pinheiros/sp



Goleira do handebol de Maringá é contratada pelo Pinheiros/SP

Orlando Gonzalez

O Pinheiros/SP, maior clube de handebol do Brasil, está de olho nos atletas de Maringá. É que além do acerto com o armador direito Arthur Pereira, de 22 anos, para a equipe principal masculina, o time paulistano também está levando a goleira Renata Bornia Dias de Souza, de 17 anos.

 

A atleta começou no handebol maringaense em 2013. Disputou várias competições, do infantil ao adulto. E nesta trajetória, é claro, o que não faltou foram pódios e títulos. Foi tricampeã cadete, bicampeã juvenil, campeã nos Estadual Sub-17 e Paranaense Adulto, e ainda acumulou dois vice-campeonatos, nos Jogos Abertos do Paraná e Jogos da Juventude do Paraná.

Além de defender a equipe da Associação Maringaense de Handebol, Renata também atuou pelo Colégio São Francisco Xavier, nos Jogos Escolares do Paraná. No último campeonato de handebol da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), esteve em quadra na equipe do técnico Vinicius Piffer Breschiliare, e o São Francisco encerrou como a terceira melhor equipe do Brasil.

Renata inicia no próximo dia 20 os treinamentos na equipe paulistana.

Contato – (44) 9843-4677 – Email: [email protected]

Comente aqui


O DIÁRIO AO VIVO – Entrevista com o armador Arthur que acertou com o Pinheiros/SP

O DIÁRIO AO VIVO – Ginásio Chico Neto com o armador Arthur Pereira, atleta do handebol de Maringá, que está se transferindo para o Pinheiros/SP.

Ao vivo do Ginásio Chico Neto – esporte Maringá

Publicado por O Diário do Norte do Paraná em Sexta, 12 de janeiro de 2018

Contato – (44) 9843-4677 – Email: [email protected]

Comente aqui


Atleta de Maringá vai para o maior clube de handebol do Brasil

Orlando Gonzalez

Agora é oficial. O armador direito Arthur William Pereira, 22 anos, que defendeu o handebol de Maringá nos últimos cinco anos, vai atuar pelo maior clube de handebol do Brasil, o Pinheiros/SP. Um time que invariavelmente é campeão da Liga Nacional de Handebol e que na última temporada conquistou a tríplice coroa. Foi campeão Paulista, Nacional e Panamericano. O jogador inicia em 5 de fevereiro os treinamentos no time paulistano.

 

A ida de Pereira para o Pinheiros não é comemorada apenas pelo jogador. Amigos, companheiros de equipe e rivais de handebol estadual também valorizam a transferência. É que a transferência demonstra que o handebol de Maringá e do Paraná é de qualidade, e que os grandes clubes estão de olho no Campeonato Paranaense.

O momento é ´mágico´. Na maioria das histórias dos jogadores, tem o sonho de um dia atuar pelo Pinheiros e de defender a Seleção Brasileira. Pereira vive essa euforia, mas ele relembra que seu início no handebol maringaense foi complicado. Ele sofreu uma séria lesão – dois fragmentos ósseos do fêmur direito se soltaram – e aí foram 11 meses de extremo empenho para voltar às quadras. O período foi difícil. Quatro meses sem colocar o pé no chão, e depois mais sete meses de fisioterapia. Nessa fase conheceu pessoas que o auxiliaram no momento difícil e veio a recuperação, e junto dois feitos inéditos para o handebol maringaense.

 

“Defender Maringá foi uma grande hora. Tive uma lesão muito séria logo que cheguei, mas consegui me fortalecer física e psicologicamente. Conheci grandes pessoas neste período, como o dr. Gilson Kuroda e toda a equipe do grupo SportFisio, liderada pelo Eduardo Ruhling. Já recuperado, fiz parte de duas conquistas inéditas do handebol de Maringá. Ficamos em terceiro lugar na Liga Nacional de 2014 e me tornei o artilheiro da Liga de 2016, com 69 gols”.

O armador canhoteiro, considerado hoje um dos principais atletas do Brasil, enaltece o apoio recebido na Cidade Canção. “Sou apaixonado pela cidade. Sou muito grato por esse período que fiquei no time e por todos que estão envolvidos com o handebol maringaense: dirigentes, técnicos (Leonardo Bortolini e Valmir Fassina). Todos que passaram pela equipe, amigos e torcida. Essas pessoas ficarão para sempre marcadas em minha carreira”.

 

Sobre a nova equipe, Pereira diz que será outro grande desafio. “Sigo agora para um novo desafio. Ter a oportunidade de vestir a camisa do maior clube do país vai ser incrível. Também terei a honra de trabalhar com um grande técnico, o Sérgio Hortelan. O grande objetivo é conseguir ajudar o Pinheiros a buscar mais títulos. Vou me dedicar ao máximo e espero ser tão feliz lá como fui aqui” finalizou.

Contato – (44) 9843-4677 – Email: [email protected]

Comente aqui