clube olímpico



No Clube Olímpico, maringaense e paulista decidem Nacional de Tênis

Maringaense Gustavo Andrade está na final do campeonato

Orlando Gonzalez

A grande final do Campeonato Nacional de Incentivo ao Profissional de Tênis  acontece na manhã deste domingo (15), a partir das 9h30, no Clube Olímpico, em Maringá, e vai contar com o maringaense Gustavo Andrade, de 28 anos. O objetivo é o título, os 500 pontos no ranking estadual masculino e a vaga no Torneio ITF Future US 25.000, que será de 14 a 20 de maio, no Graciosa Country Club, em Curitiba. O paulista Alex Blumenberg será o adversário do maringaense na decisão.

Andrade obteve quatro vitórias, sendo uma por WxO, até alcançar a grande final. E o maringaense está confiante para a decisão. “Os jogos foram bem corridos, mas consegui acompanhar. Fisicamente consegui agüentar bem os jogos, e estou até me sentindo melhor agora em relação ao início do torneio. Estou com um ritmo melhor, e agora é tentar jogar bem na final”, projetou.

 

A decisão acontece às 9h30, no Clube Olímpico, e a entrada é franca. +ESPORTE

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

1 Comentário


Maringá sedia torneio de tênis que vale convite para o ITF Future

Desde a última quinta-feira (12), o Clube Olímpico de Maringá recebe o Campeonato Nacional de Incentivo ao Profissional, torneio que vale 500 pontos no ranking estadual masculino e premia o campeão com um convite para disputar o torneio ITF Future U$ 25.000,00, que acontecerá entre 14 e 20 de maio, no Graciosa Country Club, em Curitiba.

 

Neste sábado as disputas acontecem durante todo o dia, e o campeão será definido na manhã de domingo. O campeão ganha o Wild Card para jogar a chave principal do torneio internacional em Curitiba, enquanto que o finalista recebe o WC para disputar o qualifying. +ESPORTE

 

O torneio é dirigido a juvenis e tenistas de 1ª, 2ª e 3ª classes que ainda não possuem pontos na ATP. “Este torneio é uma oportunidade para juvenis ou adultos que querem ter a experiência de jogar um torneio profissional, ou para aqueles que não têm pontos no ranking ATP. O torneio nível Future vale pontos para o ranking nacional de profissionais brasileiros. Quem joga este tipo de torneio vai somar pontos para que possa ser melhor ranqueado em torneios da 1ª classe e, portanto, pode ser cabeça de chave nos torneios da Federação”, explica Silvio de Souza, presidente da FPT.

 

O torneio em Maringá vai até domingo pela manhã, com entrada gratuita e é disputado apenas no naipe masculino.

Danilo Gonzale

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

1 Comentário