Ministério libera R$ 5 milhões vítimas de Janaúba

O Ministério da Saúde liberou R$ 5 milhões para reforçar a assistência às vítimas do incêndio na creche Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente de Janaúba, em Minas Gerais.

O município de Janaúba receberá R$ 1 milhão, R$ 2 milhões irão para o Hospital Pronto Socorro João XXIII, unidade referência no tratamento de queimados em Belo Horizonte, que recebeu muitos feridos no incêndio. A Santa Casa de Montes Claros, que também está atendendo as vítimas do incêndio de Janaúba, também receberá R$ 2 milhões de reforço para compra de equipamentos, medicamentos e outros insumos usados no tratamento a queimados.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros recebeu hoje o prefeito de Janaúba (MG), Carlos Isaildon Mendes, com quem mantém contato desde a tragédia. Segundo ele, “Lamentamos a tragédia, queremos apoiar as vítimas que lutam pela vida nesse instante e prestar apoio às famílias. Estamos à disposição da prefeitura e do estado de Minas Gerais para ajudar no que for preciso, como custeio e reforço para aquisição de materiais hospitalares. Além disso oferecemos apoio técnico para o tratamento das vítimas e familiares”, reforçou o ministro.

O secretário de Atenção à Saúde do Ministério, Francisco Figueiredo, esteve em Minas Gerais e manteve contato direto com as unidades hospitalares que estão fazendo o atendimento às vítimas em Belo Horizonte e Montes Claros e com a Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais. Medicamentos e materiais estão sendo providenciados para assistência às vítimas. A equipe de saúde mental do Ministério da Saúde também foi acionada para junto com as coordenações e serviços locais oferecer apoio psicossocial e um plano de apoio às famílias.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.