Governo



Resolução simplifica a liberação de alvarás no Paraná

DSC_9519A Associação de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Oeste do Paraná (AMIC OESTE) recebeu na última sexta, dia 14, o Comando Geral do Corpo de Bombeiros de Cascavel para a apresentação do Plano de Segurança Simplificado (PSS), um passo significativo para a expedição de alvarás.

A proposta do PSS é simplificar a liberação do alvará para as empresas de baixo risco. Neste novo plano, apenas três documentos são necessários para a liberação da atividade. A quantia chama atenção pela redução significativa de documentos comparada ao atual modelo.

Já as medidas de segurança exigidas pelos bombeiros continuam as mesmas. O que muda apenas é o processo de verificação do projeto ou da obra. A implantação do plano atende o anseio dos empresários de atividades que apresentam baixo risco.

Redesim
A resolução estabelece regras a serem seguidas e que lentamente atendem a legislação. O governo federal, neste aspecto, trabalha para implantar a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim). A expectativa da iniciativa privada e do governo é que o processo de abertura e fechamento não demore mais do que cinco dias.

O PSS já é parte do processo de implantação da Redesim. Cascavel e Maringá são as duas cidades onde o projeto funcionará como piloto. Após noventa dias, o PSS deve ser implementado em todos os municípios paranaenses, garantindo agilidade e segurança.

“Este é um anseio de todos os empresários, e a AMIC está cumprindo a função de colaborar cada vez mais com as autoridades constituídas para o benefício das micro e pequenas empresas”, afirma Jorge Luiz dos Santos, presidente da entidade.

Para o Major Fernando Schunig, do Corpo de Bombeiros de Cascavel, a resolução desburocratiza tanto o projeto quanto a vistoria da obra. “Foi uma medida muito acertada com a AMIC. É um processo de funcionamento mais fácil e que visa tanto em agilidade quanto em segurança para Cascavel”, afirma.

Luta
A implantação do PSS é resultado da luta do Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná e recentemente contou com a inciativa da AMIC OESTE e entidades parceiras em acelerar o processo de busca por novas metodologias fora do Estado e apoio junto a esfera federal.

Comente aqui


Fórum das microempresas do Paraná recebe líderes de entidades das MPEs de 24 estados

Lideranças nacionais das MPEs, ligadas à Conampe, participaram da reunião do Fórum Permanente das MPEs do Paraná, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (26), na sede do Sebrae-PR, em Curitiba. Na pauta, as lideranças se apresentaram e agradeceram a oportunidade de participar do encontro. Os integrantes do Fórum, discutiram estratégias e ações para a implementação da Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná, que ainda aguarda para ser aprovada.

O objetivo central do Fórum é formar comissões e subcomissões que trabalharão na implementação da Lei, quando aprovada. “Estamos em um processo de análise para implementação dos programas que a Lei aponta. Além disso, a participação das lideranças de outros estados agrega experiências ao trabalho, tanto para nós, quanto para eles em suas regiões”, diz o presidente da CONAMPE, Ercílio Santinoni.

Reunião de lideranças
Ainda nesta quinta, a CONAMPE realiza o encontro nacional de lideranças. A reunião interna traça estratégias alinhadas ao planejamento estratégico da entidade, além das bandeiras defendidas e convênios em andamento.

15º Encontro Nacional
Nesta sexta, às 08h00, acontece a abertura oficial do 15º ENAMPE (Encontro Nacional da Micro e Pequena Empresa e Empreendedores Individuais). Com o tema “A Competitividade no Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas”, o evento acontece no Centro de Convenções do Victória Villa Hotel e deve reunir 300 pessoas. Participam empresários, autoridades, e líderes de entidades representativas das MPEs de 24 Estados.

*CONAMPE é a Confederação Nacional das Micro e Pequenas e dos Empreendedores Individuais. Acesse: www.conampe.org.br.

 

Comente aqui