Mês: maio 2010



Notas

Segundona

Ninguém segura o Sport de Campo Mourão na Segundona do Estadual. Com a vitória por 1 a 0 sobre o Londrina, no domingo, o time mourãoense cumpriu a quarta rodada da competição com aproveitamento de 100%. para superar o Tubarão no Estádio do Café, o Sport contou com um gol solitário do atacante Delmer, aos 11 minutos da segunda etapa. Outro time que vai bem neste torneio que garante duas vagas para a Elite do Paranaense em 2011 é o Foz do Iguaçu, vice-líder e também invicto.

Queda

Essa Divisão de Acesso rebaixa quatro equipes para a Terceirona no próximo ano. Como AFA de Umuarama e Iguaçu nem inciaram a competição (o primeiro desistiu e o time de União da Vitória foi impedido de participar) apenas os dois últimos colocados na primeira fase serão desqualificados.

Terceira vem aí

Com dias equipes de Maringá, Maringá Esportes Iguatemi e Grêmio Maringá, a terceira Divisão já tem data definida para a realização do pré-arbitral. A Federação Paranaense de Futebol anunciou que os clubes vão se reunir nesta segunda-feira, às 14h, em Curitiba, para discutir as normas do torneio. Além dos maringaenses manifestaram interesse de competir os seguintes clube: PSTC, Cambé, Matsubara, Batel, Grecal, Araucária, Andraus, Platinense, Júnior Team e Tigrão de Umuarama.

Feminino

Sem a participação do Maringá Seleto, começa no dia 27 de junho o Campeonato Paranaense de Futebol Feminino. A competição, que terá a participação das equipes do Novo Mundo, Jaborá, Foz do Iguaçu e Vasco da Gama, vale uma vaga na Copa do Brasil de 2010. O time maringaense, segundo o dirigente e técnico Edson ‘Lambari’ Lima, abdicou da vaga no Estadual por falta de recursos.

Juniores

O Grêmio Maringá apenas empatou com o Centenário, no sábado, por 2 a 2, na penúltima rodada do Estadual de Juniores e manteve a terceira colocação na classificação do Grupo B. Também houve igualdade (1 a 1) no confronto entre Júnior Team e Sport Campo Mourão. Com esses resultados, o time maringaense mantém o terceiro lugar e precisa de vitória na rodada final, sábado próximo, diante do Iraty, em Irati, para não depender de ninguém e assegurar sua classificação à fase seguinte. O Júnior Team, que também luta pela vaga, vai enfrentar o Centenário, como visitante, e, além de vencer, ficará na torcida por tropeço dos maringaenses.

Água na quadra

A atitude de um dirigente do Adeafi Foz, no empate entre Ciagym e o time de Foz do Iguaçu (3 a 3), no sábado, na Acema, gerou grande revolta da torcida e por pouco não causou uma grande confusão. O dirigente que estava no banco de reservas deixou cair um copo com água na quadra e, irresponsavelmente chamou a arbitragem e disse que o recipiente foi atirado da arquibancada.

Jocops

As equipes da Amavolei/Regina Mundi dominam a fase final dos Jogos Colegiais do Paraná em Rolândia. Nesta segunda-feira, os três times conseguiram a terceira vitória consecutiva na competição e se garantiram na segunda etapa do evento. A equipe masculina (Classe A) superou o Colégio Leão Schulmann, de Foz do Iguaçu, por dois sets a zero. As parciais foram de 25 a 12 e 25 a 10. A equipe feminina (Classe A) também fez dois sets a zero no duelo contra o Colégio Educação Ativa, de São Miguel do Iguaçu. As parciais foram de 25 a 20 e 25 a 14 e as meninas da equipe B superaram o time do Colégio São José, de Apucarana, por dois sets a zero. As parciais foram de 25 a 14 e 25 a 13.

Última

Uma terceira equipe de Maringá pode confirmar ainda hoje a sua participação na Terceira Divisão do Campeonato Paranaense. Depende de detalhes.

Comente aqui


Ciagym empata com Adeafi Foz em Maringá

 A empatar em 3 a 3 com o Adeadi Foz, na noite deste sábado, no Ginásio de Esportes da Acema, o Ciagym/PAM/Futsal desperdiçou a chance de ficar entre os quatro primeiros colocados na classificação do Campeonato Paranaense de Futsal, na Chave Ouro. O time maringaense, desgastado pela campanha que resultou na conquista do bicampeonato dos Jogos Abertos Brasileiros em Cuiabá (a final foi com vitória sobre o Rio Verde de Goiás, na quarta-feira, por 7 a 5), não conseguiu vencer o time da fronteira, mesmo ficando em duas oportunidade com um homem a mais na quadra.

No confronto de sábado foram os visitantes que abriram o placar aos sete minutos de jogo com o ala Sidney. Um minuto depois, Oitomeia aumentou para 2 a 0. O Ciagym pressionou e conseguiu descontar quando Valtinho acertou a trave e, no rebote, Tiago mandou para o fundo das redes. No final da primeira etapa a Adeafi conseguiu aumentar para 3 a 1 com o goleiro Libério surpreendendo o maringaense João Paulo e marcando com chute da sua área.

No segundo tempo, com apoio da torcida, os donos da casa foram em busca da igualdade e começaram a obtê-la aos três minutos de jogo. Valtinho marcou. O mesmo Valtinho conseguiu igualar o marcador, um minuto depois, em cobrança de penalidade. 3 a 3.

Ao sete minutos Edjan foi expulso, por jogada violenta. Com apenas três homens na linha, o time da fronteira suportou a pressão e evitou a movimentação do placar. O jogo seguiu equilibrado com frequentes chances de gols dos dois lados. Aos 11 minutos de jogo nova expulsão. Dessa fez foi o ala Oitomeia que deixou os companheiros desfalcados. E, mais uma vez, os comandados do técnico Amorim não conseguiram traduzir a vantagem em gol. No momento que o Ciagym mais pressionava, faltando dois minutos para o final do jogo, Régis fez falta em Henrique e recebeu o segundo cartão amarelo e, em consequência, foi expulso.

Agora com um homem a mais na quadra, o Adeafi Foz desprezou a chance de conseguir a vitória e optou por preservar a igualdade apenas trocando bola no seu campo com o goleiro e os dois alas até o final da partida.

O Cianemia/PAM;Futsal começou jogando com João Paulo, Régis, Valtinho, Lambari e Tiago; entraram Alessandro, Guga, Alan e Soró. A Adeafi Foz usou, de início, Ilbério, Júnior, Oitomeia, Henrique e Edjan; entraram Sidney, Roger, Andy e Luan.

Outros resultados da rodada: Paranavaí 2 x 1 Palotina, São Miguel 0 x 4 Guarapuava, Telêmaco Borba 2 x 4 Campo Mourão e Marreco Beltrão 6 x 2 Paraná Clube.

A classificação: 1º – Guarapuava, 28; 2º – Marechal Rondon, 23; 3º – Marreco Beltrão, 23; 4º – Umuarama, 17; 5º – Paraná Clube, 17; 6º – Londrina, 17; 7º – Cascavel, 16; 8º – Ciagym/PAM/Futsal, 15; 9º – Campo Mourão, 14; 10º – Palotina, 14; 11º – Adeafi Foz, 13; 12º – São Miguel, 12; 13º – Paranavaí, 12; 14º – Clevelândia, 9; 15º – Foz Futsal, 6; 16º – Telêmaco Borba.

Comente aqui


Fla sai na frente, mas cede empate

 

A diretoria do Flamengo está em busca de reforços e não é à toa. A equipe campeã brasileira de 2009 não é mais a mesma – o atacante Adriano, por exemplo, acertou com a Roma, da Itália – e a torcida já perdeu a paciência com o time. Neste sábado, diante de um Maracanã vazio, o clube carioca empatou com o Grêmio por 1 a 1, num jogo com mais 80 passes errados

Com o resultado, o atual campeão segue distante do G-4 da tabela, com apenas seis pontos, na provisória 11.ª colocação. A equipe gaúcha soma cinco pontos, na 12.ª posição.

De contrato renovado até o fim de 2011, quando pretende encerrar a carreira, um motivado Petkovic começou o jogo de maneira arrasadora, lembrando até aquele jogador que ajudou o Flamengo a conquistar o título brasileiro do ano passado. A prova disso é o belo gol que marcou aos 7 minutos.

O sérvio deu bom lançamento para o lateral-direito Leonardo Moura, que levantou a bola na área e o atacante Vágner Love cabeceou na trave. No rebote, Pet bateu colocado e o goleiro Victor nem se moveu: 1 a 0. O experiente apoiador se empolgou. Voltou para marcar, deixou Vinícius Pacheco frente a frente com Victor, finalizou mais uma vez e, sem ritmo, cansou aos 25 minutos.

Com isso, o Grêmio cresceu de produção, passou a jogar mais no campo do Flamengo, porém faltou ser mais incisivo até o intervalo. Só obrigou o goleiro Bruno a fazer uma defesa difícil “A gente poderia ter feito 2 a 0. Estou um pouco cansado, mas agora vou descansar um pouquinho [no vestiário]”, disse Petkovic, após o fim da primeira etapa.

E ele voltou inspirado. Aos 2 minutos, deixou Vágner Love só com o goleiro a sua frente, mas o atacante perdeu. O castigo veio logo em seguida: o zagueiro Rodrigo empatou a partida, de cabeça E o Grêmio ainda desperdiçou chance incrível com o atacante Jonas. Na próxima rodada, o Flamengo buscará recuperar pontos diante do Palmeiras, quarta-feira, fora de casa. No dia seguinte, o Grêmio receberá o Atlético Mineiro no Olímpico.

Comente aqui


Após empate, Marcos perde reforços para o Verdão

 

Após ver mais uma vez o time passar em branco, o goleiro Marcos pediu agilidade ao Palmeiras para trazer reforços. “Nós precisamos de mais peças de reposição, precisamos de um ataque de qualidade. Não é uma crítica aos nossos jogadores de ataque, mas queremos ter mais força ofensiva”, disse. Para ele, o resultado de 0 a 0 com o Prudente, em Barueri, não foi nada bom. “Só espero que esses pontos não façam falta no final”, ressaltou o ídolo palmeirense.
Já o atacante Ewerthon atribuiu o empate à boa atuação do goleiro adversário. “Criamos muitas oportunidades, mas o Márcio pegou várias bolas”, afirmou o jogador. “Por diversas vezes o goleiro deles fez grandes defesas, tivemos chances, não fizemos o gol”, reforçou o zagueiro Danilo.
Para o defensor, o Palmeiras saiu de campo com um resultado injusto. “Estamos jogando no limite, fazendo de tudo para conseguir as vitórias, estamos correndo, acertamos a defesa e uma hora vamos acertar o ataque”.

Comente aqui


Jogos Escolares – começa futebol em Marialva

 

A primeira rodada da modalidade de futebol na fase final dos Jogos Colegiais do Paraná (Jocops) que acontece em Marialva registrou a ótima média de 4,2 gols por jogo. Em 30 partidas disputas neste sábado foram anotados 126 gols. A maior goleada ficou para o jogo entre o Colégio Heber Vargas, de Londrina e a Escola Nossa Senhora das Graças, de Irati. O primeiro ganhou o jogo por 14 a 1, após vitória de 10 a 0 na etapa inicial, pelo masculino da Classe B. A partida aconteceu no Estádio Aquidaban. Apenas um jogo terminou sem abertura de contagem. No Estádio da Vila Brasil, os colégios Silvio Vidal, de Paranavaí e CAESP, de Foz do Iguaçu, não mexeram no marcador, também pela Classe B. Além desse resultado igual, mais quatro jogos não tiveram vencedor.

No Estádio Miguel do Cambuí, pelo feminino B, o Colégio Júlia Wanderley, de Jaboti, ficou no 1 a 1 com o Colégio Estadual de Santa Helena. O segundo empate pela contagem mínima se verificou no jogo disputado no Estádio Aquidaban. Pelo masculino B, entre a Escola Cândido Portinari, de Ampére e o Colégio Júlia Wanderley, de Jaboti. O quarto resultado igual, 2 a 2, aconteceu na partida entre a Escola Hercília Silva, de Carlópolis e o Colégio Marechal Costa e Silva, de Cidade Gaúcha. O jogo válido pelo masculino B ocorreu no Estádio Santa Luzia. Também empataram em dois gols os times dos colégios Pedro V. P. Souza, de Marialva e Tancredo Neves, de Francisco Beltrão, no masculino A. O jogo ocorreu no Estádio Braz Clementino de Mendonça.

Nos demais resultados a rodada apresentou vários vencedores. No Estádio Aquidaban, o Quielse Crisóstomo, de Bocaiúva do Sul, derrotou o Júlio Junqueira, de Arapongas, por 3 a 0, no feminino B. No feminino A, o Francisco Camargo, de Tijucas do Sul, perdeu do Tereza Cristina, de Colorado, por 2 a 0. O Colégio Paraná, de Curitiba, goleou o São José, de Apucarana, por 9 a 0.

No Estádio do Conjunto João de Barro, o Macedo Soares, de Campo Largo, derrotou o Lourdes A. Melo, de Itaguajé, por 2 a 1. No masculino A, o Lourdes Melo, de Itaguajé, goleou o Adiles Bordin, de União da Vitória, de 9 a 1. O Marilis Pirotelli, de Cascavel, superou o La Salle, de Pato Branco, por 3 a 0. Outro time que venceu foi o Antônio Braga, de Colombo, que fez 4 a 2 diante do Júlio Wanderley, de Jaboti.

Na única partida do masculino B, o Isidoro Drumond, de Itapejara do Oeste, ganhou de 2 a 1 do José Armim Matte, de Chopinzinho.

No Estádio Santa Luzia, no feminino B, o time do Professor Júlio César, de Rebouças, derrotou, por 3 a 0, a equipe do Olídia Rocha, de Nova Tebas. No A, o Olídia Rocha superou o Natel de Camargo, de Espigão Alto de Iguaçu, pela contagem mínima.

No masculino B, o Costa e Silva, de Itaipulânda, ganhou do Dom Bosco, de Mariluz, por 3 a 2. Já pelo masculino A, o Helena Kolody, de Terra Boa, fez 6 a 1 diante do José A. de Almeida, de Mariluz.

No Estádio Braz Clementino Mendonça, pelo masculino B, o Marilis Pirotelli, de Cascavel obteve o resultado positivo diante do Ana Vanda Bassara, de Guarapuava, por 6 a 0. No duelo entre o São José, de Apucarana e o Felipe Bittencourt, de Marialva, melhor para o primeiro, que ganhou de 1 a 0. No masculino A, o Eudice Oliveira, de Florestópolis, ganhou de 3 a 2 do Dom Pedro II, de Foz do Iguaçu. O Alberto Santos Dumont, de Cafelândia, fez 2 a 1 diante do Leni Marlene Jacob, de Guarapuava.

No Estádio São Miguel do Cambuí, no feminino B, o Reinaldo Massi, de Diamante do Norte, goleou o Inês M. Edermann, de Ivaí, por 8 a 0. O Cândido Portinari, de Ampére, ganhou de 4 a 1 do São José, de Apucarana. No feminino A, o Professor Júlio César, de Rebouças, fez 2 a 1 diante do Geremias Lunardelli, de Lunardelli. No masculino B, o Rui Barbosa, de Mamborê, ganhou de 2 a 1 do Positivo Júnior, de Curitiba.

No Estádio da Vila Brasil, no masculino A, o Duque de Caxias, de Nova Londrina, obteve a vitória, por 2 a 0, contra o José Bonifácio, de Paranaguá. No duelo entre Marcílio Dias, de Itambaracá e Estadual de Iporã, melhor para o primeiro, que ganhou por um gol de vantagem: 2 a 1. O Santo Loyla, de Fênix também venceu: 2 a 0 contra o São José, de Apucarana.

No masculino B, o Princesa Izabel, de Paiçandu, estreou com vitória sobre o Cidália R. Gomes, de Paranaguá, por 3 a 0.

Comente aqui


Paraná bate Vila Nova e confirma boa fase

 O Paraná sofreu, mas assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta sexta-feira, atuando em casa, no estádio Durival de Brito, em Curitiba, contra o Vila Nova, soube impor seu jogo e saiu de campo com a vitória por 1 a 0.

Com o resultado, o Paraná manteve sua ótima sequência, chegando à terceira vitória seguida e aos 12 pontos, na primeira posição. O Vila Nova continua com apenas três, na 16.ª colocação, ainda sem técnico após a demissão de Edson Gaúcho.

O time goiano entrou em campo com apenas um objetivo: ficar o tempo todo na defesa e tentar os contra-ataques. Enquanto isso, o Paraná foi para o ataque, criando algumas chances no primeiro tempo e matando a partida na segunda etapa, quando marcou seu gol.

Aos 18 minutos, João Paulo pegou uma sobra e chutou de longe. A bola desviou no meio do caminho e foi parar dentro das redes. O jogo continuou amarrado e o Paraná preferiu se garantir.

Na próxima rodada, todos os jogos da Série B serão na terça-feira. O Paraná viaja até Pernambuco para enfrentar o Sport, às 21 horas, enquanto que o Vila Nova joga em casa, às 19h30, contra o Santo André

Comente aqui


Coxa reage e conquista vitória fora de casa

 Mesmo atuando com um a mais durante todo o segundo tempo, o ASA conheceu, nesta sexta-feira, a sua primeira derrota em casa no Campeonato Brasileiro da Série B ao perder de virada por 2 a 1 para o Coritiba. O duelo foi válido pela quinta rodada e realizado no estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca.

Após conhecer sua primeira derrota em casa, o ASA manteve os sete pontos, em oitavo lugar, enquanto que o Coritiba chegou a oito, em sétimo.

O duelo entre os dois times foi movimentado, mas os gols só saíram no segundo tempo. Aos quatro minutos da etapa final, o volante Marcos Paulo entrou forte em Edson Veneno, sendo expulso Com um a mais, o ASA foi ao ataque. Aos 14, o goleiro Edson Bastos rebateu cruzamento para dentro da pequena área e Claudiney Rincón ficou com a sobra, apenas completando para as redes.

Quatro minutos depois, Rafinha avançou em velocidade pela direita, limpou a marcação e acertou forte chute cruzado, empatando o jogo. Pressionando bastante, mas sem criar chances reais de gol, o time alagoano sofreu o castigo aos 41, quando Enrico bateu falta da direita e Ramon desviou de cabeça, decretando a virada do Coritiba.

As duas equipes voltam a campo na próxima terça, pela sexta rodada. O ASA visita o Figueirense, às 21h50, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O Coritiba, por sua vez, recebe a visita da Ponte Preta, às 21 horas, na Arena Joinville

75 Comentários


Notas

 

Santos

Oficializado o afastamento de Fábio Costa, o Santos procura um novo goleiro. Depois de Édson Bastos (Coritiba) e Diego Cavalieri (pede para ser liberado pelo Liverpool, da Inglaterra), o nome da vez é Dida, que não disputará mais jogos oficiais pelo Milan.

Liberados

Dorival Júnior disse nesta sexta que Germano (Sport Recife), Maikon Leite (Atlético-PR) e Rodrigo Mancha (Prudente) só saíram do Santos porque quiseram. “E vou pedir reposição para as posições”, adiantou o treinador.

Wesley fica

Um representante do Milan esteve na Vila Belmiro quarta-feira passada, assistiu à vitória do Santos contra o Guarani e aproveitou para oferecer 3 milhões de euros para levar Wesley para o clube italiano. Os santistas consideram a oferta baixa e pediram 5 milhões de euros. O clube da Baixada é dono de 70% dos direitos econômicos do jogador.

Técnico cai no Inter

O Internacional anunciou na noite desta quinta-feira a saída do técnico Jorge Fossati. Pressionado pela torcida, o uruguaio rescindiu seu contrato após comandar o time por seis meses. Os auxiliares J.J. Rodriguez e Leonardo Martins e o preparador físico Alejandro Valenzuela também deixam o clube. No lugar de Fossati, Enderson Moreira, treinador do time B do Inter, comandará a equipe principal na partida deste domingo, contra o Atlético Paranaense, no Beira-Rio, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. A diretoria do Inter não informou quando anunciará o nome do novo técnico.

Timão

O técnico Mano Menezes não revelou a equipe que enfrenta o Santos neste domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Como faz nas vésperas de um clássico, ele “fechou” o treino desta sexta à tarde no Parque São Jorge. Nenhum jornalista pôde assistir ao coletivo. “Precisamos de sigilo. Por isso não vou adiantar (a escalação) e também porque ainda não temos todas as decisões.” Mano disse apenas que testou duas formações diferentes, sem dizer quais. Nem se Bruno César, que estreou contra o Prudente, vai começar o jogo como titular. Esse é um dos “mistérios” que Mano Menezes vai guardar até momentos antes de jogo. A tendência é que Bruno comece jogando. Mano disse que seu time precisar atacar porque precisa da vitória e porque vai jogar em casa. “Santos é um rival direto na classificação.”

Comente aqui


Paz volta ao Santos com retorno de Madson

 

A paz voltou ao futebol do Santos com a convocação de Madson para a concentração iniciada nesta sexta-feira, às 22h30, no hotel Recanto dos Alvinegros. O meia deve até ficar no banco de reservas no jogo contra o Corinthians, domingo à tarde, no Pacaembu, como queriam Paulo Henrique Ganso, Neymar e André.

Dois dias antes, ao perceber o descontentamento do trio, que chegou atrasado com Madson à concentração na semana passada, mas sofreu punição mais branda, Dorival Júnior afirmou que não tinha motivo para “birrinha” porque o meia não estava sendo execrado. “Madson já errou duas, três vezes e vamos manter a punição até quando acharmos necessário.”

Nesta sexta à tarde, o treinador mudou de ideia – conversou com os jogadores antes do treino e avisou que o baixinho está volta

“Madson está treinando e volta a ser relacionado. Espero eu que ele volte com outra mentalidade, focado no trabalho”, sintetizou o treinador na coletiva de imprensa.

Questionado se a sua decisão era um voto de confiança aos garotos, Dorival Júnior disse que não. “É apenas uma necessidade ” Embora completo, o time não jogou bem quarta-feira à noite, na Vila Belmiro, e se só conseguiu a vitória por 3 a 1 sobre o Guarani nos minutos finais.

Comente aqui


Série B tem duelos regionais fechando a rodada

 

Os duelos regionais voltam a agitar a quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, que será encerrada neste sábado. Serão seis partidas que podem definir a liderança da competição, sendo duas delas clássicos entre paulistas: São Caetano x Ponte Preta e Guaratinguetá x Santo André.

O jogo mais esperado acontecerá em Salvador, onde dois campeões brasileiros duelam em situações opostas. O Bahia recebe o Sport, na luta pela liderança. Os baianos vêm de goleada sobre o Vila Nova por 4 a 0, em Goiânia, e soma dez pontos. Os pernambucanos vivem um momento turbulento. Com apenas um ponto, o clube está na zona de rebaixamento e acabou de acertar com o técnico Toninho Cerezo para a vaga do demitido Givanildo Oliveira.

Também de olho na liderança, o Guaratinguetá recebe o Santo André, no Vale do Paraíba. O time da casa ainda está invicto e soma oito pontos. Os visitantes ainda não se reencontraram após o desmanche sofrido ao fim do Paulistão – vêm de derrota para a Portuguesa por 4 a 3, e somam quatro pontos.

Após tropeçar em casa contra o Guaratinguetá no empate por 1 a 1, a Ponte Preta visita o São Caetano no ABC paulista. A equipe de Campinas está invicta, mas tem apenas seis pontos. O time mandante, por sua vez, aparece mais abaixo, com cinco pontos.

Outro confronto regional acontecerá em Minas Gerais. O América, com oito pontos, joga contra o Ipatinga, sem nenhum ponto, no Mineirão.

A rodada ainda terá as partidas entre Icasa, com quatro pontos, e Duque de Caxias, na lanterna, sem pontuar, além de Brasiliense, com sete, e Figueirense, com seis, que buscam a reabilitação no Estádio Serejão.

Comente aqui