violeiros do brasil

 

A excepcional safra de novos violeiros não foi assimilada pela indústria fonográfica

Segundo a escritora Rosa Nepomuceno, em seu livro MÚSICA CAIPIRA – DA ROÇA AO RODEIO, o renascimento da viola e a valorização dos grandes artistas que apontaram os caminhos da nossa música caipira e da viola como um todo, mostram a enorme vitalidade musical do país. E, ao mesmo tempo, faz ver que o povo não desfruta dessas maravilhas que produz.

TANTA COISA SURGINDO de lugares os mais inesperados possíveis, e nem um por cento disso chega aos ouvidos do público.

A excepcional safra de novos violeiros não foi assimilada pela indústria fonográfica.

Em crise desde o final da década de 90, quando foi duramente abatida pela recessão que tornou o consumidor arredio e levou lojas de discos à falência, ela  ainda não encontrou uma saída, mas os seguimentos menores de público continuam a não interessá-la.

Segundo Renato Teixeira, o novo-caipira poderia ser um forte filão internacional a ser explorado pelas gravadoras.

Promissora e rica nesse amálgama de temas regionais, sofisticação instrumental, eruditismo, jovialidade e música popular, sua produção abre um leque de opções de mercado, que pode resultar em vendas e cifras.

Por enquanto, as produções independentes continuam sendo responsáveis pelo lançamento dos trabalhos de novos talentos e veteranos da música caipira.

Enquanto as multinacionais não se interessam em investir em filões restritos de público, porém um público fiel, nós vamos aqui, na contramão de tudo trazendo de volta culturas atávicas, atreladas à viola.

Comente aqui


ENCONTRO DE VIOLEIROS – CAMINHEIRO – Escola de Música Paulo Santana

ENCONTRO DE VIOLEIROS – CAMINHEIRO – Escola de Música Paulo Santana

Aberto ao público!… Maringá agora tem oportunidade de prestigiar uma boa música!

Comente aqui


Veja o recado do meu amigo violeiro Marcus Biancardini…

Veja o recado do meu amigo violeiro Marcus Biancardini

Ele me mandou 3 vídeos para eu escolher o que achasse melhor… Gostei dos três!… Este é o segundo da série…

Comente aqui