Maringá FC depende da própria força

E vai o Maringá FC para os passos derradeiros com o objetivo de pisar o solo firme da Primeira Divisão. Dependendo da própria força e até com a possibilidade de ter a missão facilitada caso o rival direto, o Paranavaí, tenha um tropeço na rodada final.

No próximo domingo a penúltima rodada pode definir a situação deste Grupo B. Para comemorar o retorno à elite do futebol estadual o Tricolor precisa de uma vitória simples diante dos paranavaienses no Fim da Linha; se empatar, ainda assim ficará em condições tranquilas, já que outro empate em Campo Largo, contra Andraus, na rodada final, também valerá a qualificação. No caso de perder, vai precisa superar o Andraus e torcer para que, em Cascavel, o ACP perca ou apenas empate com a Serpente no fechamento da fase. Todos os caminhos, portanto, indicam para a classificação do time de Fernando Marchiori. Em tese.

No Grupo A segue o imbróglio. O Grêmio Maringá S/S insiste na media cautelar que impetrou requerendo que a Portuguesa perca quatro pontos por suposta escalação irregular de jogador em partida da primeira rodada da fase de classificação. O Alvinegro perdeu as duas investidas que fez no TJD-PR, mas recorreu ao STJD. A chave tem Operário, Francisco Beltrão, Iraty e Portuguesa como classificados e com seus times inativos por conta do impasse.

Grupo B

CLASSIFICAÇÃO    P    J    V    E    D    SG

1 Maringá FC             10    4    3    1    0    5

2 Paranavaí                8    4    2    2    0    2

3 Cascavel CR           4    4    1    1    2    -2

4 Andraus Brasil     0    4     0    0    4    -5

Penúltima rodada

Domingo – 21/5

Grupo A

15h30 Iraty x Operário

15h30 Portuguesa x União

Última rodada

Domingo – 28/5

15h30 Andraus x Maringá FC

 

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.