Contabilidade



Confira os valores do novo salário mínimo do Paraná

Já está em vigor o novo salário mínimo do Paraná. O piso salarial teve reajuste de 7%, aplicado em quatro faixas salariais, que variam de R$ 1.223,30 a R$ 1.414,60.

Os novos pisos salariais não valem para os trabalhadores organizados nos sindicatos que já têm o seu teto salarial definido pelas convenções coletivas.

O governo estadual também antecipou a data base do piso mínimo regional em um mês a cada ano, fixando-se em 1º de março para 2018, em 1º de fevereiro para 2019 e em 1º de janeiro para 2020.

Confira na tabela abaixo os profissionais que são beneficiados pelo mínimo regional e o salário que terão direito.

 

                                                  GRUPO  SALÁRIO
I – Trabalhadores empregados nas atividades agropecuárias, florestais e da pesca R$ 1.223,20
II – Trabalhadores de serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trabalhadores de reparação e manutenção R$ 1.269,40
III – Trabalhadores na produção de bens e serviços industriais R$ 1.315,60
IV – Técnicos de nível médio R$ 1.414,60
Contabilidade
Comente aqui


Verifique a data-base antes de dispensar seu colaborador

Você está pensando em dispensar algum dos seus colaboradores? Se esse é o seu caso aqui vai uma dica importante: observe a data de correção salarial (data-base) do seu funcionário antes de dispensá-lo.

A empresa que demite o empregado, sem justa causa, durante o período de 30 dias que antecede a data-base tem de pagar uma indenização equivalente a um mês de salário. Ou seja, se a data-base do seu funcionário é no mês de maio, por exemplo, se você o demitir durante o mês de abril terá de pagar a indenização.

É importante observar que a data-base varia conforme a categoria. Isso que dizer que dentro de uma mesma empresa pode haver funcionários com datas de reajustes salariais diferentes. Por isso, antes de demitir um colaborador, entre em contato com a sua prestadora de serviços contábeis para obter mais informações.

 

 

Contabilidade
Comente aqui


Corrija a declaração e evite a malha fina

A menos de dez dias do fim do prazo para entrega da declaração do IR menos da metade dos contribuintes haviam enviado o documento. Como a maioria deixou a entrega para a última hora é provável que, devido ao prazo reduzido para elaborar a declaração, erros tenham acontecido no processo.

Se esse é o seu caso, a melhor forma de corrigir esses erros é enviar uma declaração retificadora. Esse documento pode evitar que você caia na malha fina. No entanto, é importante fazer a retificação antes de ser notificado pela Receita Federal. Se você for intimado pelo fisco, perde o direito de fazer a correção e fica sujeito a penalidades.

Além disso, a Retificadora deve ser entregue no mesmo modelo utilizado na original, e não há custo. Todavia, a retificação é considerada uma nova declaração, por isso se houver restituição, você pode demorar mais para receber.

Comente aqui


Receitas Federal e Estadual identificarão sonegadores do Simples Nacional

Em comunicado enviado ao SESCAP-PR, a Delegacia da Receita Federal do Brasil em Maringá e a Delegacia da Receita Estadual de Maringá informaram que iniciarão ações conjuntas destinadas a identificar erros, omissões e outros eventos que possam acarretar pagamento menor ou sonegação fiscal dos contribuintes enquadrados no Simples Nacional. A nota foi enviada nesta terça-feira, dia 25.

De acordo com os órgãos, nos anos-calendário de 2012, 2013, 2014 e 2015, foram detectadas divergências entre o total anual de Receita Bruta informada no Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – Declaratório (PGDAS-D) e os valores das notas fiscais eletrônicas (NF-e) de vendas.

Caso seja confirmado esse tipo de divergência, o contribuinte poderá efetuar autorregularização, retificando por meio do PGDAS-D, os valores anteriormente apurados e recolhendo ou parcelando os valores devidos.

Após a autorregularização, não será necessário comparecer, nem enviar cópias de documentos à Delegacia da Receita Federal do Brasil em Maringá ou à Delegacia da Receita Estadual de Maringá, para comprovar o saneamento das divergências.

No entanto, persistindo as divergências constatadas, o contribuinte estará sujeito à abertura de procedimento fiscal, a partir do qual qualquer valor não declarado e não recolhido será exigido com multa sobre o valor dos tributos devidos, além dos juros de mora equivalentes à taxa Selic.

Além disso, a constatação da prática de infração reiterada implicará, ainda, na exclusão do Simples Nacional, proibição de nova opção pelos três anos-calendário subsequentes, e formalização de Representação Fiscal para Fins Penais, na hipótese de constatação de crime contra a Ordem Tributária.

A diretora regional do SESCAP-PR em Maringá, Miriam da Silva Braz, também alertou para a responsabilidade civil profissional do contador nestes casos. Segundo Miriam, havendo evidências da intervenção do contador que, no exercício de sua profissão, desenvolva técnicas de elisão fiscal, praticadas por meio de condutas que ludibriem ou induzam o fisco em erro, caberá ação de responsabilização criminal do mesmo, juntamente com o seu cliente. “O contador também ficará sujeito a penalidades do Conselho Regional de Contabilidade”, reforçou.

Comente aqui


SESCAP-PR e prefeitura de Maringá firmam parceira para realização da Campanha E-Lixo

A diretora regional do SESCAP-PR, Miriam da Silva Braz, esteve reunida nesta quarta-feira, dia 19, com o secretário de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal de Maringá, Jaime Dallagnol. No encontro, foi firmada parceria entre a entidade e a prefeitura para realização da Campanha E-Lixo na cidade. A reunião aconteceu na secretária de Meio Ambiente.

No encontro, ficou definido que a campanha será realizada no dia 6 de junho na Praça Napoleão Moreira da Silva (Praça da Pernambucanas). Essa será a sexta edição da campanha na cidade. Nas cinco edições já realizadas foram arrecadadas quase 50 toneladas de resíduos. “Muitas pessoas aguardam uma oportunidade para descartar as sucatas. A partir de nossa iniciativa, várias outras empresas iniciaram a coleta de eletrônicos”, destacou Miriam.

Dallagnol parabenizou a iniciativa da entidade e ressaltou a importância do apoio da comunidade. “O SESCAP-PR dá um bom exemplo a outras entidades nesse trabalho que preserva o meio ambiente e gera renda para famílias das cooperativas”, afirmou.

Também participaram da reunião a diretora de Apoio às Cooperativas de Recicladores de Maringá, Vera Tasca; e a assistente administrativa do SESCAP-PR, Marilene Falcomer.

Campanha E-Lixo

Lançada em 2011, a Campanha E-Lixo tem como objetivo o recolhimento de materiais eletroeletrônicos sem utilidade para que seja descartado corretamente, além de conscientizar a população quanto aos riscos oferecidos por esses produtos.

Em cinco anos, já foram recolhidas mais de 348 toneladas de resíduos, nas cidades de Arapongas, Cascavel, Curitiba, Guarapuava, Maringá, Paiçandu, Sabáudia, Toledo e Umuarama.

Comente aqui


Contribuintes terão orientação gratuita sobre Imposto de Renda

O SESCAP-PR realiza nesta sexta-feira, dia 31, a tradicional campanha Declare Certo. Neste dia, empresários do setor contábil deixarão seus escritórios para trabalhar voluntariamente em praça pública, orientando os contribuintes sobre a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2017.

Em sua 14ª edição, a campanha organizada pelo SESCAP-PR ocorrerá simultaneamente em Arapongas, Cascavel, Curitiba, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Maringá, Pato Branco e Umuarama. Em Maringá, o evento será realizado na Av. Getúlio Vargas (em frente à agência do Bradesco), Centro, das 9h às 16h.

Responsabilidade social
“Esta é uma ação de responsabilidade social que visa sanar dúvidas e evitar que o contribuinte caia na malha fina ou perca seu precioso tempo na fila de atendimento da Receita Federal”, afirma o presidente do SESCAP-PR, Mauro Kalinke.

A diretora regional do SESCAP-PR em Maringá, Miriam da Silva Braz, explica que a campanha é voltada especialmente aos contribuintes que ainda fazem sua declaração por conta própria. “A intenção dos empresários contábeis é evitar transtornos para o contribuinte que, muitas vezes, acaba cometendo erros simples ao preencher a declaração”, destaca.

Portal Declare Certo
Neste ano, a ação foi estendida e conta também com um portal da Campanha Declare Certo. A página exclusiva reúne notícias sobre a Declaração de Imposto de Renda, vídeos explicativos, curso on-line para empresários contábeis associados, além da relação de empresas participantes da ação. O site visa ampliar a tradicional campanha de orientação gratuita sobre o preenchimento da declaração anual.

Comente aqui


Contribuição sindical patronal deve ser paga até dia 31

Termina no dia 31 deste mês o prazo para as empresas, com exceção das optantes pelo Simples Nacional, fazer o recolhimento da Contribuição Sindical Patronal.

Apesar de algumas empresas não estarem obrigadas, é importante lembrar que a taxa é a principal fonte para o custeio, manutenção e fortalecimento dos sindicatos. E são essas entidades que exercem importante papel na defesa dos interesses da classe empresarial.

Além disso, a sua quitação é um documento essencial em algumas situações, como nas concorrências públicas e administrativas, ou para obtenção de registros e licenças para funcionamento.

Contabilidade
Comente aqui


Anulação de multas da GFIP

A Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados aprovou no último dia 7 de dezembro, o Projeto de Lei 7512/2014 que trata das multas da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social (GFIP).

A proposta anula as multas de empresas que deixaram de entregar a GFIP no período de janeiro de 2009 a dezembro de 2013. Com a aprovação na CFT, o projeto segue agora para ser apreciado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

As entidades contábeis têm se empenhado na aprovação projeto pois sabem do impacto negativo que a aplicação das multas provocaria nas empresas. Uma das medidas adotadas foi sensibilização dos deputados, demonstrando que a anulação das multas não trará prejuízos ao governo, porque não estão previstas no orçamento e não geram renúncia de receita.

Apesar de medidas estarem sendo tomadas pelas entidades, é fundamental que os empresários também estejam mobilizados para garantir a aprovação do projeto.

Contabilidade
Comente aqui


Empresas com mais de três funcionários precisam de certificado digital

A partir deste mês, as empresas do Simples Nacional que possuem mais de três funcionários estão obrigadas a usarem certificado digital para a entrega da GFIP e do eSocial. A adequação segue um cronograma que começou em dezembro de 2015, e já incluiu as empresas com mais de dez, oito e cinco funcionários.

Segundo a Receita Federal, a certificação, que serve como uma assinatura eletrônica, dará mais segurança ao envio dos dados, pois garante a identidade da empresa e de seu responsável no meio on-line.

A maioria das empresas já possui o certificado digital por causa da nota fiscal eletrônica. Mas se esse não é o caso da sua organização, entre em contato com a sua empresa de serviços contábeis para saber como adquirir a certificação.

Contabilidade
Comente aqui


Inventário de estoque deve ser enviado o quanto antes ao contador

Fim de ano chegando e muitas obrigações a serem cumpridas. Uma delas é o inventário de estoque ou fechamento de balanço. Para isso, é preciso identificar, classificar e contar os produtos que estão no estoque da sua empresa. O empresário contábil Glicério Rampazzo falou sobre quais as informações que devem estar no inventário. “Deve conter a quantidade, a descriminação do produto, o preço unitário e o total. Lembrando que o preço unitário se refere ao preço de custo e não o preço de venda”, ressaltou.

Usar a tecnologia para auxiliar nesse processo é o mais indicado, além de agilizar o processo tanto para o empresário como para o contador, o sistema digital evita um retrabalho. “Pode-se usar o Excel ou qualquer outra planilha que dê para exportar para o sistema de contabilidade ou escrita fiscal”, explicou Rampazzo.

Depois de pronto, não se esqueça de mandar o quanto antes o inventário para o seu contador.

Contabilidade
Comente aqui