COLUNA DOIS TOQUES com Orlando Gonzalez (11/01)

Também publicada na edição impressa de O Diário do Norte do Paraná

A ponteira Carla Moreira, de 23 anos, revelada no voleibol de Maringá, e com passagem por equipes do eixo Rio-São Paulo e da Espanha, agora defende o Club Stella, de Calais, na França. E, não poderia ser diferente, já conheceu a Torre Eiffel, em Paris. Nas férias do calendário francês, passará por Maringá.

 

A Cidade Canção vai abrir o calendário de competições do governo do Paraná, com os Jogos Universitários do Paraná, de 17 a 23 de maio.

 

NA ESTRADA

Após o almoço o elenco do Maringá Futebol Clube segue viagem para Ponta Grossa, onde amanhã encara o Operário, no Estádio Germano Kruger. Será o último jogo-treino na pré-temporada visando a estreia no Campeonato Paranaense.

 

O FAVORITO

O Maringá FC é o grande favorito no confronto frente ao Rio Branco, dia 20, no Estádio Wille Davids, pela primeira rodada do Campeonato Paranaense.

 

MELHOR TORCIDA

Em Maringá, basta o Copel Telecom / Maringá Vôlei entrar em quadra para o torcedor comparecer ao Ginásio Chico Neto e prestigiar a equipe nos Jogos da Superliga masculina. A comprovação desta força da equipe nas arquibancadas veio com o anúncio da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), que colocou a Cidade Canção na liderança de público do campeonato.

 

MÉDIA

O primeiro turno teve 11 rodadas. O Maringá Vôlei realizou seis partidas em casa e levou 12.634 torcedores ao Ginásio Chico Neto. A média é de 2.105 torcedores por jogo.

 

OS MELHORES

No ranking da ´galera´, o Vôlei Renata, de Campinas, aparece em segundo, com 10.976 torcedores, em sete jogos disputados no ginásio de esportes Taquaral. O Vôlei Ribeirão é o terceiro, com 10.400 torcedores, em seis jogos. O Itapetininga-SP vem a seguir, com 7.395 torcedores, também com seis partidas disputas.

Corinthians/Guarulhos-SP e São Judas-SP.

 

CONTRA O SESC

Após o jogo de ontem contra o Sesi-SP, pela Copa Brasil, o Copel Telecom / Maringá Vôlei atua amanhã, às 20h, contra o Sesc, às 19h, no Ginásio Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, pela primeira rodada do returno da Superliga masculina.

 

400 MIL

A informação está no site da Federação Paranaense de Futebol. Para se registrar time profissional na FPF o custo é de R$ 400 mil. E ainda tem as taxas da CBF. Então, a inscrição vai girar em torno de R$ 500 mil.

 

PAN NEWS

O colunista destaca as informações do esporte de Maringá no PAN News, da Rádio Jovem Pan Maringá (101.3 FM), de segunda a sexta, às 9h10.

 

SORTEIO DE INGRESSOS

Quer ganhar ingresso para o jogo Maringá Vôlei x Sesi-SP, dia 19 de janeiro, no Ginásio Chico Neto? Acesse o nosso blog no Portal O Diário e mande mensagem para concorrer.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.