Mês: agosto 2012



A desgastante primeira fase da Série Ouro de Futsal

Opnnus perde em casa

Inesperadamente o time do Oppnus Maringá perdeu em casa para o Pato Branco, no último sábado, por 3 a 5, e deixou escapar a chance de se fixar na terceira posição na classificação da primeira fase do Estadual da Chave Ouro de Futsal. O time do técnico Xepa é quarto colocado com 51 pontos, um a menos que o Umuarama, o terceiro, e 10 atrás dos líderes Marechal Rondon de Cascavel.

 

Fórmula

O Estadual deste 2012 tem uma sistemática de disputa por demais desgastante. A primeira fase é disputada em jogos de ida e volta entre as 16 equipes. Tantos jogos servem para qualificar 12 equipes que seguem na competição quando o formato será de mata-matas no sistema 1º x 12º. 2º x 11º, 3º x 10…. Daqui sairão classificados os seis vencedores dos confrontos mais os dois com melhores índices técnicos. Em síntese, o campeonato vai começar mesmo na terceira fase.

 

|Risco

Claro que é hipotético, mas o regulamento permite que um absurdo se estabeleça. As seis melhores equipes na fase de classificação poderão ficar de fora da sequência da competição se em duas partidas tiverem a infelicidade de perderem jogos para os que, em tese, são times inferiores. Para o ano que vem é preciso estudar um formato mais racional para a principal competição do Estado.

 

 

Leão do Vale

Dono do terceira melhor campanha entre todos os participantes da primeira fase do Brasileiro da Série D, com 18 pontos ganhos, o Cianorte se classificou com tranquilidade para as oitavas da final da competição. Invicto, o Leão do Vale somou 18 pontos em 24 possíveis com oito vitórias e três empates e um saldo de 10 gols. Dó ficou atrás do Sampaio Corrêa, do Maranhão, que teve aproveitamento de 100% no seu grupo e o CSA, com 20 pontos ganhos.

 

 

Adversário

O time do técnico Paulo Turra agora vai enfrentar o gaúcho Juventude, de Caxias do Sul, em dois jogos a partir deste domingo. A decisão da vaga será no Estádio Albino Turbay. O Juventude foi líder do grupo onde o Arapongas não se classificou. Foi uma chave equilibrada onde a diferença entre os quatro primeiros colocados foi mínima —- 12, 11, 10 e 9 pontos fizeram os times na classificação. O Arapongas, com 10 pontos em terceiro, teria ficado com a vaga se vencesse o Brasil de Pelotas em casa no jogo do último domingo que terminou empatado em 0.

 

Melancolia

O Campeonato Paranaense de Futebol Feminino vai envolver apenas quatro equipes na edição de 2012 — AD Iguaçuense, Assai, Novo Mundo e Colombo. Uma pena. Maringá está fora. O Seleto do técnico Edson ‘Lambari’ Lima não conseguiu, mais uma vez, o apoio necessário para participar.

 

Triste sina

Sem nenhuma ajuda, mesmo com potencial olímpico, a tendência é que a modalidade desapareça. A seleção sub-20, neste final de semana, foi eliminada na primeira fase da Copa do Mundo da categoria que acontece no Japão. Perdeu por 2 a 0 para a Coreia do Sul.

 

 

 

Comente aqui


STJD refaz decisão do TJD e Arapongas vai à Primeira Divisão do Paranaense

Tribunal

E essa agora. Mais uma vez o futebol paranaense paga o mico de ter decisão do seu Tribunal reformada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF. Não tenho os dados em estatística (sem nenhum esforço qualquer um pode obtê-los), mas estou certo de que, no mínimo, 90% das questões que foram encaminhadas de Curitiba para o Rio de Janeiro voltaram com reforma de decisão. Isso é grave. Significa que na área de justiça o futebol do Estado está ao extremo deficiente.

 

Nacional

Abordo essa questão por conta da ascensão, justa, do Nacional de Rolândia à Primeira Divisão em lugar do Cincão de Londrina que a tinha conquistado dentro de campo, porém com a utilização de jogador irregular. A denúncia foi ao TJD que a apreciou e determinou a perda dos pontos; o Pleno do TJD também o fez e houve entendimento dos auditores da aldeia de que tudo estava certo, devolveu, então, os pontos aos londrinenses. O pessoal do NAC recorreu à instância superior e ficou, por fim, com a vaga ao lado do Paraná Clube.

 

 

Comum

Agravante é o seguinte. Dirigentes do Cincão, prudentemente, descartaram recorrer à Justiça comum pois reconhecem que há acerto na decisão do STJD. Logo, sabiam que estavam incorrendo em erro quando entraram na justiça esportiva estadual. Fica a pergunta. Tiveram, então, algum tipo de pré-acerto para terem a causa ganha no Pleno? Preocupa.

 

 

Grêmio Maringá

Em relação ao Grêmio Maringá estabelece-se, de forma indireta, com esse quadro, uma tranquilidade de que sua permanência na Segunda Divisão não está sob ameaça. Lembrem-se que o time maringaense não caiu para a Terceirona porque a queda foi do Cascavel que também utilizou (como Cincão e Junior Team) jogador irregular. Temia-se que os cascavelenses apelasse no TJD e, como os de Londrina, conseguisse a ‘absolvição”, o que resultaria em prejuízo para o Alvinegro da Cidade Canção. Mas isso não aconteceu pois os oestinos têm consciência de que a irregularidade existiu.

 

 

Moisés Cândido

Uma das pessoas mais experientes na gestão do futebol profissional do País, Moisés Cândido, está na cidade. Ele que é daqui, com militância no extinto Grêmio de Esportes Maringá, nos anos 80, passou por tradicionais agremiações do Brasil e tem um conhecimento, e bom trânsito, em diversos clubes brasileiros. Mais recentemente esteve atuando no catarinense Avaí, onde por alguns anos fez bom trabalho. Consta, e ele não admitiu publicamente, que está com a intenção de somar forças com grupo que eventualmente se mobilize para fortificar o futebol de Maringá.

 

 

Tri-Fu

O clássico entre Paraná Clube e Atlético Paranaense, neste sábado, às 16h, na Vila Capanema, é emblemático. Pelo fato de opor duas das grandes equipes estaduais na Segunda Divisão nacional, e também por envolver dois veteranos da bola. De um lado Lúcio Flávio, e pelo Furacão o Paulo Baier, dois armadores com 33 e 37 anos, respectivamente. Próximos na tabela de classificação (o Atlético é o 8º com 29 pontoes e o Tricolor está em 11º, com três a menos), o vencedor vai pegar embalo para seguir em condições de conquistar uma das quatro vagas na elite em 2013.

 

Lembrando

Lúcio Flávio, poucos se lembram, mas já atuou no futebol de Maringá. Em 1996, quando o Maringá Futebol Clube se debatia para sobreviver, uma parceia foi feita com o Paraná Clube que enviou para a Cidade Canção a comissão técnica, comandada pela grande figura o Dionísio, hoje comentarista de rádio e TV em Curitiba, e diversos talentos que se destacavam nas categorias de base. Lúcio Flávio era um desses jogadores.

 

 

Mais parceria

Mais tarde, em 2001, o Paraná Clube voltaria a dar força ao futebol de Maringá. O Grêmio Maringá (esse atual, que tinha sido fundado em 1998), com Ivair Cenci como técnico, subiu para a Divisão de Elite com um elenco que tinha nove jogadores emprestados graciosamente pelo clube de Vila Capanema. O goleiro César; os zagueiros Edson e Ferreira; os laterais João Pessoa e Vanderlei Guimarães; os volantes Goiano e Itamar, além dos atacantes Luciano, Mineiro e César.

 

 

 

Cianorte

Já classificado para a fase seguinte, o Cianorte enfrenta a equipe do Marília, neste domingo, no interior de São Paulo, com chance de se consolidar como a equipe de melhor campanha entre todos que participam da Série D do Campeonato Brasileiro. O time do técnico Paulo Turra tem sido exemplo de organização e empenho. Tem a torcida de todos os paranaenses para conquistar a vaga na Série C em 2013. O Arapongas também está na briga e tem a mesma torcida. Mas a situação do ‘Arapongão’ não é confortável. Tem que vencer o seu compromisso contra o Brasil de Pelotas, no Estádio dos Pássaros, e torcer para que o Juventude-RS não consiga nem empate contra o líder do grupo, o Metropolitano de Blumenau-SC. E o jogo é em Caxias.

 

Comente aqui


Notas

Metropolitano Maringá

O Metropolitano Maringá confirma a presença de Rodrigo Casca como treinador. Com uma considerável antecedência, já que o time só vai ter atividade oficial no ano quem, com a disputa da Segunda Divisão. Um bom passo que tem a ver com o exemplo errado desta temporada quando o time começou a ser montado em cima da hora. E deu no que deu. Casca vai, durante esse tempo, coordenador e observar as categorias de base.

 

 

Mobilização

Não se sabe de onde virá o start. Mas é certo que para 2013 haverá uma grande mobilização entre empresários locais para devolver Maringá para a Primeira Divisão do Estadual. A fato de Londrina ter dois times e a Cidade Canção nenhum na elite, está ferindo a vaidade de maringaenses influentes. Após a definição do prefeito as ações vão ter início.

 

Série B

Dois bons resultados para os paranaenses do Brasileiro da Série B no final de semana. O Atlético venceu, em Paranaguá, o líder Criciúma e ficou ali pelo oitavo lugar. Os paranistas do emergente técnico Ricardinho conseguiu um empate em 1 gol como ASA de Arapiraca na casa dos rivais. Caminham para virar o turno com um segura distância da zona de rebaixamento. Vamos ver se no segundo turno a dupla entra na briga para o acesso. Ambos se enfrentam nesta sexta-feira.

 

Leão do Vale

No Brasileiro da Série D o Cianorte está sobrando. Só o Sampaio Correa, tradicional equipe do Maranhão, tem campanha melhor que o Leão do Vale. O time soma 17 pontos em 21 possíveis e já tem sua vaga para a próxima fase assegurada. Já o Arapongas está capenga e para se qualificar à fase seguinte já não depende apenas das próprias forças.

 

Tite amargo

Injustificada a amarga investida do técnico Tite sobre o Neymar catalogando a ‘jóia da Vila’ como mau exemplo para as crianças. O técnico corintiano, com justiça irado pela arbitragem que prejudicou seu time no 3 a 2 para o Peixe no último domingo, atirou contra a pessoa errada. O quase sempre ponderado treinador gaúcho voltou ao passado para lembrar de uma possível simulação do camisa 11 santista em lance que Emerson foi expulso (lá atrás, ainda pela Libertadores). Estranho comportamento, já que uma coisa não tem nada a ver com a outra. Neymar, na verdade, construiu o resultado em favor do Santos com mais um desempenho espetacular.

 

 

 

1 Comentário


Oppnus Maringá e Paranavaí se enfrentam às 20h30

Com a finalidade de se manter entre os três primeiros colocados, o Oppnus Maringá enfrenta a equipe do Paranavaí, nesta quarta-feira, às 20h30, na casa do adversário, pelo Campeonato Estadual de Futsal da Série Ouro. O time comandado pelo técnico Xepa joga embalado pela vitória sobre o Paraná Clube, no último sábado, por 3 a 2. O time soma 45 pontos em 22 partidas realizadas e ocupa a terceira colocação, atrás apenas de Cascavel, que soma 49, e Marechal Rondon, o líder, com 52 pontos.

Já o Paranavaí precisa do triunfo para evoluir na classificação, pois ocupa a 11ª colocação com 20 pontos ganhos.

Comente aqui


Oppnus Maringá e Paraná Clube jogam às 20h30 na AFMM

Oppnus Maringá e Paraná Clube se enfrentam neste sábado, às 20h30, no Ginásio de Esportes da Associação dos Funcionários Mun.icipais d Maringá. A partida não será no Chico Neto pois o local está acomodando a estrutura para as disputas da Copa Sul Sudeste de Tênis de Mesa.
Para o jogo desta noite, que faz parte da 22ª rodada do Estadual de Futsal na Chave Ouro, o técnico Xepa não poderá contar com fixo Roberto e o ala Bruno, suspensos. Evandro, ala, e o pivô Tiago, sob cuidados do departamento médico, também não jogam. O time maringaense precisa do triunfo para se manter no grupo doa quatro primeiros colocados. Para isso a equipe conta com a presença da torcida. Os ingressos, que podem ser adquiridos na bilheteria a partir de 19h, custam R$ 5.

Comente aqui