VOLEIBOL

Voleibol de Maringá e do Paraná



O campeão olímpico Ricardinho anuncia aposentadoria das quadras

Orlando Gonzalez

O levantador Ricardinho, de 42 anos, anuncia oficialmente hoje a sua aposentadoria das quadras. Ricardinho tem no histórico duas medalhas olímpicas: ouro nos Jogos de Atenas em 2004 e prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, além de seis títulos de Liga Mundial de Vôlei, quatro de Campeonatos Sul-americanos, dois títulos da Copa dos Campeões e uma conquista da Copa do Mundo de Vôlei. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

Agora, Ricardinho ficará apenas à frente do Copel Telecom/Maringá Vôlei, que vai disputar a Superliga 2018/19.

 

Ricardinho oficializa daqui a pouco, às 15h desta quarta-feira (18), a despedida das quadras, em coletiva de imprensa, na sede do Maringá Vôlei, na avenida Parigot de Souza, 211.

Comente aqui


CBV confirma Copel Telecom na Superliga 2018/19

Orlando Gonzalez

O torcedor do Copel Telecom / Maringá Vôlei pode ´respirar´ aliviado. É que o blog foi informado que a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) confirmou a presença do time maringaense na temporada 2018/19 da Superliga masculina.

 

A diretoria da equipe da Cidade Canção, inclusive, já mantém entendimentos com algumas empresas para iniciar a montagem do elenco para o próximo nacional.

 

O Copel Telecom herdou a vaga do Canoas/RS, que desistiu do campeonato em razão de problemas financeiros. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

A equipe maringaense, décima primeira colocada no último campeonato, como consta no regulamento, seria a primeira a ser convocada em caso de desistência ou exclusão de alguma equipe da Superliga.

Comente aqui


IMAGENS – Atividade da equipe de vôlei feminino de Maringá na Vila Olímpica

Atletas do vôlei de praia de Maringá treinam no Ginásio Valdir Pinheiro, na Vila Olímpica. Fotos: Orlando Gonzalez. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

Comente aqui


Londrina não terá equipe na Superliga feminina

Reprodução facebook Vôlei Londrina

Orlando Gonzalez

Após a brilhante campanha na Superliga B feminina e do acesso conquistado à elite do voleibol nacional, a cidade de Londrina não vai contar com equipe na competição. Após perder o patrocinador máster, o time não conseguiu patrocinador na cidade – só teria um patrocínio da Copel, que é destinado às equipes do Paraná em competições nacionais, e que não seria suficiente. O time tem presença confirmada na competição, mas estará em quadra defendendo o Balnerário Camboriú/SC.

 

A responsável pelo projeto, a londrinense Elisangela Almeida, medalhista olímpica nos Jogos de Sidney/2000, lamentou a falta de apoio, e confirmou o interesse de três grandes empresas catarinenses, e a mudança para Santa Catarina. + ESPORTE

Comente aqui


Copel Telecom tem direito a vaga na Superliga masculina

Orlando Gonzalez

Como o blog do Orlando Gonzalez havia anunciado há alguns meses, o Canoas/RS oficializou a sua desistência da próxima edição da Superliga masculina. Na página oficial da equipe no Facebook, o time anunciou que não participará da próxima edição do Campeonato Nacional. Desta maneira, a vaga é do Copel Telecom / Maringá Vôlei, que como décimo primeiro colocado na temporada 2017/18, ganha a vaga. Agora resta apenas a CBV oficializar o retorno da equipe de Maringá.

 

A equipe do Rio Grande do Sul atravessa por momento econômico difícil, e na oficialização da desistência, a diretoria assegura que o time voltará, em breve, à Superliga. VEJA NOTA DO CANOAS!

1 Comentário


Copel Telecom só aguarda CBV anunciar sua volta à Superliga

Orlando Gonzalez

O Copel Telecom / Maringá Vôlei, décimo primeiro colocado na última temporada da Superliga masculina, deve ser anunciado nos próximos dias como um dos 12 integrantes da Superliga 2018/19. A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), aliás, como consta no regulamento, deveria ter anunciado no último dia 30 de maio as equipes e, por isso, agora parece questão de tempo para o time de Maringá voltar ao cenário nacional.

 

Além do Canoas/RS, que tem problemas financeiros com o elenco do último campeonato, agora surgiu a informação que o Caramuru, de Castro, também está com problemas financeiros. Essa informação foi destacada no blog do Bruno Voloch, no Estadão.

 

A diretoria do Copel Telecom não comenta o assunto. Pelo menos nada foi passado de maneira oficial à imprensa. +ESPORTE

Comente aqui


Vôlei de praia de Maringá tem atleta na expectativa do Circuito Mundial da China

Orlando Gonzalez

A gaúcha Cristiele Scwartzhaupt, 18 anos, já passa por momentos de ansiedade em razão da proximidade do início do Circuito Mundial de vôlei de praia de Nanjin, na China, no começo de julho. Será a primeira competição internacional da atleta.

“Os treinamentos estão dentro da programação da técnica Nayara (Malheiros Caruzzo). Estamos treinando forte, e na expectativa de realizar boa apresentação e conquistar bons resultados no mundial. A ansiedade é grande, mas os treinamentos me ajudam a controlar isso”, comentou. +ESPORTE

 

Cristiele treina há um mês com as demais atletas do vôlei de praia de Maringá, na Vila Olímpica, justamente para aprimorar a parte técnica e tática, e também pelo fato da técnica Nayara ser uma das profissionais da comissão técnica do Brasil no Mundial.

 

No Mundial da China, Cristiele terá como parceira a mineira Maria Luiza.

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui


CBV pode confirmar Copel Telecom na próxima Superliga. Definição ocorre no dia 30

Orlando Gonzalez

O Copel Telecom / Maringá Vôlei, décimo primeiro colocado na Superliga masculina 2017/2018, acabou rebaixado à Superliga B. Mas a posição final na tabela mantém a equipe com chances de participar da elite do voleibol nacional na próxima edição caso alguma equipe desista de participar ou não reúna condições exigidas Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). E como penúltimo colocado, pelo regulamento, o Copel Telecom será a primeira equipe convidada para disputar a Superliga. E esta possibilidade de voltar à elite do voleibol evoluiu nos últimos dias. + ESPORTE

 

Tudo em razão da frágil situação do time de voleibol de Canoas/RS, eliminado nas quartas de final da última temporada pelo campeão Sada/Cruzeiro/MG, que está com os salários em atraso com o elenco. E o time, assim como as demais equipes confirmadas para a Superliga 2018/19, tem que confirmar a inscrição no evento até o próximo dia 30. E no regulamento da CBV, há a informação que para disputar competições as equipes têm que apresentar quitação e não possuir qualquer dívida com jogador contratado para a temporada anterior.

 

A partir de 30 de maio a CBV deverá se pronunciar sobre os próximos participantes da Superliga masculina 2018/19.

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui


Marialva recebe etapa dos estaduais Sub-15 e Sub-17 da Federação Paranaense de Voleibol

Orlando Gonzalez

A Federação Paranaense de Voleibol (FPV) vai realizar etapa dos campeonatos estaduais Sub-15 e Sub-17 no próximo fim de semana – de sexta (13) a domingo (15) – em Marialva. Os jogos serão realizados nos ginásios José Gomes Colhado e do Clube dos Trinta. +ESPORTE

“Temos uma estrutura de esporte muito boa e nos colocamos à disposição para receber os atletas e colocar pela primeira vez Marialva nesse circuito oficial das competições de vôlei”, disse o secretário de Esporte e Lazer de Marialva, Maikon Parpinelli.

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui


Londrina tem o apoio da torcida, mas perde para Curitiba na decisão da Superliga B feminina

Foto: Curitiba Carol House/CMP

Orlando Gonzalez

O torcedor londrinense compareceu ao Ginásio Moringão na noite desta segunda-feira (9) para apoiar o time da casa, o Vôlei Positivo/Londrina, na decisão do título da Superliga B feminina diante do Curitiba Carol House/CMP. Mesmo com a força dos 4.280 torcedores, a equipe de Londrina acabou perdendo no tie-break para as curitibanas, que fecharam a temporada como campeãs. O jogo serviu para se estabelecer a classificação final, mas o londrinense não deixou o ginásio desanimado, já que as londrinenses, assim como as curitibanas já haviam conquistado o acesso à Superliga feminina 2018/19. +ESPORTE

CURITIBA CAMPEÃO DA SUPERLIGA B DE VÔLEI FEMININOQue ironia! A primeira derrota do Vôlei Positivo foi justamente na final, em Londrina, com grande presença da torcida no Moringão. Curitiba venceu a final por 3 sets a 2. Parabéns ao time da capital. Mesmo assim, parabéns também para a equipe londrinense pela campanha. As duas equipes estão garantidas na Superliga da próxima temporada! #VôleiPositivo #SuperligaB #Superliga #Vôlei #Londrina #Curitiba

Publicado por Tarobá Esporte Londrina em Segunda, 9 de abril de 2018

Ambas as equipes entraram em quadra motivadas. As londrinenses, pela ótima campanha, com sete vitórias consecutivas, e as curitibanas, com seis vitórias e uma derrota, justamente para o Londrina, por três sets a zero, na primeira rodada da temporada, em jogo disputado em Curitiba.

 

A partida decisiva desta segunda-feira teve 2h24min de duração. No primeiro set, Londrina ganhou de 31 a 20. No segundo, Curitiba fechou em 25 a 22. A equipe da capital, no comando do técnico Clésio Prado, manteve o bom ritmo do set anterior e encerrou o terceiro set em 25 a 19. No set seguinte, Londrina reagiu, mas Curitiba se manteve forte, e apertado placar foi de 26 a 24 para Londrina. Aí veio o tie-break, e a equipe de Curitiba se manteve eficiente e encerrou a partida com parcial de 15 a 11.

 

EQUIPES:

Londrina: Ana Maria, Lia, Carla, Adri, Amanda e Ju Odilon. Líbero – Silvana. Entraram: Mayara, Nathália, Ana Paula Guth. Técnica: Ivomari Ramos

Curitiba: Paty, Wime, Valeskinha, Vivi, Fofinha, Verônica. Líbero – Aninha. Entraram: Jéssica, Marina, Ana Paula. Técnico: Clésio Prado

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui