Pensamento de Fé



Arte de viver com Alegria

A alegria de viver as bem-aventuranças de Tomás Moro

© Lazare

Felizes os que sabem rir de si mesmos, porque nunca deixarão de divertir-se

Felizes os que sabem rir de si mesmos,
porque nunca deixarão de divertir-se.
Felizes os que sabem distinguir uma montanha de uma pedra,
porque evitarão muitos inconvenientes.
Felizes os que sabem descansar e dormir sem buscar pretextos,
porque chegarão a ser sábios.
 
Felizes os que sabem escutar e calar,
porque aprenderão coisas novas.
Felizes os que são suficientemente inteligentes
a ponto de não se levar muito a sério,
porque serão valorizados pelos que os rodeiam.
 
Felizes os que estão atentos às necessidades dos outros
sem sentir-se indispensáveis,
porque serão distribuidores de alegria.
Felizes os que sabem ver com serenidade as pequenas coisas
e com tranquilidade as grandes coisas,
porque chegarão longe na vida.
 
Felizes os que sabem apreciar um sorriso
e esquecer um desprezo,
porque seu caminho será repleto de sol.
Felizes os que pensam antes de agir
e rezam antes de pensar,
porque não se agitarão diante dos imprevistos.
 
Felizes vocês que sabem calar e sorrir
quando lhes é tirada a palavra,
quando os contradizem ou pisam seus pés,
porque o Evangelho começa a penetrar em seu coração.
 
Felizes vocês se são capazes de interpretar
sempre com benevolência as atitudes dos outros,
mesmo quando as aparências são contrárias.
Parecerão inseguros, mas este é o preço da caridade.
 
Felizes sobretudo vocês que sabem
reconhecer o Senhor em tudo o que veem,
pois já encontraram a paz e a verdadeira sabedoria.

Fonte: Aleteia 
Comente aqui


Tua Palavra é vida, Jesus.

EVANGELHO: Mt 13,1-23

15º DOMINGO TEMPO COMUM -ANO A

1Naquele dia, Jesus saiu de casa e foi sentar-se às margens do mar da Galileia.

2Uma grande multidão reuniu-se em volta dele. Por isso, Jesus entrou numa barca e sentou-se, enquanto a multidão ficava de pé, na praia.

3E disse-lhes muitas coisas em parábolas: “O semeador saiu para semear. 4Enquanto semeava, algumas sementes caíram à beira do caminho, e os pássaros vieram e as comeram. Imagem relacionada

5Outras sementes caíram em terreno pedregoso, onde não havia muita terra. As sementes logo brotaram, porque a terra não era profunda. 6Mas, quando o sol apareceu, as plantas ficaram queimadas e secaram, porque não tinham raiz.

7Outras sementes caíram no meio dos espinhos. Os espinhos cresceram e sufocaram as plantas.

8Outras sementes, porém, caíram em terra boa, e produziram à base de cem, de sessenta e de trinta frutos por semente. 9Quem tem ouvidos, ouça!”

10Os discípulos aproximaram-se e disseram a Jesus: “Por que falas ao povo em parábolas?”

11Jesus respondeu: “Porque a vós foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos Céus, mas a eles não é dado. 12Pois à pessoa que tem será dado ainda mais, e terá em abundância; mas à pessoa que não tem será tirado até o pouco que tem.

13É por isso que eu lhes falo em parábolas: porque olhando, eles não veem, e ouvindo, eles não escutam nem compreendem. 14Desse modo se cumpre neles a profecia de Isaías: ‘Havereis de ouvir, sem nada entender. Havereis de olhar, sem nada ver. 15Porque o coração deste povo se tornou insensível. Eles ouviram com má vontade e fecharam seus olhos, para não ver com os olhos, nem ouvir com os ouvidos, nem compreender com o coração, de modo que se convertam e eu os cure’.

16Felizes sois vós, porque vossos olhos veem e vossos ouvidos ouvem. 17Em verdade vos digo, muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não viram, desejaram ouvir o que ouvis, e não ouviram.

18Ouvi, portanto, a parábola do semeador: 19Todo aquele que ouve a palavra do Reino e não a compreende, vem o Maligno e rouba o que foi semeado em seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho.

20A semente que caiu em terreno pedregoso é aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria; 21mas ele não tem raiz em si mesmo, é de momento; quando chega o sofrimento ou a perseguição, por causa da palavra, ele desiste logo.

22A semente que caiu no meio dos espinhos é aquele que ouve a palavra, mas as preocupações do mundo e a ilusão da riqueza sufocam a palavra, e ele não dá fruto.

23A semente que caiu em terra boa é aquele que ouve a palavra e a compreende. Esse produz fruto. Um dá cem, outro sessenta e outro trinta”.

ORAÇÃO PARA O 15º DOMINGO COMUM

Meu amado Jesus, minha vida tem sido Te amar, Adorar e Servir. Sim, Te amo e sempre Te amarei, meu Senhor.  Tu és Meu Deus, Salvador e Redentor. Louvarei Teu Santo Nome para Sempre, Jesus. Es, Jesus, o Verbo do Pai, a Palavra de Deus, feito carne, que habitou e habita em nossos corações, em nossa vida, e história. Aleluia.  

A Fé que tenho em Ti, Jesus, alimenta minha alma e minha vida. Foi pela Tua Palavra que me amaste e me atraíste à  Tua presença. Fui conquistado pela Tua infinita misericórdia, quando era pecador, estava longe da Tua vida.Hoje, meu Jesus, posso dizer que Tua Palavra me salvou, me deu nova e me encheu de  esperança e alegria. 

Venho agora agradecer a todas as pessoas que me falaram da Tua Palavra, Jesus. Meus pais, que deram as primícias da Fé, mesmo na dificuldade de ler a Bíblia, a tinham e a tem no coração, na vida, na prática. Obrigado, Senhor, pelos ensinamentos que recebi deles, que moldaram minha base para a fé. Também, Jesus, sou grato aos meus catequistas, que me mostraram a beleza da Bíblia, me ensinaram a zerar com a Tua Palavra. Os  meus professores de teologia, que me ajudaram a fazer da Bíblia, da Palavra a razão central da minha vida. Meu Senhor, peço também que sempre me envie quem possa ainda hoje semear em meu coração Tua Palavra, sempre com novo ardor, zelo, beleza e entusiasmo. Ajude-me, Senhor a Ter sede e fome da Tua Palavra.

Na minha caminhada fé, de crescimento na Vida com Palavra de Deus, oh Jesus, preciso cada vez mais do Espírito Santo. Derrame sobre uma nova unção, para me aproximar sempre com mais amor da Tua Palavra, para que nada de perca do já foi semeado em meu coração, na minha vida. Vem Espírito Santo transformar tudo que já recebi de Deus, da Palavra, em vida, em amor, em testemunho da Fé em Cristo. Dá-me a graça de uma fé sempre mais bíblica, sadia, coerente com Vontade de Deus. Ajude-me com Tua Luz, a cada vez mais penetrar na riqueza infinita da Palavra de Deus, para orientar minha vida e realizar em mim as conversões que ainda preciso fazer. Faze-, oh Espírito Santo, que Palavra de Deus vivida, experimentada por mim, me leve a glória da Salvação, ao Céu. Que eu jamais desista de Te Buscar, amar a Palavra, apesar dos momentos de cansaço, tribulações, secura da alma. Vem me aquecer Espírito Santo, me curar das feridas que me impedem de viver conforme a Palavra de Deus.

Oh Virgem Maria, me ajude a ser sempre fiel a Palavra que recebi do Senhor, com tu sempre foste. Cuida do meu coração, para que possa se tornar terreno fértil para palavra de Deus. Afaste de mim as distrações deste mundo, que querem ofuscar a força e beleza da Palavra de Deus. Que tudo, oh mãe, que eu ouvir, ler e meditar reforce ainda mais meu amor pela Palavra, pela Bíblia. Dá-me também, por tua inspiração, oh virgem, encontrar tempo para estar com Palavra, quero cada vez mais ir a Missa e participar da liturgia da Palavra com atenção, com coração e mentes abertos para tudo que o Senhor Jesus  nos fala. Maria, minha mãe, peço que rogues por mim, para que eu cada vez mais descubra as promessas de vida, graça e benção que Deus tem para mim, minha vida e minha  fé, que estão contidas todas no Livro Santo, na Palavra. Amém. Amém. Ave-maria.

Comente aqui


Hábitos para melhorar sua Vida de oração

De manhã, à tarde e à noite: 11 hábitos para cultivar a vida de oração

©Racorn/Shutterstock

Ficar em união com Deus o dia todo é bem mais simples e espontâneo do que costumamos imaginar…

DE MANHÃ

1 – Levante cedo

Além de dar muito mais disposição física, acordar cedo é uma forma de garantir 5 a 30 minutos de oração silenciosa logo pela manhã, o que também dá muito mais disposição espiritual para o dia. Programe o despertador à noite e, quando ele soar, levante-se imediatamente, sem se enrolar na tentação natural de “mais um minutinho“. Faça desta a sua primeira oração do dia: a oferta espiritual a Deus do sacrifício de sacudir o sono! Experimente durante um mês: é um prazo normalmente suficiente para criar um hábito!

2 – Faça a Deus o oferecimento da manhã

Ao levantar-se da cama, ajoelhe-se, faça o Sinal da Cruz e ofereça o seu dia a Deus. Leva só alguns segundos, mas faz grande diferença ao longo do dia inteiro. Faça a oração de sua preferência: pode ser espontânea, pode ser um modelo de oração da tradição da Igreja. Logo abaixo, ao final deste artigo, sugerimos outro texto com mais dicas para este ato de oferecer o dia a Deus.

3 – Faça a sua oração mental matutina

Muitas pessoas preferem tomar seu banho e vestir-se antes de se dedicarem à oração mental, para fazê-la com mais concentração e melhor proveito. Você pode fazê-la em casa ou passar numa igreja quando estiver a caminho do trabalho – se possível, pelo menos algumas vezes por mês, procure fazê-la numa igreja em que se tenha adoração eucarística.

Não há uma duração determinada: podem ser 5 minutos, pode ser meia hora. Faça uma oração silenciosa e pessoal, conversando com Deus. Fale com Ele das suas necessidades e sonhos, mas também agradeça, reconheça os dons que Ele nos concede nas coisas simples de cada dia, interceda por quem precisa, peça perdão pelos seus egoísmos, erros, pecados… Louve-O, adore-O, contemple a Sua grandiosidade, os Seus mistérios, a Sua misericórdia, a Sua capacidade de nos dizer algo inclusive através dos grandes desafios que Ele nos permite enfrentar. Medite sobre alguma passagem das Sagradas Escrituras ou sobre os escritos espirituais de algum santo. Graças a Deus, opções não faltam!

 

AO LONGO DO DIA

4 – Converse com Deus e com Maria ao longo das suas tarefas

Ele está com você o tempo todo: é só questão de se lembrar disso! Muitas vezes, basta um olhar, um breve pensamento… Nem sempre é necessário usar palavras para se comunicar com Quem se ama.

Converse também com Maria, como um filho cheio de confiança e carinho! É claro que o ideal é dedicar ao terço um tempo de qualidade e recolhimento, mas, se isto não for possível todos os dias, saiba que ele pode ser rezado ao longo das atividades do cotidiano. Confira as ótimas sugestões deste artigo: 10 conselhos surpreendentes para rezar o rosário conversando com Maria no dia-a-dia!

5 – Recite alguma oração aprendida de memória

O tesouro da Igreja é repleto de belíssimas orações compostas por grandes santos, inclusive algumas em forma de poesia. Elas são excelentes recursos para nos inspirar, elevar e unir a Deus, além de poderem ajudar também na oração mental do dia seguinte. Entre os muitos possíveis exemplos, as poesias de São João da Cruz ou Santa Teresa de Jesus, ou o último parágrafo da célebre “Tarde te amei“, de Santo Agostinho.

6 – Ofereça a Deus os seus trabalhos, estudos, sofrimentos, inquietações, alegrias…

Tudo pode ser transformado em oração! A inspiradora súmula de vida dos monges beneditinos nos convida: “Ora et labora” – “Ora e trabalha“, inclusive transformando o trabalho (e o estudo) em prece mediante a sua oferta a Deus com as mais puras intenções.

Também a cruz é oração: grandes ou pequenos, não deixe passar em branco os seus sofrimentos e sacrifícios. Una-os ao Sacrifício Redentor de Jesus com amor e consciência. Isto é oração transformada em vida!

Coloque nas mãos de Deus também as suas preocupações, inquietações, desassossegos… Santo Agostinho nos lembra, numa das frases mais famosas de toda a história do cristianismo: “Fizeste-nos, Senhor, para Ti, e inquieto está o nosso coração até que repouse em Ti”. É junto dele que recobramos a serenidade, a paz, a quietude.

Se a dor pode ser oferecida a Deus, o mesmo vale para as alegrias: afinal, Deus é a Fonte de todo Bem e, portanto, de todas as legítimas alegrias da nossa vida.

7 – Recolha-se em momentos de silêncio

Experimente desligar a música, a TV, o rádio, os tantos ruídos de todos os dias. Sinta o silêncio! Pode ser difícil no início, mas aprender a desfrutar do silêncio é libertador e revelador. Se queremos ouvir a Deus, primeiro temos que silenciar as coisas. Ele não costuma falar alto…

 

À NOITE

8 – Agradeça em família pelo dia que Deus lhes concedeu

Todos os dias contêm inúmeras graças de Deus, inclusive aqueles dias que parecem ter sido puro sofrimento e vazio. Deus nos fala mediante uma amplíssima variedade de acontecimentos, pessoas, experiências – e todo esse aprendizado, para ser assimilado e dar frutos, requer momentos de reflexão compartilhados com as pessoas a quem mais amamos. Conversar em família, perante Deus, sobre as lições e inspirações do dia que passou é uma forma de oração e também de consolidar a própria relação familiar. Agradeçam juntos a Deus por essa oportunidade!

9 – Faça o seu exame de consciência

Toda noite, antes de se deitar, coloque-se na presença de Deus e examine a sua consciência com calma, serenidade, confiança, humildade, honestidade. Não esconda as coisas de si mesmo. Repasse na sua mente os Dez Mandamentos, os sete pecados capitais… O que pode melhorar? Faça um ato de contrição. Se algum pecado foi grave, faça o propósito de se confessar. Abrace a Deus com confiança, pedindo desculpas e pedindo a Sua graça – não como um servo que tem medo, mas como um filho que tem gratidão e confiança na misericórdia, na compreensão e na ajuda do Pai!

10 – Deite-se toda noite num horário estável

Acostume-se a definir um horário fixo para dormir, pensando em estar bem descansado na manhã seguinte (e em acordar cedo). Hábitos estáveis são ótimos para a saúde da alma e também do corpo!

11 – Reze a Ave-Maria quando estiver deitado na cama

Nossa Mãe nunca vai deixar de ouvir a prece de um filho! E a Ave-Maria é muito mais maravilhosa do que costumamos perceber: conheça aqui o poder da Ave-Maria!

Fonte: aleteia
Comente aqui


Oração para Autoestima

Oração para recuperar a autoestima

Oração para recuperar a autoestimaOração para recuperar a autoestima (Foto:Divulgação)

Na presença de Jesus, rezemos pela recuperação de nossa autoestima e da nossa própria imagem, mantendo perto de nós uma foto de nossa infância:

Pai Santo, em nome de Jesus invoco vossa misericórdia e me dirijo a Vós para que me toqueis e me concedeis uma boa e justa imagem de mim mesmo e uma verdadeira autoestima em Cristo Jesus.

Senhor, tende misericórdia de mim.

Senhor, tenho me sentido indigno, inapropriado, inferior, feio, tímido, torpe. As pessoas têm me criticado e me dado apelidos de que eu não gosto e que me fazem sofrer; sinto-me inseguro e não-amado.

Senhor, tende misericórdia de mim.

Senhor Jesus, levai meus sentimentos de fracasso, vergonha, decepção, culpa, timidez, ira ou raiva. Peço-vos que tirais de mim esses sentimentos e essas emoções que me mantêm na escravidão e me impedem de viver uma vida plena como homem/mulher.

Senhor, tende misericórdia de mim.

Amado Senhor, fazei que eu saiba o quanto me amais e que sou a menina de vossos olhos. Dirijo-me a Vós para que todos saibam que morrestes na Cruz não só pelos meus pecados, mas também pelos meus profundos sentimentos e minhas lembranças dolorosas.

Senhor, tende misericórdia de mim.

Rogo a Vós, Senhor, que cureis todas as feridas que há em minha pessoa. Ajudai-me a me amar, a aceitar vosso perdão, a me perdoar e a perdoar a todos aqueles me causaram injustiças: pai, mãe, irmãos, tios, avós, primos e demais parentes, professores, padres, companheiros de trabalho, chefes, vizinhos e amigos, além de todos aqueles, Senhor, que não me olharam com carinho e me reprovaram, consciente ou inconscientemente.

Senhor, tende misericórdia de mim.

Jesus, preenchei o vazio de minha vida. Dai-me o amor e a segurança que eu não recebi. Dai-me confiança, alegria e energia novas, para que eu possa fazer todas as coisas por meio de vós.

Senhor, tende misericórdia de mim.

Senhor, devolvei-me uma boa imagem de mim mesmo, aquela com que fui concebido/a como homem/mulher, e que eu possa me ver como Vós me vedes: especial, único, digno, belo, para que eu chegue a ser a pessoa que Vós criastes e quereis que eu seja. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

(Cfr. Robert DeGrandis)

Fazer um momento de oração em silêncio diante do sacrário com o Santíssimo exposto.

Oração do Pai-Nosso.

Se houver alguém com você, dê um abraço de paz.

Oração final:

Deus, autor de nossa salvação e de nossa libertação, escutai nossas súplicas e concedei que as pessoas a quem redimistes pelo sangue de Seu Filho possam viver para Vós e em Vós gozar a felicidade eterna. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina convosco na unidade do Espírito Santo, pelos séculos e séculos. Amém.

Fonte: Aleteia
Comente aqui


Arrependa-se do que você não fez

Nunca se arrependa do que você já fez, da coragem que colocou em cada ação para atingir o seu objetivo ou o seu sonho

Nunca se arrependa do que você já fez, da coragem que colocou em cada ação para atingir o seu objetivo ou o seu sonho. Arrepender-se do que você fez pelo simples fato de que as coisas não aconteceram como o esperado é um absurdo e um desperdício de energia e de tempo. E se tivesse corrido tudo bem? Você se arrependeria?

Se a resposta for não, então não deve se arrepender por ter tentado, por ter se arriscado. O que realmente gerou esse arrependimento é que você não estava contando com a frustração. Muitas vezes as nossas expectativas não se concretizam. A vida é assim.

O fracasso deve servir como um aprendizado, e até mesmo para tentar novamente com as experiências adquiridas.

Arrepender-se é permanecer na zona de conforto, sonhando com o que poderia ter sido. Neste caso, desistimos de tentar, não lutamos para alcançar os nossos objetivos. Nos contentamos com uma vida desprovida de emoções por medo das frustrações.

Mas as frustrações e decepções fazem parte da vida. Mais cedo ou mais tarde elas chegarão até você, mesmo que você não se arrisque ou salte para o vazio com um projeto novo. Elas aparecem por outro lado: com a família, com o seu parceiro, com a sua vida, com o trabalho … Até mesmo a própria falta de riscos pode se tornar uma fonte de frustração.

Não colecione arrependimentos

Todas as decisões, todas as suas ações, tudo o que sonhou, tudo pelo que lutou, definem a pessoa que você é hoje, o lugar em que você deseja ficar e para o qual orientar a sua vida. Ninguém deve se arrepender do que é ou de como escolheu viver.

O sucesso é supervalorizado na sociedade atual, e parece que somente é valorizado aquele que, mesmo correndo riscos, acaba triunfando.

Valorizamos muito os resultados, mas não valorizamos tanto o progresso, o sacrifício e o esforço de todas as pessoas que batalham para atingir os seus objetivos. Sabemos que, às vezes, tudo dá certo, e em outras, perdemos a aposta.

Essa essência é o que realmente tem valor: ter um objetivo que nos impulsiona para continuar vivendo; amá-lo, arriscar o nosso dinheiro, tempo e trabalho por ele. Na realidade, é tudo que nos motiva e reforça, em vez de focar somente no resultado. O sonho de construirmos tudo que queremos é o que nos faz levantar todas as manhãs, faz com que nos sintamos um pouco mais felizes.

Portanto, você não deve se arrepender do que fez; arrependa-se do que não fez por medo do fracasso. E também não é o caso de se castigar por ter dado muita atenção ao seu medo, mas é aconselhável que você perceba que se deixou levar por uma emoção negativa. Uma emoção que passou e foi substituída por aquilo que poderia ter sido.

Não se preocupe, nós podemos aprender. Nós não somos perfeitos e é muito comum se deixar guiar ou ser manipulado por algumas emoções. Mas podemos aprender com elas. “Vire a mesa” e decida voar de uma vez por todas, não importa o que aconteça!

Seja corajoso para empreender o voo, mas também para gerir a queda

Uma pessoa madura tem sonhos e expectativas, mas também tem os pés no chão. São pessoas que conhecem muito bem a si mesmas e se aceitam incondicionalmente; sabem perfeitamente até onde podem chegar ou não.

Elas conhecem os seus limites e potencialidades e, com base nisso, traçam um plano e são capazes de realizá-lo, porque sabem que têm controle suficiente sobre a situação.

Quando falamos de controle, falamos de tudo aquilo que realmente podemos controlar, é claro. Ou seja, o que depende de nós mesmos: frustrações, ações, decisões, tolerância…

Elas são pessoas corajosas, que têm suas mentes sempre no presente, mas imaginam um futuro melhor. Querem comer a vida mastigando forte com os dentes ao invés de experimentar um pouco, fazendo cara de nojo antes de provar um novo sabor. Seu pensamento se resume em: “Se estamos aqui para viver, então vivamos. Se as coisas derem errado, veremos como podemos gerenciá-las”.

Isso não significa que elas são “cabeças ocas”, que não sabem o que fazem. Na realidade, os impulsivos também sentem muito medo. A sua maturidade e inteligência emocional os torna corajosos, mas também responsáveis e cautelosos.

A chave para o sucesso reside nos fato de que elas não se apavoram quando pensam sobre os possíveis fracassos. Na verdade, como são realistas, não os percebem como prováveis, apenas como possibilidades.

O que você está esperando para ser um pouco mais corajoso? Você acha que deve ficar sempre na areia da praia, sem entrar no mar? Você está aqui para viver, para se arriscar, para alcançar todos os seus sonhos e descobrir a magia que se esconde por trás deles. E se você falhar, pode aprender e retomar o voo. Nunca mais se arrependa daquilo que você fez; arrependa-se somente daquilo que não fez por causa do medo.

 

Fonte: Mente Maravilhosa
Comente aqui


Meu descanso está em Deus

EVANGELHO: Mt 11,25-30

14º DOMINGO TEMPO COMUM -ANO A

Naquele tempo, Jesus pôs-se a dizer: 25“Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos. 26Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado.

27Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.

28Vinde a mim, todos vós, que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso. 29Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. 30Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.

ORAÇÃO PARA O 14º DOMINGO COMUM

Hoje eu quero estar na Tua presença, meu Senhor. Tu és Rocha da minha fé e da minha vida. Aceito Teu convite, meu Deus, porque preciso. Estou cansado, e só me resta a Ti, Jesus, abrigo da minha alma.  Minha esperança e alegria vem de Ti, do Teu amor infinito e da Tua misericórdia, meu Jesus.  A Ti, meu louvor e gratidão, para sempre. 

Sou um pequeno demais, miserável. não entendo muitas coisas, dos mistérios da vida, do mundo, do mal.  Sei que me Deus, em Cristo posso confiar. Jesus, me acolha nas minhas dores e sofrimentos, no pecado. Cura, Senhor, meu coração das mágoas, fracassos, doenças da alma, rancores, frustrações. Quero um coração de carne, que ama a Ti, Senhor. Jesus, ajude-me a compreender Tuas promessas para mim. Vem Jesus, com Teu Santo Espírito me fortalecer nas batalhas da minha vida diária. Só em Ti posso me refazer… Senhor, só em Ti, meu amado Jesus, porque Tu tens a 

Dá-me Jesus um coração novo, restaura minhas forças e minha fé. Permita-Se curar todas as minhas feridas, do corpo e da alma, pela seguimento da Tua Fé. Transforma meu ser, minha atitudes, oh Jesus, quero um coração mais simples, menos teimoso, sem egoísmos. Eu suplico, quero viver sob Teu Senhorio, Jesus, porque sei que é vida, graça, bênção e salvação. Tira de mim tudo que não vem de Ti, oh Cristo. Ensina-me, Jesus, com Teu Espírito a descansar sempre  Ti, quando enfrento tribulações, passo por dificuldades, enfrento perseguições. Peço-Te, meu amado, Jesus, que eu encontre abrigo, consolo e conforto, força e paz, vida, cura e libertação , ao frequentar, buscar a Bíblia, os sacramentos e a vida de oração pessoal. 

Minha mãe querida, recorro a ti, oh Maria, para que intercedas por mim. Guarde-me e proteja de todas as tentações e ilusões deste mundo. Não me deixe querer descansar em outros lugares que não o Seu Filho, o meu Senhor Jesus. Mãe, peco-te também que me acalente meu coração, minha vida. Ajude-me a não fazer de minha vida um busca desesperada por bem estar, que sempre me levam para promessas falsas, que só me cansam. Cubra-me com Teu manto, oh Maria, que eu não conheça outro amor, outra vida, senão que vem do céu, de Jesus, que carrega minhas fraquezas, meus pecados, minhas dores, e me cura me restaura no Sua Fé. Ave-Maria

 

 

Comente aqui


O que é perdão…

Perdoar é se lembrar sem se ferir

Perdoar não é esquecer: isso é amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer: isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento

Dia desses, passeando pelo Instagram, me deparei com uma frase de um autor desconhecido: “Perdoar não é esquecer: isso é amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer: isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento…”

E parei para pensar no que a frase diz. Que o perdão é uma decisão – nem sempre simples, nem sempre fácil -, mas ainda assim, uma decisão de seguir em frente sem mágoa ou dor. Não é simplesmente “deixar pra lá”, deletar e não pensar mais no assunto. É sim, conseguir encarar a questão e não ter mais sofrimento ao confrontá-la.

Para isso, é preciso rasgar-se e então remendar-se. Escancarar todas as feridas para depois curá-las. Ousar remover todos os curativos para então ventilá-los.

Quem concede o perdão beneficia a si mesmo. Pois ao se livrar de lembranças dolorosas, mágoas rasgadas e ressentimentos embolorados, percebe que se curou.

Ninguém esquece daquilo que lhe feriu, que doeu, que dilacerou. Mas a gente pode superar. Pode enxergar o que rasgou sem se machucar. Pode entender o que morreu sem se enlutar. Pode conviver com o que restou sem se magoar. Isso é perdoar. Isso é permitir que a história siga seu curso trazendo uma lembrança que não pesa mais.

Na vida é necessário perdoar sempre. Perdoar a finitude das coisas, perdoar a pressa do tempo, perdoar as despedidas e os pontos de vista, perdoar erros bobos ou grandiosos, perdoar as ausências, perdoar a falta de jeito e a indiferença. Sem o perdão, ficamos presos a um lugar de falhas e faltas. Não seguimos em frente, não superamos, não evoluímos.

É preciso ser leve. Absolver a existência de culpas que nos atam a um lugar que não existe mais, e livrar nossa história de ressentimentos antigos. Se sua infância foi dolorosa, se seus pais não cuidaram de você com cuidado, se você sofreu bullying na escola, se seu primeiro namorado lhe traiu, se sua amiga lhe humilhou… tudo isso passa a ser irrelevante quando você aprende a perdoar. Quando você entende que a dor pelos fatos ocorridos pode ser carregada ou não. Quando você percebe que as feridas fazem parte da sua história, mas é você que decide como quer lidar com elas.

A gente não se esquece dos cacos de vidro que pisou, mas a cura chega quando a gente volta a caminhar sem dor. A gente se lembra, mas não se importa mais. Isso é perdoar. Isso é permitir que sua história siga sem lhe machucar.

Talvez seja hora de encarar aquilo com que não sabemos lidar e simplesmente perdoar. Iremos descobrir que não precisamos esquecer pra seguir em frente, e sim decidir que isso não tem o poder de nos machucar mais.

O perdão é uma escolha. Uma escolha de viver sem dívidas com o passado, uma escolha de se desvencilhar das mágoas e ressentimentos e, principalmente, uma escolha de viver sem dor.

Fonte: A soma de todos os afetos

 

1 Comentário


Caminho de Compostela no Brasil

Brasil terá o primeiro trecho do Caminho de Santiago de Compostela na América

Por Natalia Zimbrão

Santiago de Compostela (Espanha) / Foto: Wikipédia (CC-BY-SA-3.0)
Comente aqui


Campanha Missionária 2017

Divulgados tema e cartaz da Campanha Missionária 2017

 

Direção das POM divulga tema e cartaz da Campanha Missionária 2017

A Campanha Missionária acontece no mês de outubro quando se realiza, no penúltimo final de semana, a Coleta do Dia Mundial das Missões (este ano dias 21 e 22)

A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída”. Este é o tema escolhido pelas Pontifícias Obras Missionárias (POM) para a Campanha Missionária de 2017. É o mesmo o tema do 4º Congresso Missionário Nacional, que acontecerá nos dias 7 a 10 de setembro em Recife (PE).

Tudo está em sintonia como os ensinamentos do papa Francisco quando afirma: “A alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontraram com Jesus” (EG 1). Essa alegria precisa ser anunciada pela Igreja que caminha unida, em todos os tempos e lugares, e em perspectiva ad gentes. Por isso o lema: “Juntos na missão permanente”.

A Campanha MissioCartaz CM 2017_oficialnária acontece todos os anos no mês de outubro quando se realiza, no penúltimo final de semana, a Coleta do Dia Mundial das Missões (este ano dias 21 e 22).

Cartaz CM 2017
O cartaz destaca a alegria do Evangelho e a Igreja que caminha unida. A arte mostra a Igreja, Povo de Deus, formada por diferentes sujeitos da missão (leigos e leigas, consagrados e consagradas, diáconos, padres, bispos e o papa), representantes de todas as idades e diversas etnias. Todos caminham juntos, depois de terem sido encontrados por Jesus Cristo, e como Igreja em saída, ad gentes, enviada a testemunhar a alegria do Evangelho em todo o mundo. O povo traz a Palavra de Deus, fonte da missão. Carrega também, a Cruz das missões jesuíticas, que marcou a Bolívia e toda a América Latina, no processo de evangelização. Este é o principal símbolo do 5º Congresso Missionário Americano (CAM 5) a ser realizado na Bolívia em 2018. As cores missionárias recordam a dimensão universal da missão. A arte é uma criação do Ateliê15.

Novidade (Zapcode)
Este ano, o cartaz e outros materiais da Campanha trazem o Zapcode. Para utilizá-lo basta baixar gratuitamente o Aplicativo Zappar no Smartphone (celular e tablet). Depois, ao direcionar o aparelho para o cartaz é possível assistir a um vídeo e acessar os conteúdos da Campanha Missionária.

Materiais
Para animar a Campanha, as Pontifícias Obras Missionárias estão preparando subsídios: o cartaz com o tema e o lema; a Novena missionária; Mensagem do papa para o Dia Mundial das Missões; DVD com testemunhos missionários; orações dos fiéis para os cinco domingos de outubro; envelopes para a Coleta do Dia Mundial das Missões e duas versões de marcadores de páginas com a oração missionária. O envio de todos esses materiais para as dioceses de todo o Brasil será feito no final do mês de junho. Os materiais também serão disponibilizados no site das POM.

Mais informações: Assessoria de Comunicação das POM
Email: [email protected]
Tel.: (61) 3340 4494

Fonte: CNBB
Comente aqui


Salve São Pedro e São Paulo

EVANGELHO: Mt 10,37-42

FESTA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO 

 

Naquele tempo, 13Jesus foi à região de Cesareia de Filipe e ali perguntou aos seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?”14Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”. 15Então Jesus lhes perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?”16Simão Pedro respondeu: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”. 17Respondendo, Jesus lhe disse: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. 18Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. 19Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”. 

ORAÇÃO PARA A FESTA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO

Salve nossos Santos, fundamentos da nossa fé. Salve Pedro e Paulo, santos mártires, confessores do nome de Jesus. Salve os apóstolos, que o Senhor chamou para guiar sua Igreja, serem nossos pastores. Gratidão a esses dois grandes santos que nos deram a fé, guardaram a Palavra de Cristo, o meu Salvador.

Jesus,  o Senhor escolheu Pedro e Paulo. Suas vidas, o Senhor transformou. Encontrou esses homens em seus oficios, e mudou o curso de suas vidas. Vem também ao meu encontro. Muda a minha vida, minha história, transforma meu coração. O doutor, romano,  o Senhor, tornou- o simples, humildade, servidor, derrubando do cavalo, dando um coração missionário, apaixonado por Ti, Jesus. Também desejo ser Tua testemunha de amor, oh Cristo. O pescador, medroso e teimoso, o Senhor qualificou, formou, encorajou e colocou a frente da Tua Igreja. Meu Jesus amado, vem também me ajudar a ser cada vez mais um defensor e guardador da Tua Fé, da Igreja, da Tua Salvação.

Espírito Santo, vem com Teu poder guardar todos nossos pastores. Ilumina nosso bispo e padres, continuadores da missão de Cristo no mundo, e na história. Livra-os da tentação do desânimo e do carreirismo religioso. Torna-os cada vez mais parecidos com Pedro e Paulo. Protege nosso Papa, Francisco, dos ataques do mal, das perseguições insanas. Ajude-o, oh Espirito Santo, a amar como Jesus, a guiar Sua Igreja com a firmeza de Pedro, a intrepidez de Paulo, e a misericórdia necessária para ser farol de esperança, verdade  e justiça para tantas pessoas onde que andam a procura de Vida.  Dá-me também a graça de ouvir e obedecer sempre ao Papa, aos pastores, que nos ensinam a Fé que receberam do Cristo.Quero estar aberto para reconhecer neles a Voz do próprio Senhor Jesus.

São Pedro e São Paulo, nosso tempo e sociedade não estão nada favoráveis a Fé e a Igreja de Cristo. Tribulações, perseguições contra o cristianismo, contra o nome de Jesus Cristo; também mortes de cristãos ainda acontecem mundo afora. Intercedam por todos os confessores da fé para nosso século de hoje. Que não abandonem, nem reneguem a fé em Cristo. Sejam cada vez profetas da Vida, da Verdade, da Justiça, do Bem, do Amor, da Misericórdia. Guarda, oh santos, nossas vidas. Peço-te também que roguem por mim, pela minha experiência de Fé. Sinto que muitas vezes querem me calar, me matar, hoje, diante dos temas que entram conflito com a Palavra e com sã Doutrina que guardaram e nos transmitiram, grandes apóstolos do Senhor Jesus. Ensinem-me a viver seguir crendo, pregando Cristo vivo e ressuscitado, meu salvador. Eu suplico: Protejam a Igreja de Jesus, oh meus amados Pedro e Paulo, dos escândalos sexuais,  políticos, financeiros envolvendo seus ministros. Peçam a Deus por todos nós, nestes tempos de grandes desafios para fé e para toda Igreja, para que ela brilhe como sinal de vida, graça e benção no mundo, pela coerência e firmeza da Fé em Cristo. Amém.

Maria,  mãe da Igreja, minha mãe também, peço que interceda por mim. Que eu possa ser e viver minha fé como São Pedro e São Paulo, anunciando sempre e testemunhando com alegria e esperança o amor e salvação que recebo de Deus, do Pai. Ajuda-me, oh mãe querida, a imitar também o Papa Francisco, no seu amor por Jesus, na sua coragem de pastor e na sua esperança que vem da fé. Que eu possa sempre amar a todos, sem reservas, sem apegos. E possa ser transformado pela fé que professo e pelo amor com que sou amado. Ave-maria…

Roguem por mim, São Pedro e São Paulo

Viva São Pedro

Viva São Paulo.

Viva o Papa. 

Comente aqui