futebol paraná



Maringá FC perde mídia estadual logo no início do Campeonato Paranaense

Maringá Estreia no domingo contra o Rio Branco. Jogo contra o Coxa será na segunda rodada

Orlando Gonzalez

O Campeonato Paranaense de 2019 ainda nem começou e o Maringá Futebol Clube começa a ser prejudicado. É claro que fora das ´quatro linhas´, em mídia estadual, por conta das mudanças realizadas pela Federação Paranaense de Futebol (FPF).

 

Pela segunda rodada do Estadual, o Maringá FC encara o Coritiba na capital, na quarta-feira (23). Inicialmente o jogo seria transmitido para todo o Estado, pela RPC, tanto que estava programado para as 21h30. Com a mudança, agora será às 20h, e o Tricolor perde a oportunidade de destacar seus patrocinadores em nível estadual. (atualizado)

Comente aqui


Ademir Alves, da imprensa de Apucarana, torce pelo sucesso do filho Luan no Londrina

Luan e Ademir

Orlando Gonzalez

O radialista e apresentador de TV Ademir Alves, da imprensa de Apucarana, não perde um jogo da equipe Sub-20 do Londrina. Alves esteve manhã deste domingo (30), no Estádio Willie Davids, na torcida pelo sucesso do filho, Luan Marchiori, 18 anos, que atua como volante no Alviceleste. E para a alegria da família, Marchiori vai defender a cidade de Londrina na Copa São Paulo de Juniores.

 

Em 2018, a jovem promessa também esteve em campo pelo PSTC, no Campeonato Paranaense da Segunda Divisão.

1 Comentário


Técnico Picoli se apresenta na próxima terça ao Maringá Futebol Clube

Técnico Antonio Picoli se apresenta na próxima terça-feira. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC

Orlando Gonzalez

A partir da próxima semana o Maringá Futebol Clube começa a se movimentar, de fato, visando a participação no Campeonato Paranaense de 2019, que começa em 20 de janeiro. Tudo porque o técnico Antônio Picoli se apresenta à diretoria do Tricolor na próxima terça-feira (6). Aí fica em definitivo na Cidade Canção, com o propósito de formatar planejamento e definir os últimos reforços do time para as disputas da competição.

 

O técnico mantém entendimentos com alguns jogadores, e reforços devem ser anunciados na próxima semana. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

Quarto colocado no último Campeonato Paranaense, o Maringá FC pensa em realizar campanha superior e até ´brigar´ por uma das vagas às semifinais da competição de 2019.

 

No primeiro turno da competição os jogos do Maringá, que integra o Grupo A, serão contra Coritiba, Paraná Clube, Cianorte, FC Cascavel, Rio Branco e Cascavel CR, que integram o Grupo B.

Comente aqui


Maringá Futebol Clube conhece rivais da primeira fase do Campeonato Paranaense de 2019

Maringá ficou no grupo mais forte. Foto: Julia Abdul-Hak/FPF

Orlando Gonzalez

O Campeonato Paranaense de 2019 vai começar em janeiro, como anunciara o blog. E pela ordem dos times nos grupos A e B, o Maringá Futebol Clube vai ter que ´brigar´, de fato, no primeiro turno para tentar alcançar a fase decisiva da competição. É que o Tricolor, no Grupo A, terá Coritiba, Paraná Clube, Cianorte, FC Cascavel, Rio Branco e Cascavel CR, do Grupo B, como rivais no turno. A meta deverá ser uma das duas primeiras posições, mas aí a equipe terá uma parada indigesta. É que terá um time do mesmo grupo pela frente nas semifinais. Já no segundo turno, os confrontos serão com as equipes do mesmo grupo. E aí o ´Cachorrão´ vai atuar contra Atlético, Foz do Iguaçu, Londrina, Toledo e Operário Ferroviário. Teoricamente, um grupo mais qualificado, entretanto se ficar na primeira ou segunda posições terá rival do Grupo B pelas semifinais.

 

Na reunião arbitral ocorrida na tarde desta terça-feira (23), na sede da Federação Paranaense de Futebol (FPF), em Curitiba, ficou definido que a competição será iniciada 20 de janeiro e finalizada em 14 de abril, data do segundo jogo decisivo. Agora, caso uma mesma equipe vença os dois turnos, o Estadual será concluído em 3 de abril. A tabela de jogos deverá ser anunciada até 20 de novembro.

 

O Campeonato Paranaense será transmitido pela RPC. A cota do Maringá FC é de R$ 375 mil. Dos 12 times participantes, somente o Atlético Paranaense, não definiu contrato com a emissora.

Comente aqui


Claudinei Oliveira troca o Paraná Clube pela Chapecoense

Claudinei Oliveira deixa o Paraná Clube. Foto: Geraldo Bubniak/Paraná Clube

Orlando Gonzalez

O técnico Claudinei Oliveira deixou na manhã desta terça-feira (16) o comando técnico do Paraná Clube. O técnico tinha contrato até o fim da temporada, mas a decisão ocorreu em comum acordo. Foi a terceira passagem de Oliveira pela equipe da capital. Em 11 partidas, foram três empates e oito derrotas. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

Oliveira nem entrou na fila do desemprego. É que nesta terça mesmo ele já foi anunciado como novo técnico da Chapecoense.

 

No Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube é o lanterna, com 17 pontos. A Chapecoense ocupa o décimo oitavo lugar, também na zona de rebaixamento, com 31 pontos. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

Comente aqui


Com nove em campo e atacante no gol, Grêmio Maringá vence o Cambé pela Terceira Divisão do Campeonato Paranaense

Grêmio Maringá vence o Cambé

Orlando Gonzalez

Os conflitos entre os jogadores e a diretoria do Grêmio Maringá já acontecem. E ficaram evidenciados antes mesmo da bola rolar, neste sábado (13), no Estádio Erich George, em Rolândia, pela oitava rodada do Campeonato Paranaense da Terceira Divisão. Os jogadores chegaram em carros particulares ao local do confronto. Ainda, como informa a súmula da partida (confira aqui), o time maringaense iniciou a partida com nove jogadores, e sem os dois goleiros. O atacante Edinando Moraes atuou como goleiro. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

Na súmula do jogo há outras informações: o Grêmio Maringá chegou ao estádio às 15h28, e como os calções tinham as mesmas cores do time da casa, tiveram que realizar a troca nos vestiários. Assim, somente os integrantes da arbitragem e do Cambé acompanharam a execução dos hinos do Paraná e do Brasil.

 

Apesar da desvantagem numérica em campo, o Grêmio Maringá superou o Cambé, por 3 a 2, mas o time da casa marcou primeiro, com Paulo Cezar, aos 20 minutos. O Galo buscou o empate com Rafael da Silva, aos 37 minutos. Na etapa final, Victor Afonso, aos 20 minutos, colocou o Cambé novamente em vantagem. O Galo assegurou o segundo empate, de novo com Rafael da Silva, aos 36 minutos. E o gol da vitória saiu nos acréscimos, com João Luiz Barbosa, aos 46 minutos.

 

Com o resultado, o Alvinegro acumula cinco vitórias e duas derrotas em sete jogos realizados, e ocupa o terceiro lugar, agora com 15 pontos. A liderança é do Apucarana, com 19 pontos e o Nacional, de Rolândia, vem a seguir, com 15 pontos, mas com um jogo a menos. Caso o Nacional vença, neste domingo, o Verê, o Galo garante a classificação antecipada à segunda fase.

 

O time maringaense atuou em Cambé com Edinando Moraes; Renan Rodrigues; Rafael da Silva, Matheus Rodrigues e Vinicius Alves; Célio Guilherme, João Luiz Barbosa e Lucas Lopes; Marcos Roberto. Técnico: Gerson Lente.

 

O próximo compromisso da equipe Alvinegra será no dia 21 de outubro, contra o Campo Mourão, em Maringá.

 

CLASSIFICAÇÃO

1 – Apucarana 19

2 – Nacional 15

3 – Grêmio Maringá 15

4 – Arapongas 11

5 – Verê 10

6 – Grecal 6

7 – Campo Mourão 6

8 – Cambé 5

9 – Colorado 0

 

 

JOGOS

Campanha do Grêmio Maringá

 

1ª rodada

Grecal 0 x 2 Grêmio Maringá

 

3ª rodada

Grêmio Maringá 2 x 0 Verê

 

4ª rodada

Grêmio Maringá 0 x 2 Arapongas

 

5ª rodada

Colorado 1 x 7 Grêmio Maringá

 

6ª rodada

Grêmio Maringá 2 x 1 Colorado

 

7ª rodada

Apucarana 1 x 0 Grêmio Maringá

 

8ª rodada

Cambé 2 x 3 Grêmio Maringá

Comente aqui


Foz Cataratas entra em campo apenas para confirmar o título do Campeonato Paranaense de Futebol feminino

Foz Cataratas tem a melhor campanha do Campeonato Paranaense. Foto: Christian Rizzi/FrontPress

Orlando Gonzalez

O Foz Cataratas/Coritiba precisa de apenas um ponto para conquistar o título do Campeonato Paranaense de Futebol feminino de 2018. Recebi essa informação. Mas precisa mesmo? Claro que é um exagero. Apenas um ponto, na verdade, é muito. O Foz já é o campeão, e o blog vai explicar:

 

Restam duas rodadas para o fim do campeonato. O Foz lidera com 12 pontos, e o Toledo é o vice-líder, com seis pontos. O Foz poderá até perder os dois jogos, que mesmo assim é o campeão. Como? O Toledo vencendo os dois jogos vai aos mesmos 12 pontos e vai empatar em número de vitorias – quatro para cada equipe. Mas no saldo de gols o Foz tem 32 gols de saldo, enquanto o Toledo tem -11. Isso vale dizer que se o Foz perder os dois jogos que restam por 1 a 0, o Toledo terá que marcar 42 gols e não sofrer nenhum, para ficar com 31 gols de saldo, contra 30 do Foz. Outro detalhe relevante: a melhor vitória do Toledo no campeonato foi de 3 a 1 contra o Grecal, em casa, pela terceira rodada.

 

O primeiro critério de desempate é o número de vitórias, depois o saldo de gols. Então, é só o Foz entrar em campo que já será o campeão, independentemente do resultado da partida desta sexta.

 

RODADA

Pela tabela, o Foz do Iguaçu enfrenta o Grecal, nesta sexta (12), às 15h30, em Curitiba. E na última rodada, encara o Imperial, no domingo (14), no mesmo horário, em Curitiba. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

Comente aqui
 

Federação convoca clubes participantes do Campeonato Paranaense de 2019 para reunião arbitral

Arbitral acontece no próximo dia 23

Orlando Gonzalez

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) programou para o próximo dia 23 a reunião arbitral com os representantes dos 12 times que vão participar do Campeonato Paranaense da Primeira Divisão de 2019. O encontro será no salão Poty Lazzarotto do Hotel Lancaster, em Curitiba.

 

Além do Maringá Futebol Clube, o arbitral contará com dirigentes de Atlético, Coritiba, Paraná Clube, Cascavel Clube Recreativo, Cianorte, Foz do Iguaçu, Futebol Clube Cascavel, Londrina, Operário, Rio Branco e Toledo.

Comente aqui


Fotógrafa curitibana perde 43kg e vira Musa do Atlético/PR

Barbara Broska. Foto: M2 Mídia

Orlando Gonzalez

Uma história de muita de dedicação. Insatisfeita com 102kg, a fotógrafa curitibana Barbara Broska, 32 anos, resolveu mudar de vira. E conseguiu. Baixou o peso para 59kg sem passar por cirurgia ou usar remédios. Foi tudo na base de treinamento. Buscou uma vida saudável e hoje, com 70kg, é a Musa do Atlético/PR e disputa o título de Musa do Campeonato Brasileiro.

Mais imagens da Musa do Atlético

A descoberta de uma úlcera fez com que ela tomasse uma atitude radical. Começou a treinar todos os dias para o seu primeiro campeonato fitness na categoria Wellness. E as mudanças positivas logo no início foram importantes.

 

“É possível mudar e ser feliz! O título (Musa do Atlético) vem para coroar a minha trajetória. Tudo isso me fez ver que cada dificuldade valeu a pena. No concurso quero mostrar que acima de ser mãe, esposa e trabalhadora, a mulher precisa encontrar tempo para se cuidar, e se valorizar sempre. Meu objetivo é mostrar que cuidar de si mesma como prioridade não é egoísmo, é amor próprio”, diz. (Com informações de Eduardo Graboski/M2 Mídia)

Comente aqui