Ercílio Santinoni



A luta para o fim da multa do FGTS continua?

A luta contra a multa de 10% por demissão sem justa causa ainda não acabou. A Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais (CONAMPE), defende a extinção do valor para as empresas optantes pelo Simples Nacional.

Apesar do governo determinar o destino do recurso para o programa Minha Casa, Minha Vida, a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara aprovou proposta que acaba progressivamente com a multa. Trata-se do adicional de 10% sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) paga pelos empregadores ao governo nas demissões sem justa causa. Leia mais no site da entidade. Clique aqui!

Comente aqui


15º Encontro Nacional da Micro e Pequena Empresa será realizado nesta quinta (26) e sexta (27) em Curitiba (PR)

Considerado o Estado que menos cobra impostos das empresas do Simples, o Paraná, coloca em pauta o tema “Competitividade no Desenvolvimento das MPEs”

Nesta quinta (26) e sexta-feira (27), Curitiba (PR) será a capital dos pequenos negócios com a realização do 15º ENAMPE (Encontro Nacional das Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais). Com o tema “A Competitividade no Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas”, o evento é organizado pela Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais (CONAMPE). O encontro deve reunir 300 pessoas, entre autoridades, líderes de entidades representativas das MPEs de 24 Estados, empresários e representantes do poder público federal, estadual e municipal.

Na quinta-feira (26), as lideranças nacionais estarão reunidas para uma reunião técnica e deliberativa, voltada para os assuntos institucionais de representação e fortalecimento das entidades. A abertura oficial do evento acontece na sexta-feira (27) às 08h. Os temas em debate dizem respeito ao andamento das principais políticas públicas e ações voltadas para o segmento.

“Os pequenos negócios passam por um novo momento. Com a criação da Secretaria de Micro e Pequena Empresa acreditamos em uma nova dinâmica de trabalho junto ao governo. Assuntos como a Substituição Tributária, o Simples Trabalhista e o imposto sindical para o segmento estarão em pauta, e o nosso objetivo é abrir um diálogo e apresentar soluções para que a microempresa se desenvolva e tenha espaço para ser competitiva”, explica o presidente da CONAMPE e do Movimento Nacional das Micro e Pequenas Empresas (MONAMPE) Ercílio Santinoni, coordenador do evento.

O Secretário de Competitividade e Gestão de Micro e Pequena Empresa (SMPE) do governo federal, Carlos Leony Fonseca da Cunha, representando o ministro Guilherme Afif Domingos, vai apresentar as políticas nacionais para o fomento dos pequenos negócios. O secretario da Fazenda do Paraná, Luiz Carlos Hauly, apresentará as políticas governamentais de fomento aos pequenos negócios.

Paraná
O Paraná é o estado que menos cobra impostos das empresas optantes pelo Simples Nacional, de acordo com pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada na última semana. De acordo com os dados, as empresas paranaenses pagam, em média, 4,7% do seu faturamento em impostos. Com isso, o Paraná é o único estado que obteve um resultado abaixo da alíquota efetiva média do Simples, que é de 5,2%.

Mesmo estando à frente no que se refere a desoneração, o Paraná está prestes a aprovar a Lei Geral estadual para o segmento. Ao todo há 500 mil micro e pequenas empresas, e aproximadamente 170 mil microempreendedores individuais, segundo o Sebrae, que se beneficiarão com a nova lei. O presidente da Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais (FAMPEPAR), Jonas Bertão, explica que o estado está em primeiro lugar devido à legislação estadual de isenção e redução do ICMS.

“É claro que devemos comemorar, mas ainda precisamos avançar em muitos aspectos, entre os quais a capacitação empresarial, o processo de abertura e encerramento de empresas, o acesso ao comércio internacional e às compras governamentais, entre outros fatores. Com a aprovação da Lei Geral, debatida exaustivamente, acreditamos que daremos um passo ainda mais significativo, à altura da importância do segmento para o desenvolvimento econômico regional e inclusão social”, considera.

Programação
Acesso ao crédito; associativismo; gestão estratégica; justiça tributária e desenvolvimento, são temas de fomento à competitividade dos pequenos negócios. O público poderá interagir com os palestrantes e debatedores. O gerente da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae Nacional, Bruno Quick; o diretor superintendente do Sebrae-PR, Vitor Tioqueta; e o presidente da Agência de Desenvolvimento das MPEs e empreendedorismo (Aderes), Pedro Gilson Rigo, são alguns dos palestrantes convidados, além dos principais representantes de instituições financeiras com programas diferenciados ao segmento.

Apoio
O 15º ENAMPE conta com o apoio das entidades: Faep, Fecomércio/PR, Fiep, MONAMPE, FAMPEPAR, FEMPIPAR, Fomento Paraná, BRDE, Banco do Brasil, Caixa, Governo Federal, e Sebrae/PR.

Inscrições
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo telefone (44) 3226-9134 ou 3031-0374 ou pelo e-mail: [email protected]

SERVIÇO
Evento: 15º ENAMPE – Encontro Nacional Da Micro e Pequena Empresa e Empreendedores Individuais
Data e horário:
Quinta-feira, 26 de setembro – Reunião de lideranças
Sexta-feira, 27 de setembro – Abertura Oficial – às 08h00
Local: Centro de Convenções do Victória Villa Hotel
Endereço: Av. Sete de Setembro, 2448 – Centro, Curitiba-PR

 

Comente aqui


“Franquia é a melhor solução para o início de um negócio”, diz secretário

O secretário de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul do Estado do Paraná, Ercílio Santinoni participou da abertura da II Maringá Franchising Business (Feira Nacional das Franquias), nesta quinta, dia 30, no Parque de Exposições Francisco Ribeiro.

O evento reúne franqueadores de todo o país e do exterior, de diversos segmentos, para a apresentação de negócios já instituídos como franquia para potenciais investidores do Estado. A expectativa dos organizadores é que a feira receba mais de 6 mil visitantes, entre quinta (30) e sábado (1º), das 14h às 21h.

Santinoni parabenizou a organização do evento e falou sobre a importância da expansão das franquias em Maringá e em todo o Estado. “Franquia é a melhor solução para o início de um negócio, por ser algo já testado e com mais facilidade de desenvolvimento das atividades. O objetivo do Governo do Estado é concentrar investimentos no interior para a geração de negócios e, consequentemente, de empregos”, afirmou.

Para o prefeito Silvio Barros, a feira faz parte de um compromisso de Maringá como Cidade Amiga das Franquias. “Assumimos esse desafio durante a primeira Feira de Franquias em Maringá junto à ABF, quando nos candidatamos a sediar uma sede regional da entidade”, explicou.

Barros agradeceu de forma especial a Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, o Maringá Convention e Visitors Bureau e todos os patrocinadores e expositores. “Estamos diante de uma crise econômica internacional que traz reflexos sobre o mercado local, no entanto temos aqui uma solução que faz toda diferença para a consolidação de uma empresa no mercado. Por isso investimos nesta ideia e abrimos para que em novas oportunidades este vento aconteça também em outras regiões do Estado”, indicou.

Além da apresentação das marcas dos mais variados segmentos serão realizadas paralelamente palestras sobre franquias. A Maringá Franchising Business é uma realização do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau e conta com o apoio da Prefeitura de Maringá, ABF, Instituto Tomodati, CONAMPE, Sebrae, FCV, Acim, Sociedade Rural de Maringá e Codem. A promoção e a organização são da Tasa Eventos.

Seguimento
De acordo com a ABF, em 2011 o segmento de franquias cresceu 16,9% em relação ao ano anterior e atingiu R$ 88,8 bilhões. Houve um crescimento considerável acima do Produto Interno Bruto (PIB), que em 2011 registrou aumento de 2,7%. Neste ano a ABF estima em 15% o crescimento do franchising.

O número de redes que operam no Brasil também cresceu no ano passado, 9,5% e o número de unidades foi ampliado em 7,8%, chegando a mais de 93 mil. O franchising gera hoje mais de 837 mil empregos diretos no País.

Serviço
Evento: Maringá Franchising Business
Duração: De 30 de agosto à 1 de setembro – das 14 às 22 horas.
Local: Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro
Av. Colombo, 2186 – Maringá

Comente aqui