FPF tenta CENSURAR protestos em Londrina

A Federação Coritibana de Football Association – também conhecida como FPF – deu mais um tiro no próprio pé.

Ontem o árbitro da partida entre o Londrina e o Rio Branco, no estádio do Café, por recomendação da FPF, nao iniciou a partida antes da retirada das faixas de protestos contra a entidade.

Uma bobagem sem tamanho.

Talvez o dignissimo Hélio Cury, presidente da FPF,  ainda não tenha ouvido falar em liberdade de expressão e de redes sociais.

As faixas de protesto, que seriam vistas pelo público presente, pouco mais de cinco mil pessoas – heróicos que enfrentaram a chuva incessante -, cairam na rede e estão sendo compartilhadas diversas vezes.

Ou seja, a CENSURA imposta pela Federação de Hélio Cury no estádio, ganhou o país.

Sem categoria

3 comentários sobre “FPF tenta CENSURAR protestos em Londrina

  1. ronaldo 14 de março de 2013 19:08

    estive la e esticamos a faixa,quando antes do inicio do jogo se aproximou o presidente Claudio canuto,e pediu para que retiracemos a mesma e que poderiamos esticar na arquibancada pois bem o arbitro vendo a faixa esticada na arquibancada parou novamente o jogo.isto chama censura ou ditadura como quiserem,e por mais este motivo só continuarão a alimentar a raiva das torcidas do interior.

  2. sergio silvestre 15 de março de 2013 9:00

    Bons tempos em que a gente se espremia no barzinho do VGD para tomar cerveja,para depois dizer palavrões ao querido(depois) BRANDÃO.
    Ele acabou com o jogo mil do LEC .
    Que raiva do negão,na epoca ainda não passava pela nossa cabeça o quanto de alegrias nos iria proporcionar

  3. adriano 19 de março de 2013 22:12

    quando vejo FPF é o mesmo que: PQP, FDP, FDS, estão querendo ferrar o Londrina, e são pesados a todos times do interior. TNC FPF, NÃO VÃO NOS DERRUBAR NO APITO. JAMAIS.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


6 + = 13