vôlei parana

     

Maringá/Uningá/Amavolei perde no Paranaense de Vôlei masculino

Foto: Josi Schimidt/FPV

Orlando Gonzalez

A equipe de vôlei masculino do Maringá/Uningá/Amavolei estreou com derrota no Campeonato Paranaense adulto. Na noite de sexta-feira (9), no ginásio de esportes Alcides Pan, em Toledo, a equipe estreou na primeira etapa estadual contra o São João do Ivaí, e acabou perdendo de três sets a um.

 

No primeiro set, a vitória foi do Maringá/Uningá/Amavolei, com parcial de 25 a 21. Na sequência, o rival fechou com parciais de 25 a 14, 25 a 21 e 27 a 25, em 1h45.

 

A equipe de Mairngá volta a jogar neste sábado, às 14h, contra a UEPG/Vôlei Base, no Ginásio Hugo Zeni. No domingo, no encerramento da primeira etapa, a partida ontra a AMVP/Maringá, às 9h45, no Ginásio Alcides Pan.

 

 

Comente aqui


Vôlei feminino de Maringá na Superliga B

Orlando Gonzalez

O voleibol feminino do Maringá/Famma/Amavolei, que disputa o Campeonato Paranaense adulto e os Jogos Abertos do Paraná e que recentemente conquistou o título da Supercopa Paraná, poderá participar da seletiva para a Superliga B.

 

O técnico Valdemar Silva (Dema) recebeu o convite para que a equipe possa participar da competição, e deve confirmar a presença do Maringá/Famma nos próximos dias. Essa seletiva valerá vaga para a Superliga B, que vem a ser a segunda divisão da Superliga feminina.

 

É claro que Maringá vai ganhar, e muito, com essa possibilidade de ingressar em mais uma competição nacional, que tem a chancela da Confederação Brasileira de Voleibol (CBF).

Comente aqui


Vôlei feminino do Paraná é rebaixado no Brasileiro de Seleções

Foto: Raphael Oliveira/CBV

Orlando Gonzalez
A Seleção Paranaense feminina de vôlei não conseguiu se segurar na Divisão Especial do Campeonato Brasileiro de Seleções. No sábado (27), a equipe fez o duelo decisivo contra Minas Gerais, no ginásio de esportes Praia Clube, em Uberlândia/MG, e acabou derrotada por três sets a zero, com parciais de 25 a 20, 25 a 20 e 27 a 25.

O jogo valia a quinta posição, preenchida pelas mineiras, enquanto as paranaenses acabaram rebaixadas. O time do Paraná realizou cinco partidas, e obteve duas vitórias e sofreu três derrotas.

Comente aqui


Umidade em quadra adia estreia do Maringá/Famma na Supercopa Paraná de Vôlei

A equipe de vôlei feminino do Maringá/Famma/Amavolei deveria estrear na noite desta nesta sexta-feira (26), na Supercopa Paraná, em Telêmaco Borba. Ocorre que a quadra do Ginásio Bella Vista ficou praticamente ´molhada´ já que a umidade tirou qualquer possibilidade de partida diante do São José dos Pinhais. Assim, a primeira apresentação das garotas de Maringá acontece na manhã deste sábado, às 9h30, contra o Telêmaco Borba. partida contra São José dos Pinhais será no domingo.

A Supercopa Paraná conta com a presença das seguintes equipes: Maringá/Famma/Amavolei, São José dos Pinhais, Toledo, AREC/Curitiba e Telêmaco Borba.

A competição é no sistema todos contra todos em turno único, e a equipe que somar mais pontos vai encerrar como campeã.

(Orlando Gonzalez)

Comente aqui


Maringá/Famma/Amavolei estreia nesta sexta na Supercopa Paraná de Vôlei

Amanda

O Maringá/Famma/Amavolei estreia nesta sexta-feira (26) na 1ª edição da Supercopa Paraná, em Telêmaco Borba. A competição vai reunir cinco equipes femininas que vão realizar confrontos no sistema todos contra todos, somente em ida. A equipe que somar mais pontos ficará com o título. O primeiro compromisso de Maringá será contra São José dos Pinhais, às 19h45, no Ginásio Bella Vista. Depois, no sábado, às 17h, o jogo será contra a AREC/Curitiba. No domingo, mais duas partidas: às 8h45, no Ginásio Furtadão, contra o Telêmaco Borba e, às 15h45, no Ginásio Bella Vista, diante do Toledo. 

A ponteira Amanda Danielli, que é uma das principais atletas da equipe maringaense, promete empenho, mas reconhece que a equipe vai encontrar dificuldades em Telêmaco Borba. “Espero que possamos fazer um bom campeonato. Mesmo tendo iniciado os treinamentos recentemente, e o nosso time ainda estar contratando jogadoras, vamos com tudo para essa Supercopa. Sabemos das dificuldades que vamos enfrentar contra as demais equipes, mas estamos cientes de que nossa equipe precisar melhorar para as demais competições. Então, vamos nos aplicar e acredito que a competição servirá também como aprendizado”.

A experiente levantadora Milla Barbosa vislumbra uma boa posição no pódio, e valoriza a competição. “A Supercopa é um campeonato novo no calendário e em pré-temporada. Para os times é muito importante para conhecer as atletas. Será importante para vermos nosso rendimento. Minha expectativa é de um ótimo campeonato e que possamos começar o ano bem”.

Carla

A ponteira Carla Moreira, há duas semanas treinando com a equipe, aposta em bom desempenho. “Espero dar meu melhor neste primeiro campeonato e focar a parte física para o estadual. Estava em férias, mas já estou bem entrosada com as atletas para esse campeonato. O nosso objetivo é buscar a melhor posição no campeonato”.

A competição será no sistema todos contra todos em turno único, e a equipe que somar mais pontos vai encerrar como campeã.

 

Comente aqui