Centro de Especialidades vai revolucionar o atendimento público de saúde

Reunião da vice-governadora Cida Borghetti com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e com o secretário de Saúde de Maringá, Jair Biatto, definiu a inauguração do Centro de Especialidades do Paraná em Maringá, para o próximo dia 15.

Com atendimento em horário prolongado, o Centro que será administrado pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense (Cisamusep) prevê, inicialmente, a realização de 20 mil procedimentos por mês, ou seja, uma oferta 60% superior à atual.  “Através do Centro o governo estadual estará proporcionando melhor atendimento em saúde à população. Serão médicos e funcionários de diversas áreas à disposição das pessoas que mais precisam de assistência rápida e com mais qualidade, além de ampliar ainda mais o polo de saúde de Maringá”, garante Cida Borghetti.

Localizado na mesma quadra onde estão localizados o Hospital Municipal, uma Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas e a unidade do Samu de Maringá, além do novo prédio haverá alto investimento na compra de equipamentos, compondo 19 consultórios médicos, sete consultórios odontológicos e 13 para atividades de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e outras especialidades não médicas. Também três salas cirúrgicas para pequenos procedimentos, e setor de imagem completo com 15 salas de exames e uma sala de observação.

Reunião da vice-governadora Cida Borghetti com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e com o secretário de Saúde de Maringá, Jair Biatto, definiu a inauguração do Centro de Especialidades do Paraná em Maringá, para o próximo dia 15.

Com atendimento em horário prolongado, o Centro que será administrado pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense (Cisamusep) prevê, inicialmente, a realização de 20 mil procedimentos por mês, ou seja, uma oferta 60% superior à atual.  “Através do Centro o governo estadual estará proporcionando melhor atendimento em saúde à população. Serão médicos e funcionários de diversas áreas à disposição das pessoas que mais precisam de assistência rápida e com mais qualidade, além de ampliar ainda mais o polo de saúde de Maringá”, garante Cida Borghetti.

Localizado na mesma quadra onde estão localizados o Hospital Municipal, uma Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas e a unidade do Samu de Maringá, além do novo prédio haverá alto investimento na compra de equipamentos, compondo 19 consultórios médicos, sete consultórios odontológicos e 13 para atividades de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e outras especialidades não médicas. Também três salas cirúrgicas para pequenos procedimentos, e setor de imagem completo com 15 salas de exames e uma sala de observação.

Um comentário sobre “Centro de Especialidades vai revolucionar o atendimento público de saúde

  1. Angelica 18 de novembro de 2017 14:56

    Muito boa notícia! Num cenário onde só vemos os investimentos em saúde baixarem cada vez mais, esta notícia veio como uma grande esperança. Parabéns!

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.