Mês: julho 2013



Rally dos Sertões: Equipe Acelera passa pela etapa do Jalapão nesta quarta (31)


Luiz Facco e Humberto Ribeiro enfrentam a Especial mais longa da prova e também a mais temida pelas dificuldades em piso arenoso

Se o Rally dos Sertões fosse fácil, não teria graça, pois quanto maior a dificuldade imposta pelo trajeto, maior o prazer em superar os obstáculos. E é desta fora que a Equipe Acelera Siriema encara o duro roteiro da 21ª edição, que nesta quarta-feira (31) chega ao sétimo dia. Após vencer a quinta etapa, com o melhor tempo da Pró Brasil, Luiz Facco e Humberto Ribeiro, garantiu o quarto tempo na categoria, na terça (30), quando fechou o trecho cronometrado de 355 quilômetros, em 3h57m55s, tempo este o nono da geral, entre os 45 carros que estão na disputa.

A dupla vinha com um bom ritmo na prova e estava entre os ponteiros da categoria, mas foi prejudicada por um dos carros que estava atolado em um local crítico e foi obrigada a parar para ajudá-los, perdendo preciosos minutos que custaram algumas posições. “A prova de altíssima velocidade, com trechos mais largos e abertos e foi muito gostosa de andar. Passamos bem pela maratona (etapa onde não podem receber apoio mecânico), mas o desafio maior é o enfrentar a etapa de hoje (31) no Jalapão pela complexidade do trajeto e com temperatura ambiente acima dos 40 graus.

Vamos precisar de competência e sorte”, afirma Facco antes da largada. Para o navegador, o rali começa a se definir, para quem passar pela etapa do Deserto do Jalapão. “De qualquer maneira o saldo é positivo, pois temos um carro fantástico e toda a equipe é comprometida e faz um ótimo trabalho. Estamos no caminho certo e os incidentes que acontecem são normais para um rali como o Sertões. O Jalapão é uma incógnita que vamos encarar, mas gostamos deste desafio”, diz Ribeiro.

Nesta quarta, está sendo um dos trechos mais difíceis de todo o rali devido as temidas areias, o calor excessivo e o percurso que exigirá resistência de equipamentos e também um preparo físico de pilotos e navegadores. O percurso será em forma de laço, sai de Palmas e retorna a Palmas, no Tocantins. A Especial promete. O rali termina no sábado, 3/8, em Goiânia (GO), quando completará o roteiro de 4.115 quilômetros.

Para acompanhar a equipe no rali – Neste ano, a Yokohama uma das patrocinadoras da equipe está com uma Fan Page www.facebook.com/pneusyokohama que traz um diário de bordo com vídeos e entrevistas da dupla, durante a aventura pelo Rally dos Sertões. Será possível acompanhar também notícias diárias da equipe no blog www.webventure.com.br/comunidade/blog/home/id/37

A Equipe Acelera Siriema, que tem sede na região de Alphaville, me São Paulo, tem o patrocínio da Gonçalves S/A Indústria Gráfica, Yokohama e apoio da Fontoura Dias e Acelera Siriema Rally.

Resultado 6ª etapa – Categoria Pró-Brasil (extra-oficial)
1) Marcos Cassol/Luis Felipe Eckel, 03:52:03
2) Jorley Jr./Maykel Justo, 03:53:56
3) José Sawaya/Marcelo Haseyama, 03:57:10
4) Luiz Facco/Humberto Ribeiro, 03:57:55
5) Hugo Rodrigues/Kaique Bentivoglio, 03:58:49
6) Mauro Guedes/Neurivan Calado, 04:00:17
7) Jorge Wagenfuhr/Marcos Panstein, 04:45:46
8) José Silmar Nogueira/Alyson Antunes, 05:12:12
9) Cleber Rosa/Eduardo Rebouças, 05:48:39
10) Marcus Cotton/Eduardo Costa, NC
11) Luís Nacif/Felipe Oliveira, NC

Resultado Acumulado, após 6ª etapa – Categoria Pró-Brasil (extra-oficial)
1) Marcos Cassol/Luis Felipe Eckel, 16:13:39
2) Jorley Jr./Maykel Justo, 16:49:01
3) Mauro Guedes/Neurivan Calado, 16:56:18
4) Luiz Facco/Humberto Ribeiro, 19:07:11
5) Cleber Rosa/Eduardo Rebouças, 19:21:23
6) José Silmar Nogueira/Alyson Antunes, 20:48:25
7) Marcus Cotton/Eduardo Costa, 22:37:54
8) Jorge Wagenfuhr/Marcos Panstein, 23:02:38
9) José Sawaya/Marcelo Haseyama, 23:21:54
10) Luís Nacif/Felipe Oliveira, 28:49:05
11) Hugo Rodrigues/Kaique Bentivoglio, 31:00:16

Crédito das Fotos: Fábio Davini/DFOTOS e Sanderson Pereira/Photo-S

Fonte:
Assessoria de Imprensa – Equipe Acelera Siriema
Mércia Suzuki e Caroline de Paula

Comente aqui


Troller Racing/Território Motorsport segue líder na Production T2 e encara nesta quarta o Jalapão

Após passarem ilesos pelos dois dias de etapa maratona, os dois Troller T4 enfrentam a Etapa mais longa e difícil do Rally dos Sertões

O dia será longo, a maior Especial do Rally dos Sertões, serão 746 quilômetros, sendo que 514 de trechos cronometrados, que passará nesta quarta-feira (31) pelo Deserto do Jalapão, no Tocantins. Já tradicional no roteiro do Rally dos Sertões esta região reserva além da beleza, um trajeto recheado de aventura, estradas de fazendas, trechos travados com trial, travessia de rio, valetas, lajes, além da temida areia que domina a região. Para os Trollers T4, uma das características do veículo é a facilidade com que enfrentam o terreno arenoso, então a Equipe Troller Racing/Território Motorsport largou na manhã de hoje, focada em um bom desempenho das duplas, que disputam a sétima e etapa.

Líderes na categoria Production T2, Ulysses Marinzek/João Víctor Ribeiro (carro 332) terminaram bravamente a etapa maratona (não é permitido manutenção dos veículos durante duas Especiais) de 355 quilômetros de trechos cronometrados, entre Natividade e Palmas (TO). Com estratégia, experiência e um bom equipamento, a dupla completou a sexta etapa (30) na terceira posição da categoria, com o tempo de 4h31m05s.

“Adotamos uma pilotagem mais conservadora para terminar a maratona, mas com o resultado abrimos mais a vantagem na liderança que era nosso objetivo. O Jalapão é um desafio para todos, vamos lutar para terminar os 500 quilômetros de Especiais e manter esta vantagem”, diz o mineiro Marinzek. Para o navegador a estratégia continua no dia de hoje. “Além das adversidades do trajeto, vamos ter de lidar também com a alta temperatura, um item que deve ser levado em consideração para os veículos, como para nós competidores, tanto que a organização já orientou para nos hidratarmos muito bem”, ressalta o goiano.

Na quarta posição no acumulado, a dupla Fabio Cadasso /Fábio Grochowsky (carro 333) garantiu o quarto lugar na sexta etapa, com 4h41m58s, satisfeita com o desempenho. ” Foi fantástico nosso desempenho no trecho de areia que enfrentamos imagino como será no Jalapão, porque o equipamento faz a diferença também”, diz o navegador Grochowsky. Mas quem estava muito animado na largada desta quarta-feira era o Cadasso, que tem como “quintal de sua casa” as trilhas dos Lençóis Maranhenses. “´É a primeira vez que disputo o Sertões com um Troller e estava contando os dias para chegar a etapa do Jalapão, quero passar bonito pelas areias”, brinca o piloto do Maranhão, que completa: “Nestes dias adquirimos mais confiança um no outro e ontem (30) fizemos nossa melhor etapa pois, estamos mais entrosados e confiantes para encarar o dia mais longo da prova.”

A 21ª edição do Rally dos Sertões termina no sábado, 3, quando a caravana retorno a Goiânia (GO).

Para acompanhar a aventura das duplas basta acessar o site da www.territoriomotorsport.com.br/troller, as redes sociais no Facebook Equipe Troller Racing e no Twitter @trollerracing ou mesmo o blog www.webventure.com.br/sertoes2011/blog/home/id/101

A Equipe Troller Racing/Território Motorsport, que tem sede em Tatuí (SP), conta com patrocínio da Motorcraft, Pirelli, Castrol, Alfa Seguradora, Gabardo, Wurth ,Truckvan e Mateus e apoio da Garrett, OffShox e EcoPads.

Resultado 6ª etapa – Categoria Production T2 (extra-oficial)
1) Rodrigo Leis/Ronald Leis, 04:23:09
2) Willem van Hees/Doris van Hees, 04:30:03
3) Ulysses Marinzeck Filho/Joao Victor Ribeiro, 04:31:05
4) Fabio Cadasso/Fabio Grochowsky, 04:41:58
5) Cristiano Rocha/Anderson Geraldi, 04:51:20

Resultado acumulado Production T2, após cinco etapas:
1) Ulysses Marinzeck Filho / João Victor Ribeiro, 19:03:47
2) Rodrigo Leis/Ronald Leis, 19:52:49
3) Cristiano Rocha/Anderson Geraldi, 20:31:44
4) Fabio Cadasso/Fabio Grochowsky, 20:43:16
5) Willem van Hees/Doris van Hees, 26:30:32

Programação Rally dos Sertões
7ª Etapa – 31/07 – quarta-feira
PALMAS (TO) – PALMAS (TO)
Deslocamento inicial: 109 km
Trecho de Especial: 514 km
Deslocamento final: 122 km
TOTAL: 746 km

Crédito das Fotos: Fábio Davini/DFOTOS e Divulgação

Fonte:

Equipe Troller Racing / Território Motorsport
Assessoria de Imprensa
Mércia Suzuki

Comente aqui


Volare promove reestruturação em sua área comercial

Mateus Ritzel é nomeado diretor comercial

Caxias do Sul (RS), 31 de julho de 2013 – A Volare, principal fabricante brasileira de veículos para o transporte de pessoas no segmento leve, reformulou a sua área comercial e nomeou Mateus Ritzel para o cargo de diretor comercial. O executivo passa a ser responsável pelas vendas para os mercados brasileiro e externo.

Segundo Milton Susin, diretor da Unidade de Negócio Volare, as mudanças visam fortalecer a área comercial para dar suporte ao crescimento previsto pela empresa. “Temos crescido em torno de 10% ao ano e estamos expandindo a nossa atuação para toda a América do Sul, o que resultará em mais vendas, ampliação da rede de concessionários e em um maior volume de produção. Naturalmente, precisamos estar preparados para atender a essa futura demanda”, explica o executivo.

Formado em filosofia, pela Universidade Vale Rio Sinos, e MBA Executivo em Marketing e Gestão de Vendas, pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Mateus Ritzel tem ampla experiência em administração empresarial, marketing e vendas. Na Volare desde 2005, foi responsável pela estruturação da rede de concessionárias, em 2010, e pelo  programa de segmentação dos diversos mercados de atuação da marca.

Com 15 anos de atividades, a Volare é líder no Brasil no seu segmento de atuação, com mais de 50% de participação de mercado. A linha de veículos Volare conta com sete diferentes modelos – V5, W6, W7, W8, W9, DW9 e WL – em cinco versões (Executivo, Fretamento, Limousine, Urbano e Escolar), com capacidade para transportar de 15 a 36 passageiros.

Crédito da foto: Júlio Soares

Fonte:

Secco Consultoria de Comunicação

www.secco.com.br

 

 

 

Comente aqui


Após a quarta vitória, Ford Cargo 1933 4×4 de Piano/Mendes/Sales segue nesta quarta para o Jalapão

 


Ford Racing Trucks/Território Motorsport vence também a sexta etapa do Rally dos Sertões e segue líder com cerca de 1h39m de vantagem
O Rally dos Sertões já passou da metade do roteiro de 4.115 quilômetros. Nesta quarta-feira (31), os competidores enfrentam o Deserto do Jalapão. Será um dos trechos mais difíceis de todo o rali devido as temidas areias, o calor excessivo e o percurso que exigirá resistência de equipamentos e também um preparo físico de pilotos e navegadores. O percurso será em forma de laço, sai de Palmas e retorna a Palmas, no Tocantins. A Especial promete e a equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport está preparada para mais um desafio.

Até aqui, o trio Edu Piano, Solon Mendes e Carlos Sales venceu quatro etapas, além do Prólogo e Super Prime. A bordo do Cargo 1933 4×4 os líderes nos Caminhões contam como foi a vitória da última etapa, na terça-feira (30), quando percorreram 182 quilômetros, em 2h13m35s, e finalizaram a segunda parte da etapa maratona, onde por cerca de 900 quilômetros não podiam receber apoio mecânico.

“Foi um dia duro também, mesmo os caminhões fazendo um trecho mais curto pegamos muita erosão, e também trechos de velocidade, onde pudemos acelerar. Vencer a quarta Especial seguida no Sertões foi importante porque abrimos uma vantagem de 1h39m. Tem muito rali ainda pela frente, mas este resultado é bom demais para a equipe”, diz o piloto de Tatuí (SP), que já conquistou cinco títulos no Rally dos Sertões, um na geral dos Carros e quatro nos Caminhões.

Para Mendes, entrar na etapa do Jalapão tendo esta larga vantagem já faz diferença. “Eu particularmente estou acostumado a andar na areia e gosto muito deste trajeto, quanto mais difícil melhor. Mas sabemos que a etapa de hoje (31) será seletiva, pois quem sair dela pode começar a pensar no final do rali. Mesmo abrindo esta vantagem, mais do nunca precisamos usar a estratégia de largar e chegar todos os dias, ainda temos quarto dias pela frente”, diz o experiente navegador cearense, que compete no off-road há 23 anos.

Piano que além de piloto, chefe de equipe é também preparador de veículos de competição ressalta a evolução do Ford Cargo 1933 4×4 de um ano para cá. “As melhorias que desenvolvemos foram essenciais, mas certamente a nova potência do motor, aliada a nova turbina da Garrett fez toda a diferença, porque ela é fantástica e deixou o caminhão muito mais rápido, pudemos comprovar isto depois dos dois dias de maratona que passamos”, elogia Piano.

Informações da equipe no www.territoriomotorsport.com.br/rally e no blog www.webventure.com.br/sertoes2011/blog/home/id/42, assim como nas redes sociais no Facebook Ford Racing Trucks e no Twitter @fordracingtruck.

A equipe Ford Racing Trucks/Território Motorport, que tem sede em Tatuí/SP, conta com patrocínio da Ford Caminhões, Garrett, Cummins, Gafor Logística e apoio da Eaton, Truckvan, Suzaquim, Mateus, EcoPads, Tortuga, IST Sistemas, Plato Diesel, Super Cooler, Fix Implementos e Caoa Caminhões.

Programação Rally dos Sertões
7ª Etapa – 31/07 – quarta-feira
PALMAS (TO) – PALMAS (TO)
Deslocamento inicial: 109 km
Trecho de Especial: 514 km
Deslocamento final: 122 km
TOTAL: 746 km

Crédito das Fotos: Fábio Davini/DFOTOS e Doni Castilho/DFOTOS

Fonte:

  • Assessoria de Imprensa
    Ford Racing Trucks/Território Motorsport
  • Mércia Suzuki
Comente aqui


Ford Mustang ganha manopla do câmbio com tecnologia tátil dos videogames

Um dos maiores atrativos dos novos videogames é a sensação física que os seus controles dão para o jogador – a chamada resposta tátil. Esse mesmo conceito foi aplicado na manopla do câmbio de um Ford Mustang Shelby GT500, que vibra para informar ao motorista o momento ideal da troca de marchas, como um controle de videogame ou celular.

O sistema foi criado por Zach Nelson, jovem engenheiro da Ford, unindo as tecnologias da plataforma OpenXC da Ford, impressão 3D, conectividade sem fio e o Xbox 360 da Microsoft, como mostra o vídeo em inglês disponível neste link.

A plataforma OpenXC da Ford, de hardware e software de código aberto, permite que os desenvolvedores criem aplicativos acessando informações do carro, como ângulo do volante, posição GPS e velocidade, por uma porta de diagnóstico. “Eu quis criar algo que expandisse a capacidade do carro e melhorasse a experiência para o motorista”, diz Zach Nelson.

Customização

Há quase 50 anos, a personalização tem sido parte do sucesso do Mustang. Hoje, além das mudanças tradicionais no motor, suspensão e estilo, a customização chegou aos softwares do carro.

Zach Nelson formou-se no Instituto de Tecnologia de Massachusetts e entrou na Ford em 2012, no Centro de Pesquisa e Inovação, onde conheceu o Open XC. Com base nessa plataforma projetou o aplicativo que usa os dados em tempo real do motor – como rotações por minuto, posição do pedal do acelerador e velocidade do veículo – para calcular o ponto ideal de troca de marcha. Os dados são transmitidos para um tablet por conexão Bluetooth, usando o adaptador OpenXC.

Nelson começou o projeto modificando um modelo digital da manopla do câmbio do Ford Focus ST. Ele aumentou o seu tamanho para acomodar os circuitos eletrônicos e produziu a peça em uma impressora 3D. Depois, instalou um controlador Arduino com entrada mini-USB, uma tela de LED, LEDs coloridos e o motor vibrador do controle do Xbox 360 da Microsoft.

“Testei a manopla vibradora em vários veículos, como o Mustang e o Focus ST”, diz Nelson. “Para deixá-lo mais divertido, instalei uma tela de LED que informa a marcha em uso e luzes coloridas que brilham à noite.”

Para usar o aplicativo em outros veículos basta ajustar a sua calibração à curva de torque do motor. Monitorando a velocidade e o pedal do acelerador, o sistema adapta a estratégia de controle ao estilo do motorista e pode ser programado para oferecer melhor performance, conforto ou economia de combustível.

A customização de carros esportivos, como o Mustang, mostra que há um futuro promissor para desenvolvedores e calibradores usando o OpenXC.

“O OpenXC é uma grande plataforma para o desenvolvimento de aplicativos e upgrades. O mesmo conceito também pode ser aplicado em transmissões automáticas com trocas no volante e direção elétrica”, diz Nelson.

Fonte: (30/07/2013) Imprensa Ford

 

Comente aqui


Renault destaca produtos e soluções para atender o setor atacadista na Feira ABAD 2013

A Renault do Brasil estará presente na ABAD 2013, uma das maiores exposições brasileiras de produtos e implementos destinados ao público atacadista e distribuidor, que acontece em Fortaleza, entre os dias 5 a 8 de agosto, no Centro de Eventos do Ceará.
Durante o evento, que é promovido pela Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores, a Renault estará expondo o Novo Master Chassi Cabine (Baú) e o Kangoo Express, modelos que atendem com eficiência a demanda do setor, principalmente nos grandes centros urbanos, onde as leis que restringem a circulação de veículos pesados e o intenso trânsito urbano dificultam a locomoção por ruas e avenidas.

A linha 2014 do Novo Master mostra que um veículo concebido para pegar no pesado pode ter um design robusto e atraente. Produzido na fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, o modelo totalmente novo em relação à geração anterior, é equipado com o motor 2.3 litros, de 130 cv. Além do Chassi Cabine, o Novo Master está disponível nas versões de carroceira Minibus, Furgão e Vitré, e em várias opções diferentes em relação ao comprimento e a altura do teto do veiculo, totalizando mais de 70 configurações

A exemplo do Novo Master, o Kangoo Express também pode ser transformado para se adaptar a uma grande variedade de aplicações, como, por exemplo: padarias, franquias, floriculturas, lavanderias, pet shops, entre outros. Entregar cargas com rapidez e economia fica mais fácil com o Kangoo Express, pois seu motor bicombustível 1.6 16V Hi-Flex possui excelente torque, além de manter o desempenho, mesmo com carga máxima. O modelo apresenta baixo consumo de combustível e recebe a classificação “A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, elaborado pelo Inmetro.

Renault Pro+

Além dos modelos a Renault também estará apresentando as vantagens oferecidas pelo programa “Renault Pro+”, um tratamento especializado com foco nos comerciais leves da marca, incluindo desde a consultoria no momento da compra até a manutenção programada. O “Renault Pro+” é formado por uma rede de concessionárias credenciadas em todo o território nacional, com área específica, dedicada exclusivamente à exposição e à manutenção de veículos utilitários.

Com base em pesquisa com clientes profissionais tanto da Renault quanto de outras marcas concorrentes, foram extraídas as principais necessidades deste tipo de público e então traduzidas em 12 metas que são monitoradas constantemente pela montadora junto à rede de concessionárias. Assim, existe a garantia de que o Renault Pro+ sempre vai oferecer:

1.  Área exclusiva para empresas e clientes profissionais;

2.  Equipe especializada em utilitários, taxistas e pessoas com deficiência;

3.  Ampla exposição de veículos utilitários;

4.  Test-drive em veículos de passeio e utilitários;

5.  Proposta de utilitários ou transformados em até 48h;

6.  Apresentação de um técnico da oficina na entrega do veículo;

7.  Acesso gratuito à internet;

8.  Manutenção de utilitários de até 5 toneladas

9.  Oficina com atendimento prioritário para taxistas e clientes profissionais;

10. Revisões programadas no manual com entrega em 24h;

11. Lavagem de cortesia para carros com passagem pela oficina;

12. Prática de custos de manutenção competitivos, conforme a revisão preço fechado

Gerenciamento da frota

Aos clientes pessoas jurídicas a Renault oferece mais uma comodidade: o “Solução Renault Pro+”, que permite ao consumidor alugar um veículo diretamente da fábrica, com um custo mensal acessível, já incluindo manutenção preventiva, seguro, documentação completa (IPVA, Licenciamento e Emplacamento) e assistência 24 horas.

O Solução Renault Pro+ é dedicado a pequenas empresas que não querem imobilizar recursos na aquisição de um veículo ou arcar com custos de mão-de-obra para o gerenciamento e manutenção da frota. São oferecidos contratos de locação de veículos com planos de vão de 24 a 48 meses.

Redução de custos; previsibilidade de gastos com a frota e eliminação de riscos relacionados à desvalorização do veículo na revenda são algumas das vantagens do programa, já existente em vários mercados da Europa, como a França, por exemplo.

Toda a linha Renault à venda no mercado nacional faz parte do programa, inclusive os utilitários Novo Master e Kangoo Express; e o serviço pode ser adquirido em qualquer uma das mais de 200 concessionárias da marca em todo o País.

Feira ABAD: 33ª CONVENÇÃO ANUAL DO ATACADISTA E DISTRIBUIDOR e 16º SWEET BRASIL INTERNACIONAL EXPO

Local: Centro de Eventos do Ceará – Av. Washington Soares, 1141 – Fortaleza / CE.

Data: 05/08/2013 a 08/08/2013

www.abad2013fortaleza.com.br

Fonte:

Assessoria de Imprensa Renault

Simone Brombay – Institucional
Ubirajara Alves – Institucional
GlendaPereira – Produto
Arthur Lustosa Santos – Produto

Comente aqui


Ford confirma participação da Nova Ranger no Rally Dakar 2014 na América do Sul

A Ford confirmou a participação de duas picapes Nova Ranger no Rally Dakar 2014, que será realizado de 5 a 18 de janeiro na América do Sul. Os veículos do Team Ford Racing estão sendo preparados por um time global na África do Sul e serão pilotados pelo argentino Lúcio Alvarez e pelo sul-africano Chris Visser.

“O Rally Dakar é o teste mais radical do mundo para homens e máquinas e estamos empolgados com a oportunidade de participar dessa prova com um time fenomenal, que une uma grande experiência global”, diz Jeff Nemeth, presidente da Ford África do Sul.

A transmissão do Rally Dakar 2013 foi vista por mais de 1 bilhão de espectadores na TV em todo o mundo e mais de 4,6 milhões de pessoas viajaram à América do Sul para acompanhar a prova ao vivo.

“O Dakar é realmente uma vitrine internacional para veículos off-road”, diz Dave Schoch, vice-presidente de grupo da Ford Ásia Pacífico. “Estamos satisfeitos de reunir um time global que tem uma experiência excepcional nessa prova e capacidade de correr extremamente bem com a Ford Ranger.”

Preparação

As Ford Ranger que vão competir no Rally Dakar 2014 são da versão cabine dupla 4×4, com motor V8 5.0 de alumínio com duplo comando variável de válvulas independente, potência de 353 cv e torque de 560 Nm. Têm transmissão sequencial de seis marchas, pesam 1.975 kg e atingem a velocidade máxima de 170 km/h.

As duas picapes estão sendo preparadas na África do Sul, com assistência do time global de desenvolvimento do produto e do time de veículos especiais da Ford (SVT), junto com outros parceiros. Uma delas já está pronta e vai iniciar os testes em agosto. A outra está sendo montada e estará completa no final de outubro. Um time totalmente dedicado de 24 pessoas dará retaguarda aos veículos para enfrentar o desafio do Dakar.

Desafio de 8.500 km

O Rally Dakar 2014 será a 35ª edição do evento e a sexta consecutiva na América do Sul. O seu roteiro será desafiador como sempre. Ele terá início em Rosário, na Argentina, em 5 de janeiro, e chegada em Valparaíso, no Chile, em 18 de janeiro, após 13 etapas e uma distância total de mais de 8.500 km.

Em 2014, o Rally Dakar continuará a explorar a região dos Andes e terá pela primeira vez uma passagem pela Bolívia. Sem dúvida, será uma etapa para pôr à prova a resistência dos veículos e pilotos.

“Temos muito trabalho a ser feito nos próximos meses. O Dakar é um grande desafio, mas temos um time excepcional, dedicado e com pessoas que trabalham duro, contra o relógio, para a largada que será dada logo depois do Ano Novo”, conclui Schoch.

Fonte: (31/07/2013) Imprensa Ford

 

Comente aqui


Rally dos Sertões: Após etapa maratona Equipe Candide se mantém em terceiro na categoria


Marcelo Damini e Elson Meneses fecham a sexta etapa em quinto na Super Production. Equipe de Santos parte nesta quarta (30) para o dia mais longo do rali com 746 km

Ao observar os resultados do Rally dos Sertões até o momento Marcelo Damini e Elson Meneses só têm a comemorar. Após dois dias de maratona – com quase 900 quilômetros sem apoio mecânico – a Equipe Candide segue em terceiro lugar na Super Production pelo acumulado dos seis dias de competição e ocupa a 11º posição na classificação geral, numa lista de 45 carros. Nesta terça-feira (30), na sexta etapa, Damini e Meneses chegaram em quinto, na categoria, com 4h05min16s.

O bom resultado se deve à preparação da Mitsubishi Triton L200 RS e também da experiência dos competidores. Piloto e navegador encararam 355 quilômetros de rali entre Natividade à capital do Tocantins: “Hoje (30) foi dia de alta velocidade e com uma curta zona de trial. Desenvolvemos bem, pegamos um ritmo bom de prova e o importante é que saímos da maratona sem problemas e conseguimos manter ainda a terceira colocação na categoria”, conta Damini, pilotos de Santos (SP).

Estar próximo do ‘top ten’ da 21ª edição do segundo maior rali do mundo é o que deixou a Equipe Candide mais satisfeita, mesmo com imprevistos nesta etapa: “Alcançarmos o 11º na geral em meio a máquinas mais potentes e isto é muito gratificante, pois estamos com um carro onde a preparação é um nível abaixo. É melhor ainda vermos este resultado depois de um dia onde um dos aparelhos de navegação quebrou e tive que me adaptar, mas deu tudo certo!”, comemora o navegador brasiliense.

O Jalapão voltará à rota dos competidores do Rally dos Sertões nesta quarta-feira. A partir de agora, o evento segue de volta à Goiânia (GO), mas antes passará pelo temido deserto da região Centro-Oeste. Serão mais 514 quilômetros de Especial, e um momento de cuidado extremo: “Amanhã (31) é dia de Jalapão, que é uma outra história e vamos ser cautelosos, sem deixar de ser competitivos”, afirma Damini. No dia 3 de agosto, o Sertões termina em Goiânia (GO) após 4.115 quilômetros percorridos.

Ação social – Na Equipe Candide não é só rali. A equipe alia o esporte e a competitividade à responsabilidade social. Como aconteceu nos anos anteriores, durante o Rally dos Sertões, a equipe distribuirá cerca de 2 mil brinquedos às crianças carentes que residem nas cidades por onde o rali passará ao longo dos 10 dias de disputa. Com tradição de mais de 45 anos no segmento de brinquedos, a Candide é a maior fabricante e importadora do setor do Brasil.

Para acompanhar a aventura da equipe no Rally dos Sertões é possível acesse o blog http://www.webventure.com.br/comunidade/blog/home/id/116.

A dupla Marcelo Damini e Elson Meneses conta com o patrocínio da Candide.

Resultado extra-oficial 6ª etapa – Super Production: (30/7)
1) 336 Gunter Hinkelmann /Pipo Mirone, 3:56:00
2) 311 Rafael Cassol /Lélio Carneiro Jr., 3:58:50
3) 312 Régis Maia/Ana Carolina Braga, 4:03:59
4) 318 Glauber Fontoura/Minae Miyauti, 4:05:16
5) 328 Marcelo Damini /Elson Oliveira, 4:16:56
6) 346 Helena Soares/Claudia Grandi, 5:13:14
7) 343 Armando Cruz /Sergio Bessa, 5:42:02
8) 337 Helena Deyama/Rafael Dias, 6:00:00
9) 342 Bartolomeu Carvalho/Celio Di Pace Neto, 6:00:00

Resultado acumulado – Super Production (três primeiros)
1. Glauber Fontoura/ Minae Miyauti 16:47:31
2. Rafael Cassol / Lélio Carneiro Jr. 16:57:05
3. Marcelo Damini / Elson Meneses 18:00:37

Programação Rally dos Sertões
7ª etapa: 31/07, quarta-feira
Palmas (TO) – Palmas (TO)
DI: 109 km
TE: 514 km
DF: 123 km
TOTAL: 746 km

Credito das Fotos: Sanderson Pereira/Photo-S

Fonte: Assessoria de Imprensa – Equipe Candide
Mércia Suzuki e Caroline de Paula

Comente aqui


FD Rally Team passa pelos dois dias de maratona e segue líder na Super Production no Rally dos Sertões


Glauber Fontoura e Minae Miyauti terminam em quarto na categoria, nesta terça-feira (30) e, lidera com dez minutos de vantagem. Quarta é dia de Jalapão

A dupla Glauber Fontoura e Minae Miyauti resolveu andar forte na sexta etapa (30/7) do 21º Rally dos Sertões. Mas na segunda metade da Especial, que teve 355 quilômetros, a Equipe FD Rally Team acelerou e levou um susto: “Vínhamos rápidos no trecho, porque era de alta velocidade. Mas fizemos uma curva para direita muito fechada, na descida de uma serra, e ficamos pendurados em um precipício. Nossos adversários nos ajudaram a sair de lá, mas fomos ultrapassados”, relata o piloto Fontoura que segue líder da Super Production.

Segundo o piloto, a dupla perdeu cerca quatro minutos com o imprevisto e resolveu não abusar mais da velocidade e finalizou o dia em quarto na categoria e em 14º na classificação geral de 45 carros. “Depois do susto resolvemos tirar o pé do acelerador, também porque sem apoio mecânico devido a maratona, achei o carro meio solto e não quis mais arriscar, mesmo assim continuamos na liderança que foi o mais importante”. Além disso, a FD Rally Team segue em sexto na classificação geral.

Nesta quarta-feira (31) a caravana do Sertões começa o caminho de volta a Goiás, com uma especial em Palmas, passando pelo Deserto do Jalapão. Será a etapa mais longa desta edição, com 514 quilômetros de trecho cronometrado e mais 232 quilômetros de deslocamentos. A estratégia da FD Rally Team mantém-se com o foco de finalizar um dia de cada vez e, com cautela.

“Continuamos firme no propósito de terminar todas as etapas, sem apostar alto para não perdermos a liderança na categoria”, avisa a navegadora. “Para mim que estou competindo pela primeira vez a prova inteira e, sou desacostumada a esta rotina de encarar 10 ralis seguidamente é um pouco complicado. Mas ao mesmo tempo me deixa muito feliz! Estamos melhorando a afinidade dia a dia”, descreve Minae.

A FD Rally Team, equipe da região de Alphaville (SP) conta com patrocínio da Fontoura Dias Stands e apoio da Equipe Mitsubishi Brasil. Para acompanhar a dupla durante as o Rally dos Sertões, acesse http://www.webventure.com.br/comunidade/blog/home/id/118.

Resultado extra-oficial 6ª etapa – Super Production: (30/7)
1) 336 Gunter Hinkelmann /Pipo Mirone, 3:56:00
2) 311 Rafael Cassol /Lélio Carneiro Jr., 3:58:50
3) 312 Régis Maia/Ana Carolina Braga, 4:03:59
4) 318 Glauber Fontoura/Minae Miyauti, 4:05:16
5) 328 Marcelo Damini /Elson Oliveira, 4:16:56
6) 346 Helena Soares/Claudia Grandi, 5:13:14
7) 343 Armando Cruz /Sergio Bessa, 5:42:02
8) 337 Helena Deyama/Rafael Dias, 6:00:00
9) 342 Bartolomeu Carvalho/Celio Di Pace Neto, 6:00:00

Resultado acumulado – Super Production (três primeiros)
1. Glauber Fontoura/ Minae Miyauti 16:47:31
2. Rafael Cassol / Lélio Carneiro Jr. 16:57:05
3. Marcelo Damini / Elson Meneses 18:00:37

Programação Rally dos Sertões
7ª etapa: 31/07, quarta-feira
Palmas (TO) – Palmas (TO)
DI: 109 km
TE: 514 km (142 km para caminhões)
DF: 123 km
TOTAL: 746 km

Crédito das Fotos: Sanderson Pereira/Photo-S, Vinícius Branca/Webventure, Marcelo Maragni/ Webventure, David Santos Jr/ Webventure e Ricardo Leizer /Webventure

Fonte: Assessoria de Imprensa – Equipe FD Rally Team
Mércia Suzuki e Caroline de Paula

Comente aqui


Equipe TRT Tep Rally Team encerra maratona em 3º lugar na Protótipos T1 no Rally dos Sertões

 

Dupla do Vale do Paraíba Davison Rabecchi e Deco Muniz termina a sexta etapa do Rally dos Sertões com resultados positivos
Os dias difíceis ficaram para trás e a equipe do Vale do Paraíba (SP), TRT Tep Rally Team, terminou a etapa maratona do Rally dos Sertões com o terceiro melhor tempo da concorrida categoria Protótipos T1. Após enfrentarem problemas nas duas etapas anteriores, Davison Rabecchi e Deco Muniz finalizaram nesta terça-feira (30), os dois dias sem apoio mecânico e completaram os 355 quilômetros de trechos cronometrados em 4h01min58s.

Rabecchi e Deco finalizaram a sexta etapa, que chegou a Palmas (TO), com dez minutos de vantagem para o quarto colocado na categoria. “Foi importante terminar bem classificado nesta etapa. “Ontem (29) largamos para chegar e fizemos uma prova conservadora, mas perdemos muito tempo com uma ponte que caiu. Entramos com recurso e tiraram 25minutos do nosso tempo e, subimos seis posições. E hoje desenterramos a caveira de burro que tinha no motor da nossa Triton!”, brinca o Deco.

O dia terminou bem, mas a dupla novamente superou mais uma adversidade, faltando cerca de 100 quilômetros para o fim da Especial mais um obstáculo que foi superado pela a dupla, que tem sido guerreira desde o início do rali: “Hoje (30) o carro ficou sem freio nos últimos 100 quilômetros do trecho e andamos na raça! No mais gostei da etapa foi bem interessante e rápida”, conta Rabecchi., piloto de São José dos Campos (SP).

Agora, os mecânicos da equipe trabalham pesado na revisão da Mitsubishi L200 Triton SR para a sétima etapa, que será a mais deste Sertões, a prova sai de Palmas e adentra os temidas areias do Deserto do Jalapão, com 514 quilômetros de trecho cronometrado e mais 232 quilômetros de deslocamentos. A partir desta quarta-feira, o 21º Rally dos Sertões fará o caminho de volta até o Goiânia (GO). O evento termina no dia 3 de agosto, após 4.115 quilômetros de rali.

Para acompanhar o dia da dia da dupla durante o Rally dos Sertões acessar o blog www.webventure.com.br/comunidade/blog/home/id/95 ou ainda, o site www.teprallyteam.com.br.

A Equipe TRT Tep Rally Team conta com o patrocínio da Tep Engenharia, Reintech e Supplement apoio da F3 Entretenimento e Cachaça Engenho de Minas.

Resultado extra-oficial 6ª etapa – Protótipos T1 (30/7)
1) 305 João Franciosi / Rafael Capoani 3:48:54
2) 308 Romeu Franciosi / Rogério Almeida 3:52:50
3) 327 Davison Rabecchi / Deco Muniz 4:01:58
4) 306 Klever Kolber / Flávio França 4:11:16
5) 355 Luiz Cláudio Rodrigues / Thiago Silva 4:17:42
6) 303 Marcos Baumgart / Kleber Cincea 5:20:34
7) 304 Christian Baumgart / Beco Andreotti 6:00:00
8) 326 João Cardoso / Sidnei Broering 6:00:00
9) 322 Leandro Torres / Idali Rodrigues Filho 6:00:00

Programação Rally dos Sertões
7ª etapa: 31/07, quarta-feira
Palmas (TO) – Palmas (TO)
DI: 109 km
TE: 514 km
DF: 123 km
TOTAL: 746 km

Crédito das Fotos: Marcelo Maragni/ Webventure, Sanderson Pereira/Photo-S e Doni Castilho/Dfotos

Fonte: Assessoria de Imprensa: Equipe TRT – Tep Rally Team
Mércia Suzuki e Caroline de Paula

Comente aqui