maringá fc



Maringá Futebol Clube empresta atacantes Dandan e Chimbinha

Chimbinha. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá fC

Orlando Gonzalez

O Maringá Futebol Clube anunciou nesta sexta-feira (13) o empréstimo dos atacantes Dandan e Chimbinha para o Marcílio Dias/SC e XV de Piracicaba/SP, respectivamente, até novembro, quando retornam para a pré-temporada do Tricolor visando a participação no Campeonato Paranaense da Primeira Divisão de 2019.

Dandan. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá fC

No Centro de Treinamento Tricolor (CTT) ainda seguem treinando com o preparador físico Luan Ferreira e com o fisioterapeuta Rodrigo do Carmo os jogadores Luan e Júnior Preto (laterais), Borges (volante) e Everton (atacante). + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui


Maringá Futebol Clube vence e assume vice-liderança do Grupo B do Paranaense Sub-19

Foto: Maringá FC

Orlando Gonzalez

Em partida atrasada da primeira rodada do returno, e disputada na manhã desta quarta-feira (11), no Estádio Braz Clementino de Mendonça, em Marialva, o Maringá Futebol Clube derrotou a Portuguesa Londrinense, por 3 a 0, pelo Campeonato Paranaense Sub-19. Yago e Lucas, do Maringá e Matheus, contra, marcaram os gols do confronto.

 

Com o resultado, o Tricolor maringaense ocupa o segundo lugar na classificação geral do Grupo B, com 16 pontos. A liderança é do Londrina, que tem 30 pontos. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

Comente aqui


Maringá FC ganha uma e perde duas nos Estaduais da Federação Paranaense de Futebol

Orlando Gonzalez

Três equipes de base do Maringá Futebol Clube entraram em campo no último fim de semana pelos campeonatos estaduais Sub-15, Sub-17 e Sub-19. Foram uma vitória e duas derrotas.

+ ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

A única equipe a vencer foi a Sub-19, que atuou no Estádio Braz Clementino de Mendonça, em Marialva, e superou o Cambé, por 2 a 1. As derrotas ocorreram em confrontos diante do Verê, no Sub-15 e Sub-17, por 3 a 0 e 1 a 0, respectivamente, no Estádio Vila do Mar, em Verê.

 

Com os resultados, os Tricolores ocupam as seguintes posições na classificação geral dos estaduais. O time Sub-19, com 13 pontos, é o terceiro colocado do Grupo B. A equipe Sub-17, com 12 pontos, é a segunda colocada do Grupo A, enquanto a equipe Sub-15, com nove pontos, é a terceira do Grupo A.

Comente aqui


Maringá Futebol Clube empresta meia João Pedro para time da Suécia

João Pedro. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC

Orlando Gonzalez

A diretoria do Maringá Futebol Clube anunciou nesta terça-feira (3) o empréstimo do meio-campista João Pedro Gomes, de 22 anos, para o Östers Idrottsförening, de Växjö, cidade do sul da Suécia, no condado de Kronoberg. O time disputa a segunda divisão do Campeonato Sueco. Os valores do acordo não foram revelados e, ainda segundo o Maringá, o empréstimo poderá ser prorrogado por mais um ano. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

Contratado para defender o Tricolor na temporada 2018, e com contrato acertado até 2022, o jovem meio-campista deverá se apresentar na próxima semana ao novo time.

João Pedro vai defender o Östers Idrottsförening. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC

O Maringá FC comemorar o acordo internacional, e também promete formar um elenco mais jovem, e competitivo, para as disputas Campeonato Paranaense de 2019

 

NOVO TIME

O Östers ocupa a nona posição no Campeonato Sueco da Segunda Divisão. São 21 pontos em 15 jogos. Foram seis vitórias, três empates e seis derrotas. O time marcou 23 gols e sofreu 24. O Fralkenberg, com 33 pontos, lidera a competição.

Comente aqui


Maringá FC sofre revés em Cianorte e segue sem vencer no returno do Paranaense Sub-19

Orlando Gonzalez

O Maringá Futebol Clube não teve um bom início no segundo turno do Campeonato Paranaense Sub-19. A equipe perdeu as duas partidas disputas. A última, no sábado passado (30), o Tricolor atuou diante do Cianorte, no Estádio Albino Turbay, e perdeu de 3 a 0.

 

Com o resultado, e ainda sem pontuar, o Maringá é o último colocado do Grupo B. Na classificação geral, é o quinto colocado com 10 pontos. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

 

No próximo sábado, às 15h30, a equipe recebe o Cambé, no Estádio Braz Clementino de Mendonça, em Marialva.

Comente aqui


No Paranaense Sub-17, Maringá FC é vice-líder no Grupo A e o Grêmio Maringá o terceiro no Grupo B

Orlando Gonzalez

No último fim de semana foi realizada a sétima rodada do primeiro turno do Campeonato Paranaense Sub-17. O Maringá Futebol Clube, que manda suas partidas no Estádio Braz Clementino de Mendonça, em Marialva, recebeu o Cambé, e ganhou de 2 a 0. Já o Grêmio Maringá, no Estádio Valdemar Bravin, em Floriano, perdeu de 2 a 0 para o Atlético Paranaense.

 

Com os resultados, o Maringá FC ocupa a vice-liderança do Grupo A com 12 pontos. O Verê FC lidera com 18. Já o Grêmio Maringá ocupa o terceiro lugar no Grupo B com nove pontos. O Atlético/PR lidera com 15, enquanto o Independente é o vice-líder com 10. + ESPORTE no Portal da Rádio Maringá

Comente aqui


Maringá FC perde de 3 a 0 para o Caxias e acaba eliminado da Série D

Maringá é superado pelo Caxias. Foto: Luiz Erbes

Orlando Gonzalez

Neste domingo (10) o Maringá Futebol Clube realizou a sua pior partida no Campeonato Brasileiro da Série D, e justamente no momento em que a vitória era o único resultado que interessava para o time avançar às oitavas de final. No Estádio Centenário, em Caxias do Sul/RS, o Caxias venceu o jogo de volta pela segunda fase por 3 a 0.

 

Com o resultado, o time maringaense acabou eliminado, enquanto os gaúchos agora enfrentam o Uberlândia/MG. E o segundo jogo eliminatório será em Caxias do Sul. +ESPORTE

 

Na partida deste domingo, o Caxias foi para cima e pressionou o Maringá, que não conseguiu desenvolver o seu bom futebol, de marcação e jogadas ofensivas. Com isso, e apoiados pelos torcedores locais, o Caxias abriu o placar aos 5 minutos, com Éder. O segundo gol saiu aos 13 minutos, por intermédio de Júnior Alves.

 

Na etapa inicial, o Maringá só conseguiu chegar mesmo com algum perigo com o atacante Bruno Batata, aos 40 minutos.

 

Diante da boa vantagem, na etapa final, o Caxias administrou o resultado, mas aos 4 minutos Gilson, de cabeça, quase marcou o terceiro, não fosse a boa defesa do goleiro Matheus. Aos 7 minutos, porém, o lateral direito Lito tentou cortar de cabeça e mandou, contra, para as redes do Maringá.

 

Depois do terceiro gol, o Maringá de lançou, de fato, ao ataque, e aos 26 minutos, após cobrança de escanteio de João Pedro, Bruno Batata concluiu, mas o goleiro Gledson praticou a defesa. O time maringaense insistiu, mas sem sucesso, enquanto o Caxias teve mais duas boas chances, e o goleiro Matheus, de novo, foi figura importante com importantes defesas.

 

FICHA TÉCNICA:

Local: Estádio Centenário (Caxias do Sul)

Caxias – Gledson; Cleiton, Junior Alves, Jean e Julinho; Gilson, Rafael Gava, Éder (Túlio Renan), Diego Miranda e Nathan (Caio); e Wesley (Foguinho). Técnico: Luiz Carlos Winck.

Maringá – Matheus; Lito, Alex Fraga, Robinho (Renan Costa) e Denis Neves; Carlão, Serrato, João Pedro e Juba;  Paulinho (Dandan) e Bruno Batata. Técnico: Fernando Marchiori.

Comente aqui


Maringá Futebol Clube decide em Caxias do Sul futuro no Brasileiro da Série D

No domingo passado times empataram de 1 a 1 no WD. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC

Orlando Gonzalez

O Maringá Futebol Clube decide, neste domingo, o seu futuro no Campeonato Brasileiro da Série D. A partir das 16h, o Tricolor encara o Caxias, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. A partida é válida pela rodada de volta da segunda fase e somente o vencedor avança à terceira fase. Como não existe saldo de gol, e o primeiro jogo disputado em Maringá terminou empatado de 1 a 1, no domingo passado, uma vitória simples no tempo normal assegura o Maringá na próxima etapa, assim como uma vitória nas cobranças de penalidades máximas, se a partida terminar empatada mais uma vez.

 

O time maringaense está confiante, principalmente pelo bom volume de jogo imposto diante do rival no primeiro duelo entre as equipes. Por isso, e como somente o vencedor avança, mesmo jogando fora de seus domínios e tendo a maioria de torcedores contrários, o Maringá FC vai para cima do Caxias. +ESPORTE

 

Para o compromisso, o técnico Fernando Marchiori vai poder colocar o time com força máxima. Lito, que passou mal antes do primeiro jogo e João Pedro, que dependia de uma nova regularização de sua documentação na CBF, estão à disposição da comissão técnica.

 

Desta maneira, o Tricolor maringaense deve iniciar a partida com Matheus; Lito, Robinho, Alex Fraga e Denis Neves; Carlão, Serrato, João Pedro e Juba; Paulinho Moccelin e Bruno Batata.

Comente aqui


Maringá Futebol Clube vai com força máxima para cima do Caxias

Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC

Orlando Gonzalez

O Maringá Futebol Clube vai entrar em campo no domingo (10)  com força máxima para o segundo confronto frente ao Caxias/RS pela segunda rodada da segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Agora, o técnico Fernando Machiori é quem resolve a melhor formulação tática para tentar superar o rival em seu campo. O jogo de domingo, às 16h, será no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. +ESPORTE

 

Pelo bom desempenho, principalmente no último jogo, o meia-atacante Paulinho Moccelin que, inclusive, caiu na graça da galera, é o primeiro nome na relação dos efetivos. É evidente que Marchiori não fará grandes mudanças, até porque é necessário padrão de jogo, justamente agora na etapa em que os erros devem ser evitados, e que existe a obrigação da vitória.

 

No jogo de domingo, a vitória é o único resultado que interessa para ambos os times. Se ocorrer novo empate, a definição do classificado será nas cobranças de penalidades máximas.

 

O elenco Tricolor tem viagem agendada para a madrugada de sexta-feira com destino ao Rio Grande do Sul.

 

O provável Maringá para o jogo é o seguinte: Matheus; Lito, Robinho, Alex Fraga e Denis Neves; Carlão, Serrato, João Pedro e Juba; Paulinho Moccelin e Bruno Batata.

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui


Maringá Futebol Clube e Caxias empatam de 1 a 1 no Willie Davids pelo Brasileiro da Série D

Meia-atacante Paulinho Moccelin foi o principal nome do Maringá em campo. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá

Orlando Gonzalez

Não faltou emoção no primeiro jogo entre Maringá Futebol Clube e Caxias na tarde chuvosa deste domingo (3) no Estádio Willie Davids, em Maringá, pela segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. O jogo terminou empatado por 1 a 1, e agora as equipes realizam o segundo jogo da etapa mata-mata no próximo domingo (10), no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. O vencedor avança, e caso ocorra novo empate o classificado à terceira fase será conhecido nas cobranças de penalidades máximas. +ESPORTE

 

No jogo, o Tricolor entrou desfalcado de Lito e João Pedro. O lateral direito passou mal e não reuniu condições de jogo, enquanto o meia-atacante depende de uma nova regularização de sua documentação no BID para defender o time no segundo confronto. São jogadores titulares, que inclusive participaram do jogo em Poços de Caldas/MG, na última rodada da fase de classificação.

Atacante Bruno Batata briga com a zaga do Caxias. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC

Mesmo assim, o Maringá FC foi mais ´produtivo´ em campo. E logo no início, aos 4 minutos, em jogada pela esquerda de Paulinho Moccelin, que bateu forte e a bola ´beijou´ o a trave esquerda do Caxias.  E o time de Maringá, de fato, esteve melhor, criou as melhores jogadas nos primeiros 45 minutos, e três grandes lances para balançar as redes do rival, mas a equipe falhou na última bola. O Caxias atuou mais defensivo.

 

Na etapa complementar, o time gaúcho saiu para o jogo, e buscou linha ofensiva. Assim, o jogo ficou mais aberto, mas o rival balançou as redes primeiro. Após jogada pela esquerda, Wesley, aos 14 minutos, mandou para as redes do Tricolor maringaense. Dois minutos depois, o mesmo Wesley sofreu pênalti. O goleiro Matheus recebeu passe de volta de teve que dominar sem as mãos, se atrapalhou e teve que cometer a falta dentro da área, no próprio Wesley, que cobrou para fora.

 

O lance fez o Tricolor voltar para o jogo. E, na base da pressão o gol veio em cobrança de penalidade máxima. Aos 23 minutos, o lateral Cleiton tocou a mão na bola, na área do Caxias, e o árbitro Paulo Henrique Schleich Vollkopf marcou pênalti para o Maringá. O atacante Bruno Batata bateu no canto direito de Glédson, e empatou o jogo.

 

Depois, ambos os times criaram boas jogadas na linha de frente, e pelo lado do Maringá o meia-atacante Paulino Moccelin foi o jogador mais importante, mas o time, de uma maneira geral, não conseguiu balançar novamente as redes do Caxias.

 

FICHA TÉCNICA:

Local: Estádio Willie Davids (Maringá)

Maringá FC – Matheus; Danilo, Alex Fraga, Robinho e Dênis Neves; Carlão, Serrato, Lucão (Rafael Bastos) e Juba (Dandan); Paulinho Moccelin e Bruno Batata. Técnico: Fernando Marchiori.

Caxias – Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Jean e Julinho; Marabá (Rafael), Gilson e Diego Miranda; Éder (Caio), Nathan e Wesley (Foguinho). Técnico: Luiz Carlos Winck

 

Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf

Auxiliares: Leandro dos Santos Ruberdo e Cícero Alessandro de Souza, do Mato Grosso do Sul

Cartão amarelo: Serrato (Maringá), Júnior Alves, Marabá e Gledson (Caxias)

 

Público pagante – 1.687 pessoas

Público total – 1.767 pessoas

Renda – R$ 34.745,00

Danilo Gonzalez – Email: [email protected] Celular – (44) 9843-4677

Comente aqui