Mês: outubro 2017



Receita Estadual vai excluir do Simples empresas com débito

Mais de 11 mil empresas paranaenses optantes pelo Simples Nacional podem ser excluídas do regime por débitos com a Receita Estadual. Os termos de exclusão já foram enviados para o Domicílio Tributário Eletrônico do Simples Nacional (DTE-SN) dos devedores, e aqueles que não regularizarem a situação serão excluídos do regime a partir do próximo ano.

Os débitos tributários se referem aos apurados, até o dia 31 de julho deste ano, dentro da legislação tributária estadual, em especial, o IPVA. Ou seja, não estão incluídos os valores devidos pelo regime do Simples Nacional.

Para evitar a exclusão do Simples, os débitos devem ser regularizados por meio de pagamento integral, parcelamento ou demais medidas que suspendam sua exigibilidade.

Para mais informações entre em contato com a sua empresa de serviços contábeis.

Sem categoria
Comente aqui


Empresas devem planejar pagamento do 13º salário

Muitos pequenos empresários chegam ao final de cada mês com a mesma dificuldade: como equilibrar as receitas, despesas e fechar no azul. Dentro desse cenário, despesas extras, como o 13º salário, complicam ainda mais a situação. Por isso, para evitar problemas, é importante que o gestor faça um planejamento antecipado dessa despesa extra.

Para este ano não há muito o que fazer, mas é bom já começar a pensar em 2018. O ideal é criar um fundo de reserva que deve ser montado desde o início do ano. A dica é reservar 10% da folha de pagamento apenas para o 13º salário. Se possível esse percentual deve ser maior e incluir as férias e outras despesas extras com colaboradores.

Outra opção é aproveitar “momentos de pico” para realizar esse reserva. É comum em algumas empresas que haja um período de maior lucratividade. O ideal é que o gestor aproveite esse fluxo de receita e separe uma parte para o pagamento do 13º.

O prazo para o pagamento da primeira parcela do benefício termina no dia 30 de novembro, podendo ser antecipada caso a empresa tenha dinheiro em caixa. Já a segunda parcela deve ser paga até dia 20 de dezembro. Todos os trabalhadores com carteira assinada têm direito à bonificação.

Na maioria dos casos o 13º corresponde ao valor de um salário mensal. Porém, nos anos em que os meses trabalhados forem inferiores a doze, é necessário dividir o salário integral por 12 e multiplicar pelo número de meses trabalhados. É importante lembrar que horas extras, adicionais noturnos, por insalubridade ou periculosidade, também são contabilizados no benefício.

 

Trabalhista
Comente aqui


O que fazer em casos de clientes insatisfeitos?

Oferecer um atendimento de qualidade, mais do que um diferencial, é hoje um requisito básico para o sucesso de qualquer negócio. No entanto, essa atenção com o cliente não deve acabar com a concretização da venda. Também é importante manter a excelência no atendimento em casos de reclamações.

Hoje, com as redes sociais, ficou muito mais fácil para os clientes externarem sua insatisfação com um produto ou serviço. Por isso, é essencial saber lidar com essas críticas para que elas não prejudiquem a imagem do seu negócio.

Entender o que aconteceu e ouvir o cliente são dois pontos fundamentais para começar a reverter a situação. Pense que qualquer negócio pode ter falhas, e que as críticas ajudam a ajustar as estratégias de sua empresa. Por isso, procure a origem do problema em vez de entrar em conflito com o cliente.

Depois de entender a reclamação do cliente, o passo seguinte é procurar formas de resolver o problema. Nesse momento a agilidade é determinante para contornar a situação. Quando o cliente percebe o interesse e a disposição da empresa em solucionar o problema com rapidez, o grau de insatisfação diminui.

No entanto, só prometa o que é possível cumprir, principalmente em relação a prazos. Caso a empresa não cumpra com o prometido, a situação só se agrava e a imagem do seu negócio fica ainda mais comprometida.

Resolvido o problema, peça desculpas pelo transtorno e agradeça o cliente pela compreensão e paciência. Você também pode oferecer alguma vantagem como vale-desconto, brindes, ou outro benefício que possa compensar a experiência negativa.

Por último, analise como você pode melhorar a sua empresa a partir dessa reclamação. Uma crítica pode ajudar a identificar falhas que você, empresário, não consegue perceber. Por isso, use essas reclamações para aprimorar o seu negócio.

Gestão
Comente aqui