Londrina



Dica de Férias: Rota do Café

Uma aventura que proporciona aos visitantes uma oportunidade única e envolvente de volta às origens, conhecimento da história e vivência dos atrativos naturais e culturais do norte do Paraná, sempre na companhia de pessoas acolhedoras que habitam esta região.anunc-2388-3053

Os roteiros são elaborados de acordo com o perfil e necessidade de cada cliente, com visitas às fazendas históricas, centros culturais, restaurantes rurais e lugares pitorescos. As Agências de Turismo credenciadas ao Projeto de Turismo Norte Paranaense – SEBRAE/PR, estão aptas a atender os turistas de todo o Brasil.

A Rota do Café, na região norte do Paraná, é um roteiro turístico que resgata a cultura cafeeira de uma região que prosperou graças ao “ouro verde” – como o grão era conhecido no século passado. O roteiro inclui visitas a fazendas históricas e produtivas, museus e memoriais.

A rota é composta por nove municípios, incluindo Londrina, que já foi considerada a “capital mundial do café”.  O consultor do Sebrae/PR, Sérgio Garcia, explica que o objetivo do projeto é oferecer experiências marcantes aos turistas. “Entre maio e agosto os visitantes podem participar da colheita nas fazendas produtivas e “abanar” o café: o que consiste em peneirar separando os grãos das folhas e impurezas”, disse.

Rota do Café (PR): inclui 34 empreendimentos em nove municípios na região norte do Paraná. Para adquirir o pacote, o turista deve procurar uma das agências de turismo credenciadas: www.rotadocafe.tur.br. Entre 10 de novembro a 07 de dezembro, a região também receberá o 4º Festival de Gastronomia, Cultura e Lazer do Café – Fest Café, com diversos pratos doces e salgados elaborados com o grão.

Informações: Londrinatur e Ministério do Turismo
Comente aqui


Quem ganha com o Prêmio Motorista do mês em Londrina

No começo dessa semana, o  prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, publicou na sua conta nas redes sociais, que deu uma ideia a CMTU, Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização, de premiar os motoristas da cidade flagrados andando abaixo da velocidade máxima permitida. Segundo o Prefeito, a intenção é incentivar quem anda certo e não apenas punir quem não respeita as leis de trânsito. Kireeff pediu que a CMTU estude essa proposta, dando até sugestão de como fazer. Os motoristas de Londrina poderiam se cadastrar no site da CMTU. Os radares iriam  flagrar os motoristas que seguissem a velocidade da via. Eles então participariam de uma sorteio mensal e poderiam receber um celular da Sercomtel, empresa pública de  Telefonia da Cidade.
Eu fiquei me perguntado sobre a eficácia pedagógica desse tipo de ação. O prefeito diz ter caráter educativo. Eu não vejo onde. Premiar que cumpre a lei, quem respeita as regras de convivência social, quem prática cidadania, é considerar que estamos vivendo um tempo difícil em que só o dinheiro conta. Penso que seria reforçar a ideia de que serei honesto e cidadão se me derem algo;  é dar combustível para alimentar para o famigerado jeitinho brasileiro, da lei de Gerson, de levar vantagem em tudo.
Acredito que ninguém ganha com esse prêmio. Até quem recebe algo desse eventual sorteio, perde. Porque sua motivação não é  ser respeitoso, com espírito democrático, cidadão e republicano, mas meramente conseguir um prêmio. Deixo, aqui uma sugestão ao prefeito de Londrina, Kireeff. Converse com sua secretária de Educação  no sentido de implantar a disciplina de educação no trânsito o Ensino Fundamental da Rede Municipal. Talvez seja mais burocrático, mais caro, porém o resultado pedagógico será de fato mudança de comportamento no trânsito de Londrina.
Concordo com prefeito que algo precisa ser feito. Que tal começar implementando o que diz o Código Brasileiro de Trânsito a respeito do processo de educação para o trânsito?
Fica  dica. O resto é com o prefeito. 

 

Comente aqui


Missa Sertaneja: Bom demais…


Os meses de junho e julho tem sido tempo para festas tradicionais dos santos juninos. E para dar um “incremento” , também há celebrações da Missa Sertaneja. É uma forma de fazer e reviver a memória dos tempos da vida no campo. Igreja toda decorada e adornada com utensílios do mundo rural. Cançoes da missa puxadas mais para músicas caipiras, sertanejas, de raiz como o povo diz. 

Se você nunca participou de uma missa sertaneja, ou já, e se tem saudades da vida no sítio, das músicas de raiz e de viola caipira, convido a vir celebrar a MISSA SERTANEJA que irei presidir amanhã, a partir das 18h30 horas, abrindo a Festa julina da Capela Santa Rosa de Lima, no Jardim Pacaembu em Londrina.

Faz bem pra alma, pro coração e para vida.  É bom demais… 

mi sertaneja

7 Comentários


Ouro Verde em obras…

cine teatro ouro verde londrina steagall condeDepois de dois anos do trágico incêndio, quem passa em frente o Teatro Ouro Verde já pode ouvir barulho de operários trabalhando. Cada martelada produz um som de que a vida está voltando. Esperamos ansiosos  julho de 2015; e que São Pedro nos ajude.

O Teatro Ouro renasce aos poucos. As notícias são de que terá um palco maior, com equipamentos modernos de som, iluminação e segurança. Mas queremos reconhecer o mesmo Ouro Verde de sempre.

Nesses dias também, li algumas matérias jornalisticas de que mesmo em ruínas, o Teatro Ouro foi palco de alguns eventos. Lembro-me com muita alegria o concerto de Grupo Sol Maior, do Violinista Roney Marczak, em frente ao teatro numa bela manhã de sábado. O tom era de esperança. O Ouro Verde não morreu.

Queria aproveitar e agradecer aos artistas que usam das ruínas do Ouro Verde para fazerem sua arte, como que dizendo a todo povo londrinense o teatro continua ai, tiremo-o das cinzas.  Obrigado Garcia Lopes, por locar seu clipe no Ouro Verde em caos. Obrigado Fernanda Magalhães pela coragem de fazer do Ouro Verde destruído pano de fundo para suas fotos e vídeos. Enfim, Obrigado aos alunos do Curso de Artes Cênicas da UEL que invadiram o Teatro para reverenciá-lo. Vocês todos não deixaram o teatro  morrer, nem quando estava em ruínas. Tudo era beleza e arte.

O velho Ouro Verde conta os dias para sua nova na estréia na história da arte de Londrina. E eu estarei lá.

Comente aqui


Encontro de Formação sobre Campanha da Fraternidade

            Dando início ás atividades do nosso calendário pastoral e formativo estamos convocando para o nosso Encontro de Formaçcf 2014ão sobre a Campanha da Fraternidade 2014.

Data: 23 de fevereiro de 2014

Horário: 08:00 ás 12:00.

Local: Paróquia Nossa Senhora Rainha do Universo

Endereço: Rua Ibirá, 99. Ônibus: Linha 302: Jardim Hedy, ou qualquer linha que passa pela Avenida  Tiradentes sentido shopping Com-tour:  Descer atrás do Com-tour.

 Pauta

–  Estudo sobre as questões centrais do Tema “Fraternidade e Tráfico Humano”;

–  Identificação das demandas ligadas ao tema  presentes em nossa Arquidiocese;

–     Planejamento das Ações Conjuntas, Específicas e Compromissos;

–    Agenda comum

OBS:  estamos motivando que cada um/a traga algo para partilha (doce ou salgado)

Fraternalmente,

Pe. Joel Medeiros      

Dom Orlando Brandes

Comente aqui


Boa notícia para Londrina

Essa semana, chamou-me a atenção a veiculação de uma notícia, que acredito ser de grande importância para nossa cidade, para mobilidade urbana.

Essa notícia diz respeito  ao anúncio de novos ônibus para Londrina, que  feito pelo prefeito Kireeff.  Serão 98 até o final de 2014, todos adaptados para atender pessoas portadoras de deficiências ou com mobilidade reduzida. O efeito imediato da renovação dos ônibus será aumento na capacidade de transporte de passageiros, em 25% e também a redução da idade média da frota para 3,3 anos.

Agora esperamos que mais ônibus circulando aumente osm_onibus-londrina horários nas linhas existentes e também leve a criação de novas linhas.  Afinal, teremos em breve o novo terminal urbano na Zona Oeste.

Por favor, não usem essa fato para justiçar aumento de tarifa do transporte público.  Também não poderia deixar de perguntar se o anúncio, agora, desses novos ônibus não está relacionado às manifestações contra o aumento das passagens dos coletivos, organizadas pelo Comitê Passe Livre

Comente aqui


Plebiscito em Londrina

PLEBISCITO POPULAR POR UMA CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLÍTICO

  Junte-se ao Plebiscito Popular!!!

Centenas de milhares de jovens, trabalhadoras e trabalhadores nas ruas em junho e julho de 2013 deram um recado paras as atuais instituições do país: elas não nos representam!

Assim, as mobilizações escancararam o fosso que existe entre a maioria oprimida da nação e as atuais instituições, que só estão aí para resguardar os interesses da minoria privilegiada das classes dominantes no Brasil.

A reforma do sistema político, necessária para avançar na conquista da democracia, da soberania e das necessidades de todos os setoresoprimidos, mais do que nunca está na ordem do dia. Uma vez mais, o Congresso Nacional, dominado por representantes dos grandes gruposeconômicos que financiam as campanhas eleitorais, tenta bloquear qualquer mudança de fundo no sistema político.

Se a maioria dos deputados e senadores recusa-se a alterar o sistema político que garante seus privilégios, nós, entidades representativas de trabalhadores e trabalhadoras da cidade e do campo, da juventude, dos movimentos democráticos e populares, decidimos organizar e realizar o Plebiscito Popular com a questão:

 Você é a favor de uma constituinte exclusiva e soberana sobre o sistema político?

Esta é a pergunta que chamamos todos e todas à responder. Desde este 15 de novembro de 2013, quando lançamos a campanha pelo Plebiscito Popular, faremos plenárias nos estados,

momentos formativos, publicações, mobilizações para construir coletivamente um amplo

debate, que terá como ponto de chegada a semana da pátria, de 01 a 07 de setembro de 2014.

Construa conosco nos bairros, escolas, sindicatos, movimentos e locais de trabalho os Comitês para organizar o Plebiscito Popular para que do 01 ao 07 de setembro possamos – ao devolver a palavra para povo brasileiro, para que seja ele a definir os rumos do país – ter milhões dizendo: Sim a uma Constituinte exclusiva e soberana que faça a reforma do sistema político de nosso país!

Vamos levar os resultados do Plebiscito Popular a todas as autoridades e poderes da República: queremos que os interesses da maioria explorada e oprimida que constrói a riqueza da nação sejam respeitados e representados nas instituições políticas de nosso país!

Venha participar conosco da reunião de planejamento do Plebiscito em Londrina!

Data: 08/02/2014, sábado, as 8h30min.

Local: SINDEL – Sindicato dos Eletricitários de Londrina

Rua Amantino Teixeira de Carvalho, nº 23 (começo da Rua Chile, nº 10; próximo da Copel)

Comente aqui


Mosquito da dengue. Não à água parada

A Secretaria de Saúde de Londrina divulgou por esses dias o Índice e infestação do mosquito da dengue. O número é assustador: 7,4%, quando o tolerado é de 1%. É um percentual que indica que entre 100 domicílios em Londrina, sete está apresentam foco do mosquito da dengue. O Centro da cidade é a região mais afetada.Estamos a beira de uma Epidemia da dengue em Londrina. . É uma doença que produz muito sofrimento na sua forma mais branda e pode até matar, quando se trata de dengue hemorrágica. Quem já teve dengue, que nos diga..
Precismos reagir, combater o mosquito. A prefeitura já está nas ruas, com seus agentes de saúde e seus carros de fumaçê. Porém, a batalha é da cidade, uma questão de cidadania que exige a colaboração de todos londrinenses. O caminho que leva a vitória é muito simples:não deixar recipientes que possam acumular água. Faça sua parte na sua casa. Veja também se nos terrenos e nas ruas perto de você há possíveis criadouros do mosquito. Juntos vamos livrar Londrina da dengue. Não se esqueça, se não fizermos nada, eu e você, seremos as próximas vítimas dessa doença.

Comente aqui


Defensoria em Londrina. Vitória popular

Deu ontem no site de Odiário.com que a Defensoria Pública começou funcionar em Londrina. Porém sua estrutura está precária: faltam equipamentos, assessores e servidores para dar mais agilidade aos atendimentos.
Chegar até aqui foi uma vitória de mais de 20 anos da pressão popular sobre um governo estadual de ontem e de hoje que tentou de todas as formas não implementar a Defensoria no Paraná, muito menos trazê-la para interior, para Londrina. Os grupos sociais acredito que podemos comemorar essa vinda dos Defensores para nossa cidade.
Agora, vamos continuar na luta para que a Defensoria em Londrina seja tratada com devida consideração pelo governo. Abre-se uma nova etapa da história dos movimentos pelos direitos humanos com a presença, estruturação, divulgação e consolidação da Defensoria Estadual em Londrina. Afinal, todo o povo precisa ter a acesso a justiça, ter seus direitos garantidos.

Leia na íntegra a notícia sobre Defensoria em Londrina
http://londrina.odiario.com/londrina/noticia/796831/defensoria-publica-comeca-a-atuar-com-estrutura-precaria/</a>

Comente aqui