Mês: agosto 2015



Mais conforto a bordo na linha 2016 do Fiat Doblò

Referência no mercado desde o seu lançamento, o Fiat Doblò tem características diversas de um “Family Car”. Com amplo espaço interno, muito conforto e versatilidade, ele é ideal para transportar de até sete pessoas. Ele também oferece uma versão voltada para os negócios na movimentação de cargas.  Agora acaba de chegar à rede Fiat a linha 2016 do Doblò, com novidades que aumentam ainda mais o prazer ao dirigir.

O Fiat Doblò é um veículo reconhecido ainda por sua robustez, pela grande área envidraçada que permite excelente visibilidade, pela ótima posição de dirigir, seu grande porta malas e suas portas laterais corrediças, que facilitam o acesso ao interior do veículo. Agora em sua linha 2016, ele ganha novos conteúdos de série, aumentando ainda mais o conforto a bordo. Confira:

  • A versão Attractive passa a contar com ar condicionado.
  • As versões Attractive e Essence ganham volante com regulagem de altura e predisposição para rádio.
  • A versão Adventure chega com Rádio Connect e sensor de estacionamento traseiro.

A linha 2016 do Doblò Cargo 1.4 e Cargo 1.8 ganha de série faróis de máscara negra, deixando a versão voltada para negócios com um visual mais moderno.

Com suas versões de passageiro e carga, o Fiat Doblò 2016 ainda conta com a confiabilidade e comodidade dos serviços prestados pela rede Fiat de todo o Brasil, com mais de 600 concessionárias. Veja abaixo os preços de todas as versões.

Doblò Attractive 1.4 Flex – R$ 65.590

Doblò Essence 1.8 16V Flex – R$ 69.990

Doblò Adventure 1.8 16V Flex – R$ 76.550

Doblò Cargo 1.4 Flex – R$ 52.080

Doblò Cargo 1.8 16V Flex – R$ 58.090

Fonte: FCA Press

Comente aqui


Curitiba recebe encontro de muscle car e miniaturas

Camaro 69 Crédito: Divulgação

Camaro 69
Crédito: Divulgação

“Neste sábado, dia 22 de agosto, o pátio do Phoenix American Mex recebe evento nacional de carros produzidos nos anos 60 e 70, que chamam a atenção pelo visual imponente e motor apimentado, além de miniaturas de diversas marcas”.

 

Os apaixonados por carros antigos terão compromisso marcado neste final de semana  em Curitiba. Trata-se do “2º Encontro Nacional Muscle Cars & 1º Encontro de Colecionadores de Miniaturas”, que será realizado no pátio do Phoenix American Mex (Rodovia BR 116, 6000). Organizado pelo Grupo Phoenix, o evento tem início neste sábado, dia 22 de agosto, a partir das 09horas, com café da manhã para recepcionar os clientes. Com entrada franca, o público poderá ver de perto carros de visual musculoso, duas portas e com alto desempenho que dividirão espaço com centenas de miniaturas de diversas marcas e escalas.

O evento reunirá cerca de 40 modelos clássicos, além de algumas raridades, como o Ford Maverick, o Dodge Charger, o Mercury Comet GT,  Chevrolet Camaro, Corvette, e é claro que o Mustang não poderia faltar. O puro-sangue da Ford talvez seja a figura mais emblemática da cultura muscle cars.

O termo muscle car nasceu em 1964 nos Estados Unidos para definir os Pontiac de tamanho médio equipados com um potente motor V8 6.4. Ele podia acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 7 segundos, que era um desempenho fantástico para a época. O estilo teve seu auge nos anos 1960 e começo dos 1970.

Para quem é proprietário de um Muscle Car e coleciona miniaturas de carros antigos e queira participar, encaminhe um e-mail para [email protected] com dados do veículo e pessoais.

Além disso, a partir das 12horas, no Phoenix American Mex (anexo ao Phoenix Studio), o público poderá desfrutar da deliciosa feijoada, esta paixão gastronômica brasileira, com muita música ao vivo e ambiente descontraído. O custo do buffet livre é de R$34,90 por pessoa. Desconto especial para motociclistas coletados e donos de carros antigos.

SERVIÇO:
Encontro Nacional Muscle Cars & Encontro de Colecionadores de Miniaturas
Local: Phoenix American Mex (Rodovia BR 116, 6000 – Tarumã)
Quando: 22 de agosto de 2015 (Sábado)
Horários: das 09h às 18h
Entrada:
gratuita
Informações: 41 30899169 / www.phoenixamericanmex.com.br / [email protected]
Censura: Livre

Fonte: Assessoria de Imprensa
Ana Paulla Righetto

Comente aqui


Chrysler 300C 2015, novo capítulo de uma história de 60 anos

No ano em que a marca Chrysler completa 90 anos, um dos sedãs mais emblemáticos do mundo chega ao Brasil exibindo ainda mais personalidade com o design atualizado

O eficiente motor Pentastar 3.6 ganha 10 cv e 1,3 kgfm, rendendo agora 296 cv e 36 kgfm. Força é distribuída às rodas traseiras com precisão pelo câmbio TorqueFlite de oito marchas – receita irresistível para quem gosta de dirigir

Produzido em Brampton, no Canadá, o modelo é oferecido em versão única pelo valor sugerido de R$ 204,9 mil

São Paulo, 19 de agosto de 2015 – Com raízes originadas no revolucionário modelo original, de 1955, e que passam pela inovadora geração de 2005, o Chrysler 300C 2015 mostra seu estilo único com ainda mais elegância e requinte. O conjunto de alterações estéticas é importante, começando na grade e para-choque dianteiro, se estendendo pelas rodas de 20 polegadas, lanternas, para-choque traseiro e chegando até a cabine, com novos volante, seletor do câmbio e tela multifuncional colorida de 7 polegadas no quadro de instrumentos. Novidades que elevam a identidade e o padrão de sofisticação, destacando toda a engenhosidade e atenção aplicados ao 300C, cuja história nasceu há 60 anos, exatamente quando a marca Chrysler comemorava três décadas – este ano completou 90 anos de história. Fabricado no Canadá, o Chrysler 300C 2015 é oferecido em versão única e tem preço sugerido de R$ 204.900.

Além do design, o novo Chrysler 300C evoluiu na já consagrada e eficiente mecânica, com o motor Pentastar V6 de 3,6 litros recebendo ajustes para desenvolver 296 cv de potência, 10 a mais do que antes. O torque também subiu de 34,7 para 36 kgfm. Números que, combinados à eficiente transmissão automática TorqueFlite de oito marchas, traduzem-se numa excelente combinação de desempenho, baixo consumo e prazer ao dirigir.

“O Chrysler 300C 2015 baseia-se no seu legado de 60 anos oferecendo desempenho de classe mundial, elegância, sofisticação e tecnologia — uma combinação que só pode ser encontrada no nosso grande e valente sedã de tração traseira orgulhosamente norte-americano”, diz Al Gardner, presidente e CEO da marca Chrysler. “Além de suas proporções icônicas e chamativas e da grade dianteira com ainda mais presença, nosso novo 300 é projetado para recompensar os indivíduos que trabalham duro, oferecendo acabamento premium, luxo e níveis de qualidade de sedãs que custam muito mais.”

 

Estilo ousado de todos os ângulos

A dianteira do novo Chrysler 300C foi redesenhada para reforçar a nova direção de design da marca, com uma superfície mais esculpida dando, ao mesmo tempo, mais elegância e esportividade à grade ampliada. O emblema da Chrysler, da asa estilizada, parece flutuar, se destacando muito mais que antes. A grade inferior é contornada por uma faixa cromada, que abriga os faróis de neblina, agora de LED e mais eficientes. Os faróis principais, de duplo xenônio, têm nivelamento automático e incluem luzes de circulação diurna de LED em formato de “C”, dando identidade de marca.

De lado, as linhas fortes, ainda que sutis, homenageiam toda a herança de 60 anos do Chrysler 300 e definem a correlação entre os arcos de roda da frente e de trás. A linha de cintura alta permanece fiel à proporção que se tornou marca registrada do modelo, enquanto as molduras das janelas e capas dos retrovisores cromados sugerem o requinte da cabine. As rodas de 20 polegadas também são novas.

Na traseira, o estilo poderoso do Chrysler 300C se completa com as novas lanternas de LED, com iluminação permanente no contorno. O para-choque redesenhado tem superfície mais fluida e exibe uma discreta (porém marcante) faixa cromada abaixo da tampa do amplo porta-malas, de 500 litros. O acabamento inferior preto destaca a impressão de largura, suaviza o visual e inclui ainda as novas ponteiras de escape nos cantos, que dão um toque atlético.

 

Interior com ainda mais tecnologia

O interior é tipicamente norte-americano, com acabamento e tecnologia de alto nível. Dentro do Chrysler 300C 2015, motorista e passageiros viajam imersos em uma sofisticada mistura de formas fluidas, esculpidas com muita qualidade e funcionalidade. A equipe de design incorporou elementos exclusivos e materiais para criar uma atmosfera bela e confortável, que só poderia ter nascido em Detroit.

Uma das novidades é a tela multifuncional colorida de TFT de 7 polegadas, entre o velocímetro e o conta-giros, ambos com uma refinada iluminação azul. Esse monitor tem centenas de configurações e pode exibir informações da viagem, como autonomia e consumo médio, além de dados mecânicos como temperatura do óleo do motor e do câmbio, pressão dos pneus e até as coordenadas do sistema de navegação. Esse último recurso é um complemento à tela principal do sistema multimídia Uconnect, de 8,4 polegadas. Integrada ao centro do painel e sensível ao toque, ela mostra o mapa e controla uma série de funções de áudio, telefone, ar-condicionado, aquecimento dos bancos (dianteiros e traseiro), entre outras.

Também novo é o comando do câmbio automático TorqueFlite, de oito marchas. A pequena alavanca deu lugar a um seletor rotativo, livrando mais espaço no amplo console central. Além da grande tela central, o sistema de ar-condicionado e ventilação pode ser comandado ainda por novos botões, logo abaixo dela.

 

Receita para quem gosta de dirigir

A transmissão TorqueFlite do Chrysler 300C se destaca não só pela operação precisa e suave mas também por ser casada a um excelente motor, premiado por três anos seguidos pela agência WardsAuto, dos EUA. Trata-se do Pentastar V6 de 3,6 litros, que teve a central eletrônica reprogramada para render 296 cv de potência, 10 a mais do que na linha 2014 do sedã. O torque máximo também aumentou de 34,7 para 36 kgfm. Números que se traduzem em respostas rápidas, progressivas e seguras a qualquer momento, sem perder de vista a eficiência de combustível. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 7,9 segundos e a velocidade máxima é de 240 km/h.

Para quem gosta de dirigir, a receita vai ficando ainda melhor, pois toda essa força é despejada no solo pelas rodas traseiras. O equilíbrio do chassi é garantido pela suspensão independente nas quatro rodas, com arquitetura de braços duplos articulados (“tipo A”) na frente e braços múltiplos (multilink) atrás. Sem falar dos controles eletrônicos de tração e estabilidade, apenas dois dos vários sistemas de segurança do 300C.

O sabor final é realçado com duas importantes atualizações da linha 2015 do Chrysler 300C. A direção, que era eletroidráulica, passou a ter assistência puramente elétrica, elevando o conforto em baixas velocidades e manobras e sem perder a rapidez de reação numa condução mais “inspirada”. E os eixos e suas carcaças, inteiramente novos, de alumínio fundido, são mais leves e colaboram na eficiência do conjunto ao reduzir as perdas por atrito.

 

Sobre a Chrysler

A marca Chrysler vem agradando os clientes com estilo, qualidade, inovação intuitiva e tecnologia por excelente valor desde 1925. Seja com o ousado design, cheio de personalidade, do Chrysler 300 ou com a funcionalidade do “quarto de família sobre rodas” do Chrysler Town & Country, os veículos da marca recompensam a paixão, criatividade e senso de conquista de seus proprietários. A sucessão de inovações na Chrysler continua a solidificar a posição de ponta em design, engenharia e custo-benefício. Para a marca Chrysler, premium é o produto, não o preço.

Fonte: FCA Press

Comente aqui


Renault Fluence GT Line une esportividade ao conforto do câmbio CVT

O Fluence GT Line está de volta com as qualidades que o consagraram: visual esportivo, com equilíbrio e sem exageros, aliado a tecnologia, sofisticação e todo conforto proporcionado pelo câmbio CVT. O modelo tem preço sugerido de R$ 79.990.

As linhas cheias de personalidade foram concebidas pela equipe do Renault Design América Latina (RDAL), o único estúdio de design da marca no continente americano, localizado em São Paulo, e um dos cinco do mundo. Na dianteira há um spoiler integrado ao para-choque abaixo da entrada de ar e os faróis de neblina são envoltos por uma moldura prateada, transmitindo esportividade e sofisticação. Outro destaque são as marcantes fileiras em LED-DRL (Day Running Light), que acompanham o carro desde a atualização de novembro de 2014.

Visto de lado, destacam-se as saias laterais e as rodas de cinco raios, com aro de 17 polegadas de diâmetro e desenho exclusivo. Na traseira, um pequeno spoiler é incorporado à tampa do porta-malas, como se fosse uma peça única. O escapamento é envolvido pelo extrator de ar na cor preta e o para-choque recebe pequenas saídas de ar nas extremidades. Na tampa do porta-malas, à direita, vai a inscrição GT Line, que identifica a versão.

Dentro, o sedã tem painel com desenho moderno e exclusivo acabamento em preto brilhante com detalhe vermelho, reforçando a esportividade. Os bancos em couro, largos e confortáveis, têm acabamento diferenciado, com pespontos vermelhos, e o nome da versão GT Line nos apoios de cabeça. Os pedais são em alumínio e o volante, descansa braço central e acabamento das portas também recebem costuras vermelhas exclusivas. O teto solar garante maior sensação de amplitude ao interior do sedã.

Itens de conforto, tecnologia e segurança presentes em toda gama Fluence estão mantidos, entre eles a chave-cartão “hands free”, que permite travar e destravar as portas sem a necessidade de manusear a chave e dar partida no motor sem a chave no contato, o ar-condicionado digital dual zone com saída de ar para o banco traseiro, a direção elétrica, entre outros. O sistema multimídia R-Link, com tela de 7 polegadas, tem recurso multitoque semelhante aos smartphones e comando de voz para efetuar chamadas telefônicas, além de GPS integrado com sistema TomTom, sensor de estacionamento e câmera de ré.

Ao volante, o motorista encontra facilmente a posição de dirigir ideal com os ajustes de altura do banco e de altura e profundidade da coluna de direção. Em termos de ergonomia, tudo no Fluence GT Line foi pensado para facilitar a vida do motorista. O volante de três raios, por exemplo, oferece ótima empunhadura.

Mecanicamente, o modelo é equipado com a motorização 2.0 16V Hi-Flex, com duplo comando de válvulas no cabeçote. Este motor desenvolve 143 cv (etanol) / 140 cv (gasolina) a 6.000 rpm e torque máximo de 19,9 kgfm (etanol) / 20,3 kgfm (gasolina) a 3.750 rpm, um dos maiores do segmento. Já o câmbio CVT X-Tronic trabalha com suavidade e sem trancos, além de contribuir para a economia de combustível.  O Fluence GT Line acelera de 0 a 100 Km/h em 9,9 s (etanol) / 10,1 s (gasolina) e sua velocidade máxima é de 195  km/h.

Fonte: Assessoria de Imprensa Renault

Comente aqui


Linha 2016 do Fiat Idea chega com novidades que aumentam sua competitividade

Bem completo, com ótima posição de dirigir, excelente acabamento, amplo espaço interno e um grande porta-malas de 380 litros, o Fiat Idea chega ao mercado com sua linha 2016 trazendo novidades que reforçam todos os atributos do modelo e ainda oferecendo a melhor relação custo-benefício do mercado com suas três versões — Attractive 1.4 Flex, Essence 1.6 16V Flex, Adventure 1.8 16V Flex —, que garantem vantagens para o bolso do consumidor.

Com mais atratividade, o Fiat Idea 2016 ganha em sua lista de equipamentos retrovisores externos elétricos com nova função Tilt down — com ela o espelho do lado direito inclina quando acionada a ré (nas versões Adventure e Essence este conteúdo é de série).

As versões Attractive e Essence da linha 2016 trazem novo volante, com design mais moderno e melhor empunhadura, oferecendo uma melhor dirigibilidade.

Externamente, a versão Adventure 2016 chega com novas rodas de liga leve aro 16” de série. A versão Attractive 2016 também passa a contar com novas rodas de liga leve aro 15” na sua lista de conteúdos opcionais. Todas as versões do modelo recebem o kit parafuso anti-furto na lista de opcionais.

Versatilidade, praticidade com um grande número de porta objetos, banco traseiro bipartido, conectividade, três opções de motores e o Adventure Locker —bloqueio de diferencial que reforça o espírito aventureiro, inédito no segmento —, são características importantes do Fiat Idea, que acaba de chegar à rede de concessionárias Fiat ainda mais completo e competitivo.

Confira abaixo os preços de todas as versões da linha 2016 do Fiat Idea.

Idea Attractive 1.4 Flex – R$ 51.270.

Idea Essence 1.6 16V Flex – R$ 53.710.

Idea Adventure 1.8 16V Flex – R$ 62.530.

Fonte: Fiat Press

Comente aqui


Anfavea utilizará Renault Zoe 100% Elétrico em Brasília

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) passa a contar com um moderno Renault Zoe 100% Elétrico para demonstração em Brasília. O veículo foi entregue ontem (04 agosto) ao presidente da entidade, Luiz Moan, por Eric Feunteun, Diretor Mundial do Programa Veículos Elétricos da Renault, no escritório de representação da instituição na Capital Federal.

Além do carro, que foi cedido em comodato, o escritório da Anfavea passa a contar também com uma moderna estação de carregamento de veículos elétricos, com capacidade para abastecer dois carros simultaneamente. “Os veículos Renault Zero Emissão representam soluções em mobilidade urbana 100% limpas, inovadoras e tecnologicamente avançadas”, destacou Feuteun, que veio ao Brasil para conhecer o mercado e seus potenciais de uso de veículos elétricos.

O Renault Zoe entregue ao presidente da Anfavea é um hatch compacto que acaba de ganhar uma nova motorização (R240), com um rendimento 15% maior, chegando a 240 km de autonomia. Além disso, o tempo de recarga foi reduzido em 10% em média, graças ao novo sistema de carregamento.

Com quatro modelos, a Renault é o único grupo automobilístico mundial a oferecer uma gama completa de veículos 100% elétricos. Além do Zoe, a Renault também comercializa o utilitário Renault Kangoo Z.E., o sedã Fluence Z.E. e o Twizy, um modelo ultracompacto de dois lugares para uso urbano. Desde 2013, quando iniciou a venda de veículos elétricos no País (modelos Renault Zoe, Twizy, Fluence e Kangoo Z.E.), a marca já comercializou mais de 80 unidades para empresas e instituições públicas em projetos de mobilidade zero emissões.

Líder mundial em emissão zero

A Aliança Renault-Nissan lidera o segmento de veículos zero emissão no mundo e investe  4 bilhões de euros no desenvolvimento dessa tecnologia. Desde o início da comercialização do primeiro elétrico, em 2011, foram mais de 250 mil veículos vendidos pela Aliança no mundo, atingindo a liderança do segmento zero emissão.

Juntos, os veículos elétricos Renault e Nissan já rodaram aproximadamente 4 bilhões de quilômetros sem emissão de poluentes – o que seria suficiente para circundar o planeta 100.000 vezes. A utilização dos veículos elétricos Renault-Nissan permitiu economizar mais de 200 milhões de litros de combustível – o suficiente para encher quase 80 piscinas olímpicas, além de ter contribuído para o meio ambiente, deixando de emitir 450 milhões de kg de CO2 durante o uso.

Fonte: Assessoria de Imprensa Renault

Comente aqui


Burgman 400 uma moto para o dia a dia

Burgman400

Suzuki Burgman 400 é um scooter que une o design e o desempenho em uma única máquina

Para quem gosta de conforto e design, o Burgman 400 é indicado para esses motociclistas. Com um motor de 400 cilindradas, quatro tempos, monocilindro, DOHC e injeção eletrônica de combustível, esse scooter propicia um passeio relaxante para o usuário e seu acompanhante.

Fora as especificações do Burgman 400, existem alguns diferenciais pensados pela Suzuki Motos que encantam os ciclistas. Um assento duplo com encosto do piloto ajustável em cinco posições, suspensão dianteira telescópica, mono amortecedor traseiro com ajustes de pré-carga, maior para-brisa da categoria e um generoso bagageiro que acomoda até 62 litros, fazendo com que os adeptos das duas rodas cheguem em seu destino protegidos e arrumados.

A estabilidade do Burgman 400 agrada aos motociclistas tanto nas acelerações quanto nas frenagens, dando maior controle nas principais manobras. Com seu design diferente, esse scooter chama atenção por onde passa. Seu porte mais avantajado transmite maior segurança aos motociclistas, pois é facilmente reconhecido nas ruas.

O Burgman 400 pode ser usado na cidade e na estrada, sendo uma moto mais robusta propicia ao usuário maior conforto. Chegando a atingir os 120km/h na estrada, esse scooter possibilita com maior segurança as ultrapassagens. Na cidade o seu consumo varia entre 16 a 18/km por litro.

Sobre a Suzuki

Michio Suzuki iniciou com a Suzuki Loom Work em 1909, a empresa foi incorporada no ano de 1920. Desde a sua fundação em Hamamatsu no Japão a Suzuki tem crescido e expandido constantemente. Mais tarde, mudou o nome e passou a chamar Suzuki Motor Corporation.

Atualmente a Suzuki Motos conta com a representação dos seus produtos em mais de 112 países pelo mundo. Conta com 18 fábricas em 16 países e constantemente aumenta sua tecnologia para atender às mudanças de estilos de vida. O nome SUZUKI Motos é visto como uma linha completa de motocicletas. A marca é reconhecida por pessoas no mundo todo como uma marca de produtos de qualidade que oferecem a seus clientes confiabilidade e originalidade.

Em 105 anos de história de fabricação, 62 anos de produção de motocicletas e contínuo aprimoramento, a Suzuki fornece produtos com valor agregado como uma filosofia de fabricação. Acreditamos que a nossa paixão e entusiasmos se transformam em sua diversão.

Fonte: http://www.suzukimotos.com.br/HOME/​ 

Informações à Imprensa

Agência St

Milena Cherubim

Comente aqui


TMD/Cobreq coloca na reposição pastilhas de freio para 58 aplicações na linha de motos

BMW 1600 GT

Neste mês de agosto, a TMD Friction do Brasil disponibilizou, para o mercado de reposição, novas pastilhas de freio Cobreq das motocicletas BMW, Kawasaki, Suzuki, Triumph e MV Augusta – totalizando 58 aplicações. Estas pastilhas são produzidas com a mesma tecnologia empregada nos caminhões patrocinados pela TMD na Fórmula Truck, Rali dos Sertões e até nos caças Mirage da FAB.

Com a referência Cobreq N-1808, o lançamento de pastilhas dianteiras é para as BMW K 1200 LT ABS, K 1200 R, K 1200 R Sport, K 1300 R, K 300 R Dynamic, K 1600 GT e GTL, R 850 R, R 1100 S ABS, R 1150 R e R Rockster, R 1150 RS, R 1150 RT ABS, R 1200 C Classic, R 1200 C Independent, R 1200 C Montauk, R 1200 CL e R 1200 R.

Ainda para a BMW, mas com a referência Cobreq N-1809 também de pastilhas dianteiras, o lançamento abrange os modelos K 1200 S, K 1200 RS, K 1300 GT, K 1300 S, R 850 RT ABS, R 1100 S, R 1150 GS, R 1150 GS Adventurer, R 1200 GS, R 1200 GS Tripple Black, R1200 RT, R 1200 S e R 1200 ST.

Com a referência Cobreq N-1812, o lançamento é de pastilhas dianteiras para outras três marcas: Kawasaki – Z800, Z800, Z1000 e ZX 9R 900 Ninja; Suzuki -B-King 1340; e Triumph 675 Daytona, 675 Street Triple R, Speed 1050 Speed Triple, 1050 Tiger e 1050 Tiger SE.

Já para a MV Augusta, lançamento é de pastilhas traseira para os modelos Brutale S 750, Brutale 1090 R, Brutale 1090 RR, Brutale 900 R, Brutale 920, Brutale 989 R, Brutale Corse 1090, Brutale R RS 910, F3 675, F3 800, F4 1000 R, F1000 R Corsa Corta, F1000 RR Corsa Corta, F4 1078 CC RR e F4 750 SPR F4S.

Fonte: Lellis Assessoria de Imprensa e Consultoria Ltda.

Jornalista responsável: Marco Antonio Lellis

Comente aqui


Jeep Renegade ganha nova versão de entrada

imagem

Muito bem equipada, opção mais em conta do modelo que está reinventando o segmento dos SUVs compactos tem controle de estabilidade, auxílio de partida em rampa, freios a disco e suspensão independente nas quatro rodas entre os itens de série

São Paulo, 4 de agosto de 2015 – A Jeep amplia a linha do Renegade com o lançamento de uma nova versão de base, 1.8 Flex, abaixo da Sport e disponível apenas com câmbio manual de cinco marchas. Essa opção reforça a relação custo-benefício ao manter o ótimo nível de equipamentos característico do Renegade, o primeiro veículo nacional a obter cinco estrelas para proteção de adultos e crianças nos testes do programa independente Latin NCAP. A nova configuração de entrada tem preço sugerido de R$ 68.900 e conta com ar-condicionado, direção elétrica, rádio com Bluetooth, porta USB e entrada auxiliar, freio de estacionamento eletrônico e vidros, travas e retrovisores elétricos entre os itens de série.

Além disso, o Jeep Renegade 1.8 Flex também tem controle eletrônico de estabilidade (ESC), auxílio de partida em rampa (HSA), freios a disco e suspensão independente nas quatro rodas, que atestam a modernidade e a sofisticação do projeto. Com tudo isso, o Renegade oferece o melhor compromisso entre estabilidade e conforto de rodagem sobre qualquer terreno, inclusive no asfalto castigado das cidades brasileiras. Outro destaque é a espaçosa e bem acabada cabine, premiada pela agência WardsAuto, dos Estados Unidos, como uma das 10 melhores de 2015.

Confira abaixo os preços da gama completa do Jeep Renegade*:

1.8 Flex MT5 – R$ 68.900

Sport 1.8 Flex MT5 – R$ 71.900

Sport 1.8 Flex AT6 – R$ 76.900

Longitude 1.8 Flex AT6 – R$ 82.900

Sport 2.0 Diesel AT9 4×4 – R$ 99.900

Longitude 2.0 Diesel AT9 4×4 – R$ 109.900

Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4×4 – R$ 119.900

* Valores com frete

Sobre a marca Jeep

A Jeep é a marca verdadeiramente global do grupo FCA – Fiat Chrysler Automobiles e agora está mais presente do que nunca no Brasil, com o recém-inaugurado Polo Automotivo Jeep, em Goiana, Pernambuco. É essa moderníssima fábrica que produz para toda a América do Sul o Jeep Renegade, a nova referência em SUVs compactos.

Baseada em uma herança lendária de mais de 70 anos, a Jeep produz autênticos SUVs, que reúnem capacidade off-road, qualidade de fabricação e versatilidade líderes de seus segmentos, para pessoas que buscam jornadas extraordinárias. A marca Jeep é um convite aberto para viver a vida ao máximo, oferecendo uma linha completa de veículos que continuam a proporcionar a seus proprietários segurança para enfrentar qualquer viagem com plena confiança.

Fonte: FCA Press

Comente aqui


Subaru WRX chega ao Brasil para redefinir padrões de desempenho, conforto e dirigibilidade

 

  • O icônico sedan esportivo da marca mescla esportividade e desempenho, com o conforto e requinte de um modelo sedan
  • Modelo foi desenvolvido a partir da experiência vitoriosa da SUBARU no Campeonato Mundial de Rali e nas 24 Horas de Nürburgring
  • Nova transmissão automática Sport Lineartronic e a tração integral Symmetrical All-Wheel Drive potencializam ainda mais a performance do novo motor Boxer Turbo
  • São Paulo, 03 de agosto de 2015 – Um verdadeiro esportivo que oferece conforto e amplo espaço interno no dia a dia dos grandes centros urbanos, mas que revela, aos comandos do motorista, a sua real vocação para a dirigibilidade e desempenho. Essa é uma das principais características da nova geração do SUBARU WRX, produzida no Japão e importada para o Brasil com exclusividade pela CAOA.

A SUBARU criou o primeiro modelo WRX em 1992, para participar do Campeonato Mundial de Rali (WRC – World Rally Championship), naquela ocasião chamado de Impreza GT. O resultado dessa empreitada foi a conquista do tricampeonato dessa categoria (1995, 2001 e 2003) e uma enorme legião de apaixonados pela marca. A nova geração do WRX traz esse DNA de competição para as ruas e estradas.

Referência mundial em termos de desempenho, o WRX oferece ainda mais performance e comodidade em relação à versão vendida anteriormente. Ele é equipado com o motor “FA20” Boxer Turbo 2.0 litros, com injeção direta de combustível (DIT), que atinge a potência máxima de 270 cv (268 hp) a 5.600 rpm e 35,7 kgfm a 5.200 rpm, oferecendo rápidas respostas ao motorista, além de favorecer a economia de combustível.

Pela primeira vez no mercado brasileiro, o modelo WRX chega equipado com transmissão automática. Denominada Sport Lineartronic, ela foi desenvolvida para enriquecer a experiência de condução do motorista. Com até oito velocidades e opção de troca manual de marchas, por meio das paddle shifts instaladas atrás do volante, essa caixa de câmbio proporciona uma troca suave de marchas, mantendo sempre o propulsor na rotação ideal, levando em conta a carga do motor e as condições de rodagem, além de se adaptar ao tipo de condução do motorista.

O SUBARU WRX contará com versão única de acabamento e com uma ampla lista de equipamentos de série, que inclui: teto solar elétrico, faróis de xenônio, rodas 18” de liga-leve, revestimento dos bancos em couro, ar-condicionado dual zone, detalhes de acabamento em carbono, entre outros.

DNA de competição

O WRX traz o DNA de competição para as ruas com um motor SUBARU Boxer turbo com injeção direta de combustível (DIT), que contribui para o baixo centro de gravidade, aumentando a estabilidade e auxiliando para uma condução mais esportiva e segura.

O motor Boxer turbo 2.0 litros conta com SUBARU Dual Active Valve Control System (D-AVCS – duplo sistema de controle de válvulas ativo), um turbocompressor twin-scroll e intercooler para alcançar 270 cv (268 hp) de potência máxima. Com um sistema de escapamento que elimina uma câmara no abafador e encurta a tubulação interna, o WRX produz uma sonoridade ainda mais poderosa.

Design

O design do SUBARU WRX mescla, inteligentemente, uma atitude agressiva com a temática clássica dos sedans esportivos. A parte frontal incorpora, por exemplo, uma das características mais marcantes da identidade de design da marca, que é a imponente grade hexagonal integrada ao para-choque.

Faróis mais estreitos, com xenônio e assinatura em LED, evocam o olhar de um animal de rapina e ladeiam a grade hexagonal da SUBARU. A entrada de ar no capô para o intercooler foi reposicionada, melhorando ainda mais a visibilidade dos ocupantes.

Nas laterais, a aparência robusta e esportiva foi incrementada com novas rodas 18”, que formam um conjunto harmônico com os para-lamas mais largos e com vinco acentuado, que tem início nos faróis e contorna toda a peça, delineando as aberturas inferiores e o monograma WRX. Especialmente criadas para este modelo, as portas traseiras dão continuidade às linhas dianteiras e criam um perfil alongado.

O desenho traseiro ressalta a esportividade, sem abrir mão do conforto e praticidade. O para-choque possui um extrator de ar integrado e dupla saída de escapamento com quatro ponteiras cromadas. O acesso ao porta-malas é facilitado pela grande tampa, que possui amplo ângulo de abertura e conta com um aerofólio incorporado à sua parte superior.

Novo motor Boxer Turbo e câmbio automático Sport Lineartronic

O novo motor Boxer Turbo 2.0 litros, quatro cilindros e injeção direta de combustível, tecnologia “DIT”, favorece a economia de combustível e reduz os níveis de vibrações e ruídos.

Desenvolvido pela SUBARU para equipar os modelos esportivos de alta performance da marca, como, por exemplo, o WRX, o motor Boxer “FA20” atinge a potência máxima de 270 cv (268 hp) a 5.600 rpm e uma ampla curva de torque, chegando a 35,7 kgfm, entre 2.000 e 5.200 rpm. Em sintonia com o exigente perfil dos consumidores brasileiros, este modelo oferece torque a partir dos 2.000 rpm, proporcionando respostas mais ágeis do motor aos comandos do motorista. Essa motorização foi eleita, no fim do ano passado, como uma das vencedoras do prêmio “10 Best Engines of 2015”, concedido pelo jornal americano Ward’s, especializado na indústria automotiva.

A equipe de engenharia da SUBARU optou por utilizar nesse motor uma medida de diâmetro versus curso dos pistões de 86 mm x 86mm, elevada taxa de compressão (10,6:1) e turbo twin-scroll. Com isso, foi possível otimizar a combustão, o que, consequentemente, possibilitou extrair todo o potencial dessa motorização, maximizando os benefícios da injeção direta de combustível e contribuindo para a redução das emissões de poluentes.

O WRX apresenta uma nova transmissão automática, batizada de Sport Lineartronic, desenvolvida para enriquecer a experiência de condução de alta performance. Esse câmbio também permite o motorista realizar a troca manual de até 8 marchas, utilizando as borboletas posicionadas atrás do volante.

Essa transmissão também conta com o SUBARU Intelligent Drive (SI-DRIVE), que permite a escolha das características de direção do veículo entre três modos – “Intelligent”, “Sport e “Sport Sharp”.

A nova transmissão trabalha com a versão da Symmetrical All-Wheel Drive com Distribuição Variável de Torque (VTD). O sistema VTD otimiza a distribuição do torque conforme as condições de condução e dados dos sensores do ângulo de esterço do volante, giro vertical e força de aceleração lateral, promovendo uma dirigibilidade mais ágil.

Active Torque Vectoring

O Active Torque Vectoring é um sistema de controle direcional que, nas curvas, aplica uma leve pressão no freio da roda dianteira interna para reduzir o subesterço (saída de frente) e melhorar a resposta à direção. O modelo conta também como Vehicle Dynamics Control (VDC) que dispõe de três modos: Normal, Traction e Off. Este último desativa os controles de estabilidade e tração, mas mantém o Active Torque Vectoring.

Conforto interno

Visando oferecer o máximo de conforto e comodidade para os clientes brasileiros, o SUBARU WRX, importado com exclusividade pela CAOA para o Brasil, contará com uma ampla e completa lista de equipamentos de série.

A sensação de alta performance se inicia assim que o motorista segura o novo volante com base plana forrado de couro, com altura e profundidade ajustáveis. O volante traz controles de áudio e Bluetooth. Detalhes de acabamento com aparência requintada são abundantes, incluindo materiais macios no painel, forração das portas e apoio de braços no console. O teto solar abre uma polegada a mais que a versão anterior.

Bancos dianteiros esportivos trazem apoios de cabeça com ajustes de altura e inclinação. O revestimento dos bancos, em couro, conta com costuras vermelhas, no volante e na alavanca do câmbio.

O quadro de instrumentos conta com hodômetro e conta-giros com layout de dupla marcação, ponteiros horizontais e iluminação em vermelho. Na parte central do quadro está instalada uma tela de cristal líquido de 3,5”, com informações sobre o consumo de combustível, distância percorrida (total e parcial), velocidade selecionada para o “piloto automático”, tempo de condução, marcha selecionada, indicador do sistema “SI-DRIVE”, eventuais alertas de falhas de funcionamento e ajustes gerais do veículo.

Na parte central do painel do WRX está instalada uma tela touchscreen de 6,2”. Nela, o motorista poderá controlar, com um simples toque, todas as funcionalidades do sistema de áudio – como, escolher estações de rádio, escolher músicas e sincronizar o dispositivo com o celular por intermédio do Bluetooth -, além de visualizar a imagem da câmera de ré.

Há, ainda, um outro display LCD com 4,3”, instalado na área superior do painel de instrumentos, que exibe inúmeras informações do veículo e de sua condução, entre elas manômetro de pressão do turbo, sistema de ar-condicionado e computador de bordo.

Carroceria

A distância entre-eixos é 25 mm maior do que a da versão anterior, o que contribuiu para um habitáculo mais espaçoso nesta nova versão. O para-brisa é mais inclinado, com a base da coluna “A” deslocada 200 mm para frente, melhorando a visibilidade, auxiliada pelo painel mais baixo e colunas mais estreitas. Soleiras laterais mais baixas e portas com ampla abertura facilitam o acesso ao carro. O espaço para pernas no banco traseiro cresceu 50 mm e a capacidade do porta-malas passou de 320 para 340 litros.

O trabalho realizado pela equipe técnica da SUBARU resultou na redução dos níveis de torção da carroceria e em uma calibragem de suspensão mais alinhada com o perfil esportivo do modelo, sem que isso representasse abrir mão do conforto, proporcionando uma melhora da velocidade de resposta da direção e, simultaneamente, a elevação dos limites de desempenho nas curvas.

No que se refere à segurança, o WRX utiliza a estrutura de carroceria ultra-rígida conhecida como “célula de sobrevivência”. Eventuais impactos são amortecidos pelas zonas de deformação progressiva situadas nas extremidades da carroceria. Visando a segurança dos ocupantes do habitáculo, a equipe de engenharia da SUBARU reforçou a robustez de diversos pontos da carroceria, utilizando aço de altíssima resistência. O resultado desse trabalho contribuiu para que o modelo atendesse as elevadas exigências de segurança nos crash-tests realizados pela IIHS (América do Norte) e JNCAP (Japão).

Subaru WRX STI: esportividade e tradição para tirar o fôlego

 

 

  • Alto desempenho e elevada dirigibilidade são marcas tradicionais do WRX STI;
  • Modelo esportivo foi desenvolvido com base na experiência da SUBARU no automobilismo, como o tricampeonato do Mundial de Rali

 

 

São Paulo, 03 de agosto de 2015 – Desenvolvido para oferecer o máximo desempenho, precisão e prazer de dirigir, o novo SUBARU WRX STI possui características de um verdadeiro veículo esportivo. O modelo, produzido no Japão e importado com exclusividade para o Brasil pela CAOA, é fiel ao conceito “Força Pura Sob Controle”, extraindo todo o potencial do motor Boxer Turbo e do know-how da marca nas competições automobilísticas.

Por esse motivo, a equipe de engenharia da marca japonesa sintetizou neste lançamento a ampla experiência, tradição e inovação da SUBARU Tecnica Internacional (STI), divisão de alta performance da SUBARU e responsável pelo desenvolvimento dos modelos de competição, além do próprio modelo WRX STI.

O SUBARU WRX STI será comercializado no Brasil em versão única de acabamento, com uma ampla lista de equipamentos de série, que inclui: teto solar elétrico, faróis de xenônio, rodas aro 18” em alumínio forjado, revestimento dos bancos em couro, ar-condicionado dual zone, detalhes de acabamento em carbono, entre outros.

Dono de uma excepcional e apurada dirigibilidade, o WRX STI está equipado com sistema de tração integral SUBARU Symmetrical All-Wheel Drive (SAWD). Esse sistema, aliado ao motor Boxer, herdou a robustez e performance dos históricos modelos SUBARU que conquistaram por três vezes o título do Campeonato Mundial de Rali (WRC – World Rally Championship).

Durante o período de desenvolvimento, a SUBARU refinou ainda mais a dirigibilidade do novo WRX STI, testando-o nas mais diversas condições severas de uso, como, as tradicionais 24 Horas de Nürburgring (Alemanha), onde a marca conquistou o tricampeonato na edição deste ano, e a Isle of Man TT Road Course (Reino Unido), prova em que o modelo estabeleceu o novo recorde de tempo. Com isso, a SUBARU elevou o desempenho da carroceria, conjunto mecânico e de outras partes do veículo até seus limites, os integrando em uma mesma unidade.

Sua condução foi aprimorada pela maior rigidez da carroceria, suspensões mais firmes e com nova geometria, além de direção mais rápida, o que otimizou as respostas do carro em relação aos comandos do motorista e também refinou o desempenho em curvas.

Outra novidade que contribui para uma experiência mais prazerosa de condução é o Active Torque Vectoring (Vetorização Ativa de Torque), que funciona em conjunto com um pacote tecnológico de comprovada eficácia e que inclui a Central de Controle do Diferencial (DCCD – Driver’s Control Center Differential), o sistema de tração Symmetrical All-Wheel Drive (SAWD) e o conjunto de freios esportivos Brembo de alta performance.

Design: “bravo” e esportivo

O desenho externo do SUBARU WRX STI representa, de forma contundente, a vocação deste automóvel: alto desempenho. A parte frontal foi desenvolvida para criar uma forma dinâmica, começando por uma das características mais marcantes da identidade de design da marca, que é a imponente grade hexagonal, integrada ao para-choque, com detalhes em “black piano” e os logotipos da SUBARU e STI, no centro e na parte inferior, respectivamente.

O para-choque dianteiro conta com uma entrada de ar central e dois conjuntos ópticos situados nas extremidades da peça, que reúnem as luzes indicadoras de direção e faróis auxiliares.

O formato dos novos faróis frontais, no estilo “olhos de falcão”, em xenônio e com assinatura em LED, harmoniza-se com o estilo largo e agressivo pelo qual o WRX STI é conhecido.

Na parte central do capô do motor está instalada, de forma harmônica e integrada à peça, uma grande entrada de ar para o motor Boxer Turbo, reforçando a esportividade e mantendo a total visibilidade do motorista.

Os largos para-lamas dianteiros contam com um vinco acentuado, que tem início nos faróis e contorna toda a peça, delineando as aberturas inferiores e o monograma STI. Ainda na lateral, a parte inferior da coluna “A” foi deslocada 200 mm para a frente, enquanto a coluna “C” segue integrada, de forma suave, ao porta-malas, criando um design fluído e harmônico.

Completando a vista lateral do carro, estão novas e exclusivas rodas forjadas BBS de liga, com 18” de diâmetro, os pneus de perfil 245/40 R18 e as saias inferiores, que aproximam o modelo do solo e reforçam a natureza esportiva do WRX STI.

O desenho traseiro ressalta a vocação do novo SUBARU WRX STI como um veículo de alto desempenho e pensado nos mínimos detalhes. O para-choque conta com um extrator de ar na parte inferior, que percorre toda a peça, e a dupla saída de escapamento com quatro ponteiras cromadas. O acesso ao porta-malas é facilitado pela grande tampa, que possui amplo ângulo de abertura. A tecnologia de luzes do tipo LED é empregada nas lanternas traseiras.

Mas, sem dúvida alguma, o item que mais chama a atenção de quem olha externamente a traseira do WRX STI é o aerofólio. Instalado na tampa do porta-malas, esteticamente marcante, a principal função desse componente é aerodinâmica, contribuindo para a dirigibilidade do modelo. Comparada com a utilizada em versões anteriores desse veículo, esta nova peça, que possui design mais fluído e moderno, está 300 gramas mais leve e 8 mm mais alta, o que facilita a abertura do porta-malas e amplia a visão traseira do motorista, respectivamente.

Personalidade esportiva, sem abrir mão do conforto e espaço

A vocação audaciosa do SUBARU WRX STI também é refletida no interior do veículo, onde os novos bancos com laterais e costuras em vermelho dão o tom para o ambiente refinado, espaçoso e esportivo.

Outros detalhes vermelhos, exclusivos, também estão presentes na alavanca do câmbio e no centro do painel de instrumentos. O interior é preto, do assoalho ao teto, criando harmonia interna.

A tela do display multifuncional apresenta informações importantes sobre a condução do veículo, como um mostrador virtual sinalizando a pressão do turbocompressor do motor Boxer, listas pré-programadas de emissoras de rádio, gráfico do consumo de combustível, gráfico da distribuição da tração nas quatro rodas e temperatura externa.

Pela primeira vez, o WRX STI está equipado com volante de base reta, semelhante aos usados em alguns carros de competição. Nas extremidades dos raios estão instalados os botões de acionamento do sistema de áudio e os comandos do piloto automático. Revestido em couro perfurado, ele proporciona uma empunhadura ainda mais confortável e segura, facilitando a realização de manobras.

O quadro de instrumentos conta com hodômetro e conta-giros com layout de dupla marcação, ponteiros horizontais e iluminação em vermelho. Na parte central do quadro está instalada uma tela de cristal líquido de 3,5”, com dados sobre o consumo de combustível, distância percorrida (total e parcial), velocidade selecionada para o “piloto automático”, tempo de condução, marcha selecionada, indicador do sistema “SI-DRIVE” gráfico de mapeamento eletrônico do motor, eventuais alertas de falhas de funcionamento e ajustes gerais do veículo.

Na parte central do painel do WRX está instalada uma tela touchscreen de 6,2”. Nela, o motorista poderá controlar, com um simples toque, todas as funcionalidades do sistema de áudio – como, escolher estações de rádio, escolher músicas e sincronizar o dispositivo com o celular por intermédio do Bluetooth -, além de visualizar a imagem da câmera de ré.

Há, ainda, um outro display LCD com 4,3”, instalado na área superior do painel de instrumentos, que exibe inúmeras informações do veículo e de sua condução, entre elas manômetro de pressão do turbo, sistema de ar-condicionado e computador de bordo.

Motor Boxer Turbo e exclusivo câmbio manual de seis marchas

O WRX STI chega ao mercado brasileiro com motor Boxer Turbo, 2.5 litros, um símbolo de alta performance e confiabilidade da SUBARU, aprimorado em um dos mais exigentes laboratórios de testes, que são as pistas de competição.

Este propulsor trabalha em conjunto com um câmbio manual de seis velocidades, desenvolvido para oferecer mais esportividade nas trocas de marchas. Com uma combinação que mescla alavanca de curso reduzido e embreagem de leve acionamento, a condução do WRX STI se torna simples e empolgante.

Equipado com este conjunto motor/câmbio da SUBARU, o WRX STI desenvolve a potência máxima de 310 cv (305 hp) a 6.000 rpm e 40 kgfm de torque a 4.000 rpm. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h e o sedan necessita apenas de 5,2 segundos para acelerar de 0 à 100 km/h

O sistema de gerenciamento do trem de força “SI-DRIVE” (SUBARU Intelligent Drive) permite ao motorista ajustar as características de dirigibilidade do carro, escolhendo três diferentes opções – “Intelligent”, “Sport” e “Sport Sharp”, por meio de comando seletor no console central. Um gráfico da curva de torque do modo de condução escolhido aparece na tela LCD no quadro de instrumentos, sinalizando o comportamento do veículo aos comandos do condutor.

Carroceria e Segurança

As dimensões do SUBARU WRX STI confirmam o amplo espaço interno para os passageiros e também para as bagagens. Com 4.595 mm de comprimento e 1.475 de altura, a novo WRX STI é 15 mm mais largo e 5 mm mais alto que o seu antecessor. Outra medida que também foi ampliada neste lançamento foi a distância entre-eixos, 25 mm maior que a versão anterior, passando para 2.650 mm, proporcionando mais espaço para as pernas dos ocupantes dos bancos traseiros.

O compartimento dos passageiros é formado por uma estrutura ultra-rígida conhecida como “célula de sobrevivência”. Eventuais impactos são amortecidos pelas zonas de deformação progressiva situadas nas extremidades da carroceria. Visando a segurança dos ocupantes do habitáculo, a equipe de engenharia da SUBARU reforçou a robustez de diversos pontos da carroceria, utilizando aço de altíssima resistência. O resultado desse trabalho contribuiu para que o modelo atendesse as elevadas exigências de segurança nos crash-tests realizados pela IIHS (América do Norte) e JNCAP (Japão).

O desempenho da carroceria foi amplamente incrementado para permitir o aproveitamento máximo da performance do motor Boxer Turbo. Isso é o que torna possível a “Força Pura Sob Controle”.

O trabalho para enrijecer tanto a carroceria como as suspensões melhorou a velocidade de resposta da direção e, simultaneamente, elevou os limites de desempenho nas curvas.

O SUBARU WRX STI também conta com uma Central de Controle do Diferencial (DCCD – Driver’s Control Center Differential). Com esse dispositivo, o condutor do veículo pode selecionar a proporção da distribuição do torque entre os eixos dianteiro e traseiro, possibilitando o maior nível de dirigibilidade e aderência, nos mais variados tipos de terrenos. O sistema oferece a opção auto, em que essa distribuição é realizada de forma automática.

Em termos de segurança ativa, o modelo utiliza sistema de freios Brembo, com discos Super Sport ventilados, projetados exclusivamente para o WRX STI. O acionamento é realizado, na dianteira, por pinças de quatro cilindros, e, na traseira, por outras de dois cilindros, ambas produzidas pela Brembo. O comportamento em frenagens de emergência atende completamente aos rigorosos parâmetros exigidos nos mercados japonês e norte-americano. Por isso, ele conta com sistema ABS, quatro sensores e quatro canais de Distribuição Eletrônica da Força de Frenagem.

 

 

Fonte: 

SUBARU

Departamento de Comunicação – CAOA

Gerson Almeida – Anderson CavalcanteMaira Nascimento – Déborah Encarnato 

 

Comente aqui