Superliga masculina



Pensando na Superliga, Copel Telecom / Maringá Vôlei treina no Ginásio Chico Neto e nas quadras areias da Vila Olímpica

Orlando Gonzalez

A equipe de vôlei masculino do Copel Telecom / Maringá Vôlei já treina em preparação para a Superliga masculina 2018/19, que deve começar em outubro. As atividades acontecem, por volta das 17h, na Vila Olímpica, em Maringá. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

Time de Maringá treina para a Superliga

Inicialmente a equipe prioriza a parte física. Por isso, as atividades ocorrem no Ginásio Chico Neto e nas quadras de areia da Vila Olímpica.

 

O campeonato, como na temporada passada, vai contar com 12 equipes: Copel Telecom, Sada Cruzeiro (MG), Sesi-SP, Taubaté (SP), Vôlei Renata (SP), Montes Claros Vôlei (MG), Minas Tênis Clube (MG), Sesc-RJ, Caramuru (PR), São Bernardo Vôlei (SP), Vôlei Ribeirão Preto (SP) e Vôlei UM Itapetininga (SP). A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) ainda não divulgou a tabela do campeonato.

O Copel Telecom retornou à Superliga após desistência do Canoas/RS. Como décimo primeiro colocado na última temporada, o time de Maringá ganhou a vaga, como consta no regulamento da Superliga.

Comente aqui


Copel Telecom apresenta equipe e confirma presença no Paranaense de Vôlei

Orlando Gonzalez

O Copel Telecom apresenta à torcida e imprensa seus jogadores para a temporada 2018/19 da Superliga masculina. O encontro será às 15h30 desta quinta-feira (26), na entrada do vestiário da equipe no Ginásio Chico Neto (em frente às quadras de vôlei de areia). Após entrevistas, os atletas já treinam nas quadras de areia da Vila Olímpica.

 

Antes de entrar em quadra pela Superliga, o Copel Telecom vai estar em quadra pelo Campeonato Paranaense. E o primeiro jogo será diante do Foz do Iguaçu, na quadra adversária. A estreia na Superliga acontece em outubro. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

Comente aqui


O campeão olímpico Ricardinho anuncia aposentadoria das quadras

Orlando Gonzalez

O levantador Ricardinho, de 42 anos, anuncia oficialmente hoje a sua aposentadoria das quadras. Ricardinho tem no histórico duas medalhas olímpicas: ouro nos Jogos de Atenas em 2004 e prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, além de seis títulos de Liga Mundial de Vôlei, quatro de Campeonatos Sul-americanos, dois títulos da Copa dos Campeões e uma conquista da Copa do Mundo de Vôlei. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

Agora, Ricardinho ficará apenas à frente do Copel Telecom/Maringá Vôlei, que vai disputar a Superliga 2018/19.

 

Ricardinho oficializa daqui a pouco, às 15h desta quarta-feira (18), a despedida das quadras, em coletiva de imprensa, na sede do Maringá Vôlei, na avenida Parigot de Souza, 211.

Comente aqui


CBV confirma Copel Telecom na Superliga 2018/19

Orlando Gonzalez

O torcedor do Copel Telecom / Maringá Vôlei pode ´respirar´ aliviado. É que o blog foi informado que a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) confirmou a presença do time maringaense na temporada 2018/19 da Superliga masculina.

 

A diretoria da equipe da Cidade Canção, inclusive, já mantém entendimentos com algumas empresas para iniciar a montagem do elenco para o próximo nacional.

 

O Copel Telecom herdou a vaga do Canoas/RS, que desistiu do campeonato em razão de problemas financeiros. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

A equipe maringaense, décima primeira colocada no último campeonato, como consta no regulamento, seria a primeira a ser convocada em caso de desistência ou exclusão de alguma equipe da Superliga.

1 Comentário


Copel Telecom tem direito a vaga na Superliga masculina

Orlando Gonzalez

Como o blog do Orlando Gonzalez havia anunciado há alguns meses, o Canoas/RS oficializou a sua desistência da próxima edição da Superliga masculina. Na página oficial da equipe no Facebook, o time anunciou que não participará da próxima edição do Campeonato Nacional. Desta maneira, a vaga é do Copel Telecom / Maringá Vôlei, que como décimo primeiro colocado na temporada 2017/18, ganha a vaga. Agora resta apenas a CBV oficializar o retorno da equipe de Maringá.

 

A equipe do Rio Grande do Sul atravessa por momento econômico difícil, e na oficialização da desistência, a diretoria assegura que o time voltará, em breve, à Superliga. VEJA NOTA DO CANOAS!

1 Comentário


Copel Telecom só aguarda CBV anunciar sua volta à Superliga

Orlando Gonzalez

O Copel Telecom / Maringá Vôlei, décimo primeiro colocado na última temporada da Superliga masculina, deve ser anunciado nos próximos dias como um dos 12 integrantes da Superliga 2018/19. A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), aliás, como consta no regulamento, deveria ter anunciado no último dia 30 de maio as equipes e, por isso, agora parece questão de tempo para o time de Maringá voltar ao cenário nacional.

 

Além do Canoas/RS, que tem problemas financeiros com o elenco do último campeonato, agora surgiu a informação que o Caramuru, de Castro, também está com problemas financeiros. Essa informação foi destacada no blog do Bruno Voloch, no Estadão.

 

A diretoria do Copel Telecom não comenta o assunto. Pelo menos nada foi passado de maneira oficial à imprensa. +ESPORTE

Comente aqui


CBV pode confirmar Copel Telecom na próxima Superliga. Definição ocorre no dia 30

Orlando Gonzalez

O Copel Telecom / Maringá Vôlei, décimo primeiro colocado na Superliga masculina 2017/2018, acabou rebaixado à Superliga B. Mas a posição final na tabela mantém a equipe com chances de participar da elite do voleibol nacional na próxima edição caso alguma equipe desista de participar ou não reúna condições exigidas Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). E como penúltimo colocado, pelo regulamento, o Copel Telecom será a primeira equipe convidada para disputar a Superliga. E esta possibilidade de voltar à elite do voleibol evoluiu nos últimos dias. + ESPORTE

 

Tudo em razão da frágil situação do time de voleibol de Canoas/RS, eliminado nas quartas de final da última temporada pelo campeão Sada/Cruzeiro/MG, que está com os salários em atraso com o elenco. E o time, assim como as demais equipes confirmadas para a Superliga 2018/19, tem que confirmar a inscrição no evento até o próximo dia 30. E no regulamento da CBV, há a informação que para disputar competições as equipes têm que apresentar quitação e não possuir qualquer dívida com jogador contratado para a temporada anterior.

 

A partir de 30 de maio a CBV deverá se pronunciar sobre os próximos participantes da Superliga masculina 2018/19.

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui


Copel Telecom / Maringá Vôlei pode voltar à Superliga masculina

Orlando Gonzalez

O Copel Telecom / Maringá Vôlei encerrou a sua participação na Superliga masculina 2017/18 na décima primeira posição, com 10 pontos, e acabou rebaixado à Superliga B. Mas a posição, passa a ser privilegiada caso alguma equipe, das 12 que vão disputar a próxima temporada – 10 da atual Superliga e os dois que sobem da Superliga B -, desista de participar do campeonato. E o blog foi informado que duas equipes já manifestaram o desejo de abrir mão do campeonato. Assim, o Copel Telecom será o primeiro time convidado para disputar a próxima temporada. É claro que qualquer desistência só será oficializada após o fim da Superliga. +ESPORTE

 

No regulamento da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) consta que caso ocorra alguma desistência, o décimo primeiro colocado será convidado. Caso não aceite, o décimo segundo, o terceiro da Superliga B, e assim sucessivamente, até se definir o número exato de 12 participantes.

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui
 

Rebaixado, Copel Telecom vence Vôlei Renata e agora torce por desistência para voltar à Superliga

Orlando Gonzalez

O Copel Telecom / Maringá Vôlei encerrou na noite deste sábado (18) a sua participação na Superliga masculina 2017/18. No Ginásio Chico Neto, que recebeu bom público, a equipe maringaense foi melhor que o Vôlei Renata e ganhou a partida por três sets a zero, com parciais de 28 a 26, 25 a 22 e 25 a 20. A terceira vitória em 21 jogos na competição não salvou a equipe do rebaixamento, que na verdade ocorreu na derrota de três sets a um para o Minas Tênis, em Maringá.

Agora a equipe espera que haja uma desistência entre as doze equipes para a próxima temporada. Assim, será o primeiro time convidado pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), com reza o regulamento, para voltar à elite. O regulamento diz que, com a provável desistência de alguma equipe, o décimo primeiro colocado será convocado, o décimo segundo colocado, o terceiro da Superliga B e assim sucessivamente.

Na partida deste sábado (17), no Ginásio Chico Neto, em Maringá, o Copel Telecom derrotou o Vôlei Renata, por três sets a zero, pela Superliga masculina. As parciais foram de 28 a 26, 25 a 22 e 25 a 20. +ESPORTE

Copel Telecom x Vôlei Renata pela Superliga masculina

A post shared by Orlando Gonzalez – Assessoria (@orlandomgonzalez) on

Com o resultado, o Copel Telecom somou 10 pontos e fechou na décima primeira posição, já que o JF Vôlei perdeu para o Corinthians, em Guarulhos/SP, por três sets a um (25 a 20, 33 a 31, 17 a 25 e 25 a 19) e se manteve com oito pontos.

 

Após a realização da última rodada da fase de classificação, se garantiram na segunda fase os oito melhores: Sada Cruzeiro, SESC-RJ, Sesi, Taubaté, Minas, Corinthians/Guarulhos, Vôlei Renata e Canoas. Não passaram à próxima fase, mas se mantiveram na elite Montes Claros e Caramuru/Ponta Grossa.

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui