Professor: Um ator em sala de aula!

4

 

Hoje quero fazer um post com um relato pessoal , mas que não deixa de ser uma homenagem.  Como algumas pessoas sabem, sou atriz. Comecei fazer teatro com uns 8 anos no CAC (Centro de Ação Cultural) e mais tarde me profissionalizei. E há uns 6 anos mais ou menos, recebi uma missão muito especial: não  atuar em cima dos palcos apenas,  mas sim, em uma sala de aula, ou seja, dar aulas de teatro. Professora, eu? Pode ser! Sempre gostei de ensinar, ajudar os amigos de colégio, além do que, gostava muito de brincar de professora quando era criança. O que eu não imaginava era como essa experiência seria encantadora e mágica!

6

 

Professores são atores em sala de aula. E o que é melhor: com um público fiel. Eles têm um poder de transformação muito grande nas mãos. Neste tempo aprendi e continuo aprendendo muito! Talvez até mais do que ensinei. Aprendi sobre a vida, as pessoas, a paciência, o amor. E isto é realmente lindo. Cada aluno que passou por minha vida, seja criança, adolescente, adulto, com certeza me trouxe algum aprendizado e me deixou sua marca. Espero que estes também tenham levado algo bom para a vida através das minhas aulas.

Comecei dando aulas em cursos e oficinas de teatro. Depois passei a conviver no ambiente escolar, dando aulas de teatro em colégios. E o que posso dizer sobre isso, é que com essa convivência com tantos professores, passei a admirar e respeitar ainda mais essa profissão tão importante para o mundo todo. O professor tem uma função social importantíssima!! E que deve ser valorizada. Todo mundo precisou, precisa e precisará de professores durante a vida. Se você está lendo isto agora, foi porque algum professor lhe ensinou a ler. E esta importância vai muito além de ensinar a ler. Um professor nos estimula a pensar, a agir, nos dá forças, nos dá coragem.

5

 

Certa vez, uma mãe de um aluno de uns 5 anos mais ou menos, me procurou com uma dúvida sobre o figurino da peça que ele apresentaria. Conversei com ela e resolvi a dúvida em questão. Eis que ela me falou assim: “Eu só queria te pedir um favor, você fala pra ele que você conversou comigo e falou sobre o figurino? Porque se eu falar, ele pode nem ligar, mas se a ‘Profe’ fala algo, é regra lá em casa.” E entre risadas disse que falaria sobre o figurino com ele.

Outra coisa que acontece com frequência (graças a Deus), é um aluno, depois de meses de preparação e montagem para uma peça, após a apresentação, virar pra mim e dizer: “Mas já acabou Pro? Que pena! Quero mais. Vamos montar outra peça logo!” Conseguir passar esse amor aos palcos e à arte é indescritível. Muito valioso!

2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ser professora é algo fascinante! Não desmerecendo outras profissões. Cada uma tem sua função e sua importância. Mas ensinar é tão incrível, pois o conhecimento é algo que quanto mais compartilhado, mais é adquirido. Não é fácil lecionar, professores trabalham duro, ralam em casa, ralam na escola. Mas perceber que o aluno compreendeu o que você passou é simplesmente compensador!

3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eu poderia escrever linhas e mais linhas, sobre meu aprendizado como professora. Mas deixo aqui minha homenagem a esses grandes profissionais, fundamentais para o mundo, para a evolução e para a vida! Agradeço imensamente cada professor que passou pela minha vida, agradeço aos professores, colegas de trabalho, que me fizeram perceber o quanto difícil e lindo é ser um educador e professor no Brasil, e agradeço também meus alunos e ex-alunos por me permitirem fazer parte de suas vidas e aprender muito com isso.

 

Por fim, deixo uma frase que li uma vez, de Guimarães Rosa:

“Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende”.

Parabéns à todos os mestres do Brasil e do mundo!

1

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.