Mês: maio 2016



Maria e jovem violentada

Caso de estupro: imagem de jovem amparada por Maria gera comoção

A notícia do estupro coletivo de uma jovem de 16 anos no Rio de Janeiro comoveu o Brasil na quinta-feira de Corpus Christi, 26 de maio. Nas redes sociais, o assunto se tornou o mais comentado e um desenho e um textos postados por uma jovem católica viralizou, criando uma corrente de oração pela vítima.

Na quinta-feira, o caso da jovem foi divulgado pela imprensa e logo alcançou grande repercussão. A adolescente de 16 anos foi violentada por pelo menos 30 homens, em uma comunidade da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Em depoimento à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), a menina contou que no sábado, 21, teria ido à casa de um rapaz com quem se relacionava e só se lembra de ter acordado no domingo, 22, dopada e nua, em outra casa na mesma comunidade, cercada por 33 homens com fuzis e pistolas.

A garota retornou para casa na terça-feira, 24, mesmo dia em que retornou para a comunidade em busca do seu celular que foi roubado. Ela foi acolhida por um agente comunitário que percebeu seu estado desnorteado e a reconduziu para a família.

Na quarta-feira, 25, descobriram que fotos e vídeos da adolescente nua, desacordada e ferida estavam circulando na internet, com ironias dos agressores. A jovem foi ao médico na quinta-feira, 26, e tomou uma serie de remédios para evitar doenças sexualmente transmissíveis. Quatro suspeitos já foram identificados e estão sendo procurados pela polícia.

“Menina, hoje fui à procissão de Corpus Christi, e quando tocaram Força e Vitória, eu só pensava em você, só orava por você, chorava de novo por você”, escreveu, referindo à música católica cuja letra diz: ‘Nada poderá me abalar, nada poderá me derrotar, pois minha força e vitória tem um nome e é Jesus’.

Juliana afirma que sentiu a necessidade de se expressar do seu jeito. Foi então que criou o desenho e o texto que já alcançaram mais de 10 mil compartilhamentos.

Considera ainda que nenhum ser humano merece passar pelo que a menina de 16 anos passou e manifesta a esperança de que ela se recupere.

“Eu rogo que a Mãe Maria Santíssima a acolha em seus braços, a ponha no colo, a conforte e dê forças”, acrescenta.

Juliana conclui com um convite a “a quem tem fé – não necessariamente a fé cristã-católica – a orar por essa menina, e por todas as nossas irmãs que diariamente sofrem, que diariamente têm medo”.

A importância da ajuda às mulheres violentadas

Este apoio de diferentes pessoas é vital para as vítimas deste tipo de abuso.
No artigo “O que é violência sexual?”, da missionária da Canção Nova, Fernanda Soares, Padre Anderson Marçal explica que é preciso ter fé e esperança depois de um abuso.

“A pessoa abusada precisa saber que a vida dela não acabou ali; mais do que isso, se uma pessoa abusou dela, há alguém que a ama, e esse alguém é Deus. Então, ela precisa ter esse olhar de que a vida não acabou ali. É um caso sério? É um caso sério. É grave? É grave. Traz consequências profundas? Traz consequências profundas. Mas não é a última palavra ainda”.

Fonte: ACI
Comente aqui


Canção de Maria, Santa Mãe!

Eric Clapton canta a oração que ele compôs para Nossa Senhora

A letra da música reflete a experiência de conversão que Eric Clapton viveu durante sua recuperação das drogas

Em sua “Autobiografia”, Eric Clapton escreve sobre um momento de muito sofrimento pelo qual passou enquanto se recuperava das drogas, em 1987:

“Eu estava em desespero total. Na intimidade do meu quarto, pedi ajuda. Não fazia ideia de com quem estava falando; eu só sabia que havia chegado ao limite das minhas forças… Ajoelhando-me, me rendi. Pouco tempo depois, percebi isso: eu havia encontrado um lugar, um lugar que sempre soube que estava ali, mas de que nunca realmente achei que precisaria, nem acreditava nele. A partir desse dia, até hoje, nunca deixei de rezar pela manhã, de joelhos, de pedir ajuda; e à noite, para expressar gratidão pela minha vida e, sobretudo, por estar sóbrio.”

Mãe Divina

Mãe divina, onde estás?
Esta noite me sinto quebrado em dois.
Eu vi estrelas caírem do céu.
Mãe divina, não consigo não chorar.

Oh, eu preciso de sua ajuda desta vez,
Ajuda-me a passar por esta noite solitária.
Dize-me por favor para que lado ir
Para me encontrar de novo.

Mãe divina, escuta minha oração,
De algum modo eu sei que tu ainda estás aí.
Manda-me, por favor, um pouco de paz de espírito;
Leva embora esta dor.

Eu não consigo, eu não consigo, eu não consigo mais esperar
Eu não consigo, eu não consigo, eu não consigo esperar por ti

Mãe divina, escuta meu pedido,
Eu amaldiçoei teu nome umas mil vezes.
Eu senti a raiva em minha alma;
Tudo que preciso é uma mão para segurar.

Oh, eu sinto que o fim chegou,
Não mais minhas pernas vão correr.
Tu sabes que eu preferiria estar
Em teus braços esta noite.

Quando minhas mãos não mais tocarem,
Minha voz parar, eu sumir,
Mãe divina, então estarei
Deitado, salvo em teus braços.

Comente aqui


Documento 105 da CNBB trata dos Leigos na Igreja

CNBB lança documento “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade”

Documento 105 já está disponível nas Edições CNBB

O Documento 105 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade – Sal da Terra e Luz do Mundo”, acaba de ser lançado pelas Edições CNBB. O texto foi aprovado pelo episcopado brasileiro durante a 54ª Assembleia Geral da CNBB, ocorrida no mês de abril, em Aparecida (SP).

De acordo com o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, o Documento 105 “retoma e aprofunda a participação dos leigos e leigas na Igreja e na sociedade”.  O texto é, também, uma forma de agradecimento dos bispos aos cristãos leigos por sua dedicação à Igreja e pelo entusiasmo com que se doam à evangelização. Para o bispo, há uma participação “extraordinária” dos leigos na Igreja. “Mulheres e homens que constroem o Reino da verdade e da graça, do amor e da paz; que assumem serviços e ministérios que tornam a Igreja consoladora, samaritana, profética, serviçal, maternal”, acrescenta.

No novo Documento, o cristão leigo é compreendido como sujeito eclesial, “aberto ao diálogo, à colaboração e à corresponsabilidade com os pastores” .

“Ser sujeito eclesial significa ser maduro na fé, testemunhar o amor à Igreja, servir os irmãos e irmãos, permanecer no seguimento de Jesus, na escuta obediente à inspiração do Espírito Santo e ter coragem, criatividade e ousadia, para dar testemunho de Cristo”, consta no texto.

O Documento 105 segue a metodologia Ver, Julgar e Agir e divide-se em três capítulos. O primeiro apresenta o marco histórico-eclesial da caminhada da vida dos cristãos leigos e leigas. O segundo trata da compreensão da identidade e da dignidade laical como sujeito eclesial e identifica a atuação dos leigos, considerando a diversidade de carismas, serviços e ministérios na Igreja. Já o terceiro e último capítulo aborda a dimensão missionária da Igreja e indica aspectos, princípios e critérios de formação do laicato. Esta parte aponta ainda lugares específicos da ação dos leigos.

“Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade” está disponível nas Edições CNBB e já pode ser adquirido no site: www.edicoescnbb.com.br ou através do telefone (61) 2193.3019.

Fonte: CNBB
Comente aqui


Tua Palavra, Senhor, me basta!

EVANGELHO: Lc 7,1-10 (9º DOMINGO TEMPO COMUM – ANO )


– Naquele tempo, 1quando acabou de falar ao povo que o escutava, Jesus entrou em Cafarnaum. 2Havia lá um oficial romano que tinha um empregado a quem estimava muito, e que estava doente, à beira da morte. 3O oficial ouviu falar de Jesus e enviou alguns anciãos dos judeus, para pedirem que Jesus viesse salvar seu empregado. 4Chegando onde Jesus estava, pediram-lhe com insistência: “O oficial merece que lhe faças este favor, 5porque ele estima o nosso povo. Ele até nos construiu uma sinagoga”. 6Então Jesus pôs-se a caminho com eles. Porém, quando já estava perto da casa, o oficial mandou alguns amigos dizerem a Jesus: “Senhor, não te incomodes, pois não sou digno de que entres em minha casa. 7Nem mesmo me achei digno de ir pessoalmente ao teu encontro. Mas ordena com a tua palavra, e o meu empregado ficará curado. 8Eu também estou debaixo de autoridade, mas tenho soldados que obedecem às minhas ordens. Se ordeno a um: ‘Vai!’, ele vai; e a outro: ‘Vem!’, ele vem; e ao meu empregado: ‘Faze isto’!, ele o faz”. 9Ouvindo isso, Jesus ficou admirado. Virou-se para a multidão que o seguia, e disse: “Eu vos declaro que nem mesmo em Israel encontrei tamanha fé”. 10Os mensageiros voltaram para a casa do oficial e encontraram o empregado em perfeita saúde.

ORAÇÃO PARA O 9º DOMINGO COMUM

Senhor Deus, eu também venho Ti nesse dia, com sentimentos de muita vergonha e indignidade. Meu Coração sofre com os pecados que tenho cometido, apesar de minha luta. Confesso que nem sempre consigo ser vigilante, prudente, orante, sinal gritante da minha pouca fé .  Minha vida ainda tem muita coisa que é egoismo, orgulho e prepotência deste mundo. Sou um arrogante e egoísta. Deus, Meu Pai, tenha misericórdia de mim. Sou pecador, quero ser grande, quase sempre confio nas minhas próprias forças, conhecimento, ciência, técnica, prestígio e poder, e sempre ando com medo, inseguro, doente da alma e do espírito. Falta-me abertura à Tua fé, confesso a Ti, meu Senhor. Ajuda-me a ter mais fé, Te súplico, Deus da minha vida. Tira de mim esse sentimento de desconfiança. Sei que Tu és a fonte de tudo. Sim, Creio. 

Neste dia, em que Tua Palavra me é dirigida, peço a graça de uma fé tão grande como a deste Centurião. Ele abandona todas as patentes oficiais e privilégios, para confiar apenas em Ti, Jesus Cristo, meu único salvador. Está aberto a Ti, onipotência divina, vê em Ti, o poder de Céus ao alcance de todos, cuja condição para experimentar e receber as bençãos e os milagres é apenas crer. Senhor Jesus, aqui estou também, despindo-me na Tua presença, preciso de Ti. Peço com muita humildade neste hora, atende meu clamores, ouve minha oração de súplica. Só em Ti, oh, Cristo, é que posso confiar, esperar. Tu és o grande, eu sou pequeno. Socorre-me, eu Te peço, Jesus amado. Minha casa precisa de Ti, meu trabalho e meus negócios também. Salva-me, olha para minha saúde, desafios, problemas. Cura-me das tristezas, desilusões, vícios, frustrações. Livra-me a mim e a todos que vivem e convivem comigo das ciladas e do poder das trevas e do mal. 

Sei, meu Deus e Senhor, que ainda estou no caminho da conversão, com fé vacilante. Trago em mim essa graça e esse dom de crer.  Abro-me doravante a Tua Palavra, buscarei sempre Te ouvir e fazer a Tua vontade, Senhor, para ficar sempre perto de Ti, viver das tuas riquezas. Quero ousar na minha fé, com muita criatividade, força e beleza. Deixo meu coração e meu ser abertos,  escancarados para que o Espírito Santo que vem de Ti, oh Cristo Jesus, possa agir poderosamente em mim, suscitando fé,  muita fé a partir desse dom que recebi desde o meu batismo e que agora alimento com Teu Corpo e Sangue, Senhor Jesus. Vem Espirito Santo, dá-me uma nova unção, reaviva minha fé, fortalecendo com a Tua graça. Arranca de mim a tentação da descrença. Que nada me afaste de Ti, meu Deus salvador. Abandonarei toda minha vida, coração, mente, afetos, capacidades, habilidades, limites, medos e inseguranças ao Teu poder e graça, Senhor. Só Tua Palavra me basta para minha fé crescer e amadurecer. Eu Creio, mas aumenta minha fé! Serei fiel à Bíblia, a celebrações, sem distrações e tédio, mas com alegria e esperança.

Mãe do Céu, Maria, mulher feliz porque teve fé. Foste dócil à Palavra de Deus, acolheste e fizeste a vontade do Pai, enfrentando obstáculos, dor e sofrimento. Deus encontrou fé em ti, Fé tão simples e grande, e o milagre da encarnação e da nossa salvação aconteceu. Santa Maria, bendita, rogo  que me ajude a viver com intensidade e veracidade minha fé no Senhor, . Dá-me, por tua intercessão maternal, ver milagres de minha fé serem realizados na minha vida. Mãe querida, que pela tua benção, o Senhor veja minha fé, esperança e humildade e faça milagres em mim, por mim, como sempre fez ao encontrar fé no coração de tantas pessoas, que a Ele dirigiram uma súplica. Eu preciso de tantos milagres.  Eu preciso do amor, da fé, da graça e da benção. Amém.Amém.Amém. Ave-Maria…

Comente aqui


Rezando com as crianças

Como ensinar as crianças a rezar?

“Em verdade vos digo: quem não receber o Reino de Deus com a mentalidade de uma criança, nele não entrará” (Marcos 10, 15)

child praying

omsickova Tatyana

Hoje em dia muitas famílias já não oram mais juntas, e sempre surge a dúvida: quem deve ensinar as crianças a rezar? A família ou o catequista?

A criança precisa conhecer os elementos básicos da Fé em seus primeiros anos de vida, e nada melhor do que os pais, que são as pessoas mais próximas neste tempo para ensinar. Aquilo que se aprende no início da vida, nunca se esquece.

O primeiro passo é orar com a criança, um verso simples e curto, para que se desperte o desejo de rezar. Um exemplo fácil e muito utilizado é a música “Mãezinha do Céu”:

Mãezinha do céu, eu não sei rezar
Eu só sei dizer quero te amar
Azul é seu manto, branco é seu véu
Mãezinha eu quero te ver lá no céu.

Mãezinha do céu, mãe do puro amor
Jesus é seu filho
Eu também o sou.

Mãezinha do céu vou te consagrar
A minha inocência, guarda-a sem cessar
Azul é teu manto, branco é seu véu
Mãezinha eu quero te ver lá no céu.

É importante ter cuidado com o que se deixa entrar em casa, como revistas e livros com conteúdos impróprios, alguns programas de televisão, músicas, etc. Não é difícil encontrar produtos, infantis inclusive, que podem auxiliar na evangelização das crianças ainda em seus primeiros passos, como Bíblia infantil, rosário para crianças, DVDs com desenhos bíblicos, programas de TV e músicas católicas, imagens de santos como criança, e diversos produtos que podem aproximar a criança da igreja.

O exemplo sempre será melhor forma de ensinar, a criança geralmente imita o pai e a mãe, portanto a oração diária, algumas músicas, o sinal da cruz, ir à missa aos domingos fará com que a criança aprenda rapidamente e essa experiência ficará gravada como algo bom, uma rotina da vida familiar.

Deve-se lembrar que ensinar é diferente de obrigar. O fato de ser obrigado a fazer algo naturalmente gera um desconforto. A criança forçada a orar pode se revoltar contra a igreja e não ter interesse nenhum em se aprofundar nos ensinamentos de Deus. No tempo dela, ela terá vontade de conhecer e aprender as orações e de acompanhar a família à missa.

O catequista ensina o essencial da Fé, e é importante sua participação na vida da criança durante o catecismo. O Papa João Paulo II disse: “A catequese é uma educação da fé das crianças, dos jovens e dos adultos, a qual compreende especialmente um ensino da doutrina cristã, dado em geral de maneira orgânica e sistemática, com fim de iniciá-los na plenitude da vida cristã”.

Além de passar as regras e a doutrina, o catequista tem a missão de promover o encontro pessoal do catequizando com Jesus. Para isso, a criança precisa ter o desejo de Deus, a vontade de estar próxima a igreja e participar do catecismo. A missão de despertar esse desejo, de iniciar essa aproximação é da família, principalmente dos pais. Como é sua participação nos grupos da comunidade? Quando participa da Santa Missa? Quais são os momentos de oração em família? Quais músicas costuma ouvir? Essas respostas o ajudarão a avaliar sua contribuição na evangelização de seus filhos.

“Disse-lhes Jesus: Deixai vir a mim estas criancinhas e não as impeçais, porque o Reino dos céus é para aqueles que se lhes assemelham.” (São Mateus 19, 14)

 

Fonte: Mensageiro
Comente aqui


A linguagem do Papa Francisco

Papa toma chimarrão na Praça São Pedro – ANSA

A Livraria Editora Vaticana (LEV) está presente no Salão do Livro de Turim, aberto até esta segunda-feira (16/05). São quase 500 títulos expostos em um estande de 110 m², totalizando 20 mil volumes. São textos dos Pontífices – com particular atenção ao Papa Francisco – mas também livros sobre o Jubileu, a Sagrada Escritura, a História da Igreja, arte, entre outros.Uma das obras que está despertando grande interesse é “A linguagem do Papa Francisco. Análise, criatividade e normas gramaticais”, de Salvatore Claudio Sgroi, professor de Linguística Geral na Universidade de Catânia. Aos microfones da Rádio Vaticano, o docente explicou como nasceu a ideia de analisar as palavras e a expressividade de Francisco:“Como o objetivo do Papa é o de ser entendido e de alcançar os outros, deixando-os curiosos, por um lado sabe quais são os problemas das pessoas, por outro usa as palavras mais comuns, usa frases não muito longas e o seu falar é sempre um diálogo. E esta sua capacidade permite a ele de falar em qualquer língua. Ou seja, as dificuldades que todas as pessoas que falam encontram, tornam-se secundárias: ele consegue superá-las facilmente. Portanto, se percebe que ele é estrangeiro, fundamentalmente pelo sotaque, porém as escolhas de sintaxe e lexicais, o tipo de italiano que ele fala, é um tipo de italiano quase nativo, culto. E portanto, para o linguista, é um laboratório extremamente  intrigante”.RV: O senhor descreve que o Papa sai fora dos esquemas no uso das palavras, dando prova de uma criatividade linguística bem italiana. Poderias citar algum exemplo?

“Bem, no meu texto analisei muitas vezes alguns exemplos, porque foram objeto de análises por parte de outros jornalistas e no geral a atitude era aquela de dizer: “O Papa fala diferentemente de min, portanto o Papa erra”. Eu, ao contrário, procurei demonstrar como o Papa não erra totalmente. Antes de tudo, é necessário entender o que significa “errar”. Se errar significa falar de maneira confusa, caótica, contraditória, eu desafio qualquer um a dizer que aquilo que o Papa diz ou que disse no passado seja confuso, contraditório. À nível lexical o Papa é extraordinário, pois também no uso das palavras, ele aplica esquemas de formação das palavras que são próprias do italiano e são também comuns ao espanhol. Um exemplo é o “misericordiar”. “Misericordiar” pode deixar estupefato, porque no italiano é incomum, mas eu procurei demonstrar que havia também na língua italiana, e no final, ele não faz outra coisa que colocá-la em circulação, de acordo também com o espanhol. E portanto, dizer que seja errado, mesmo se tratando de uma palavra muito compreensível, de uma palavra formada segundo as regras e a gramática do italiano, não seria o caso. Pelo contrário, é uma palavra que se torna importante porque coloca em relevo um conceito que é importante no discurso que o Papa Francisco nos faz. Então, criar neologismos trazendo à tona conceitos-chaves, é uma habilidade que não é comum”.

RV: É a autoridade de quem diz que o neologismo, ou mesmo uma determinada maneira de dizer, pode ser aceito e que não é um erro, ou é outra coisa, algum outro critério?

“A meu ver, os critérios são dois. De um lado, um modo de dizer, uma expressão, uma palavra qualquer que pode ser aceita ou deve ser aceita quando é clara. Dito isto, as palavras claras certamente são mais facilmente aceitas se são aquelas pronunciadas pelas autoridades, por quem conta, no final das contas. O que diz o Papa, o que diz o Presidente da República, o que dizem os escritores, o que dizem os jornalistas, o que dizem também os políticos, por si só torna-se um ponto de referência”. (JE/AM)

Fonte: Radio  Vaticano
Comente aqui


Todos comeram e ficaram satisfeitos…

 EVANGELHO: Lc 9, 11b-17 (FESTA DE CORPUS CHRISTI – ANO C)

 

Naquele tempo, 11b Jesus acolheu as multidões, falava-lhes sobre o Reino de Deus e curava todos os que precisavam.

12 A tarde vinha chegando. Os doze apóstolos aproximaram-se de Jesus e disseram: “Despede a multidão, para que possa ir aos povoados e campos vizinhos procurar hospedagem e comida, pois estamos num lugar deserto”.

13Mas Jesus disse: “Dai-lhes vós mesmos de comer”. Eles responderam: “Só temos cinco pães e dois peixes. A não ser que fôssemos comprar comida para toda essa gente”.

14Estavam ali mais ou menos cinco mil homens. Mas Jesus disse aos discípulos: “Mandai o povo sentar-se em grupos de cinquenta”.

15 Os discípulos assim fizeram, e todos se sentaram. 16 Então Jesus tomou os cinco pães e os dois peixes, elevou os olhos para o céu, abençoou-os, partiu-os e os deu aos discípulos para distribuí-los à multidão. 17 Todos comeram e ficaram satisfeitos. E ainda foram recolhidos doze cestos dos pedaços que sobraram.

 

ORAÇÃO PARA FESTA DE CORPUS CHRISTI – ANO C

Não, a Terra não está Fria. A Eucaristia aquece a todos e tudo. Bendito Seja o Corpo e Sangue de Cristo que nos alimenta e nos fortalece. A Comunhão Eucarística é comunhão com Deus mesmo e com irmão. Louvado seja o Santíssimo Sacramento, sinal extraordinário, inconfundível do amor de Deus por toda a humanidade. Consolação eterna dos que creem, esperança de um mundo novo, porque Deus está mesmo está vivo no meio. Honra e glória para sempre!

Bendita Eucaristia, banquete do amor, sacrifício redentor do Cristo na Cruz, Tu és nossa alegria e esperança. Em Ti, encontramos refúgio e alento para nossa fé  e nossa vida. Estás sempre ao nosso alcance, Senhor, pelo Teu Corpo Santo doado, oferecido em cada Missa celebrada, que continua no tempo e na história, Tua salvação, palavras e gestos, Paixão, morte e ressurreição. Eucaristia é nossa Páscoa; e diante dela podemos Te contemplar, adorar, amar. Pedimos a graça de sempre Te buscar, conhecer e servir. Dá-nos, Senhor, receber as bençãos da nossa devoção à Eucaristia, esse tesouro espiritual de nossa alma, cujas riquezas são inesgotáveis. Desejamos também ficar satisfeitos com esse alimento salutar, penhor de salvação, graça e paz, queremos ser cumulados de todos Teus dons e bens, oh maravilhosa Eucaristia. E dá-nos um coração adorador, para Te amar sempre. Amém.

Teu Corpo é Pão, Teu Sangue é Vinho, verdadeira comida e bebida.  Pão da vida para vida, sangue redentor, queremos comer e beber sempre desta fonte, a Santa Eucaristia, para não ter mais fome, nem sede. Abrimos agora nossa ser e nossa alma para que possam ser preenchido, ficarem cheios de Ti, Senhor, que não haja mais espaços em nossa interior para o egoismo, o orgulho, a arrogância, a prepotência, o poder, o julgamento, a condenação, o preconceito, a luxuria, os vícios de toda sorte, a corrupção, que nos tornam doentes em nosso corpo e na nossa alma.  Suplicamos que pelo Força do Espírito Santo conheçamos as graças de um vida eucarística, de uma coração formado pela participação na Eucaristia do Cristo Senhor, que vence o pecado em nós.  És o sacramento do amor, do perdão e da misericórdia, da alegria e da cura para todas as doenças da alma e do espírito. Faze-nos, Senhor, viver a doação, entrega, solidariedade, compreensão, simplicidade, comunhão entre nós cristãos, como sinais da verdade e da veracidade daquilo que cremos, da fé que professamos na Tua presença real e permanente na Santa Eucaristia que comungamos. Que a Eucaristia que comungamos em cada Missa alimente nosso serviço, para que esse encontro com Cristo nos impulsione ao encontro com os irmãos. 

Nesta festa de Corpus Christi, pedimos que nos ajude a sermos amor no meio do mundo, nas praças, ruas, avenidas, edifícios, casas e condomínios por onde Teu Santíssimo Sacramento passar e for exposto para adoração, o Senhor Jesus Cristo.  Maria, virgem fiel,  roga por toda Igreja para ela não se esqueça jamais de aquecer corações e curar e enfaixar feridas, pelo bálsamo da misericórdia de Deus, manifestado, encontrado na Eucaristia no Corpo e sangue do teu filho amado.  Livra-nos de toda insensibilidade com aqueles que mais sofrem, que ainda nos impede de sermos reconhecidos como povo eucarístico, de ser serviço autêntico de amor e caridade. Que nossa atitude profética seja marcada pelo lava-pés, que comece e termine no chão da vida daqueles que nos esperam neste momento tão dramático da história da humanidade, que ainda tem muita fome e sede de vida. Ave-Maria…

Graças e Louvores sejam dados a todo momento. Ao Santíssimo e Digníssimo Sacramento!

Comente aqui


Oração para ser feliz…

Oração para aprender a amar e ser feliz

“Cura as feridas do meu coração, que causam medo e dor, para poder viver com todas as capacidades que me presenteaste…”

coração árvore

Creative Commons

Embora achemos que os mandamentos de Deus são uma imposição pesada, eles são, na realidade, o caminho para o sentido e para a felicidade na vida; um caminho traçado por Aquele que sabe mais do que nós, que nos ama infinitamente e que quer nos ensinar a amar também sem medida.

O caminho contrário, o do mal, é sempre atrativo e nos dá a impressão de que, nele, seremos mais felizes. Mas é um caminho de aparência, cujo destino real é a infelicidade.

O caminho da realização verdadeira é o do amor concreto pelos nossos irmãos – porque em cada um deles, vive Jesus mesmo. Jesus nos ensina que, no fim da nossa vida terrena, não seremos julgados com base em nossas posses ou títulos. “Seremos medidos pelo amor” – e “a medida do amor é amar sem medida”.

Oração

Senhor, eu venho a Ti, me prostro aos teus pés para que Tu conduzas os meus passos.

Ensina-me a percorrer os teus caminhos! Eu não quero viver longe de Ti, do teu amor, do teu abraço consolador. Vem e muda o meu coração!

Reconheço que em muito te defraudei, mas o teu amor pode levantar-me, pode curar-me e pode transformar-me.

Vem e ensina-me a amar, a entender que só em Ti encontrarei felicidade verdadeira, que só Tu podes mudar a minha vida e me mostrar o que mais me convém.

Eu desejo abrir a porta do meu coração à tua presença renovadora, ao manancial de graças que Tu derramas através de teus sacramentos.

Concede-me o dom da alegria! Cura as feridas do meu coração, que causam medo e dor, para poder viver com todas as capacidades que me presenteaste.

Eu confio no teu amor. Tu és o dono da minha vida. Amém.

_________________

Oração composta por Qriswell J. Quero

Comente aqui


Orações para rezar com crianças

Conheça 27 orações para rezar com as crianças

Ideias simples e eficazes para praticar com os pequenos

Praying child © itsmejust / Shutterstock - pt

1- Com Deus me deito, com Deus me levanto, com a graça de Deus e do Espírito Santo.

2- Anjinho da Guarda, meu bom amiguinho, me leve sempre, pelo bom caminho.

3- Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege e guarda, governa e ilumina.

4- Meu bom Jesus, verdadeiro Filho da Virgem Maria, me acompanhai esta noite, e amanhã por todo o dia.

5- Ó Anjo da minha guarda, que me protege e ilumina ajude-me todo o dia a ser uma boa menina.

6- Anjo da minha guarda, doce companhia, não me desampare, nem de noite, nem de dia.

7- Em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo. Amém! Jesus me ajude a pensar bem, falar bem e querer bem a todos.

8- Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Papai do céu, dai-nos uma boa noite. Menino Jesus dai saúde à mamãe, ao papai, aos meus irmãozinhos, aos meus avós e a todos nós. Dai lugar lugar no céu a … (dizer o nome de algum parente mais próximo que tenha falecido).
Com Deus me deito, com Deus me levanto, com a graça de Deus e o Espírito Santo.
Muito obrigado pelo dia de hoje.
Sagrado coração de Jesus, eu tenho confiança em Vós.
Sagrado coração de Jesus, protegei o Brasil.
Imaculado coração de Maria, sede a nossa salvação.

Rezar: Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai e Santo Anjo.

9- Visitai, Senhor, esta nossa casa e afastai para longe dela todas as ciladas do inimigo; nela habitem os Vossos santos Anjos para nos conservar em paz, e Vossa bênção sempre nos proteja. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém

10- Papai do Céu, logo que acordo penso sempre em você. Quero o Senhor abençoe o meu dia que começa e que você esteja junto comigo em todos os dias de minha vida. Obrigado Papai do Céu. Amém.

11- Meu Deus, eu te ofereço todo este meu dia. Ofereço ao Senhor trabalhos e os meus brinquedos. Tome conta de mim para que eu não faça nada que O aborreça. Amém.

12- Meu Jesus, me ajuda, nesse dia obedecer o papai e a mamãe e, não brigar com eles e nem com os meus amiguinhos. Amém

13- Senhor, eu te agradeço este alimento. Que nunca nos falte a comida na mesa de todos.

14- Ó meu bondoso Papai do Céu, queremos agradecer o lanchinho que agora vamos comer. Amém

15- Meu Deus, eu agradeço ao Senhor esta alimento que sua bondade nos dá. Dê também o necessário para todos. Abençoe os que trabalham para termos o que comer. Amém.

16- Jesus, Você nos mostra o Pai. Por sua causa, tudo foi criado: as pessoas e as coisas. Ajude-me no estudo, para que eu possa conhecer as coisas, as pessoas, o Pai do Céu. Amém

17- Jesus, vou para a escola, como o Senhor também foi. Que nada me aconteça no caminho. Quero aproveitar bem as aulas.Quero aprender bastante. Não se esqueça das crianças que não têm escola, e abençoe os professores e as professoras. Amém

18- Jesus, agradeço mais este dia de aula. Foi bom. Eu estudei, trabalhei e brinquei bastante. Agora me acompanhe até minha casa. Amém

19- Jesus, hoje eu vou ter provas na escola . Estudei bastante, mas posso perder a calma e esquecer tudo. Que o Espírito Santo que me ajude para eu me sair bem em tudo. Ajude também meus colegas e minhas colegas. Amém.

20- Meu Deus, eu agradeço este dia. Agradeço pelo bem que os outros me fizeram e pelo bem que eu pude fazer. Peço perdão pelo que eu não fiz direito. Amanhã, com sua ajuda, quero ser muito melhor. Amém

21- Meu Papai do Céu, eu andei errando, andei brigando. Não fiz as coisas direito… Mas, no fundo eu não gosto de fazer as coisas erradas. Por isso eu peço desculpa e vou fazer força para não errar de novo, mas fazer tudo bem certo. Amém.

22- Perdoa-me, Senhor Jesus, porque hoje senti ciúmes e raiva. tive raiva de meu irmãozinho e dos meus amiguinhos. Desculpa Senhor, porque hoje eu brigeui e disse coisas feias. Me ajuda a melhorar e não mais fazer coisas feias.

23- Papai do Céu, olha, por favor, por todos da minha família. Protege do mal, conserva com saúde minha casa, meu papai, minha mamãe e meus irmãos e nos dê a paz. Amém

24- Senhor Jesus, hoje meu paizinho não está muito bem. Não sei o que aconteceu com ele. Peço que o Senhor cuide dele, pra sarar rapidinho e a gente poder brincar juntos amanhã. Obrigado. Amém!

25- Senhor, hoje eu rezo pela minha mamãe. Que o Senhor dê forças para ela viver este dia. Meu Jesus, hoje minha mamãezinha está um pouco brava. Peço que amanhã ela fique feliz e, eu possa brincar com ela. Obrigado. Amém.

26- Querido Paizinho do Céu, quando rezo para ti, sinto meu coração feliz. É como o amor que sinto por papai e por mamãe quando os abraço antes de deitar. Obrigado pelo sentimento do amor. Amém!

27- A noite vem, o sol já foi embora. Jesus e Anjinho da Guarda, fiquem comigo nesta boa hora… Livra-me de todo medo da noite, de dormir… Protege do mal e de sonhos ruins. Tira, Jesus, o medo de vampiros e fantasmas, monstros e seres que assombram os meus pensamentos. Pelo seu amor por mim, amém!

Fonte: O Mensageiro
Comente aqui


Conferência sobre comunicação e evangelização

Praise Conference aborda criatividade cristã em Londrina

fullbanner
A conferência reúne criativos para discutir arte, comunicação e design no âmbito da evangelização 

 A Praise Conference é um novo respirar na comunicação cristã no Brasil, apontando para uma cultura de comunicação mais profissional e contemporânea. O intuito é reunir profissionais e interessados para trocar experiências e descobrir os melhores caminhos para uma comunicação eficaz, ampliando o alcance da evangelização.

O evento acontece nos dias 11 e 12 de junho, em Londrina, no auditório da Paróquia São Vicente de Paulo. Serão abordados temas como processo criativo, empreendedorismo, design, planejamento e fotografia. A programação inclui palestras vivenciais, rodas de diálogos e oficinas, e está disponível no site do evento: praiseathome.com.br/conference/.

Dentre os nomes confirmados estão Bruno Oliveira (Diretor Criativo do Praise At Home), Fernando Nunes (Criativo na Anima Comunicação), Henrique Ribeiro (Diretor Criativo da Clara Estúdio), Jander Pires (Diretor na Agência JPires), Gabriel Macohin (Diretor no Studio Opz), Jean Ricardo Severino (Diretor na agência Dominus), Padre Marcelo Gomes (Pároco na Paróquia São Lourenço) entre outros.

A conferência foi idealizada por algumas empresas que desenvolvem trabalhos na área de criatividade cristã – Praise at Home, Clara Estúdio Criativo e Anima Comunicação – para ser um lugar de encontro de ideias e aproximação de criativos que buscam propagar a fé e testemunhar seu amor à criação.

 

SERVIÇO
Praise Conference – Conferência Intergaláctica de Criatividade Cristã
Data: 11 e 12/06/2016
Local: Auditório da Paróquia São Vicente de Paulo – Av. Madre Leônia Milito, 545 Pq.Guanabara – Londrina-Pr.

Horário: Dia 11 de junho: 16h às 21h; 12 de junho 8h às 18h00.
Informações: Fernando (43) 9630-3031

Email: [email protected]
Site: http://praiseathome.com.br/conference/
Facebook: /praiseconferenceoficial

Fonte: Site da Arquidiocese de Londrina
Comente aqui