Mês: janeiro 2013



Balneário Camboriú abre a temporada do Jet Tour Sea-Doo

Jet Tour Sea-Doo reúne proprietários de motos aquáticas para passeios em todo o Brasil
Crédito: Divulgação/BRP

São Paulo (SP) – O Jet Tour Sea-Doo abre a temporada 2013 em águas catarinenses. A bordo de motos aquáticas, a diversão estará garantida neste sábado no passeio em Balneário Camboriú, cujo destino será Porto Belo pela costa do litoral norte do Estado.

São esperados entre 30 e 50 participantes. “As águas da região são bastante tranquilas e claras. Os morros da costa completam a bela paisagem”, comentou Josiane Aguiar, da equipe Jet Point, concessionária dos produtos BRP responsável pelo passeio. “O clima do evento será bem familiar”, complementou.
Para participar, é necessário ter habilitação náutica e efetuar a inscrição gratuita. O ponto de encontro do passeio será a Casa da Lagosta, na barra sul de Balneário Camboriú, às 9h. O contato para inscrições e mais informações é o 47 3361-0294.

Sobre a BRP – A Bombardier Recreational Products Inc (BRP) é uma empresa privada, líder mundial em projeto, desenvolvimento, fabricação, distribuição e marketing de veículos recreativos motorizados. Seu portfólio de marcas e produtos inclui: snowmobiles Ski-Doo e Lynx, jets e lanchas Sea Doo, motores de popa Evinrude e Johnson , veículos ATV, Side-by-Side e roadsters Can-Am e também motores Rotax. Os produtos da BRP são distribuídos em mais de 100 países. Site: www.brp.com
Sea-Doo, Ski-Doo, Lynx, Evinrude, Johnson, Can-Am, Rotax e o logotipo BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais pertencem a seus respectivos titulares.

Fonte:

Mundo Press Jornalismo Estratégico

www.mundopress.com.br

1 Comentário


Equipe Can-Am América do Sul é destaque na quinta etapa do Rally Dakar

Chileno Sebastián Palma e o Can-Am Renegade 800 Xxc no Rally Dakar 2013
Crédito: Team Nextel Huawei by Can Am


Arica (Chile) – Entre os 10 quadriciclos mais rápidos da quinta etapa do Rally Dakar, três são Can-Am Renegade 800 Xxc. A prova foi realizada nesta quarta-feira com 509 quilômetros de percurso, sendo 172 de especiais, entre Arequipa (Peru) e Arica (Chile). Os UTVs Can-Am Commander 1000 também foram destaque na classe T3, e os pilotos Francisco López (Chile) e Reinaldo Varela (Brasil) mantiveram o segundo e o quarto lugares da geral, respectivamente.
Nos quadris, a equipe Can-Am América do Sul segue conduzida pelo chileno Sebastián Palma, sexto do dia, que assume a sétima colocação da classificação geral e é o líder da classe 4×4. O argentino Claudio Clavigliasso, em oitavo, e Barry Cruces, do Chile, em décimo, também conquistaram seus lugares na lista dos Top 10 da etapa. A equipe contou ainda com os chilenos Ricardo Vinet em 16º e Rodrigo Ramírez em 20º.
O time manteve o domínio na classe T3, dos UTVs. Francisco López (Chile) e o navegador Sebastián Scholz (Argentina) permanecem forte na briga, em segundo lugar da tabela. O brasileiro Reinaldo Varela é o quarto colocado, na frente dos chilenos Pablo Donoso e Juan Pablo Cerda.
Nesta quinta-feira, a sexta etapa do Rally Dakar tem Calama como destino, ainda no Chile. Os competidores enfrentarão 767 quilômetros de desafios, sendo 454 de especiais.
O Rally Dakar 2013 é formado por 14 etapas e passa ainda pela Argentina. A chegada será em Santiago (Chile), dia 19 de janeiro. A corrida teve início no último dia 5 em Lima, Peru, e será formada por 8574 km no total, sendo 4155 de especiais.
Resultados extra-oficiais
5ª Etapa Rally Dakar
Quadriciclos
1 – PATRONELLI MARCOS (ARG) – 01:59:30
6 – PALMA SEBASTIÁN (CHL) – 02:21:47 – Can-Am Renegade 800 Xxc
8 – CLAVIGLIASSO CLAUDIO (ARG) – 02:25:01 – Can-Am Renegade 800 Xxc
10 – BARRY CRUCES (CHL) – 02:27:05 – Can-Am Renegade 800 Xxc
16 – VINET RICARDO (CHL) – 02:36:12 – Can-Am Renegade 800 Xxc
20 – RAMIREZ RODRIGO (CHL) – 02:46:06 – Can-Am Renegade 800 Xxc
22 – FERNÁNDEZ MARCELO (ARG) – 03:00:38 – Can-Am Renegade 800 Xxc
30 – MARTÍNEZ DIMETRY DIEGO (BOL) – 06:00:00 – Can-Am Renegade 800 Xxc
Carros e UTVs
1 – ROMA (ESP) / PÉRIN (FRA) – 01:49:40
81 – REINALDO VARELA – 02:50:52 – Can-Am Commander 1000
87 – DONOSO (CHL) / CERDA (CHL) – 03:01:56 – Can-Am Commander 1000
97 – LOPEZ BALART (CHL) / SCHOLZ VERGNOLLE – 03:13:31 – Can-Am Commander 1000
Resultados acumulados
Quadriciclos
1 – PATRONELLI MARCOS (ARG) – 13:20:56
7 – PALMA SEBASTIÁN (CHL) – 15:37:39 – Can-Am Renegade 800 Xxc
11 – CLAVIGLIASSO CLAUDIO (ARG) – 16:03:37 – Can-Am Renegade 800 Xxc
17 – BARRY CRUCES (CHL) – 17:19:03 – Can-Am Renegade 800 Xxc
18 – FERNÁNDEZ MARCELO (ARG) – 17:26:42 – Can-Am Renegade 800 Xxc
19 – RAMIREZ RODRIGO (CHL) – 17:31:22 – Can-Am Renegade 800 Xxc
23 – VINET RICARDO (CHL) – 18:40:59 – Can-Am Renegade 800 Xxc
29 – MARTÍNEZ DIMETRY DIEGO (BOL) – 00:21:19 – Can-Am Renegade 800 Xxc
Carros e UTVs
1 – PETERHANSEL (FRA)/COTTRET (FRA) – 10:55:32
64 – LOPEZ BALART (CHL) / SCHOLZ VERGNOLLE – 20:51:10 – Can-Am Commander 1000 (2º lugar na classe T3)
84 – REINALDO VARELA – 00:47:34 – Can-Am Commander 1000 (4º lugar na classe T3)
98 – DONOSO (CHL) / CERDA (CHL) – 04:50:27 – Can-Am Commander 1000 (5º lugar na classe T3)
10/1 – 6ª Etapa
Arica – Calama (Chile)
Deslocamentos – 313 km
Especial – 454 km
Total do dia – 767 km
Roteiro completo: ACESSE.
Sobre a BRP – A Bombardier Recreational Products Inc (BRP) é uma empresa privada, líder mundial em projeto, desenvolvimento, fabricação, distribuição e marketing de veículos recreativos motorizados. Seu portfólio de marcas e produtos inclui: snowmobiles Ski-Doo e Lynx, jets e lanchas Sea Doo, motores de popa Evinrude e Johnson , veículos ATV, Side-by-Side e roadsters Can-Am e também motores Rotax. Os produtos da BRP são distribuídos em mais de 100 países. Site: www.brp.com
Sea-Doo, Ski-Doo, Lynx, Evinrude, Johnson, Can-Am, Rotax e o logotipo BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais pertencem a seus respectivos titulares.

Fonte:

Mundo Press Jornalismo Estratégico

www.mundopress.com.br

1 Comentário


Equipe Mitsubishi Petrobras é top 10 no Rally Dakar

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad subiram mais uma posição no acumulado e agora estão em 12º

Arica (CHL), 9 de janeiro de 2013 – Uma especial com características bem diferentes. Foi assim que o Peru se despediu do maior rali do mundo e deu à Equipe Mitsubishi Petrobras a 8ª colocação na classificação de hoje.
Guilherme Spinelli e Youssef Haddad andaram em um ritmo mais forte, aproveitando as estradas de alta velocidade e uma condição onde estão mais habituados. A especial de hoje mesclou trechos sinuosos, leitos de rio seco e fesh-fesh. Com o resultado, ganharam uma posição na classificação geral e ocupam agora a 12ª colocação.
“Hoje o dia foi muito bom e fiquei bastante feliz com o comportamento do ASX Racing. Fizemos uma especial em um ritmo um pouco mais forte, mas sem abusar”, garante Guiga. “Foi um ótimo resultado, mas ainda estamos no quinto dia e falta muito rali”, completa. Com o resultado de hoje, a dupla largará em uma posição melhor na etapa desta quinta-feira, com menos veículos na frente.
“Os primeiros dias foram com características diferentes daquele que estamos acostumados. Hoje deixamos os trechos de dunas para vir para estradas e rio seco, com navegação de roteiro, que estamos mais acostumados”, disse Youssef.
A especial de hoje marcou a despedida do Peru, onde o Dakar está desde a largada, em Lima, no último sábado. A partir desta quinta-feira, a prova entra no Chile e seguirá em direção a Calama, para depois cruzar para a Argentina.
Arica (CHL) / Calama (CHL)
Na sexta etapa, o Rally Dakar entra nas temidas dunas do Deserto do Atacama. Serão muitos e muitos quilômetros pelo local mais seco e hostil do planeta, em meio a dunas e areia a perder de vista. Guiga e Youssef também passarão pelo temido fesh-fesh, um areia fina que lembra o talco e forma uma espessa camada de poeira. Um ingrediente a mais para um dia muito longo e cansativo.
6ª Etapa – 10 de janeiro
Deslocamento: 313 km
Especial: 454 km
Total: 767 km
Resultados – 5ª etapa – 09/1*
1) Roma / Perin (ESP) – 1h49min40
2) Peterhansel / Cottret (FRA) – 1h51min03
3) Gordon / Walch (USA) – 1h51min21
4) De Villiers / Von Zitzewitz (AFS) – 1h51min21
5) Sainz / Gottschalk (ESP) – 1h53min
8) Guilherme Spinelli / Youssef Haddad – 1h56min21
Classificação geral – Rally Dakar 2013*
1) Peterhansel / Cottret (FRA) – 10h55min32
2) Al-Attiyah / Cruz (QAT) – 11h05min26
3) De Villiers / Von Zitzewitz (AFS) – 11h29min22
4) Novitskiy / Zhiltsov (RUS) – 11h33min07
5) Roma / Perin (ESP) – 11h33min15
12) Guilherme Spinelli / Youssef Haddad – 12h46min45
Equipe Mitsubishi Petrobras
Acompanhe de perto todas as novidades da Equipe Mitsubishi Petrobras com Guilherme Spinelli e Youssef Haddad no Rally Dakar:
Site: www.mitsubishipetrobras.com.br
Facebook: www.facebook.com/EquipeMitsubishiBrasil
Twitter: www.twitter.com/eqpmitsubishibr
YouTube: www.youtube.com/eqpmitsubishibr
A equipe Mitsubishi Petrobras tem o patrocínio de Mitsubishi Motors, Petrobras, BTG Pactual, iCarros e URacer.
* Resultados extra-oficiais

Crédito das Fotos: David Santos Jr/ Mitsubishi – José Mario Dias\ Mitsubishi – Eric Schroeder\ Mitsubishi

Fonte:

Assessoria de Imprensa

Thiago Padovanni
Caio Martins
Fernando Solano – Coordenador

Comente aqui


Rally Dakar: Bruno Sperancini e Thiago Vargas não terminaram a 5ª etapa

Veículo quebrou na altura do km 24 da especial de 172 quilômetros, que teve como destino a cidade de Arica, no Chile. Chegada da caravana do 35º Rally Dakar ocorreu nas belas Praias de El Toro e Chusqui

09 de janeiro de 2013 – Depois de comemorar o 2º lugar na categoria T3 na etapa de ontem, nesta quarta-feira, Bruno Sperancini e Thiago Vargas lamentaram a quebra da transmissão do UTV Polaris RZR XP 900 logo no início da 5ª etapa, que partiu de Arequipa, PER, com destino a Arica, CH. A dupla da Prominas Racing não completou a especial de 172 quilômetros dentro do tempo máximo de prova, que era de seis horas.
“É incrível. Ontem, o percurso teve muitas pedras, foi extremamente difícil e viemos super bem… Hoje, que tudo seria mais tranquilo, quebramos!”, comentou o piloto Sperancini. “Mas não podemos desanimar… Situações como essa fazem parte do esporte, principalmente em um Rally Dakar, onde enfrentamos as situações mais extremas possíveis. E isso, pode acontecer com qualquer participante… Vários, já até abandonaram a disputa”, ponderou ele. Desde o primeiro dia, o evento contabiliza 57 desistências, sendo: 25 motos, 6 quadriciclos, 22 carros e 4 caminhões.
Os brasileiros foram resgatados pelo caminhão de apoio da equipe Xtreme Plus (a preparadora do UTV), conduzido pelo chefe do time, Marco Apiana. A manutenção da transmissão foi realizada no próprio local do incidente. “Perdemos as chances de lutar pelo título da categoria T3, pois até então, ocupávamos a 4ª posição no resultado acumulado… Porém, o mais importante é que estamos dentro na competição. Agora, é erguer a cabeça e buscar recuperação. Amanhã é um novo dia e estamos prontos para ele”, afirmou Vargas.
A 6ª etapa começa cedo, pois será bem longa: 767 quilômetros, com 454 de trecho cronometrado (e ainda não é a maior desta edição do Rally Dakar). O roteiro adentrará a Argentina, impondo aos off-roaders os obstáculos do Deserto do Atacama. “Agora sim, o ‘bicho vai pegar'”, salientou Sperancini. “Novamente areia, dunas e fesh-fesh por boa parte do percurso. Entraremos concentrados e determinados, pois temos um objetivo a cumprir e posições a recuperar”, encerrou o piloto.
Roteiro – Rally Dakar 2013
05 de janeiro – PERU: Lima
06 de janeiro – Pisco / Pisco
07 de janeiro – Pisco / Nazca
08 de janeiro – Nazca / Arequipa
09 de janeiro – Arequipa / Arica
10 de janeiro – CHILE Arica / Calama
11 de janeiro – ARGENTINA: Calama / Salta
12 de janeiro – Salta / San Miguel de Tucumán
13 de janeiro – Dia de Descanso – San Miguel de Tucumán
14 de janeiro – San Miguel de Tucumán / Córdoba
15 de janeiro – Córdoba / La Rioja
16 de janeiro – La Rioja / Fiambalá
17 de janeiro – CHILE: Fiambalá / Copiapó
18 de janeiro – Copiapó / La Serena
19 de janeiro – La Serena / Santiago
20 de janeiro – Premiação
A Prominas tem apoio de Central Indústria Gráfica

Crédito das Fotos: Eric Schroeder – David Santos Júnior

Fonte:

Liberdade de Ideias
Isis Moretti – Mtb: 36.471   

www.liberdadedeideias.com.br     

 

Comente aqui


Audi confirma chegada do SUV esportivo SQ5 no Brasil para o final deste ano


·         Versão mais esportiva do modelo alemão será uma das estrelas do Salão do Automóvel de Detroit, entre 14 e 27 de janeiro.

·         Veículo acelera de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos e tem máxima de 250 km/h.

·         Modelo com motor a gasolina foi desenvolvido especialmente para mercados como Estados Unidos, China, Rússia e Brasil.

·         Novidade chega às concessionárias norte-americanas no terceiro trimestre de 2013.

 

São Paulo, janeiro de 2013 – O novo Audi SQ5, versão esportiva do SUV Audi Q5 que será apresentada no Salão do Automóvel de Detroit (EUA), traz uma importante novidade: pela primeira vez, será equipado com um motor a gasolina. O veículo com propulsor 3.0 TFSI foi desenvolvido especificamente para mercados como Estados Unidos, Canadá e China, entre outros, e será comercializado no Brasil no final de 2013. O modelo acelera de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos e tem velocidade máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente). O Audi SQ5 está programado para chegar às concessionárias dos Estados Unidos no terceiro trimestre de 2013.

O motor do novo SUV da Audi é um supercharged V6 3.0, com 2.995 cm³ e compressor acionado por correia do virabrequim, com dois rotores que giram a mais de 20.000 rpm. O compressor comprime o ar a 0,8 bar e dois intercoolers resfriam o sistema. O compressor está localizado mais à frente da válvula borboleta, o que demanda menos potência do motor quando a densidade do ar de admissão está abaixo do nível de sobrealimentação e quando se movimenta. Comandos de válvulas de admissão variáveis e flaps fornecem eficiência de carregamento nas câmaras de combustão.

O motor 3.0 TFSI produz 354 cv de potência entre 6.000 e 6.500 rpm e entrega 470 Nm de torque entre 4.000 e 4.500 rpm. A aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 5,3 segundos é a melhor da categoria. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h. O Audi SQ5 consome, em média, 8,5 litros a cada 100 km (11,76 km/litro) e a emissão de CO2 é de 199 g/km.

O veículo é ainda equipado com transmissão Tiptronic de oito velocidades, que pode ser acionada também por meio de shift-paddles no volante, e tração permanente quatro com vetorização de torque, que garante maior controle e estabilidade ao modelo.

Na versão a gasolina, o chassi foi rebaixado em 30 milímetros e as molas e amortecedores são mais firmes, para uma condução esportiva e equilibrada. De série, rodas de 20 polegadas que recebem pneus 255/45 – rodas de 21 polegadas também estão disponíveis. As pinças de freio na dianteira levam o emblema SQ5. A direção eletromecânica não só desempenha um papel importante na eficácia do novo Audi SQ5 como também proporciona maior precisão na condução. Como opcional, a Audi oferece a direção dinâmica com controle integrado ao sistema Audi Drive Select, que permite ao motorista escolher diferentes modos de condução.

O visual esportivo é marcado, na dianteira, pela grade do radiador em cinza-platinum, com barras horizontais com acabamento em alumínio, e pelos para-choques distintos. O spoiler no teto também é particularmente atraente, assim como os emblemas V6 que adornam os para-lamas dianteiros. O pacote com acabamento em alumínio destaca janelas e retrovisores externos. Há ainda duas opções de finalização com efeito cristal: o Azul Estoril e o Preto Panther.

O interior esbanja esportividade, com painel de instrumentos com mostradores na cor cinza e números brancos, pedais e shift-paddles com acabamento em alumínio brilhante. A cor predominante do lado de dentro é o preto, mas há a opção de teto na cor prata Silver. Os bancos esportivos são recobertos com uma combinação de couro Nappa Pearl e Alcantara, com quatro cores opcionais de revestimento. Os detalhes são em alumínio escovado, com opção de carbono ou madeira, entre outros materiais.

A lista de equipamentos do modelo é extensa, com itens como faróis de xênon plus com luzes diurnas de LED, protetor em aço inoxidável para a porta do compartimento de bagagem – que oferece até 1.560 litros – e um sistema de informação ao motorista com display colorido.

A marca alemã oferece ainda equipamentos opcionais de assistência e informação. O sistema de navegação MMI Plus e o Bluetooth do telefone do carro fornecem os serviços de internet do Audi Connect para o veículo.

O Audi SQ5 Audi foi projetado especificamente para os seguintes mercados: Estados Unidos, Canadá, Rússia, China, Japão, Cingapura, Coréia do Sul, África do Sul, México, Brasil, Argentina, Chile e Ucrânia. Na Alemanha e em muitos outros mercados europeus, a versão a diesel SQ5 TDI é o modelo esportivo top de linha.

Fonte:

Comunicação Produto Audi Brasil

Charles Marzanasco

Supervisor de Imprensa

Departamento de Imprensa Audi Brasil

PR-Trainee

Bruna Cury

In Press Porter Novelli Assessoria de Comunicação

www.inpresspni.com.br

Paula Lario

Lia Mara Sacon

 

Comente aqui


Lançamento de kit para o motor Mercedes-Benz OM 364LA (diesel)

A MS Motor Service Brazil, unidade do Grupo KSPG AG que comercializa os produtos KS no mercado de reposição nacional, lança novo kit para o motor OM 364LA diesel da Mercedes-Benz, modelos 710 Plus, 712E e LO712 (todos produzidos entre 2000 e 2004).

O kit contém pistão, anel, camisa e pino, sendo comercializado com o código 40 786 960.

Fonte:

Talita C. Peres – Gerente de Marketing

Lellis Assessoria de Imprensa e Consultoria Ltda.

Jornalista Responsável: Marco Antonio Lellis

Comente aqui


Comunidade Spyder acelera com o Desafio Internacional das Estrelas

São Paulo (SP) – A Comunidade Spyder começa o ano em grande estilo acelerando com o Desafio Internacional das Estrelas, marcado para este final de semana. O passeio exclusivo para proprietários do roadster da Can-Am inclui camarote VIP e visita aos boxes do kartódromo do Beto Carrero World, em Balneário de Penha (SC). A corrida de kart inclui grandes feras do automobilismo mundial, como os pilotos da Formula 1 Felipe Massa e Fernando Alonso.
Além dos pegas na pista, o caminho até a cidade catarinense promete ser o ponto alto do passeio. A proposta inicial da Comunidade Spyder é justamente oferecer diversão na estrada, “habitat natural” do roadster, dando motivos de sobra para tirar o veículo da garagem. Estão confirmados proprietários de diversas localidades e todos eles irão receber um kit exclusivo do evento com boné, camiseta e adesivo.
O Desafio Internacional das Estrelas tem ainda nomes como Cacá Bueno, Bia Figueiredo, Kamui Kobayashi, Bruno Senna, Nelsinho Piquet, Thiago Camilo, Luciano Burti e Ricardo Zonta. A programação do evento inclui a disputa do Kart dos Artistas – com o ator Mascos Pasquim, entre outros famosos. O sábado será dia dos treinos livres e cronometrados, além da primeira bateria dos dois torneios e show de motocross freestyle. A segunda a decisiva corrida do Desafio está marcada para domingo.
Sobre a BRP – A Bombardier Recreational Products Inc (BRP) é uma empresa privada, líder mundial em projeto, desenvolvimento, fabricação, distribuição e marketing de veículos recreativos motorizados. Seu portfólio de marcas e produtos inclui: snowmobiles Ski-Doo e Lynx, jets e lanchas Sea Doo, motores de popa Evinrude e Johnson , veículos ATV, Side-by-Side e roadsters Can-Am e também motores Rotax. Os produtos da BRP são distribuídos em mais de 100 países. Site: www.brp.com
Sea-Doo, Ski-Doo, Lynx, Evinrude, Johnson, Can-Am, Rotax e o logotipo BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais pertencem a seus respectivos titulares.

Fonte:

Mundo Press Jornalismo Estratégico

www.mundopress.com.br

Comente aqui


Niterói Rally Team anuncia a participação no Rally Internacional dos Sertões

Equipe confirma a parceria “100% sem comparação” pelo sexto ano consecutivo com a Cervejaria Petrópolis e dará início a novos desafios em 2013, entre eles, a participação no maior rali do Brasil

09 de janeiro de 2013 – Uma das equipes de maior representatividade no rali nacional, a Niterói Rally Team, renovou a parceria por mais um ano com a Cervejaria Petrópolis e defenderá dentro e fora das trilhas as marcas da Cerveja Itaipava e TNT Energy Drink.
Só que, neste ano, os voos serão mais altos e a projeção dos patrocinadores ainda maior: o piloto e coordenador do time, Ricardo Barra, confirmou participação da Niterói Rally Team no Rally Internacional dos Sertões – competição tradicional com mais de 5 mil quilômetros que atravessa em torno de cinco Estados do sertão brasileiro.
“Já fizemos todo o nosso planejamento para 2013. Além do Rally dos Sertões, alinharemos nossos veículos no Rally Cerapió, Rally Transcatarina, Rally Estado de São Paulo, e claro, a Mitsubishi Cup. Também participaremos de outros eventos mais curtos, buscando sempre o topo do pódio”, declarou Barra. Outra novidade está na aquisição de uma Mitsubishi Pajero Full, destinada aos ralis de regularidade. “Resolvemos investir pesado em um veículo que nos dê confiabilidade e competitividade nas mais exigentes competições. Para a Mitsubishi Cup, permaneceremos com a sempre eficiente Mitsubishi Pajero TR4 ER”, completou.
Entre os integrantes da Niterói Rally Team, a configuração permanecerá a mesma de 2012, Ronald e Rodrigo Leis na Mitsubishi Cup e Ricardo Barra, na pilotagem das demais provas, contando com a navegação de Ronald. “Estamos bem ansiosos para iniciar esta nova temporada. Temos uma equipe multifuncional, capacitada para exercer com perfeição qualquer um dos postos que nos for atribuído”, concluiu Ronald.
O primeiro compromisso da Niterói Rally Team será o Rally Piocerá. O evento largará de Teresina, PI, no dia 18 de janeiro. Serão quatro dias de disputas e 930 quilômetros pelo Nordeste do País, com destino a Fortaleza, CE. O certame terá fim no dia 25.
A Niterói Rally Team tem patrocínio de Cerveja Itaipava e TNT Energy Drink

Crédito das Fotos: Cadu Rolim/Auto Terra – Mazzei Fotos

Fonte:

Liberdade de Ideias
Isis Moretti

www.liberdadedeideias.com.br

 

 

 

 

Comente aqui


Corrida virtual: para quem gosta de velocidade sem riscos

Após surpreender em 2012, sendo a única liga do Brasil a gerar transmissões AO VIVO em HD 720p, o iRacing Brasil prepara para 2013 uma grande premiação em suas categorias de NASCAR

As temporadas de NASCAR do iRacing Brasil em 2013 irão distribuir R$ 4.000,00 Reais em dinheiro vivo para os melhores pilotos de NASCAR no campeonato anual. Além da premiação em dinheiro, o iRacing Brasil também está negociando parceria com um grande autódromo brasileiro, e uma marca internacional de produtos para simulação, afim de aumentar ainda mais as premiações aos seus pilotos em 2013.

Além das premiações acima, as temporadas de 2013 também contarão com premiação em troféus, medalhas e camisetas do iRacing Brasil para os pilotos e equipes vencedoras em todas as temporadas.

Todas as categorias (Impala A, Impala B e Truck), participarão do ranking anual. Porém, haverá peso para cada uma dessas categorias. O Peso das categorias será dividido da seguinte forma: Impala A: 10 pontos bônus por etapa; Impala B: 5 pontos bônus por etapa; Truck: 2 pontos bônus por etapa. 

O piloto que se inscrever em mais de uma categoria terá mais chances de vencer, uma vez que o seu melhor resultado na semana, será o resultado computado no ranking anual.

Exemplo: Piloto se inscreve nas categorias de NASCAR A, B e C. Digamos que ele faça 25 pontos na A, 27 na B e 43 na C. Com a bonificação, o piloto pularia para 35 pontos na A, 32 pontos na B e 45 pontos na C. Neste caso, seria usado o maior valor. Ou seja, os 45 pontos feitos na categoria C. Outro bom exemplo, é para o caso de acidentes ou necessidade de falta em uma das etapas. Como o campeonato anual não tem descarte, o piloto poderia faltar se necessário ou até estar envolvido em um acidente, que ainda assim terá o resultado de sua outra categoria como pontuação.

Para quem não sabe como funcionará o Ranking, este link (CLIQUE AQUI), é referente ao Ranking atual do iRacing Brasil de NASCAR

Como é possível ver no Ranking atual, sete pilotos ainda brigam pelo título de 2012. Caso a premiação do próximo ano estivesse valendo para o Ranking atual, a premiação iria até o 20º colocado desta tabela.

Os valores para os vencedores serão os seguintes:

1º – R$ 800,00
2º – R$ 600,00
3º – R$ 500,00
4º – R$ 300,00
5º – R$ 250,00
6º – R$ 220,00
7º – R$ 200,00
8º – R$ 180,00
9º – R$ 160,00
10º – R$ 150,00
11º – R$ 130,00
12º – R$ 100,00
13º – R$ 90,00
14º – R$ 80,00
15º – R$ 70,00
16º – R$ 50,00
17º – R$ 30,00
18º – R$ 30,00
19º – R$ 30,00
20º – R$ 30,00

Não perca tempo! Avise aos pilotos da sua equipe e amigos sobre a temporada de 2013 de NASCAR do iRacing Brasil. A única liga que paga em dinheiro pelo sucesso dos seus pilotos em pista.

Não estamos medindo esforços para oferecer a mesma premiação em nossas temporadas de ROAD. Em breve daremos mais informações.

Atenciosamente;

iRacing Brasil

 

Comente aqui


Mustang Shelby com a tecnologia Ford EcoBoost será atração em Detroit

A Shelby American vai apresentar no Salão de Detroit, nos Estados Unidos, que abre para o público de 19 a 27 de janeiro, uma nova versão esportiva do Mustang com a tecnologia Ford EcoBoost, que combina alta potência e economia de combustível. Além desse modelo, outra atração será o Mustang GT500 Super Snake, o melhor esportivo de todos os tempos criado pela Shelby.

Os veículos foram idealizados pelo lendário piloto e designer de carros especiais Carroll Shelby, que morreu em maio de 2012, aos 89 anos, mas deixou iniciado os seus projetos. “O Shelby GT500 Super Snake que vamos mostrar agora em Detroit traz um novo kit alargador da carroceria, como o que foi visto no Shelby GT500 Cobra especial, produzido em unidade única como tributo a Carroll Shelby, que permite o uso de pneus ultralargos na traseira, nas medidas 345 ou 355”, afirma John Luft, presidente da Shelby American.

O primeiro Shelby com motor EcoBoost, tecnologia inovadora da Ford, será outra surpresa do salão. “Não posso dar muitos detalhes agora, mas vou repetir uma afirmação de Carroll Shelby no ano passado: acho que veremos a indústria se voltar completamente para motores pequenos com turbo. Esse é o único caminho para atingir a economia de combustível que as novas regulamentações exigem”, comenta Gary Patterson, vice-presidente da Shelby American.

Expectativa

A potência dos motores é uma das grandes expectativas em torno dos modelos, como sempre se espera de um Shelby. Em 2012, a empresa mostrou em Detroit o GT500 Super Snake com 860 cv – um dos três carros comemorativos de 50 anos da Shelby baseados no Mustang, ao lado do GT350 e do GTS.

Durante mais de meio século, a Ford e a Shelby desenvolveram, construíram e venderam de forma conjunta veículos que figuram entre os mais fantásticos “muscle cars” da história. Hoje, para ter o seu Mustang transformado em um GT350 ou Super Snake, o cliente precisa comprar o carro e enviá-lo à Shelby American para preparação em Las Vegas.

Fonte: Imprensa Ford (08/01/2013)

 

Comente aqui