Mês: abril 2014



1 de maio. Celebração do Dia do Trabalhador

Essa uma mensagem da Arquidiocese de Londrina para lhe convocar, convidar e motivar a tomar parte na  Celebração pelo Dia do Trabalhador/a, a ser realizada no dia 01 de maio de 2014. Cartaz em Anexo.Cartaz Dia do Trabalhador 2014 (1)
Tendo como referência  a temática da CF 2014,  Fraternidade e Tráfico Humano queremos celebrar a Dignidade do Trabalho, Denunciar Situações de exploração e de desrespeito e Valorizar Experiências que possibilitam as pessoas Dignificar o Trabalho e a geração de renda que garanta o Bem Viver e Liberdade para qual Cristo nos libertou.
  Não esquecer de levar sua caneca, seu chapéu ou guarda chuva.
Outras informações ligar para Cáritas Arquidiocesana – 3338-7252  falar com Márcia,3347-1175/9943-7279 com Isabel – Âmbito Pastorais Sociais e no Secretariado de pastoral – 3371-3141.
Segue anexo o cartaz com as orientações de local e horário.

 

Fraternalmente
Pe. José Alves – Assessor Âmbito Pastorais Sociais
Comente aqui


#não queremos ir para urnas assim…

imagesO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está com uma campanha para incentivar o voto de adolescentes entre 16-17 anos, que é facultativo.  Pegou carona nas manifestações de junho do ano passado e usa o jargão #vem pra urna, referência direta a palavra de ordem daqueles dias juninos: #vem pra rua.

Chama atenção uma afirmação de um vídeo veiculado, que alude ao fato de o adolescente não poder dirigir aos 16 anos,  mas poder votar. Apela-se para a ideia de que pelo voto ele pode escolher quem vai dirigir nosso País. Seria muito nobre e convincente, se não houvesse o problema da qualidade de nossos partidos e de muito políticos brasileiros, quase sempre envolvidos em esquemas de corrupção, manipulação e jogos de poder.

Parece-me uma grande contradição, numa democracia, o governo ter que gastar com Campanhas publicitárias para incentivar os jovens a votar, quando é se trata de direito facultado aos adolescentes de 16-17 anos.  A juventude, como boa parte da população, não quer votar porque a classe política não dá bom exemplo. A questão é de cidadania. O voto obrigatório força o povo a voltar sempre no menos ruim. Então, por que começar essa agonia aos 16, 17 anos, quando se posso adiar em nome da lei?

Sugiro ao TSE que comece a exigir qualidade dos candidatos a cargos públicos eletivos para que a população tenha gosto de ir para urna, seja com 16-17 anos, ou acima de 18 anos, com obrigatoriedade do voto ou não. 

Hoje, votamos com medo. Não temos escolhas. Não votamos em quem pensamos ser aquele que melhor nos representa segundo  o espírito republicano, democrático e cidadão, visando o bem comum. Nosso voto é mais de confiança e otimismo. Votamos e depois torcemos para dar tudo certo, que os eleitos não deem vexame e não se deixem levar pelo fascínio do poder e do dinheiro.

Não queremos ir para as urnas assim. Exigimos respeito como nosso voto e com nossas instituições democráticas. Queremos que o Estado brasileiro cuide dos governos e exija que cada partido político forme seus quadros segundo um projeto para o bem do país e de todo povo brasileiro.  Cidadania deve ser o ponto de toda educação política. Amor a coisa pública. Patriotismo também ajuda a todos a votar e serem votados com mais alegria e satisfação.

 Ps: PARA VOCÊ QUE TEM 16 OU 17 ANOS, E DESEJA VOTAR NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES. AINDA DÁ TEMPO PARA TIRAR SEU TÍTULO. O PRAZO VAI ATÉ DIA SETE DE MAIO. PROCURE O FÓRUM ELEITORAL NA SUA CIDADE. 

 

Comente aqui


E a APAC de Londrina…

Londrina tem vivido uma crise carcerária sem precedentes… Soluções existem Umas mais populares, outras burocráticas, mas estão ai.

Falta vontade e decisão políticas para que as coisas saiam dos porões das secretarias dos três poderes. A APAC é uma delas. Londrina já está com sua APAC aprovada. Não funciona ainda nem sei porque. Talvez parada em algum gabinete, por questões burocráticas e orçamentárias…ou ainda esperando o momento político certo…

O fato, como se verá a seguir, é que a APAC funciona, e é uma alternativa. Que a APAC de Londrina venha logo ser Luz nas trevas das masmorras que se tornou nosso sistema prisional.

Leia o texto abaixo, compreender bem o que é uma APAC, e quais suas vantagens. Ajude-nos a instalar a APAC em Londrina

apac

CNJ recomenda expansão das Apacs para redução da reincidência criminal no país

A Apac é uma entidade sem fins lucrativos. Opera como parceira do Poder Judiciário e do Executivo na execução penal e na administração das penas privativas de liberdade, no regime fechado, no semiaberto e no aberto

Fonte | CNJ – Terça Feira, 22 de Abril de 2014

Entre os mais de 550 mil detentos do Brasil, aproximadamente 2,5 mil recebem tratamento diferenciado, que tem produzido resultados animadores em termos de reinserção social. Eles cumprem pena nas 40 unidades onde é aplicado o Método Apac (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), responsável por índices de reincidência criminal que variam de 8% e 15%, bem inferiores aos mais de 70% estimados junto aos demais detentos. A expansão dessa metodologia tem sido recomendada durante os mutirões carcerários que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza em todo o País.

A Apac surgiu em 1972, criada por um grupo de voluntários cristãos, em São José dos Campos/SP. Atualmente, seus 40 centros de reintegração social estão distribuídos pelos estados de Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Maranhão, Paraná e Espírito Santo. Nessas unidades, a metodologia aplicada é apoiada em 12 pilares, entre os quais a participação da família e da comunidade, a valorização do ser humano, o incentivo à espiritualidade, a colaboração entre detentos e o trabalho.

A Apac é uma entidade sem fins lucrativos. Opera como parceira do Poder Judiciário e do Executivo na execução penal e na administração das penas privativas de liberdade, no regime fechado, no semiaberto e no aberto. Seu foco está na recuperação do preso, na proteção da sociedade, no socorro à vítima e na promoção da Justiça.

“A metodologia das Apacs é uma escolha da comunidade local, de trabalhar pela recuperação do condenado à pena privativa de liberdade, com auxílio voluntário aos operadores de direito”, explicou o juiz auxiliar da Presidência do CNJ Luiz Carlos Rezende e Santos, integrante do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF).

As unidades em funcionamento no País são de pequeno, médio e grande porte, com a restrição de que o número de detentos não deve ser superior a 200. Todos eles passaram por rigoroso processo de avaliação, que atestou seu bom comportamento. Os indisciplinados, violentos e líderes de facções criminosas dificilmente têm acesso a essa metodologia. Nas Apacs, os próprios recuperandos, como são chamados os condenados, têm as chaves das unidades e cuidam da segurança. Não há agentes penitenciários e armas de fogo.

“Acreditamos que o sistema prisional pode melhorar muito e que a Apac pode contribuir com essa melhora. O método é desenvolvido há mais de quarenta anos e nunca houve um caso de grave violência no interior de suas unidades, nunca houve um homicídio e jamais ocorreu motim ou rebelião. A reincidência chega a ser 10 vezes inferior à convencional, e a manutenção dos centros de reintegração social é, em média, três vezes inferior ao custo do sistema comum”, observou o juiz Luiz Carlos Rezende e Santos.

No último dia 4, o magistrado do CNJ proferiu a palestra de abertura de seminário realizado em Campo Maior, no Piauí, para discussões sobre a implantação da primeira Apac no estado. O evento reuniu representantes do Poder Judiciário, do governo estadual, da Prefeitura de Campo Maior e da comunidade. “O encontro foi excelente. Foi realmente um marco para o Piauí acolher de braços abertos a proposta de humanização do sistema prisional pelo método Apac”, destacou o juiz.

As discussões em andamento no Piauí estão sintonizadas com as recomendações feitas pelo CNJ durante mutirão carcerário no estado, realizado no período de 15 de maio a 15 de junho de 2013. Elas também constam do relatório final da força-tarefa entregue pelo Conselho às autoridades piauienses. As mesmas sugestões foram feitas, no ano passado, em mutirões no Rio Grande do Norte, em Alagoas e no Amazonas.

Uniformidade

Os centros de Reintegração Social da Apac funcionam sob orientação e fiscalização da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC), que também zela pela uniformidade de seus procedimentos. A FBAC é filiada à Prison Fellowship International (PFI), entidade consultora das Nações Unidas para assuntos penitenciários, e atualmente assessora alguns países (Belize, Bulgária, Chile, Colômbia, Costa Rica, Alemanha, Hungria, Latvia, Singapura, Estados Unidos) que aplicam parcialmente o Método Apac.

Nos últimos dois anos, segundo o juiz Luiz Carlos, as Apacs têm recebido atenção especial da Comunidade Europeia. Em 2013, sua embaixadora no Brasil, Ana Paula Zacarias, acompanhada de 20 outros embaixadores de países europeus, visitou a Apac de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, aprovou a metodologia e a levou para ser discutida no Parlamento Europeu, informou o magistrado do CNJ.

“A União Europeia, por meio do projeto do Eurosocial II, favoreceu o intercâmbio da metodologia Apac com a que é aplicada em uma unidade existente no norte da Itália, na cidade de Padova, onde se desenvolve com excelência o cooperativismo, em especial a Cooperativa Giotto, e isso poderá incrementar o elemento trabalho nas Apacs do Brasil”, relata o juiz.

 Jorge Vasconcellos > *Agência CNJ de Notícias*

 

Comente aqui


Santos papas para Igreja e para mundo

No último dia 27 de abril, a Igreja Católica canonizou dois papas numa mesma celebração, com a presença de dois papas vivos, Francisco e o Emérito, Bento XVI.  Fato histórico e grandioso, em tamanho e em significado. Havia mais de 4 milhões de pessoas na cidades de Roma. E mais de 2 bilhões de pessoas acompanharam mundo afora a  transmissão dessa missa na Cidade do Vaticano, especialmente via Internet.

A Igreja Católica tem agora dois novos santos: São João XXIII e São João Paulo II. Um, de papa provisório, revolucionou a Igreja de dentro com a realização do Concílio Vaticano II, na década de 6o. João XIII aproximou a Igreja do mundo contemporâneo, frisando que ela deve abrir suas portas e ser sacramento de esperança, verdade, liberdade e Paz. Mexeu com a Igreja e com mundo, num tempo de mudanças culturais e de Guerra Fria. Um grande Papa, o papa Bom, como ficou conhecido.

7u83o13mm2ufmdh7rm1tjnux2

João Paulo II teve um dos pontificados mais longa da história, 26 anos.  Inaugurou um série de papas não italianos depois de séculos, fato que levaria certamente a escolha profética e revigorante do atual Papa  Francisco, um argentino, depois de um alemão. São João Paulo II entra para história com papa peregrino. Fez cerca de 200 viagens pelo  mundo, vendo e experimentando os grandes desafios e dramas o ser humano nos tempos da globalização. Denunciou a cultura da morte que estava se formando, pediu perdão pelos erros históricos da Igreja Católica. Interferiu na política internacional, que levou ao fim do socialismo europeu.

Dois grandes papas. Dois heróis da fé. Dois homens de seu tempo, para todos os tempos.Dois modelos de Santidade. João XXII e João Paulo II presidiram a Igreja na caridade, combateram o bom combate, guardaram Fé. Dois Santos que nos ensinam com suas vidas que Santidade é grande vocação de Igreja e daqueles de creem. Santidade viva, efetiva,  e não alienada das dores e alegrias do mundo e das pessoas.

Viva São João XXIII

Salve São João Paulo II

Comente aqui


Rádio Alvorada Recebe Homenagem da Câmara Municipal de Londrina

Parabéns a nossa Querida Rádio Alvorada pelos seus 50 anos. Receber esse título da cidade de Londrina é uma honra e uma alegria. Sinal profético de que seu trabalho tem dado resultados e deve continuar.

Confira também um vídeo institucional da Rádio Alvorada, acerca da sua presença e relevância para a Fé, para a Igreja e para Londrina e  região – Para o mundo também, hoje com a internet.

_________________________

É com alegria que lhe convidamos para Solenidade de entrega da Comenda Ouro Verde à RÁDIO ALVORADA DE LONDRINA.

Será no próximo dia 28, segunda-feira, às 20hs, na Câmara Municipal de Londrina.

Sua presença é muito importante. Junte-se à nós nesse momento especial. RÁDIO ALVORADA, a Catedral do Ar e Emissora da Família celebrando 50 anos!image

Comente aqui


Evangelho Dominical: Bem-aventurados os que creem sem terem visto

EVANGELHO DE JOÃO  20,19-31 – II DOMINGO DE PÁSCOA

19Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as poimagesrtas do lugar onde os discípulos se encontravam, Jesus entrou e, pondo-se no meio deles, disse: “A paz esteja convosco”.

20Depois dessas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor.

21Novamente, Jesus disse: “A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio”. 22E, depois de ter dito isso, soprou sobre eles e disse: “Recebei o Espírito Santo. 23A quem perdoardes os pecados, eles lhes serão perdoados; a quem os não perdoardes, eles lhes serão retidos”.

24Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus veio. 25Os outros discípulos contaram-lhe depois: “Vimos o Senhor!” Mas Tomé disse-lhes: “Se eu não vir a marca dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei”.

26Oito dias depois, encontravam-se os discípulos novamente reunidos em casa, e Tomé estava com eles. Estando fechadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”.

27Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado. E não sejas incrédulo, mas fiel”. 28Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” 29Jesus lhe disse: “Acreditaste, porque me viste? Bem-aventurados os que creram sem terem visto!”

30Jesus realizou muitos outros sinais diante dos discípulos, que não estão escritos neste livro. 31Mas estes foram escritos para que acrediteis que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e, para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.

ORAÇÃO DO DIA 

Deus nosso Pai amado, Teu Filho Jesus consagrou o Domingo com a Ressurreição, para ser o dia do Senhor. Dia da Graça e da benção. Dia de celebrar a Fé, renovar as Esperanças, viver como filhos de Deus, criaturas novas. São Tomé acreditou porque viu o ressuscitado. Nós cremos porque experimentamos Ele vivo na nossa história pessoal, familiar e comunitária. Quanta alegria quando vamos a Igreja, ao Templo, celebrar a Eucaristia, Proclamar bem alto o Senhor está no meio de Nós. Aleluia..

O Domingo é o Dia do Senhor. Dia de acreditar sem ver. Experimentar e renovar o amor e a  misericórdia de Deus em nossas Vidas, de quanto somos abençoados, filhos diletos de Seu coração. Dia em que  a fé se enche da força, da graça e da ternura de Deus. 

Cristo Jesus, te pedimos que nos dê a graça também de crer sempre e cada vez mais. Amadurecer no seguimento da Tua Palavra. Sabemos que nossa tempo desafio nossa vida, nossa fé, a Igreja. O próprio Domingo hoje está ameaçado pela apelos do capitalismo. Ajuda-nos em nossa testemunho profético do valor e do significado espiritual e salvífico do Domingo. 

Senhor Deus, peço~te a graça e a força do teu Santo Espírito sobre todo povo Cristão. Confirme e fortaleça nossa fé. Não Permita que teu povo viole o domingo. Rezamos e pedimos também que cada vez mais o Domingo se torne  para nós a nossa Páscoa Semanal, dia de nos Encontrarmos com Senhor Jesus Cristo, ressuscitado, presente na Eucaristia e na Comunidade de fé reunida. Amém. Aleluia.

O Senhor ressuscitado está no meio de nós. Alegria minha gente. Afinal, Domingo sem missa, é sinal de semana sem graça.

Graça e Paz na sua vida. Uma Semana abençoada.  E um santo domingo para você. 

1 Comentário


Agenda Fim de Semana

1. MISSAS

+ Capela São Miguel Arcanjo – Heimtal. Sábado,  às 20 horas

+ Paróquia Santo Antonio –  Warta. Domingo, às 9 horas

+ Santuário Nossa Senhora Aparecida. Domingo, 16 horas. (Festa da Misericórdia)

2. ENCONTROS

@ Estágio Vocacional. Seminário Paulo VI de Londrina. Domingo, das 8 às 16 horas.

@ Formação da Pastoral Carcerária. Centro de Pastoral de Londrina. Domingo, das 8:30 as 11:30.

3. PROGRAMA FÉ  NO CORAÇÃO

Sábado, das 11 ao meio dia. Pela Rádio Terra Nativa de Cambé. Sintonize AM 1580. Ouça também pela internet: www.terranativacambe.com.br.

Último dia da Novena em Honra a São José, pedindo a Graça de Um novo Emprego, e a benção na vida profissional e financeira.

Ligue. 3154-1580. Dê seu testemunho. Deixe seu nome para momento de oração e de bençãos.

Espero você. Uma Semana abençoada. Amém.

 

Comente aqui


Nossa água de cada dia…

Já pensou seu dia a dia sem água. Nem dá. Imagina se ela acabar… Dizem que a falta de água será a causa da terceira guerra mundial. Deus nos livre da sede e do flagelo da guerra.

Há de fato uma crise de abastecimento de água. Precismos reagir e fazer alguma coisa Creio que o consumo consciente é de imediato o primeiro passo. Deixo aqui algumas dicas, compiladas do artigo Responsabilidade Líquida, de Daniel Fassa, publicado  na Revista Cidade Nova, abril de 2014.

1.  Banho. Deve dura no máximo cinco minutos, o que é suficiente para higienizar o corpo. Se você fechar o registro enquanto se ensaboa, ou deixar a ducha não tão forte, aumentará ainda mais a economia de água.

2.  Escovação dos dentes.  Faça com  a torneira fechada, usando água para molhar a escova e enxaguar os dentes, que pode ser feito com apenas um copo de água. Tente.

 3. Vaso Sanitário. Não é lixeira.  Cada descarga consume de 14 a 30 litros de água. Bacias sanitárias  fabricadas depois de 2001 reduzem o consumo para 6 litros.   

4. Louças. Não lave com a torneira aberta.  Limpe primeiro os restos de comidas dos pratos e panelas. Ensaboa tudo e depois enxague de uma só vez.

5.Copos.  Use o copo mais de uma vez antes de lavá-lo. O bom seria que cada pessoa em casa ou trabalho tivesse seu próprio copo com cores diferentes, para poder sempre reusá-lo. 

6. Máquina de Lavar. Junte bastante roupa antes de ligar a máquina. Use-a sempre cheia e no máximo três vezes por semana. Aproveite também a água da máquina para lavar o quintal.

7. Calçada.  Use vassoura e não a mangueira para limpar o pátio ou calçada da casa.

8. Carro. Lave o carro apenas uma vez por mês e com balde. Experimente também limpeza a seco, com produtos já disponíveis no mercado.

Vamos salvar a água e água nos salvará da sede e da guerra.  Portanto, diga não ao desperdício. 

 A canção do Guilherme Arantes nos ajuda a pensar no papel da água em nossas vidas e a nossa responsabilidade em preservá-la para nós e para gerações futura.  Não é apenas uma questão de economia financeira, mas de sobrevivência e manutenção da vida no nosso Planeta, que é Água. 

Comente aqui


Cresce a população carcerária brasileira

Até quando tudo isso vai ser considerado normal...

As cenas de prisões superlotadas, cercadas de violência e maus-tratos, que foram vistas recentemente no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, refletem os problemas de todo o sistema carcerário brasileiro. Dados do Ministério da Justiça (MJ) mostram o ritmo crescente da população carcerária no Brasil. Entre janeiro de 1992 e junho de 2013, enquanto a população cresceu 36%, o número de pessoas presas aumentou 403,5%.

presidiosDe acordo com o Centro Internacional de Estudos Penitenciários, ligado à Universidade de Essex, no Reino Unido, a média mundial de encarceramento é 144 presos para cada 100 mil habitantes. No Brasil, o número de presos sobe para 300. Essas estatísticas fazem parte da primeira reportagem da série Prisões Brasileiras – Um Retrato sem Retoques, do Repórter Brasil, que foi ao ar durante essa semana, às 21h, na TV Brasil.

Ao Repórter Brasil, o diretor-geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do MJ, Augusto Eduardo Rossini, explicou que o aumento de esforços de segurança pública é um dos fatores determinantes para o grande número de presos no Brasil. “Houve um esforço grande no sentido do aparelhamento das polícias, para elas terem mais eficácia, não só eficiência”.

Atualmente, são aproximadamente 574 mil pessoas presas no Brasil. É a quarta maior população carcerária do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos (2,2 milhões), da China (1,6 milhão) e Rússia (740 mil). “Estamos inseridos em uma sociedade que, lamentavelmente, tem aquela sensação de que a segurança pública depende do encarceramento. Se nós encarcerarmos mais pessoas, nós vamos conseguir a paz no país. Se isso fosse verdade, já teríamos conquistado a paz há muito tempo”, criticou Douglas Martins, do Conselho Nacional de Justiça.

Dentro dos presídios, a reportagem constatou condições precárias, como falta de espaço e de higiene, o que leva a uma série de doenças, além de poucos profissionais de saúde para tratá-los. A violência é, sobretudo, um dos grandes desafios dos gestores do setor. “O preso sofre violência sexual, não recebe a alimentação adequada, morre no sistema prisional. E como é que ele se sente mais seguro? É se associando a uma facção do crime organizado. E isso transformou as facções, hoje, em verdadeiros monstros no país”, explicou Martins.

Na outra ponta do problema estão aqueles que mantêm os presídios funcionando, e que também têm queixas a fazer. “Fica uma categoria sem valorização, sem prestígio, sem uma atribuição definida. Cada estado pode inserir ou retirar atribuição, passar a atribuição para uma outra categoria que não deveria fazer. Então, nós precisamos de uma organização maior, em nível federal, do sistema prisional do país”, analisou o presidente do Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do Distrito Federal, Leandro Allan.

Com informações do site da Agência Brasil e da Pastoral Carcerária Nacional

Comente aqui


Salve o Brasil…

Essa semana o Brasil fez aniversário no dia 22 de abril. Cabral com seus marinheiros e suas caravelas chegavam às terras brasileiras do nordeste, dando início a nossa história. A primeira  Missa, os primeiros contatos com os indígenas.. a riqueza natural.. o mundo novo.
Não gosto muito da ideia de que para cá vieram apenas os degredados de Portugal, exploradores. No Brasil  sobretudo chegaram homens e mulheres que deram sua vidas para um país livre, independente, próspero e soberano. E isso temos visto acontecer ao longo de nossa história. Ainda hoje é assim, 
È uma pena que as pessoas estão deixando de celebrar o dia 22 de abril.  Quando eu era criança, tudo era mais simbólico e valorizado. Não vi, nem ouvi nada fazendo referência a essa data.  Afinal, tudo começou naquela data. 
Parece que estamos num grande sofrimento no que se refere ao amor a Pátria… ao País, quase desacreditando na democracia brasileira. Mas a cidadania e a recuperação do civismo é que irão salvar o Brasil. Ame e defenda nosso País. 
O Brasil tem jeito. Sim. Já avançamos. Somos uma nação, com um povo e uma cultura ímpar. Hoje o mundo enxerga e respeita o Brasil. Temos, é claro, muitos desafios, sociais, econômicos e políticos. Mas vamos com esperança. O Brasil é nossa casa.

Brasil, Pátria amada. Mãe gentil.

 

Comente aqui