Mês: novembro 2016



Todos Chape: atitude do Nacional comove

Não há o que não seja comovente nessa triste questão envolvendo a tragédia com a delegação da Chapecoense. Mas a atitude do Nacional de Medellín é de levar às lágrimas. Leiam o comunicado do clube colombiano. “Por estarmos muito preocupados com a parte humana, pensamos no aspecto competitivo e queremos publicar este comunicado em que o Atlético Nacional convida a Conmebol a entregar o título da Copa Sul-Americana a Associação Chapecoense de Futebol como recompensa honorária a sua grande perda e homenagem póstuma às vítimas do fatal acidente que deixa nosso esporte de luto. De nossa parte, e para sempre, Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana 2016”. Nos ensinam os irmãos de continente que a importância não está em jogar e sim nos que jogam.

Daí que

1 Comentário


Brasileirão: mata-matas nos pontos corridos

Na eterna discussão sobre pontos corridos e mata-matas, a atual edição do Campeonato Brasileiro se apresenta com uma singularidade. A competição na sua reta final está satisfazendo ‘ponto-corridistas’ e ‘mata-matistas’. Estes e aqueles têm motivos a sobrar para assistir os confrontos finais da principal competição do futebol no País com grande interesse. Observem a tabela e constatem que para o Palmeiras, o confronto deste domingo diante do Botafogo é um ‘matar ou morrer’. Existe uma possível combinação que pode fazer do Verdão campeão nacional com duas rodadas de antecedência. Basta que percam seus jogos Santos e Flamengo. O primeiro joga em BH diante do Cruzeiro e o Rubro-negro recebe o Coritiba no RJ.

Vencer, então, será para os esmeraldinos o ‘matar’ os concorrentes; já o contrário será levar agonia para os confrontos com Chapecoense, em casa, e Vitória, na Bahia, com possibilidades reais de ‘morrer’ no caso de tropeços. Sendo uma decisão para os palmeirenses, a rodada é também vital para santistas e flamenguistas.

Na parte intermediária da tabela igualmente existe, nesta 35ª rodada, jogos com esse peso. Do Botafogo, quinto colocado, até o Cruzeiro, 11º, todas as equipes entram em campo com chances reais de vaguinha na Pré-Libertadores. Vitória significa levar a esperança para as duas rodadas finais e o contrário, na maioria dos casos, pode representar a despedida de quaisquer pretensão.

Não é diferente na ponta vermelha da classificação onde apenas Santa Cruz e América-MG estão com o descenso definido para a Série B. Imaginem a tortura que serão os jogos de equipes que têm sob suas cabeças a ameaça de degola. Serão de choro, ranger de dentes e cheiro de enxofre os combates envolvendo Vitória, Figueirense, Sport, Internacional e até o Coritiba, que ainda convive com o risco da queda. Verdadeiros mata-matas em tempos de pontos corridos.

Comente aqui