Mês: julho 2012



Oppnus Maringá desafia o vice-líder Cascavel no Chico Neto

Oppnnus Maringá e Cascavel se enfrentam neste sábado, às 20h30, no Ginásio de Esportes Chico Neto, em jogo da 19ª rodada do Campeonato Paranaense de Futsal da Série Ouro. Com 38 pontos ganhos em 18 partidas, os maringaenses buscam a permanência no G-4, já que ocupam a terceira colocação com um jogo a menos que os dois primeiros colocados, Marechal Rondon e o próprio Cascavel.

Os maringaenses empataram a partida anterior diante do Guarapuava, na casa do rival, em 1 a 1. Para a partida desta noite, o técnico Xepa poderá contar com o ala Bruno, recuperado de contusão. O pivô Jorge Alex, que passou a semana sob cuidados do departamento médico, será avaliado no treino que a equipe faz nesta manhã no local do confronto. O pivô Tiago está descartado, já que não se recuperou da lesão muscular que o afastou dos treinos ao longo da semana.

O fixo Régis, que cumpriu suspensão automática, volta ao time

Comente aqui


Tapetão vai decidir classificação final da Divisão de Acesso

A classificação final do Campeonato Paranaense da Divisão de Acesso só tem como certo o título do Paraná Clube, e consequente acesso para a Primeira Divisão em 2013, e o rebaixamento do Grecal de Campo Largo. As demais posições vão depender de julgamentos a serem feitos em datas ainda não definidas na segunda instância do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná e no Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro.

O Nacional de Rolândia, terceiro colocado no posicionamento geral dos clubes, reivindica a segunda posição que hoje é do Cincão de Londrina, com isso, seria o companheiro dos paranistas no direito à vaga na elite no próximo ano. O time de Rolândia vai pedir a perda de oito pontos do Cincão por escalação de jogador irregularmente. Essa questão foi analisada pelo TJD que deu ganho de causa para os londrinenses e também para o Junior Team que recuperou 12 pontos.

O Cascavel, punido com a perda de seis pontos, também vai recorrer. Se ganhar a questão permanece na Divisão de Acesso e o Grêmio Maringá terá a sua queda confirmada, como aconteceu no campo.

3 Comentários


Grêmio volta para a Terceirona após ser goleado em Cascavel

A rodada final da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense reservou para a torcida do Grêmio Maringá uma amargura. Goleado pelo Cascavel, em Cascavel, por 5 a 1, o Alvinegro experimentou a humilhação de cair para a Terceira Divisão do Estadual. O time dependia das própria forças para evitar o vexame. Mas acabou sendo superado pelos cascavelenses e, com isso, permitiu que o Serrano — que venceu o Paraná Clube, em Prudentópolis, por 1 a 0 — se livrasse do descenso. Everton marcou o primeiro gol do Cascavel no primeiro tempo e Raí empatou para o Grêmio Maringá. Mas Irineu (2), Eduardo e Rincón garantiram a vitória do time do oeste. Dessa forma, o time do empresário Aurélio Almeida retorna para a Série C do Estado, onde estava no ano passado e só conseguiu subir por desistências das equipes de União da Vitória e Cascavel.

Além do time maringaense, também caiu para a Terceirona o Grecal, clube que representou Campo Largo, embora tenha manado seus jogos em Paranaguá.

O outro representante de Maringá, o Metropolitano, esteve sob ameaça de degola até a penúltima rodada da competição que teve o Paraná Clube como campeão antecipado ao conquistar, com sobras, os dois turnos. Na quinta-feira os maringaenses enfrentaram os paranistas, em Curiba, e venceram por 5 a 2, aproveitando-se do fato de que o Tricolor escalou uma equipe mesclada com jogadores do sub-20.

No domingo, o Metrô recebeu a visita do Nacional de Rolândia, perdeu o confronto, por 3 a 2, mas conseguiu se manter na Segunda Divisão. Além do Paraná Clube, sobre para a elite do Estado o Cincão de Londrina, segundo melhor time na pontuação geral que venceu o Foz do Iguaçu, de virada, na fronteira, por 1 a 2.

O Nacional de Rolândia promete entrar com ação no STJD para reverter a julgamento do TJD que devolveu pontos para Cincão e Junior Team, considerando-os inocentes da acusação de escalar jogadores irregularmente.

 

3 Comentários


Metropolitano se livra do descenso; Grêmio Maringá corre risco

Sob pressão e diante de um adversário que poupava seu titulares, o Metropolitano Maringá cumpriu sua missão na tarde desta sexta-feira e se garantiu na Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense. O time maringaense goleou o Paraná Clube no Estádio Janguito Malucelli, por 5 a 2, e vai para a última rodada com a tranquilidade de quem não mais poderá ser ultrapassado na luta pelo descenso. Esta ameaça agora paira sobre o outro representante da cidade na competição, o Grêmio Maringá, que, se perder a partida do próximo domingo para o Cascavel, na casa do rival, e o Serrano superar o paraná Clube, em Prudentópolis, cairá para a Terceirona em 2013. O jogo desta quarta-feira foi o primeiro que os paranistas perderam, em 17 disputados. O time que teve comando do técnico Multon do Ó, em lugar do titular Ricardinho, abriu o placar com Douglas Tanque; Henrique e Thiago Henrique empataram e viraram ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa Thiago Augusto marcou e Alan ampliou para 4 a 2; houve tempo para Elias descontar, mas Mineiro decretou a goleada com mais um gol aos 46 minutos. O Metropolitano jogou com Leandro; Alan, Alex Noronha, Henrique e Victor; Bruno Vieira, Mineiro, Alex Ricardo (Rogerinho) e Thiago Henrique (Warley); Thiago Augusto (Fernadinho) e Ricardinho.

PARANAENSE – DIVISÃO DE ACESSO

Paraná Clube 2 x 5 Metropolitano

CLASSIFICAÇÃO – SEGUNDO TURNO

P J V SG

1 Paraná Clube* 21 8 7 10

2 Cincão EC 14 8 4 8

3 Nacional AC 13 8 4 -2

4 Foz do Iguaçu 12 8 3 8

5 Grêmio Maringá 11 8 3 -1

6 Serrano EC 10 8 2 -4

7 Metropolitano Maringá 12 8 0 3

8 Junior Team 9 8 2 -5

9 Cascavel 8 8 2 5

10 Grecal 0 8 0 -22

CLASSIFICAÇÃO GERAL

1 Paraná Clube 46 17 15 27

2 Cincão 30 17 8 11

3 Junior Team 25 17 7 -6

4 Nacional 24 17 7 -3

5 Foz do Iguaçu 22 17 6 8

6 Cascavel 21 17 5 10

7 Metropolitano Maringá 21 17 4 1

8 Grêmio Maringá 20 17 6 -7

9 Serrano 18 17 4 -10

10 Grecal 8 17 2 -31

*Campeão antecipado.

Obs. Cincão e Junior Team recuperaram, com recursos no TJD, 8 e 3 pontos, respectivamente, que perderam por suposta escalação de atletas irregularmente. Com isso, o Cincão é a segunda equipe a conseguir vaga na Primeira Divisão em 2013.

ÚLTIMA RODADA

Domingo – 15/7

15h Metropolitano Maringá x Nacional

15h Grêmio Maringá x Cascavel

15h Junior Team x Grecal

15h Serrano x Paraná Clube

15h Foz do Iguaçu x Cincão.

 

 

1 Comentário


Metropolitano faz jogo decisivo contra juniores do Paraná Clube

Paraná Clube e Metropolitano Maringá se enfrentam nesta sexta-feira, às 15h, no Estádio Janguito Maluceli, em Curitiba, numa partida que complementa a terceira rodada do returno do Campeonato Paranaense da Divisão de Acesso. Para os paranistas o confronto pouco representa, já que conquistaram de forma antecipada o título da competição, assegurando uma das vagas na elite do Estadual na próxima temporada. Querem os tricolores apenas manter a invencibilidade na competição, já que dos 48 pontos que disputaram, ganharam 46, com 15 vitórias e um empate.

Mas os maringaenses entram em campo num verdadeiro sufoco. O time corre risco sério de ser rebaixado para a Terceira Divisão no próximo ano. Para evitar o vexame, será necessário vencer o confronto desta tarde, somar 21 pontos na classificação geral e disputara a roda final, no próximo domingo, com a permanência na Segunda Divisão assegurada.

No caso de insucesso, os maringaenses vão receber o Nacional de Rolândia na rodada final sob pressão grande, já que uma derrota poderá representar a degola. A missão do técnico Richard Malka talvez seja menos complicada pois o Tricolor confirmou que vai escalar um time com base em jogadores juniores para enfrentar os maringaenses. Nem o técnico Ricardinho vai estar no banco de suplentes, já que Milton do Ó é que terá a missão de dirigir a equipe. Os paranistas vão usar o mesmo time no jogo contra o Serrano, em Prudentópolis, no próximo domingo.

Comente aqui


Liga Sul de Vôlei Masculino começa no Chico Neto nesta quarta-feira

Começa nesta quarta-feira, com jogos a partir de 15h30, no Ginásio de Esportes Chico Neto, em Maringá as disputas da Liga Sul de Vôlei Masculino, competição que destina uma vaga à sub-elite da modalidade no País— a Liga Nacional B— acesso para o campeonato principal da modalidade que é a Superliga Nacional. A entrada é franca e a Cidade Canção terá duas equipes a representá-la. A Associação Maringaense de Vôlei de Praia e o Maringá/Banco Bonsucesso/Amavolei, equipe que entra com o status de um dos favoritos, já que fez um maior investimento contratando diversos reforços. São os casos dos ponteiros Bruno Godói, ex-Villarreal da Espanha e Renaldo Doutero, atleta que defendia o paulista Pindamonhangaba. Os opostos Daniel Carvalho, que jogou a temporada passada na Alemanha, e Paulo dos Santos, ex-Sada/Cruzeiro-MG, foram outras aquisições de peso. Outros atletas do grupo são os meio-de-rede Fabrício Regazone, ex-Leixões (Portugal) e Jonadabe, ex-Rio Negro (Manaus); o líbero Israel Polimino Freire, ex-Montes Claros-São Paulo); o levantador Cristóvão da Silva, ex-Vitória de Guimarães (Portugal) e o central Orlando Pereira, que estava no vôlei de Minas Gerais. Completam o elenco Everton, Aldory, André, Luciano e Rogerinho, pratas da casa.

Além dos times maringaenses, o Paraná terá também as equipes de Araucária, Lapa e Foz do Iguaçu como representantes. Os catarinenses de Chapecó são o sexto clube do torneio.

Os jogos serão no sistema de todos contra todos e a agremiação que fizer maior pontuação fica com o título da fase e garante a vaga.

Programação de jogos é a seguinte: quarta-feira (11/7)-15h30 – AMVP x Foz do Iguaçu; 17h30 – Araucária x Chapecó e 19h30 – Maringá/Banco Bonsucesso/Amavolei x Lapa; quinta-feira 912/7) – 15h30 – AMVP x Araucária, 17h30 – Chapecó x Lapa e 19h30 – Maringá/Banco Bonsucesso/Amavolei x Foz do Iguaçu; sexta-feira (13/7)- 15h30 – AMVP x Chapecó, 17h30 – Lapa x Foz do Iguaçu e 19h30 – Maringá/Banco Bonsucesso/Amavolei x Araucária; sábado (14/7) – 15h – Lapa x Araucária, 17h – Maringá/Banco Bonsucesso/Amavolei x AMVP e 19h – Chapecó x Foz do Iguaçu; domingo (15/7) – 8h30 – AMVP x Lapa, 10h – Foz do Iguaçu x Araucária e 11h30 – Maringá/Banco Bonsucesso/Amavolei x Chapecó.

1 Comentário


Grêmio e Metrô sem chances de acesso em 2013 e ainda sob ameaça de queda

Foi um balde de água fria sobre as torcidas dos dois representantes maringaenses a penúltima rodada da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense. Ambas se viram frustradas quanto ao sonho de voltar à elite do futebol estadual. Tanto Grêmio Maringá quanto Metropolitano Maringá vão fechar a fase sem nenhuma chance de ascender à a Primeira Divisão em 2013.
Pior que isso. Correm o risco de queda para a Terceira Divisão. O Grêmio Maringá, que soma 20 pontos na classificação geral, precisa de, pelo menos, um empate no seu compromisso final, contra o Cascavel, no oeste, para evitar a degola; o Grêmio Maringá, que tem um jogo a menos (vai enfrentar o Paraná Clube em Curitiba. na sexta-feira), vai jogar no domingo contra o Nacional, no Willie Davids, e está sob risco de ficar na penúltima posição.
No domingo, jogando no Willie Davids, o Grêmio minimizou a sua situação ao triunfar sobre o Serrano em um jogo dramático, por 4 a 3. O Alvinegro abriu uma vantagem de 3 a 0, com gols de Raí e Wudson (2), porém permitiu a reação dos visitantes que igualaram o placar através de Natan, Everton e Marcelo. O gol salvador foi anotado mais uma vez por Wudson, aos 36 minutos. Todos os tentos foram assinalados na segunda etapa.
Em Londrina, contra o Cincão, o Metropolitano perdeu pelo mesmo placar.
Felipe abriu o marcador para o Cincão, mas, ainda no primeiro tempo, o zagueiro Alex Noronha empatou. Na segunda etapa Alex Ricardo pôs os maringaenses na frente e Getterson voltou a igualar. Marcelo virou o jogo para o Cincão e houve novo empate, com mais um gol de Alex Noronha. No final do jogo Everton garantiu a vitória do Cincão.
TJD
Os londrinenses até comemoram o acesso, mas dependem de julgamento do recurso com o qual entraram pedindo junto o Tribunal de Justiça da Federação Paranaense a revisão da perda de oito pontos por utilização de jogador irregular.
No caso de sucesso, o time não mais poderá ser alcançado na segunda colocação da classificação geral. Junior Team e Cascavel também esperam decisão do TJD sobre igual recurso reivindicando recuperação de pontos.

Comente aqui


Grêmio Maringá e Metropolitano têm jogos dramáticos pela Divisão de Acesso

Grêmio Maringá e Metropolitano Maringá fazem partidas decisivas na penúltima rodada do Campeonato Paranaense da Divisão de Acesso neste domingo. No Estádio Willie Davids, às 15h30, o Grêmio, que tem comando do técnico Play Freitas, recebe a visita do Serrano, de Prudentópolis. No caso de insucesso o Alvinegro ficará sob séria ameaça de rebaixamento para a Terceira Divisão no próximo ano.

Com 17 pontos ganhos, os maringaenses precisam do triunfo para evitar o descenso, condição que disputa com o Cascavel, equipe que vai enfrentar na última rodada, na casa do adversário. O Serrano, que tem 18 pontos, corre o mesmo risco.

Play Freitas deve escalar para o jogo Leandro; Cléo, Estevan, Raphael e Assolan, Pablo, Rai, Andreson e Rafael; Wudson e Bruno.

Para os cascavelenses a missão parece menos difícil, já que terá na rodada deste domingo o já rebaixado Grecal como adversário.

A situação do Metropolitano Maringá não é muito diferente. O time do técnico Richard Malka soma 18 pontos, mas tem uma partida a mais para jogar, já que enfrentará o Paraná Clube na próxima sexta-feira, antes do confronto na rodada final com o Nacional de Rolândia, no Willie Davids. O Metrô joga neste domingo, também às 15h30, contra o Cincão, em Londrina. No caso de vitória, os maringaense poderão até, numa combinação de resultados, seguir com chances de brigar pelo acesso. Poré a missão não será fácil, já que o time de Londrina tem as mesmas possibilidades, com um ponto a mais na classificação.

O time provável do Metropolitano é Leandro; Alan, Robenval, Victor e Henrique; Mineiro, Fernandinho, Alex Ricardo e Ricardinho; Tiago Augusto e Warley.

Como o Paraná Clube já conquistou o título por antecipação, vencendo os dois turnos, a definição do segundo time classificado à Primeira Divisão sairá da classificação geral. Chegam à essa penúltima rodada com chances maiores as equipes do Junior Team de Londrina e Foz do Iguaçu, que asomam 22 pontos, um a mais que o Nacional de Rolândia. Os londrinenses têm essa pontuação após recuperarem os pontos, 12, que haviam perdido por utilização de jogador irregular. O clube e recorreu ao TJD e conseguiu provar a inocência. O Cincão tem igual recurso para ser julgado e, se conseguir também a absolvicção, ficará iguaçmente com 22 pontos e ntará na briga pela vaga.

Nos outros cobfrontos deste domingo Nacional e Junior Tedam fazem parytida de seis ´pontos em RolÇândoa. A roda final marca os segintes jogos, agendaos para o próximo sábado, mas ina não holmolgados pela Federação Patranaense de Futebol: Cascavel x Grêmio Maringá. Metroplitano Maringá x Nacional, Junior Team x Grecal, Paraná x Serrano e Foz do Iguaçu x Cincão.

 

2 Comentários


Grêmio Maringá e Metrô fazem jogos dramáticos pela Segundona

Grêmio Maringá e Metropolitano Maringá fazem partidas decisivas na penúltima rodada do Campeonato Paranaense da Divisão de Acesso neste domingo. No Estádio Willie Davids, às 15h30, o Grêmio, que tem comando do técnico Play Freitas, recebe a visita do Serrano, de Prudentópolis. No caso de insucesso o Alvinegro ficará sob séria ameaça de rebaixamento para a Terceira Divisão no próximo ano.
Com 17 pontos ganhos, os maringaenses precisam do triunfo para evitar o descenso, condição que disputa com o Cascavel, equipe que vai enfrentar na última rodada, na casa do adversário. O Serrano, que tem 18 pontos, corre o mesmo risco.
Play Freitas deve escalar para o jogo Leandro; Cléo, Estevan, Raphael e Assolan, Pablo, Rai, Andreson e Rafael; Wudson e Bruno.
Para os cascavelenses a missão parece menos difícil, já que terá na rodada deste domingo o já rebaixado Grecal como adversário.
A situação do Metropolitano Maringá não é muito diferente. O time do técnico Richard Malka soma 18 pontos, mas tem uma partida a mais para jogar, já que enfrentará o Paraná Clube na próxima sexta-feira, antes do confronto na rodada final com o Nacional de Rolândia, no Willie Davids. O Metrô joga neste domingo, também às 15h30, contra o Cincão, em Londrina. No caso de vitória, os maringaense poderão até, numa combinação de resultados, seguir com chances de brigar pelo acesso. Poré a missão não será fácil, já que o time de Londrina tem as mesmas possibilidades, com um ponto a mais na classificação.
O time provável do Metropolitano é Leandro; Alan, Robenval, Victor e Henrique; Mineiro, Fernandinho, Alex Ricardo e Ricardinho; Tiago Augusto e Warley.
Como o Paraná Clube já conquistou o título por antecipação, vencendo os dois turnos, a definição do segundo time classificado à Primeira Divisão sairá da classificação geral. Chegam à essa penúltima rodada com chances maiores as equipes do Junior Team de Londrina e Foz do Iguaçu, que asomam 22 pontos, um a mais que o Nacional de Rolândia. Os londrinenses têm essa pontuação após recuperarem os pontos, 12, que haviam perdido por utilização de jogador irregular. O clube e recorreu ao TJD e conseguiu provar a inocência. O Cincão tem igual recurso para ser julgado e, se conseguir também a absolvicção, ficará iguaçmente com 22 pontos e ntará na briga pela vaga.
Nos outros cobfrontos deste domingo Nacional e Junior Tedam fazem parytida de seis ´pontos em RolÇândoa. A roda final marca os segintes jogos, agendaos para o próximo sábado, mas ina não holmolgados pela Federação Patranaense de Futebol: Cascavel x Grêmio Maringá. Metroplitano Maringá x Nacional, Junior Team x Grecal, Paraná x Serrano e Foz do Iguaçu x Cincão.

Comente aqui


Opnnus Maringá desafia Corbélia no Chico Neto pela Série Ouro de Futsal

Oppnus Maringá e Corbélia se enfrentam neste sábado, às 20h30, no Ginásio de Esportes Chico Neto pelo Campeonato Paranaense de Futsal, da Série Ouro. A partida é válida pela 17ª rodada no returno da competição e opões equipes que brigam por objetivos distintos. Os donos casa buscam a permanência entre os quatro primeiro colocados na classificação, já os corbelienses querem pontuar para se afastarem da zona de rebaixamento.

Na equipe maringaense um desfalque é certo. O ala Jardel solicitou recisão do seu contratado alegando necessidade de acertar com um clube do Ceará, seu Estado natal, por questões particulares. “O jogador argumentou que precisa ficar próxima da família e optamos por liberá-lo”, disse o supervisor Tedão.

Com atransferência da partida da rodada anterior com o Campo Mourão, o Opnnus teve duas semanas sem compromisso pelo Estadual. Esse tempo foi aproveitado para resgatar o condicionamento físico do grupo, comprometido pelo dura rotina dos três últimos meses quando o time disputou a Liga Nacional, além do Paranaense. Assim, os jogadores tiveram trabalhos especiais com o fisicultores Zé Luiz e e Eduardo Mattos Moran.

Na manhã deste sábado o técnico Xepa treina com o grupo no local da partida e deve confirmar os seguintes relacionados para o jogo da noite: goleiros – Danilo e João Paulo; fixos – Roberto, Régis e Alessandro; alas – Bruno, Evandro, Valtinho, Vítor e Marcel; pivôs – Jorge Alex e Thiago.

Com 34 pontos ganhos, o Oppnus é o terceiro colocado na classificação, atrás do vice Cascavel (39, com um jogo a mais) e do líder Marechal Rondon (40 pontos).

Tedão tem como projeto ficar essa primeira fase do campeonato em primeiro lugar. “Nosso objetivo é esse. A melho colocação vai nos permitir, nos jogos decisivos, atuar sempre em casa contra qualquer adversário, se tivermos esse primeiro lugar. Precisamos repetir a campanha do primeiro turno para conseguir”, observou.

No Corbélia, que tem comando do técnico Cafu, o time cumpre hoje uma sequência de quatro partidas em sete dias. Os dois últimos confrontos foram contra equipes que disputam o título da temporada. Diante do Guarauava a equipe venceu, em casa, por 5 a 4, e na última quinta-feira acabou perdendo para o Marechal Rondon, na quadra do rival, por 4 a 0.

O time inicial deve ser com Alexandre, Osney, Daniel, Oneide e Sineu.

Comente aqui