desde às 8h da manhã, o encontro pedagógico “Jornal e Cidadania”, ministrado pelo professor Ricardo Pastoreli e pela jornalista da Concessionária Viapar, Priscila Nascimento. O curso é o primeiro do ano letivo de 2012 e é voltado para os professores da rede municipal de Sarandi. A proposta é refletir sobre assuntos como trânsito, respeito ao próximo, reflexão, leitura, entre outros temas que são pautas dos jornais.

Comente aqui


Notícias são fonte de reflexão sobre o trânsito

Que as crianças são as grandes multiplicadoras de boas ações ninguém duvida e, bem por isso, muitos apostam que as próximas gerações serão mais conscientes e responsáveis em relação às questões sociais como o trânsito e o meio ambiente. Ainda na infância, eles obtêm os valores necessários para lidar com a realidade atual. A professora da 4ª “A”, Stela Cristiane de Souza Magalhães, da Escola Municipal Iroí, de Presidente Castelo Branco, acredita nesta ideia e tem trazido as questões sociais para dentro da sala de aula, com a ajuda das matérias do jornal O Diário. A instituição participa do Diário na Escola por meio do patrocínio da Concessionária Viapar.

“O objetivo foi desenvolver o senso crítico e a cidadania por meio das notícias. No decorrer das aulas percebi o interesse na leitura e a compreensão e participação das crianças nas atividades”, explicou Stela, que está entusiasmada com a aceitação dos alunos no trabalho com o jornal. Com base nas matérias jornalísticas, a professora discutiu o trânsito, levando em conta as leis, os perigos, a educação e as formas de prevenir acidentes.  As atividades tiveram caráter lúdico e resultaram em produções textuais e desenhos. Um dos destaques é foi o desenho de Jhonathan Luiz Pereira, que traz toda a representatividade de quem burla as leis e não respeita o próximo.

 

Comente aqui


Concurso de frases seleciona vencedores

Em parceria com a Concessionária Viapar, O Diário na Escola realizou na quinta-feira passada a seleção das sete frases da Promoção Cultural Semana Nacional do Trânsito. A partir de amanhã elas estão sendo publicadas no noticiário com a foto do vencedor. No início de outubro ocorre o coquetel de premiação. A seleção foi considerada “extremamente difícil” pelos organizadores, afinal foram 620 frases recebidas no prazo estabelecido e as vencedoras são:

“Criança sempre passe na faixa, assim você dá sinal verde para sua vida” – Alisson da Silva, aluno do 3º ano, da Escola Municipal Yoshio Hayashi, de Sarandi.

“Motorista estressado provoca acidente e chega atrasado” – Heloíse Beatriz da Silva Martins, aluna do 4º ano, da Escola Municipal Maestro Aniceto Matti, de Maringá.

“Desde pequenina, mamãe soube me ensinar. Olhe para os lados, menina, para na faixa atravessar”. Eduarda Souza Costa, aluna do 3º ano, da Escola Municipal Santo Carraro, de Mandaguaçu.

A cada acidente, uma tragédia. A cada tragédia, uma vida perdida. A cada vida perdida, uma família destruída”. Vitória de Souza Rincon, aluna do 4º ano, da Escola Municipal Masami Koga, de Sarandi.

“Preste atenção: quem corre demais deixa a vida para trás” – Layla Graciano Speçato, aluna da 4ª série, da Escola Municipal Vicente Liberato, de Munhoz de Mello.

“O trânsito é como o seu lar, só é seguro se você cuidar” – Marcelo Yuzo Itami, da 4ª série, da Escola Municipal Dr. Osvaldo Cruz, Maringá.

“Ande sempre devagar, na faixa nunca deixe de parar. Motorista consciente respeita a vida da gente”. – Ana Beatriz Delapria, aluna da 5º ano, da Escola Municipal Padre Mateus Elias – Dr. Camargo.

Comente aqui


Premiação do concurso de frases sobre o trânsito

O concurso de frases sobre educação no trânsito premiou, na quinta-feira passada, sete alunos que conseguiram expressar conselhos, dicas e sugestões para um trânsito melhor. A entrega de prêmios aconteceu na sede da Viapar com um coffee break em homenagem às crianças. Abaixo as fotos do evento:

Comente aqui