Gêmeas da natação de Maringá ganham medalhas em todas as provas de circuito nacional

As nadadoras Beatriz Borges Carneiro e Débora Borges Carneiro da União Metropolitana Paradesportiva de Maringá (UMPM), e da Associação de Pais e Atletas da Natação de Maringá (APAN), disputaram no último final de semana a etapa nacional do Circuito Loterias da Caixa. Beatriz ficou com o ouro nos 100 metros peito, prata nos 200 metros livre e dois bronzes nos 100 metros livres e 200 metros medley. Já Débora conquistou o bronze nos 200 metros livre e nos 100 metros peito, além de prata nos100 metros livre e 200 metros medley.
Com os resultados, elas chegaram ao pódio em todas as provas que disputaram e também conseguiram índices para o Open da Argentina, em agosto, e agora aguardam convocação. +ESPORTE

 

Antes, Beatriz competiu na Itália e Inglaterra pelo circuito da World Series. Da viagem à Europa, a nadadora trouxe uma medalha de bronze nos 100 metros peito na etapa de Ligano Sabbiadoro, na Itália, em que ela participou de três provas. A delegação brasileira conquistou ao todo oito medalhas (três de ouro, duas de prata e três de bronze). Em Sheffield, na Inglaterra, os resultados foram: 14ª colocação nos200 metros livre; 15ª nos 100 metros borboleta; 9º lugar nos 200 metros medley; e 4º lugar nos 100 metros peito.

 

O World Series é uma oportunidade para os atletas se classificarem para o Parapan-Pacífico 2018, competição mais importante da temporada de natação, que ocorrerá entre 9 a 13 de agosto, na Austrália.

 

Gêmeas idênticas, Beatriz e Débora Borges Carneiro, de 20 anos, competem na classe S14, que engloba competidores com alguma deficiência intelectual. Treinadas pelo professor André Yamazaki Pereira, as irmãs têm se destacado em diversas competições, conquistando medalhas e quebrando recordes. Em 2016, Beatriz participou dos Jogos Paralímpicos Rio-2016 e conquistou a décima colocação geral nos 200 metros livre e quinto lugar geral nos 100 metros peito. Atualmente, as nadadoras que são patrocinadas pela Unimed Maringá, ocupam a 5ª e a 6ª posição do ranking mundial na prova de 100 metros peito, que é a especialidade das irmãs.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.