Contagem regressiva



Opinião

Segue análise do André Franco. Quem concorda, discorda ou  acrescenta…

“Faltam apenas 2 dias para sabermos quem serão os candidatos a Prefeito de Paiçandu.

Temos como possíveis candidatos a Prefeito: Vladão, Moacir, Haroldo Françoso, Argeu Benites, Professor Tarcisio e Paulo Soni.

Vladão: atual Prefeito e aposta na reeleição devido a quantidade de obras que estão por ser realizada na cidade para os próximos dias, tais como: galerias e asfalto do Bela Vista e Canadá, super creche, diversos recapeamentos e outros mais. Ah! Até a conclusão da passarela está por sair! Possível vice: Nézão;

Moacir: foi inocentado no processo que os vereadores o caçaram e garante que assim que iniciar o período eleitoral estará explicando tudo isso à população. E garante que o povo o colocará de novo na cadeira de Prefeito. Possivelmente seu vice será o Celso da Casa do Piso;

Haroldo Françoso: se lançará candidato através de uma cautelar e com isso tem a certeza que será o próximo Prefeito, alegando que Paiçandu sente saudades do tempo da dobradinha Haroldo/Jonas Lima. Possíveis vice: Benito, Marquinhos Zirondi, Eliana Fuzari ou Maria Rita;

Argeu Benites: jovem político, tem experiência em contabilidade, pois foi contador do município na gestão do Vladão e está licenciado para as eleições. Seu vice será o Ismael Batista;

Professor Tarcisio: nome novo na política e garante ter apoio da juventude, de alunos e pais de alunos que estão e passaram pelo colégio Vercindes. Tem moral na cidade de ser um ótimo gestor. Possíveis vice: Waldir Watermann, Cidinho da Brillimps ou …;

Paulo Soni: morador de Maringá, vereador de Maringá e é médico pediatra na cidade de Paiçandu. Quer ser prefeito alegando conhecer os problemas da cidade, principalmente na área da saúde. Seu vice será o atual presidente da câmara dos vereadores Carlos da creche.

A sorte está lançada, agora só falta saber quem realmente levará a frente essas possíveis candidaturas. Sábado está ai, é aguardar pra ver!”

26 Comentários


Aliança PT e PSC

Uma tendência natural nesta reta final de definições na cidade de Paiçandu, é a parceria PT com PSC.  Os projetos são equivalentes e o quadro ganhou força com a possível dobrada em Maringá.

O deputado federal Edmar Arruda, presidente da executiva do PSC em Maringá que respaldou a mesma aliança em Ivatuba, deverá  apoiar a decisão do partido em Paiçandu, caso se confirme.

Apoiar o grupo do PP, que são apadrinhados pelos  Barros, ele não pode. E posicionar-se ao lado de Paulo Soni, seria no mínimo estranho, pois o vice daquela chapa fez campanha para outro adversário seu:  Nelson Padovani. E durante as eleições ele desceu a borduna no indivíduo, pela sua postura.

Arruda foi o terceiro deputado federal mais votado em Paiçandu, com 1865 votos.  Ele tem feito um mandato de destaque, é  presidente da Comissão de Finanças, Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados e é consciente que deve levar em conta a opinião dos filiados locais, pois estes entendem a realidade que os cercam.

29 Comentários