Mês: dezembro 2011

 

Ford Mustang 2013 vem com equipamento medidor de performance

Os fãs do Mustang gostam de testar o desempenho do seu “cavalo” na pista. E, quando fazem isso, estão exercendo o seu legítimo direito de contar vantagem: eles querem mostrar aos amigos quanto conseguiram fazer de 0 a 100 km/h, ou a distância que levaram para acelerar o carro a 160 km/h.

Para ajudar os motoristas a comprovar suas proezas na pista, o Mustang 2013 traz na versão premium um equipamento de fábrica chamado Track Apps que registra dados como tempo de aceleração, desempenho do freio e força g, mostrados numa tela de LCD de 4,2 polegadas.

“Esses números são o assunto das conversas dos fãs do Mustang. E nós colocamos tudo isso no carro, na palma da sua mão”, diz Dave Pericak, engenheiro-chefe do Mustang. “Eles não precisam mais procurar no mercado um medidor que, além de custar caro, tem de ser adaptado na coluna A. Tudo isso já vem instalado de fábrica no Mustang.”

A tela de LCD do Track Apps fica no painel de instrumentos, entre o velocímetro e o conta-giros, e é controlada por um botão de cinco posições na direção. O equipamento recebeu muitos elogios da imprensa e do público quando foi apresentado pela Ford no Salão de Los Angeles, em novembro.

Cereja do bolo – Segundo Jeff Seaman, líder do lançamento do Mustang 2013, o Track Apps é a “cereja do bolo” na experiência de dirigir o carro. “Ler numa revista quanto o carro pode fazer de 0 a 100 km/h é uma coisa. Outra totalmente diferente é você dizer ao consumidor: ‘Vá lá e acelere você mesmo’.”

O Track Apps dá informações instantâneas ao motorista sobre o desempenho do carro. O acelerômetro mostra a força g do carro puxando da esquerda para a direita. “Se você está acelerando o carro na pista e entra numa curva, você quer saber até onde pode ir antes de perder a tração”, explica Pericak. “Isso é medido em força g, que o Track Apps exibe em tempo real.”

O cronômetro de aceleração permite ao motorista registrar seus melhores tempos em milhas por hora (0-60, 0-100, oitavo de milha e quarto de milha). Segundo o especialista, é praticamente impossível medir esses dados com precisão usando um cronômetro de mão, ao contrário do que acontece com o equipamento totalmente integrado ao veículo.

Registro de dados – A tela de performance do freio mostra o tempo de frenagem nas distâncias de 60-0 ou 100-0 milhas por hora. “No mundo da alta performance, nós somos julgados pela distância que o carro leva para parar a partir de uma certa velocidade”, diz Pericak. “Esse é um dos parâmetros avaliados quando você quer saber se um carro é bom ou não.”

Na área de Resultados, o motorista pode conferir na tela os seus melhores tempos. Ele também pode rever os últimos resultados e os registros de aceleração e frenagem. “Quando alguém compra um Mustang, faz uma compra emocional”, diz Pericak. “As pessoas compram o carro pelo seu desempenho, pelo que ele representa e pela emoção que esperam ter ao dirigí-lo.”

Fonte:

Imprensa Ford

Comente aqui


Mais segurança ao seu veículo: alarme K300 da S-Lock Kostal

O K300 é um modelo de alarme completo com quatro teclas, três saídas auxiliares para diversas funções e de fácil instalação.  Possui  tecnologia K Connect que faz interface direta com os módulos eletrônicos originais Kostal – sem necessidade de adaptações na instalação. Munido de ultrassom multifuncional autoajustável com dual zone, acerta a sensibilidade automaticamente e detecta disparos nas diferentes zonas do habitáculo do veículo. Através de alerta sonoro sinaliza pisca setas, lanternas ligadas ou portas abertas. Outro grande diferencial é o consumo de energia, atendendo as especificações previstas pelas montadoras, evitando problemas com a bateria.

Os alarmes S-Lock ainda possuem controle remoto ergonômico e inteligente, capa protetora de silicone com opção de cores para atender a vários públicos.  Tudo isso, com garantia de fábrica de três anos.

Entre as suas principais funções, destacam-se:

• Controle remoto ergonômico e inteligente
• Tecnologia K-Connect
• Alerta de velocidade
• Ultrassom com alta tecnologia autoajustável
• Saídas auxiliares configuráveis
• Aviso sonoro de lanternas ligadas, entre outras.
Serviço:

Preço: Alarme S-Lock Kostal K-300 –  em média:  R$ 180,00

Onde encontrar: em lojas de acessórios automotivos de todo país

Mais informações: www.slockkostal.com.br

SAC: 0800 456 7825

Fonte:

Opção Assessoria – [email protected]

Contato: Katia / Ana Maria / Adriana

Comente aqui


Ford cria simulador de deficiências visuais para projetar carros mais amigáveis e seguros

A Ford desenvolveu junto com a Universidade de Cambridge, na Inglaterra, um software que permite simular os problemas visuais decorrentes do envelhecimento para poder projetar carros mais “amigáveis” e seguros. A Ford está usando esse programa para aperfeiçoar o design de seus painéis de instrumentos e permitir que eles possam ser lidos com segurança e conforto pelo maior número possível de motoristas.

Também destinado para aprimorar o design de celulares e para o ensino de projetos de inclusão em várias universidades, o simulador ajuda os designers e engenheiros a entender os efeitos de vários tipos de deficiência visual.

No caso de degeneração macular, em que a perda da visão central se move com os olhos, por exemplo, o software permite simular esse efeito e mover o ‘ponto cego’ para diferentes partes da imagem. Esse trabalho está sendo feito no Centro de Design da Universidade de Cambridge com a participação direta de especialistas da Ford.

Facilidade de leitura – O equipamento permite simular deficiências visuais em qualquer imagem. Ele carrega uma imagem, seleciona uma deficiência visual e passa a “ver” como uma pessoa que sofre daquele problema. É possível selecionar várias imagens e deficiências e comparar instantaneamente os seus efeitos.

“Para nós, o objetivo é promover a inclusão por meio do design, com foco mais nas variações de capacidade do que na deficiência, e atender o maior número possível de pessoas, facilitando a leitura no acesso às informações”, diz Sam Waller, do time de pesquisadores de Cambridge. “O software tem um comando que permite mudar instantaneamente o grau de deficiência visual, de muito branda para muito severa, de modo que as empresas possam definir os limites a serem atendidos.”

Problema mundial – “A perda da visão é uma consequência natural do envelhecimento e afeta milhões de pessoas em todo o mundo”, diz Angelika Engel, especialista em ergonomia da Ford Europa. “Mas, por ser um processo gradual, muitas vezes passa despercebido durante anos. Subconscientemente, tendemos a nos desviar do problema até o momento em que, devido à sua gravidade, não é mais possível ignorá-lo.”

Segundo Engel, os óculos são uma ferramenta muito útil, mas este software é um grande avanço, pois permite simular diversas deficiências e níveis de gravidade. “Se observamos uma imagem no modo de daltonismo, por exemplo, é possível perceber instantaneamente se há números ou letras difíceis de enxergar. Então, podemos modificar o design da melhor forma. Naturalmente, há pessoas com problemas visuais que não podem tirar licença para dirigir. Mas existem outras com deficiência que ainda dirigem e queremos que elas façam isso do modo mais seguro possível.”

285 milhões de pessoas – Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 285 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de algum tipo de deficiência visual. Destas, cerca de 65% têm 50 anos ou mais e esse número tende a crescer com o aumento da expectativa de vida.

 

A capacidade de enxergar detalhes diminui com a idade, assim como a habilidade de ver no escuro. Isso significa que muitos motoristas podem ter dificuldade para ler o painel de instrumentos ao dirigir, a não ser que usem óculos bifocais ou multifocais. Outros problemas oculares, como glaucoma, catarata e degeneração macular, também são mais frequentes em pessoas com mais de 50 anos.

Soluções do futuro – A Ford está comprometida com o design voltado para a inclusão e melhoria da saúde e bem-estar dos motoristas. Desde 1994, seus engenheiros utilizam o “Traje da Terceira Idade” para entender melhor as dificuldades enfrentadas pelos idosos. Essa roupa especial reduz a mobilidade e a sensibilidade ao toque, incluindo também óculos para simular catarata.

O trabalho da Ford em parceria com a Universidade de Cambridge traz um conhecimento real das dificuldades que muitas pessoas enfrentam para que seja possível desenvolver produtos adequados às suas necessidades. Nesse primeiro estágio, o software ajuda a identificar os focos de melhoria e soluções. O passo seguinte será introduzir essas soluções nos veículos.

Fonte:

Imprensa Ford

 

Comente aqui


Conheça o carro mais econômico e o mais rápido do ranking Folha-Mauá 2011

Entre os 62 carros que passaram este ano pelos testes do suplemento ”Veículos” do jornal Folha de S. Paulo e do Instituto Mauá de Tecnologia, a marca alemã ainda se destacou com o Audi R8 GT, modelo que atingiu a maior velocidade máxima numa pista.

O mais rápido do ano em aceleração e o mais econômico no consumo em estrada. Dois modelos compactos premium da Audi conquistaram as melhores posições no ranking Folha-Mauá 2011 nestes quesitos. O RS3 (esportivo do Audi A3 Sportback) ganhou o título de mais rápido: fez a prova de aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos.

Já o Audi A1 conseguiu rodar 20,8 quilômetros com um litro de gasolina na estrada à velocidade média de 100 km/h, o que lhe garantiu o topo no ranking anual de consumo rodoviário entre todas as categorias, de populares a esportivos, passando pelos veículos médios, grandes e os utilitários.

A marca alemã ainda teve destaque com o Audi R8 GT, modelo que atingiu a velocidade máxima de 319 km/hora na pista do Aeródromo de Gavião Peixoto (SP), a maior entre todos os 62 carros que passaram pelo teste Folha-Mauá em 2011.

O levantamento, realizado há 15 anos, é uma parceria entre o jornal Folha de S. Paulo e o IMT (Instituto Mauá de Tecnologia). Engenheiros do IMT e jornalistas do caderno de Veículos da publicação aferem dados como aceleração, distância de frenagem e consumo de combustível na estrada e na cidade. Os números levantados servem para analisar os modelos. Cada prova é repetida quatro vezes – os números finais são uma média dos resultados. O tempo médio de cada teste de desempenho e consumo de combustível é de 5 horas.

Equipamentos eletrônicos e sensores são utilizados para fazer as medições e monitorar o comportamento dos veículos. Os dados são enviados a um computador que compila os resultados. As provas de desempenho são feitas em pista de teste fechada, com piso seco e plano. Já os testes de consumo têm duas etapas: a primeira, com velocidade constante de 100 km/h, simula um percurso rodoviário; a segunda é feita em um circuito urbano. O percurso é padronizado e o estilo de condução do motorista é mantido.

Desempenho e economia: Audi RS3 e Audi A1

Os dois modelos Audi que ficaram no topo do ranking Folha-Mauá têm qualidades de sobra para garantir a colocação. O Audi RS3 vem equipado com um motor potente de 2,5 litros, turbo de cinco cilindros, que produz 340 cv de potência e 450 Nm de torque, que foi eleito na Europa o “Motor do Ano” por um juri de alto nível formado por jornalistas automotivos. No Brasil, o motor do esportivo A3 também recebeu recentemente o titulo de motor do ano acima de 2 litros no tradicional prêmio Carro do Ano da revista Auto Esporte.

Segundo a montadora, a aceleração de 0 a 100 km/hora é atingida em 4,6 segundos – desempenho sem comparação entre os concorrentes (no teste da Folha-Mauá este número foi ainda menor, 4,5 segundos). A velocidade máxima de 250 km/hora é limitada eletronicamente e, mesmo com tanto desempenho, o carro – que pesa somente 1.575 kg – faz, em média, 11 km por litro de combustível a cada 100 km e emite 212 g de CO2 por km. Essa eficiência deve-se, em parte, ao funcionamento da bomba de óleo sob demanda e ao sistema regenerativo que recupera energia quando o carro desacelera (KERS).

A versão mais esportiva do Audi A3 Sportback vem ainda equipada com transmissão S-tronic de sete velocidades e dupla embreagem, tração permanente quattro, rodas de 19 polegadas e parachoques de fibra de carbono com plástico reforçado (carbon-fiber reinforced plastic – CFRP), itens que ressaltam as características esportivas do modelo quatro portas alemão.

O compacto Premium Audi A1 vem equipado com motor 1.4 TFSI de 122 cavalos de potência máxima, com sistema de injeção direta de combustível e turbocharger com intercooler. A aceleração de 0 a 100 km/hora é feita em 8,9 segundos e a máxima é de 203 km/hora. O torque de 200 Nm, disponível continuamente entre 1.500 e 4.000 rpm, proporciona respostas mais eficientes e rápidas nas retomadas de aceleração.

Muito econômico, como apontou o teste Folha-Mauá, o carro apresenta consumo médio combinado de 18,8 km/litro de combustível, segundo dados da montadora (15,4 km/litro na cidade e 21,7 km/litro na estrada). Além disso, o motor do Audi A1 usa tecnologia inteligente que recupera a energia durante a frenagem, que é armazenada temporariamente na bateria.

Quando o carro acelera novamente, a energia retorna ao sistema elétrico, aliviando a carga do gerador. A transmissão de sete velocidades S-Tronic, com tecnologia esportiva e sistema de dupla embreagem – que combina o conforto de uma transmissão automática a eficiência de uma manual- é outro diferencial do compacto. Por conta da dupla embreagem, as trocas de marchas são feitas em centésimos de segundo, sem qualquer interrupção perceptível de potência, justamente porque as marchas ficam pré-engatadas para a troca. O modelo vem ainda equipado com sistema eletrônico de estabilização ESP, que também inclui um bloqueio eletrônico do diferencial.

Fonte:

Comunicação corporativa

Leila Marisa Knob

Gerente de Relações Públicas

Comunicação Produto Audi Brasil

Charles Marzanasco

Supervisor de Imprensa

Departamento de Imprensa Audi Brasil

PR-Trainee

Bruna Cury

In Press Porter Novelli Assessoria de Comunicação

www.inpresspni.com.br

Amanda Moreira

Danielle Júlio

Lia Mara Sacon

Comente aqui


Rally Dakar – Ike Klaumann embarca para a Argentina

Rio Negrinho (SC) – Ike Klaumann está de malas prontas para a estreia no Rally Dakar. O piloto catarinense embarca para a Argentina nesta terça-feira com destino a Mar Del Plata, que será palco da largada no dia 1º de janeiro de 2012. O brasileiro terá pela frente 8.363 quilômetros de desafios, sendo 4.406 deles de trechos cronometrados. Depois de passar pelo Chile, a corrida termina no dia 15 de janeiro em Lima, no Peru.
“Está tudo pronto, agora é só embarcar. Irei encontrar com a equipe em solo argentino para cumprir a parte burocrática nos dias que antecedem a prova, o que inclui as verificações técnicas”, contou Klaumann. Mesmo estando prestes a realizar o sonho de competir entre as feras do Dakar, o piloto se sente tranquilo. “Claro que a participação envolve ansiedade, mas já fiz tudo o que poderia nesta fase de preparação para a prova.”
Ike Klaumann terá o suporte do pai, Sérgio Klaumann, na largada do Dakar. “É muito bom poder contar com o apoio do ‘paizão’ em Mar Del Plata. Neste início, o que não pode faltar é concentração e foco na corrida. Estou com o pensamento muito positivo para que tudo dê certo nesta minha estreia”, concluiu o piloto.
Ike Klaumann faz parte do time Husqvarna Rallye Team By Speedbrain.

Crédito da Foto: Doni Castilho/DFotos

Fonte:

Mundo Press Jornalismo Estratégico

www.mundopress.com.br

Comente aqui


Rallye Des Gazelles: dupla feminina da Renault do Brasil está pronta

Depois de vencer uma seleção com 218 candidatas do mundo inteiro, duas mulheres da Renault do Brasil vão se aventurar nas areias do deserto do Saara, no Marrocos, a bordo de um Duster 4×4, na 22ª edição do “Rallye des Gazelles”, uma competição automobilística 100% feminina, onde tudo gira em torno de bússolas e mapas, em pleno deserto marroquino.
A brasileira Assiane Adada, engenheira mecânica, e a francesa Valérie Vilatte, analista de engenharia e desenvolvimento de produto, vão encarar oito dias de competição, entre os dias 17 e 31 de março de 2012, período em que devem percorrer 2.500 quilômetros, tendo como aliados apenas mapas e bússolas.
“Teremos um treinamento organizado pela Renault, no início do ano que vem, para aprendermos condução de um veículo 4×4 na areia de maneira eficiente e econômica. Afinal, estamos indo para um rali certificado ISO 14001 e que tem um forte apelo ecológico”, explica Assiane.
A companheira dela, Valérie, está confiante num bom desempenho. “É uma imensa felicidade ter sido qualificadas para esta competição. Passada essa primeira etapa, agora estamos nos preparando para mostrar a garra brasileira, o valor do Duster e do produto Renault. Vamos brigar por um pódio”, afirma.
Mulheres na rede – Além de participar da competição, a dupla feminina da Renault do Brasil vai integrar a rede [email protected] Trata-se de um plano lançado em março de 2010 com o intuito de reforçar a diversidade entre seus colaboradores no mundo inteiro.
Articulado três níveis: evolução dos processos de recursos humanos (RH), mobilização dos talentos femininos e mudança de percepção, o projeto tem como objetivo recrutar 30% de mulheres para os cargos técnicos e 50% para os perfis comerciais. Além disso, o plano permitiu formar uma rede de mulheres conectadas para realização de intercâmbios informais, conferências e debates.
Para integrar os colaboradores em torno deste plano, a Diretoria de Responsabilidade Social do Grupo Renault coordena a rede social através de uma plataforma web 2.0, chamada [email protected] Esta é a rede informal mais importante da empresa, que conta com 3.000 integrantes em todo o mundo.

Fonte:

Renault – Sala de Imprensa

Comente aqui


Em todas as suas versões, as pastilhas de freio do Novo Palio são da TMD/Cobreq

Lançado em novembro último nas versões Attractive 1.0, Attractive 1.4, Essence 1.6 16V, Essence 1.6 16V Dualogic, Sporting 1.6 16V e Sporting 1.6 16V Dualogic, o novo Fiat Palio tem suas linhas de montagem totalmente abastecidas pelas pastilhas de freio TMD Friction – comercializadas no mercado de reposição com a marca Cobreq.

Os motores flex Fire 1.0 EVO (75 cv a 3.850 rpm – álcool), Fire 1.4 EVO (88 cv a 3.500 rpm – álcool) e 1.6 16V E.torQ (117 cv a 4.500 rpm – álcool) suprem as seis versões do lançamento, sendo que o motor 1.6 16V do Essence e do Sporting pode ser acoplado à transmissão automatizada Dualogic.

O eficiente sistema de freio de todos os modelos é sinônimo de segurança, e nas versões 1.0 e 1.4 os discos do freio dianteiro trabalham com pinça flutuante. Já o freio traseiro é a tambor, sendo que nas versões de 7 polegadas de diâmetro a TMD utiliza a tecnologia patenteada de lonas integralmente moldadas.

Os circuitos cruzados, do sistema de freio do novo Palio, garantem um frenagem segura, mesmo na falha de um deles. E ainda possui uma válvula corretora que atua no freio traseiro. Numa emergência, a correção ocorrerá automaticamente pelo EBD (distribuição eletrônica de força de frenagem) se o carro for dotado de freio ABS.

Realmente novo em desenho, dimensões, opcionais e acessórios, o lançamento do novo Palio exigiu da TMD Friction repetidas provas de campo e de laboratório, onde a eficiência e durabilidade de suas pastilhas foram testadas em temperaturas extremas, diversas velocidades de uso e de condições de carga.

Visite o site: www.cobreq.com.br

Fonte:

Lellis Assessoria de Imprensa e Consultoria Ltda.

Jornalista responsável: Marco Antonio Lellis

 

 

Comente aqui


Ford recebe prêmio de respeito ao cliente e práticas de sustentabilidade

A Ford recebeu o Prêmio Top Consumidor de Excelência nas Relações de Consumo e Respeito ao Meio Ambiente, promovido pela Consumidor Teste em parceria com o Instituto Nacional de Educação do Consumidor e do Cidadão (INEC). O objetivo da premiação é reconhecer as empresas que se destacam pela qualidade no atendimento ao cliente e práticas de sustentabilidade.

A escolha dos vencedores é feita por um conselho consultivo composto por representantes da ADVB, ARI, Associação das Donas de Casas e Consumidores do RS, Fórum de Defesa do Consumidor do RS, ESPM, Fecomércio, Fiergs, Grupo de Especialistas com Consumidores e Clientes (GERCC), Instituto Cidade Sustentável (ICS), OAB/RS, Procon/RS, Sindilojas e Tribunal de Justiça do RS.

“Além de reconhecer e dar visibilidade às organizações que buscam o amadurecimento no respeito ao consumidor, o prêmio visa a ampliar o universo de empreendedores que adotam e aprofundam as boas práticas nas relações de consumo e respeito ao meio ambiente”, diz José Luiz da Silva, publisher da revista Consumidor Teste.

A revista Consumidor Teste é editada no Sul do País e é distribuída em todo o território nacional. Já o INEC, criado em 2002, tem como missão educar, orientar e aproximar consumidores e fornecedores, através do respeito e da harmonia nas relações de consumo, atuando com base no Código de Defesa do Consumidor.

“Fomos reconhecidos pelos nossos contínuos investimentos em tecnologias de telecomunicação e treinamento das equipes de atendimento, bem como a divulgação de materiais e mensagens de educação ambiental junto a nossos clientes”, disse Marco Antônio Giovanella, do escritório da Ford em Porto Alegre.

História de serviços – A Ford criou o primeiro centro de atendimento ao cliente da indústria automobilística no Brasil, em 1960, e também foi a pioneira no atendimento 24 horas, sete dias por semana, introduzido no ano 2000. Com uma equipe de mais de 160 profissionais, o Centro de Atendimento Ford é um canal importante de relacionamento da empresa com os consumidores e atende em média 70.000 contatos por mês.

Fonte: 

Imprensa Ford

 

Comente aqui


RALLY DAKAR 2012 – Veja vídeos de Felipe Zanol treinando nas dunas de SC

Estão disponíveis no Red Bull Content Pull dois vídeos com imagens do piloto Felipe Zanol em ação nas dunas de Ibiraquera, em Santa Catarina. Na ocasião, o piloto realizou treinamentos para o Rally Dakar 2012, de 1º a 15 de janeiro entre a Argentina e o Peru, passando pelo Chile.
Para acessar, clique nos links abaixo:
Felipe Zanol 2011 – Portrait Clip (Clean)
Felipe Zanol – 60 Seconds (Dirty in Portuguese)
Para se cadastrar no Red Pull Content Pull e ter acesso ao banco de conteúdo completo (fotos e vídeos) dos eventos e atletas patrocinados pela marca, clique aqui.
Felipe Zanol é piloto da equipe KTM Brasil com patrocínio de Red Bull, Cia do Terno, ASW, Rinaldi, ATS Informática, Mobil, SEEJ e Vedamotors, além do apoio de Água Mineral Ingá, Mr Pró e Brasil Moto Tour.
Facebook: Vai, Zanooool
Twitter: @felipezanol

Crédito das Fotos: Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool

Fonte:

Mundo Press Jornalismo Estratégico

www.mundopress.com.br

 

Comente aqui