Mês: fevereiro 2016



Rally Barretos reunirá competidores de diversas regiões do País

unnamed

A cidade de Barretos, SP, será o ponto de encontro de pilotos e navegadores dos quatro cantos do País. Até o momento, são representantes de 43 cidades e 13 Estados que participarão da festa de dez anos do Rally Barretos

O recesso das trilhas está chegando ao fim… Esta é a última semana que as equipes do rali nacional têm para ajustar os veículos, pois será dada a largada para a temporada 2016 dos Campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country e Rally Baja. O 10º Rally Barretos (04 a 06 de março) é a etapa inicial e está gerando muitas expectativas nos participantes e na organização, uma vez que esta prova marcará a primeira década de existência do evento.
E vários competidores fizeram parte desta história e são responsáveis pelo sucesso do Rally Barretos. “Hoje comemoramos dez anos de idade graças a confiança que os off-roaders sempre depositaram na Rallymakers. Durante todo esse período, nós nos esforçamos para oferecer as melhores disputas, dentro de roteiros bem levantados e altamente técnicos. Também agradecemos aos patrocinadores que acreditaram na nossa marca, em especial Os Independentes e a Prefeitura Municipal de Barretos”, declarou o diretor executivo da Rallymakers, Fernando Bentivoglio.


De Brasília, DF, vem o piloto Mauro Guedes, da categoria Carros. Ele compete ao lado do navegador Neurivan Calado, de Maceió, AL. “O Rally Barretos é uma etapa importante para o campeonato, pois é momento de testar os equipamentos após um longo período de preparo e testes mecânicos. É aquela hora em que a ansiedade tem que ser controlada, pois a vontade de acelerar é enorme. É início de campeonato e a pontuação já está valendo em busca do título”, comentou Guedes.
O roteiro dos dez anos de Rally Barretos terá 300 quilômetros de trechos cronometrados – divididos em dois dias de disputa. Passagens por corredores de boiadeiros, canaviais e estradas vicinais, com lombas, erosões, valetas, entre outros obstáculos já foram anunciados pela Rallymakers. Além disso, haverá um encontro de carros antigos (Vintage Car Show), incluindo apresentações da banda Five Dollar Shot (Classic Rock/SP) e Grupo Escorregando (Chorinho/local). A alimentação ficará por conta do Food Truck Festival.
“Participei de todas as edições do Rally Barretos, que possui especiais ótimas para se pilotar, bem rápidas e seguras, e, quando chove, se torna um desafio a mais. O parque de apoio (no Parque do Peão) é excelente e o Super Prime que atraí a população local torna a nossa corrida mais bonita”, opinou a piloto Moara Sacilotti, que disputa na categoria Motos, a bordo de uma Kawasaki KLX 450. “Ter participado de todas as edições do certame é um privilégio para mim, espero que sejam os dez primeiros de muitos e muitos anos do rali”, encerrou ela, que é de São José dos Campos, SP.
Programação – 10º Rally Barretos
04 de março – sexta-feira
9h30- Abertura de secretaria
12h às 17h – vistorias técnicas CBM
13h às 15h – Apresentação para a vistoria CBA – todas as categorias
17h às 17h30 – Apresentação para a segunda vistoria CBA (com multa)
17h às 18h – Segunda vistoria CBM com multa
18h30 – Fechamento da secretaria
19h – Briefing Motos/Quadris/UTVs
20h – Briefing Carros
05 de março – sábado
8h – Abertura da pista Indoor/Super Prime para reconhecimento a pé
9h – Encerramento do reconhecimento
9h30 – Prólogo Carros
10h – Largada na Especial (150 km + 50 km de deslocamentos)
12h30 – Largada do 1º carro na Prova Especial
12h30 – Previsão de Largada Motos na Especial Indoor
18h – Briefing Motos/Quadris/UTVs
19h – Briefing Carros (à confirmar)
21h – Evento Promocional
Happy hour a partir das 18h com a banda Five Dollar Shot
06 de março – domingo
8h – Largada na Especial (150 km + 22km de deslocamentos)
10h30 – Largada do 1º carro na Prova Especial
11h – Início do Super Prime seguido de premiação CBM
13h – Início do Super Prime seguido de premiação CBA
15h30 – Cerimonial de encerramento
Almoço musical a partir de 12h com o Grupo Escorregando e em seguida o Rock clássico da Five Dollar Shot
O 10º Rally Barretos tem apoio da Prefeitura de Barretos, os Independentes, Bike Box, Divino Fogão, FD Stands & Displays e Cennarion. Promoção Black Box

Fonte: Liberdade de Ideias – Isis Moretti

Fotos: Ney Evangelista/DFOTOS, Doni Castilho/DFOTOS e Gustavo Epifanio/FotoArena

Comente aqui


JAC T5 ESTREIA NO MERCADO BRASILEIRO

  • As primeiras unidades começarão a ser vendidas em março
  • Cinco meses depois, em agosto, será vez do T5 com transmissão automática. A caixa de câmbio será tipo CVT (continuamente variável)
  • Posicionado abaixo do T6, o novo SUV da JAC Motors com câmbio manual vai custar entre R$ 59,9 mil e R$ 68,9 mil
  • Exibido pela primeira vez no Salão Internacional do Automóvel, em São Paulo, em 2014, o T5 prima por design e custo/benefício
  • Kit multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas é exclusividade do novo SUV da marca no mercado nacional
  • Com motor 1.5 16V VVT Jet Flex, que lhe garante o selo de eficiência “A” do Inmetro, o JAC T5 vai se tornar a nova referência do segmento de entrada de SUV´s  do Brasil

Depois de sua primeira aparição no Brasil, durante o Salão Internacional do Automóvel, em São Paulo, no final de 2014 e ter rodado cerca de 1 milhão de km em território brasileiro para os devidos testes de durabilidade, o JAC T5 está pronto para começar a ser vendido no mercado brasileiro. Comercializado em versão única de motorização (1.5 16V VVT JetFlex), ele estreia com câmbio manual de 6 marchas – a JAC apresentará a versão automática (caixa CVT) em agosto.

De acordo com o pacote de equipamentos de série, mais os “Pack´s” de opcionais, o SUV chinês tem tudo para se tornar uma nova referência em nosso mercado. Mesmo se for escolhido com o Pack 3, isto é, totalmente completo, ele é ainda mais acessível que seus dois principais adversários.

A proposta de introduzir uma imbatível relação custo/benefício não é exatamente inédita para a JAC Motors, mas parece ganhar contornos efetivamente de destaque neste novo SUV. Completo, bonito, bem equipado e extremamente recheado de equipamentos – alguns deles até indisponíveis como opcionais nos rivais –, o JAC T5 oferecerá ao comprador do “SUV de entrada” a experiência só vivida até então por consumidores de modelos de patamares bem mais elevados de preço. Um ótimo exemplo disso é o kit multimídia, feito pela Foxconn, com mirror link e tela de 8 polegadas. Nenhum outro carro deste segmento possui uma tela tão grande e recursos que aprimoram tanto a experiência da conectividade ao usuário.

O kit multimídia é o grande destaque do T5. Trata-se do item que mais irá se destacar aos olhos do consumidor. Mas isso não é tudo. Itens como ESP, assistente de partida em rampas, luzes diurnas de LED e uma extensa lista de equipamentos fazem do nosso SUV um opção extremamente atraente ao cliente dessa faixa de preços”, explica Sergio Habib, presidente da JAC Motors.

Design marcante

Segundo SUV da marca no mercado nacional, o T5 exibe um design atual e agressivo, que certamente se distinguirá no segmento ao qual vai disputar, mesclando belas linhas da carroceria à combinação de spoiler preto na parte inferior dos para-choques, incluindo frisos cromados na parte de cima.

Na frente, a grade em formato de trapézio é caracterizada por aletas cromadas espessas, que lhe garantem identidade única. O capô em forma de cunha e o para-choque envolvente, com luzes de neblina, complementam o conjunto. O T5, inclusive por incluir as luzes diurnas de LED, oferece forte personalidade estética. Não é um carro que será confundido com nenhum outro neste segmento.

A lateral mescla linha alta na “cintura” e traços que surgem no capô dianteiro e no para-choque que promovem sensação de fluidez dinâmica e constante movimento. A pequena janela e a coluna C mais larga, bem pronunciada, dão o tom da robustez que convém a um SUV, a exemplo das rodas de liga de 16 polegadas e dos apliques plásticos em linha ascendente nas portas traseiras.

Já a traseira, igualmente sólida na impressão de robustez, caracteriza-se pela tampa mais “bojuda”, grupo ótico com formas orgânicas e vidro traseiro de menor dimensão, formado por uma linha descendente do teto. Com o pequeno aerofólio montado na extremidade do teto, o T5 ganha um ar efetivamente “esportivo” na confluência desses ingredientes visuais. Com proposta de se integrar a um estágio superior de acabamento na percepção do consumidor, ele ganha um pequeno friso cromado sobre o para-choque, assim como nas molduras de saídas de escape na parte mais inferior.

Interior requintado

Na China, o modelo é líder absoluto de seu segmento, com vendas médias de 15 mil unidades/mês. Um dos pontos mais fortemente enaltecidos pelo consumidor chinês é exatamente a beleza da parte interna. O quadro de instrumentos possui dois grandes mostradores hexagonais: velocímetro e contagiros. Neles, a parte central de cada instrumento revela o nível do tanque e o termômetro de água do motor, respectivamente.

Já no meio dos mostradores, o motorista encontra as luzes-espia e o computador de bordo. Chama a atenção, em um olhar mais atento, a riqueza de detalhes no acabamento do T5. Molduras acetinadas envolvem o quadro de instrumentos e as aletas de ventilação, compondo um cenário visivelmente de bom gosto com as superfícies pretas que compõem o restante do painel.

À esquerda do volante de direção, encontra-se o botão de acionamento elétrico de altura do facho dos faróis, o controle dos retrovisores e a tecla de desligamento do ESP (controle eletrônico de estabilidade). Este volante, inclusive, seguindo o padrão de outros modelos da JAC Motors comercializados no mercado brasileiro, é multifuncional: você comanda as funções do rádio e atende ao celular por intermédio de simples toques, sem soltar as mãos do volante.

O sistema de ar-condicionado, por sua vez, posicionado no console central, logo abaixo do kit multimídia, é digital e automático. Sua principal função é definir a temperatura desejada e fixá-la no mostrador. O aparelho variará a velocidade de resfriamento até que a temperatura desejada seja atingida. Logo abaixo, o motorista encontra as tomadas USB e HDMI, que serão utilizadas para espelhamento do telefone celular do kit multimídia.

Kit multimídia com mirror link e tela de 8 pol é único

Como maior destaque, porém, o JAC T5 exibe um aparelho de multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas, produzido pela Foxconn, que certamente irá criar outro patamar de conectividade para o consumidor desse segmento de SUV´s. Nada é parecido à quantidade de recursos e funções que o sistema da JAC proporciona ao seu usuário. O sistema incorpora, também, a câmera de ré.

Inédito em carros dessa categoria, o sistema multimídia da Foxconn (opcional), totalmente intuitiva e em português, possui conexão HDMI e Bluetooth, leitor de MP3, entradas USB e SD Card. A novidade fica por conta da função “Link”, que permite conectar, espelhar e operar todas as funções de alguns modelos de smartphones ou tablet através do touchscreen da tela HD de 8 polegadas.

Essa flexibilidade permite utilizar e operar aplicativos como o Waze, verificar e-mails ou acessar o Facebook, e até visualizar o álbum de fotos do seu celular, diretamente do painel do carro. Em virtude de apresentar uma tela tão grande, a novidade é que ela pode ser visualizada por todos os ocupantes do carro.

Nível de equipamentos de SUV´s de porte maior

Com 4,325 metros de comprimento e 2,56 m de distância entre-eixos, o T5 possui porte bem semelhante ao dos principais modelos do país, considerando suas respectivas versões de entrada. Mas o “recheio” do modelo da JAC é bem maior que o dos rivais: independentemente do Pack escolhido, o SUV chinês já é equipado com diversos itens que, às vezes, não são nem opcionais na concorrência.

Observe a lista dos principais equipamentos de série já no Pack 1 (R$ 59.990):

  • Ar-condicionado digital e automático;
  • Vidros das quatro portas, trava central e retrovisores com acionamento elétrico
  • Alarme antifurto;
  • TPMS (Tyre Pressure Monitoring System), sistema que identifica quando algum dos pneus está com calibragem 20% abaixo da recomendada e acusa no painel;
  • Banco traseiro com sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis;
  • Sensor de estacionamento;
  • Abertura interna do porta-malas e do tanque de combustível;
  • Sistema de freios com ABS (antibloqueio), BOS (pedal “inteligente” de freio, que anula a aceleração quando os dois pedais são pressionados simultaneamente. Esse recurso aprimora a segurança do veículo, à medida que previne qualquer tipo de aceleração involuntária, como um objeto que trave o pedal do acelerador pressionado. Ao “perceber” que ambos os pedais estão sendo usados, o sistema anula a aceleração e “entende” que os freios devem prevalecer) e BAS (assistente nas frenagens de pânico)
  • Computador de bordo com funções de consumo instantâneo e médio, autonomia, velocidade média e cronômetro;
  • Faróis com regulagem elétrica de altura e acendimento automático (sensor crepuscular);
  • Banco traseiro bipartido 60/40;
  • Banco do motorista com ajuste de altura;
  • Cintos de segurança de três pontos e encostos de cabeça para os cinco ocupantes;
  • Sistema JetFlex, bicombustível, que dispensa o uso do tanquinho suplementar para partidas a frio.

Quando equipado com o Pack 2 (R$ 64.990), o JAC T5 acresce os seguintes dispositivos além do Pack 1:

  • Rodas de liga leve aro 16;
  • Faróis de neblina dianteiros e traseiro;
  • Rack no teto;
  • HSA (Hill System Assist), ou Assistente de Partidas em Aclives, recurso que “segura” o carro imobilizado mesmo em subidas para as arrancadas, sem necessidade de uso do freio de estacionamento. Você engrena a primeira marcha e solta o pé do freio: o carro permanece parado por 2 segundos, tempo suficiente para dar início à aceleração;
  • ESP (Electronic Stability Program), ou Controle Eletrônico de Estabilidade, que age através de sensores em todas as rodas, que vão, em frações de segundo, monitorando constantemente as diferenças de velocidade entre elas. Caso ocorra alguma desaceleração repentina de uma das rodas versus as demais, o sistema “entende” que o carro está iniciando uma derrapagem e passa a frear individualmente as rodas do carro com o objetivo de devolvê-lo à trajetória. O sistema também age na aceleração do veículo, interrompendo-a quando necessário.

Finalmente no Pack 3, onde o JAC T5 passa a custar R$ 68.990, o modelo acumula ainda os seguintes equipamentos, adicionados ao Pack 2:

  • Bancos revestidos em couro;
  • Kit multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas;
  • Câmera de ré.

Mesmo nessa configuração topo de gama, o JAC T5 mantém a competitividade diante de seus principais concorrentes. Modelos bem menos equipados e aprimorados do que o SUV chinês, em suas respectivas versões mais vendidas, custam sempre acima de R$ 71 mil. “Estamos muito bem posicionados nesse segmento de entrada dos SUV´s. Essa faixa de preços que ocupamos é preenchida por hatches compactos em suas versões aventureiras, que são modelos bem menores do que o T5”, garante Habib.

Motor JetFlex oferece boas razões de desempenho e consumo

Já utilizado com êxito na família J3 S, bem como no J5, o motor 1.5 16V VVT JetFlex é o responsável pelo desempenho do T5. Possui potência máxima de 125 cv a gasolina e 127 cv com etanol, a 6000 rpm. De torque, são 152 Nm (gasolina) e 154 Nm (etanol), ambos a 4.000 rpm. Apesar do peso acima de 1.200 kg, o T5 faz-se valer do câmbio manual de seis marchas para garantir um desempenho de destaque em sua categoria. Tanto que faz 0 a 100 km/h em menos de 11 segundos e chega a 194 km/h de velocidade máxima.

O foco no desempenho, porém, não prejudica o JAC T5 em relação ao consumo. É aí que tecnologia VVT entra. O Variable Valve Timing, ou Comando Variável de Válvulas, permite a variação no tempo de abertura das válvulas, fazendo com que o motor ofereça torque em baixas e médias rotações, bem como apresente potência nos altos regimes. Além disso, as primeiras marchas e o diferencial têm relações curtas (isso ajuda nas arrancadas), mas as marchas ascendentes oferecem relações longas, onde o motor “gira” pouco e favorece o consumo.

A maior prova disso é o selo “A” de eficiência energética conferido pelo Inmetro. De acordo com os testes do órgão, o T5 está entre os modelos mais econômicos de sua categoria: 6,80 km/l na cidade e 9,63 km/l na estrada (etanol) ou 8,18 km/l e 12,2 km/l (gasolina).

Fonte:

JAC Motors Brasil

Diretoria de Assuntos Corporativos

Eduardo Pincigher

Comente aqui


Transmissões ZF são as mais lembradas por caminhoneiros do Brasil

 

  • A ZF conquistou o primeiro lugar no ranking da pesquisa espontânea realizada pela Revista TranspoData em parceria com o TruckPad, aplicativo para busca de fretes em operação no País.
  • O prêmio Top of Mind do Transporte 2016 reconheceu as marcas que mais foram lembradas por mais de dois mil caminhoneiros consultados em diferentes regiões do Brasil.
  • Resultados da pesquisa foram apurados e oficializados pela IPSOS, uma das maiores empresas de pesquisa e estudos de mercado do Brasil. 

 

A ZF foi novamente prestigiada pela alta qualidade de suas transmissões. Desta vez, o reconhecimento partiu dos principais usuários finais dos produtos da marca, os caminhoneiros. A pesquisa foi realizada com os profissionais da estrada que utilizam o aplicativo TruckPad e buscou saber quais eram as primeiras marcas que vinham à mente quando eram questionados sobre veículos, transmissões e demais componentes que equipam caminhões. A empresa foi laureada por suas transmissões durante a primeira edição do Prêmio Top of Mind do Transporte, organizado pela revista especializada TranspoData.

A pesquisa, realizada em parceria com o TruckPad, coletou respostas de mais de dois mil caminhoneiros com idades entre 25 e 55 anos, das mais diferentes regiões do País. Os resultados, apurados e oficializados pela IPSOS, revelaram que a marca de transmissão mais lembrada de imediato entre os profissionais da estrada é a ZF, com 44,2% dos votos válidos.

“Além de ser um grande orgulho, sermos lembrados espontaneamente por usuários finais mostra que nosso investimento contínuo em inovação é prestigiado por quem lida com nossas tecnologias diariamente. Para nós, a melhor demonstração da excelência, qualidade e a confiabilidade de nossos produtos é justamente este reconhecimento do mercado.” afirma Silvio Furtado, Diretor de Vendas para Veículos Comerciais e Tecnologia Industrial da ZF América do Sul.

Os caminhoneiros que participaram da pesquisa são cadastrados no aplicativo TruckPad, voltado para busca de fretes, e têm como parte de sua rotina a conectividade, seja para trabalho, lazer, comunicação com familiares, amigos ou colegas de profissão. A forma como a pesquisa foi aplicada reforça a tendência de utilização de dispositivos móveis durante o trabalho, mesmo nas estradas.

”Por conhecer esse perfil conectado e entender que ele é o primeiro estágio do profissional do futuro, direcionamos nosso potencial tecnológico para soluções que acompanhem esta tão importante evolução no setor. Globalmente desenvolvemos tecnologias em produtos que caminham em direção à condução autônoma, com elevado nível de segurança e eficiência energética, inclusive em veículos comerciais. As transmissões ZF são mais um exemplo de nossos esforços para entregar soluções que estejam de acordo com as megatendências mundiais e, acima de tudo, com as expectativas do mercado”, afirma Wilson Bricio, Presidente da ZF na América do Sul.

São Paulo, 26 de fevereiro de 2016.

Grupo ZF – A ZF é líder mundial em sistemas de transmissão e tecnologia de chassis, além de tecnologia de segurança ativa e passiva. Após a aquisição da TRW Automotive em 15 de maio de 2015, a ZF passou a operar aproximadamente 230 unidades em cerca de 40 países. A previsão é que o Grupo, que conta com aproximadamente 138.000 colaboradores, tenha atingido em 2015 um faturamento entre 29 e 30 bilhões de euros (estimativa). A ZF é um dos três maiores fornecedores mundiais da indústria automobilística.

Fonte: MM Editorial – www.mmeditorial.com.br

Marta de Souza – Simone Sabatini

 

Comente aqui


IED São Paulo abre exposição com projetos desenvolvidos para a Jaguar

O Istituto Europeo di Design – IED São Paulo exibe de 29 de fevereiro a 24 de março, em sua sede na Rua Maranhão, 617, em Higienópolis, São Paulo, dois projetos de  design automotivo apresentados no último dia 19 no estúdio da Jaguar, na sede da montadora, em Coventry, a 150 quilômetros de Londres.

As criações, futuristas e secretas, foram executadas pelos alunos do curso de pós-graduação em Transportation Design do IED SP, em contrato de sigilo, exclusivamente para a Jaguar, uma das marcas automotivas de maior prestígio no cenário global.

A ação da montadora consiste em desafiar alunos de diversas instituições de todo o mundo a desenvolverem novos conceitos de design automotivo para a marca. Com o tema The Jaguar Sports Car for 2035 e, sob a orientação do coordenador do curso de Transportation Design, Fernando Morita, o IED São Paulo é a única instituição brasileira a participar do concurso com a Jaguar.

Serviço

Período de exposição: de 29 de fevereiro a 24 de março

Local: IED São Paulo

Horário de visitação: de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h30

Endereço: Rua Maranhão, 617 – Higienópolis – SP

Entrada livre.

Projetos IED em Transportation Design

O IED SP já desenvolveu outras parcerias com montadoras. A primeira foi com a Nissan do Brasil em 2011.Mercedes-Benz Caminhões do Brasil aconteceu em dois anos consecutivos, 2012 e 2013. Também houve parcerias menores com a Citröen e um concurso com a Giugiaro, mas de curta duração.  Em 2014, houve uma parceria com a EA (Eletronic Arts), empresa que desenvolve o game Gran Turismo, em que desafiavam as montadoras de todo o mundo a criar carros inéditos para o game. “Nós tivemos excelentes trabalhos dos chamados ‘show cars’, porque não tivemos limitações técnicas”, finaliza Morita.

Transportation Design no IED São Paulo

O IED SP já desenvolveu várias parcerias com montadoras. A primeira foi com a Nissan do Brasil em 2011. Recebeu a visita de Paolo Pininfarina, uma lenda do setor. Mercedes-Benz Caminhões do Brasil aconteceu em dois anos consecutivos, 2012 e 2013. Também houve parcerias com a Citröen e um concurso exclusivo com o estúdio italiano Giugiaro, um dos mais importantes do mundo. Essa parceria garantiu estágio de um aluno IED no Italdesign, que é o estúdio Giugiaro, em Turim, na Itália. Em 2014, houve uma parceria com a EA (Eletronic Arts), empresa que desenvolve o game Gran Turismo, em que desafiavam as montadoras de todo o mundo a criar carros inéditos para o game. “Nós tivemos excelentes trabalhos dos chamados ‘show cars’, porque não tivemos limitações técnicas”, finaliza Fernando Morita, coordenador da pós.

Sobre o Istituto Europeo di Design – IED

O Istituto Europeo di Design – IED atua nos campos de educação e pesquisa, em todas as áreas do Design – Estratégico, Produtos, Serviços, Interiores, Gráfico, Digital, Moda, Social e negócios relacionados. Em contínua expansão, suas 11 unidades – presentes no Brasil, Itália e Espanha – já formaram cerca de 150 mil profissionais, provenientes de mais de 100 países.

Em São Paulo, em sua sede no bairro de Higienópolis, como faculdade reconhecida e bem avaliada pelo MEC, oferece cursos de graduação, pós-graduação e extensão, assim como programas de atualização e formação avançada para empresas, entidades e governos. No Rio de Janeiro, abriu sua sede no edifício histórico já ocupado pelo cassino da Urca e pela TV Tupi, onde oferece cursos livres e de pós-graduação. O IED foi escolhido pela Abedesign como a melhor instituição de ensino do Brasil em 2014.

Fonte: Index Assessoria

Roberta Tilkian – Jucelini Vilela – Erika Sena

Mayara Vianna França
Assistente de Atendimento
Comente aqui


Juventude corrida precisa de atividade física moderada

É preciso saber dosar para ter saúde e boa forma

A adolescência e a juventude são realmente um período cheio de transformações e muita agitação. É nesta fase da vida que largamos os “brinquedos” e crescemos para o mundo lá fora, o que inclui estudar e trabalhar. Os jovens têm uma vida corrida que a tenra idade permite suportar por um tempo, mas devido a essa movimentação intensa, os exercícios físicos ficam para depois e o depois pode ser muito tarde. Em contrapartida, existem aqueles que praticam diversas atividades e acabam sobrecarregados de dores e estresse psicológico, porque não possuem o acompanhamento de um profissional especializado.

É essencial que a atividade física possua um planejamento e acompanhamento, este detalhe vale para todas as idades, sem exceção. No primeiro grupo, os jovens fazem a faculdade à noite e trabalham de dia. Na maioria das vezes, não sobra tempo nem para uma caminhada. Mas é nesta fase da vida que a rotina dos exercícios, além de ter efeitos mais promissores e rápidos, garante um futuro com mais qualidade de vida, evitando doenças. “Justamente quando ele está entrando no mercado de trabalho é que necessita de mais produtividade. Para alcançar esse resultado nada é melhor do que a atividade física bem orientada, buscando assim atender os seus objetivos”, afirma Amanda Monteiro, coordenadora da Academia Ecofit Club.

Pior do que isso, os jovens estão carregados de bate-papos instantâneos, redes sociais, smartphones de última geração e acabam “esquecendo” dos exercícios. Por outro lado, temos aqueles que se preocupam demais com a boa forma e realizam atividades intensas sem o devido acompanhamento e orientação, o que pode gerar grandes problemas mais adiante. A atividade física em excesso também não faz bem, e acompanhada do estresse da rotina, pode causar um cansaço muito grande, diminuindo o rendimento e a produtividade ao longo dos meses. Dores e lesões são apenas alguns fatores físicos, mas a situação pode se agravar interferindo no psicológico.

“Você precisa ter um acompanhamento dos seus exercícios, ter a consciência de que o seu corpo não é uma máquina de combate. É algo que devemos preservar, cuidar e trabalhar para o bem, não para ultrapassar limites”, conta. Para otimizar o tempo que se tem disponível e não exagerar, o ideal é procurar por academias que tenham planos adequados e que atendam as necessidades desta faixa etária e que e que ao mesmo tempo o jovem possa ter um acompanhamento profissional das suas atividades, como procura fazer a Ecofit.

A rotina de treinos pode ser planejada de acordo com a disponibilidade do jovem aluno. Contemplando atividades como: ginástica, bike, corrida, artes marciais, dança, musculação, multinatação, treinamento suspenso e ecofast, onde cada aula possui sua particularidade promovendo saúde e bem estar.

Para conhecer mais das aulas e dos profissionais, acesse www.ecofit.com.br

Fonte:

Assessoria de Imprensa
estilo press

Jornalista Responsável: Euracy Campos
Atendimento: Alessandra Sabbag

Fotos: Divulgação Ecofit

Comente aqui


Fiat Toro ganha linha de merchandising e licenciamento

 

Minimalista e sofisticada, nova coleção reproduz personalidade do Toro, unindo conforto e requinte em mais de 50 produtos exclusivos

Lançamento automotivo mais esperado de 2016, o Fiat Toro é um carro único, desenvolvido com um conceito inovador, que mescla o conforto de um SUV com o DNA da picape, criando assim um novo segmento. Versátil, o modelo chega com toda a sofisticação e requinte urbanos, oferecendo infinitas possibilidades ao consumidor, que poderá contar com todas as facilidades das grandes metrópoles em um carro.

Inspirada nessas características, chega ao mercado a nova coleção da linha de merchandising e licenciamento da montadora. Com design minimalista, porém elegante, os produtos apresentam uma proposta despojada, mas que não abandona o luxo que estará presente no Toro.

Para garantir uma linha impecável, a Fiat se uniu a empresas renomadas como Seculus, Seanite e Mormaii, que produzem algumas das peças de vestuário e acessórios. Já na linha de brinquedos, temos a reedição da parceria de sucesso com a CKS e Roma Brinquedos, responsáveis respectivamente pelas versões de controle remoto e rodas livres do novo Toro.

“Tudo na coleção, desde a seleção das matérias-primas, passando pela escolha dos processos de produção, até as parcerias com as empresas, tudo foi pensando para refletir a identidade do Toro, um carro versátil, sofisticado e extremamente confortável” afirmou Douglas Sabino, responsável pela área de merchandising e licenciamento da Fiat.

Ao todo, são de mais 50 produtos inspirados no Fiat Toro entre calças, jaquetas jeans, coletes, t-shirts, polos masculinas e femininas, relógios, bonés, cintos, carteiras etc. A coleção ainda conta com camisetas infantis, no modelo “Tal Pai, Tal Filho”.

As peças de vestuário, confeccionadas em tecidos modernos e de alta qualidade, passaram por modernos processos de produção e tintura. Bordados com o ícone e logo do Toro, lavagens, aplicações em silk e acabamentos diferenciados completam a coleção e conferem à linha estampas e modelagens exclusivas.

A nova coleção Fiat Toro estará disponível em fevereiro, no e-commerce Fiat Fashion (http://fiatfashion.com.br/) e em lojas especializadas de todo o Brasil.

Sobre Fiat Fashion Innovation Attitude

A plataforma de merchandising e licenciamento Fiat Innovation Attitude nasceu para dar maior longevidade as relações de consumo com os clientes e novos consumidores que ate então não se relacionavam com a marca.

Com uma segmentação de produtos que traduzem o espírito da marca Fiat, os produtos de merchandising e licenciamento são inspirados nas linhas de carros produzidos pela montadora, trazendo a ousadia do design automotivo. São mais de 500 produtos disponíveis com mais de 15 empresas parceiras em diversos segmentos, como vestuário, acessórios, brinquedos, colecionáveis, escolar, decoração, editorial.

Fonte: MSLGROUP Espalhe

Adriana Cardoso – Raquel Bertani

Comente aqui


Os sotaques se misturam no 1º Rally Estado de Minas Gerais

unnamed

Movidos pela paixão do esporte, competidores saem de suas casas e viajam quilômetros de distância para tentar um lugar no pódio da primeira edição do Rally Estado de Minas Gerais

 

Sem dúvida nenhuma, Poços de Caldas, MG, será a capital do off-road nos dias 11 e 12 de março, pois concentrará aproximadamente 250 pessoas adeptas do fora-de-estrada, que representarão nove estados do Brasil. Desde o ano passado, quando o 1º Rally Estado de Minas Gerais foi anunciado, ele já gera muitas expectativas, uma vez que será uma mistura de pronúncias e culturas diferentes. Mais do que uma competição, o rali também será um encontro de amigos.
“Eu adoro competir no rali de regularidade e, por isso, não me importo em viajar longas distâncias para participar dos certames”, contou o piloto Leonardo Borges Menarim, da cidade de Castro, PR, que junto da navegadora Adriana Micheli, viajará aproximadamente 700 quilômetros até o município do evento. A dupla está inscrita na categoria Turismo.


Outro desafiante que vem de longe é o piloto José Carlos da Silva, de Cuiabá, MT. “É importante representar o meu Estado, pois quando eu venço ou conquisto um boa classificação, isso repercuti na mídia local e eu recebo diversos elogios, o que gera uma grande satisfação. Além disso, sou apaixonado pelo esporte, e como não existem muitas provas próximas da minha região, preciso me deslocar para outros lugares”, explicou Silva, que está no esporte desde 2006 e, atualmente, disputa a categoria Graduado, junto ao navegador Vinicius Botura.
Até o momento, estão confirmados competidores de 45 cidades, entre os Estados do Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais (sede do evento), São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
A concentração do 1º Rally Estado de Minas Gerais será no dia 10 de março, no Hotel Golden Park, localizado na Avenida Vereador Edmundo Cardilo, nº 3.608. E as inscrições podem ser feitas no site www.rallyestadomg.com.br. As categorias disponíveis são Máster, Graduado, Turismo e Novato (antiga Turismo Light), além das categorias Adventure e Passeio, para quem não quer ter compromisso de obedecer a tempo e médias de velocidade.
O Rally Estado de Minas Gerais tem patrocínio de Supermercados BH. Apoio de Grupo JVT, Q7 Off-Road, SFI Chips, Fazenda Amoras, Prefeitura Municipal de Poços de Caldas, Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, Hotel Golden Park e Ativa.
Realização: SC Racing
Supervisão: FMA

Fonte: Liberdade de Ideias – Isis Moretti

Fotos: Doni Castilho/DFOTOS e Felipe Tesser

Comente aqui


O que avaliar na aquisição de injetoras

Wittmann Battenfeld orienta sobre os fatores que mais merecem
atenção na escolha do equipamento mais indicado à
fabricação de cada tipo de peça plástica
Para cada necessidade, uma versão diferente. Optar por um tipo de injetora exige a análise de alguns critérios, que permitirão a fabricação do produto de qualidade, com o melhor rendimento e a mais elevada produtividade. Força de fechamento e capacidade de injeção são os principais fatores para os quais os transformadores de plástico devem se atentar, mas os aspectos que definem esta decisão vão do local a ser instalado à manutenção dos equipamentos.
A orientação do fabricante é fundamental para a escolha correta e o primeiro passo para uma boa especificação é avaliar as reais necessidades do transformador, considerando demanda atual e futura e, principalmente, a peça a ser produzida. Marcos Cardenal, engenheiro de vendas da Wittmann Battenfeld do Brasil – um dos principais fabricantes mundiais de equipamentos para a indústria de transformação de plásticos -, explica que é fundamental que a máquina não seja sub ou superdimensionada. Uma injetora com força de fechamento mais alta do que o necessário, por exemplo, pode ter o ciclo de produção reduzido, consumir energia excessivamente ou mesmo danificar o molde.
De forma semelhante, a capacidade de injeção deve ser pouco superior ao peso da peça a ser injetada. Caso contrário, podem ocorrer falhas na peça ou perdas das características da matéria-prima dado o tempo excessivo no cilindro, comprometendo a resistência mecânica do produto final. Para evitar esses problemas, é preciso realizar o dimensionamento correto da máquina.
Custo-benefício
O montante de investimentos e os custos envolvidos em todo o processo de produção estão entre as preocupações dos transformadores e devem ser levados em conta na escolha da injetora. Cardenal reconhece que o preço pesa bastante na decisão, mas a eficiência energética, principalmente depois da forte elevação do valor da energia elétrica no último ano, tornou-se um fator bastante significativo. “Basear-se somente no valor do equipamento não é a decisão mais acertada. Qualidade tem seu preço e representa melhores resultados e durabilidade”, alerta.
A economia energética pode não ser perceptível num primeiro momento, especialmente num parque de máquinas composto por diferentes equipamentos. No entanto, A Wittmann Battenfeld já oferece modelos com medidor de consumo de energia integrado em máquinas que atendem às necessidades e características dos transformadores de pequeno a grande porte.
Precisão, repetibilidade e produtividade complementam a gama de critérios a serem avaliados. Outro aspecto importante é a facilidade de operação e de manutenção da máquina. Os sistemas de controle são cada vez mais amigáveis e informativos, o que contribui para a regulagem mais precisa da injetora. As versões mais modernas possibilitam minucioso controle da operação, apontando possíveis falhas a tempo de serem corrigidas. “A Wittmann Battenfeld utiliza um sistema operacional fácil de configurar e que permite atualizações”, comenta Cardenal.
Atendimento eficiente
A assistência técnica e o atendimento pré e pós-venda também são fundamentais. Equipes capacitadas podem esclarecer sobre cada detalhe, desde a estrutura física onde a máquina será instalada – como piso, que deve ter resistência e nivelamento adequados para suportar o peso e a pressão exercida pelo movimento da injetora – até as instalações elétricas.
Embora seja o coração do processo produtivo, a injetora pode não ser o único equipamento dentro desse sistema. Há casos que precisam de soluções completas, no entanto, tal conclusão só é alcançada a partir de uma avaliação detalhada das necessidades dos transformadores. Sistemas de automação e periféricos podem ser úteis na fabricação da peça, otimizando os benefícios oferecidos pela injetora. “Por isso, o projeto deve ser feito por fornecedores e equipes capacitadas, para que todo o conjunto seja o mais eficiente possível”, conclui Cardenal.
 Wittmann Battenfeld do Brasil Ltda.
Telefone: (19) 2511-8150
Fonte: Assessoria de Imprensa
Via Pública Comunicação – www.viapublicacomunicacao.com.br
Sheila Diez -Regiane Damasceno
Comente aqui


Arena Eventos renova patrocínio com a Can-Am para o Rally Baja e o Cross Country

Primeiro evento será o Rally da Ilha e as inscrições já estão abertas no site www.arenaenduro.com.br para a nona edição na disputa do campeonato Brasileiro de Rally Baja nas modalidades motos, quadriciclos e UTVs

A Arena Promoções e Eventos, comandada por Henrique Arena, iniciará a temporada de competições nos dias 18, 19 e 20 de março com a realização do Rallly da Ilha na cidade balneária de Ilha Comprida, localizada no litoral sul de São Paulo, e contará novamente com o imprescindível patrocínio da Can-Am, marca canadense fabricante de quadriciclos e UTVs, para todas as provas da temporada 2016.

“A parceria renovada com a Can-Am confirma nosso compromisso de realizarmos sempre um trabalho com excelência e qualidade técnica. A marca apoia constantemente a prática do esporte, como também, as ações sociais envolvidas”, destaca o diretor de prova, Henrique Arena.

Serão cinco etapas inseridas nos campeonatos brasileiros de Rally Baja e Cross Country que ficaram a cargo da organização de Henrique Arena e sua equipe: 9º Rally da Ilha (Baja-CBM), 10º Rally Cuesta Off-Road (Baja e Cross Country – CBM/CBA), 2º Rally do Jalapão 500 (Baja – CBM), 1º Rally Baja Canastra (Baja e Cross Country-CBM) e 10º Rally Rota Sudeste (Baja e Cross Country – CBM/CBA). Em cada etapa, os competidores farão dois dias de disputas.

A novidade para a temporada 2016 de competições será a 1ª edição do Rally Baja Canastra válido para o Campeonato Brasileiro de Rally Baja e Cross Country (CBM) nas modalidades moto, quadriciclo e UTVs, que será realizada nos dias 05, 06 e 07 de agosto, na cidade de São João Batista do Glória próximo à Passos em Minas Gerais. “Estamos preparando uma etapa com um roteiro sensacional e diferenciado para o Brasileiro Baja e, uma especial para o Brasileiro Cross Crountry, que terá a última etapa antes do Rally dos Sertões e servirá de preparação para muitas equipes”, explica Arena.

As disputas nacionais de Rally Baja são compostas de oito etapas e 16 provas (rodadas duplas). Já no Rally Cross Country serão seis etapas com cinco em formato de rodada dupla e uma de um dia, totalizando 11 provas no ano. “O nosso objetivo é planejar e organizar bons ralis. Temos uma equipe técnica empenhada e teremos roteiros surpreendentes”, enfatiza.

Sobre a BRP – A BRP (TSX: DOO) é líder global em projeto, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos esportivos e sistemas de propulsão. Seu portfólio inclui os veículos para neve Ski-Doo e Lynx, a moto aquática Sea-Doo, os veículos side-by-side e quadriciclos Can-Am, os roadsters Can-Am Spyder e os sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotaxwell, além dos motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP dá suporte a sua linha de produtos com peças, acessórios e vestuário dedicados. Com uma renda anual com vendas de mais de CA$ 3 bilhões em 105 países, a empresa conta com cerca de 7.100 funcionários no mundo. (www.brp.com)

A 9ª edição do Rally da Ilha é uma realização da Arena Promoções e Eventos e têm a supervisão da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo. A prova conta com o patrocínio da Can-Am e, apoio da Bike Box e da Prefeitura Municipal de Ilha Comprida.

Programação do Rally da Ilha 2016:
Local – Arena de Eventos. ( próximo ao Corpo de Bombeiros)
Wp-S-24 ‘44.903 W 47’33.025.

Dia 18 de março – Sexta-feira
14h00 às 17h30 – Secretaria de prova
14h30 às 18h00 – Vistoria

Dia 19 de março – Sábado
Local – Arena de Eventos. (próximo ao Corpo de Bombeiros)
Wp-S-24 ‘44.903 W 47’33.025
8h00 às 11h00 – Secretaria de prova
8h00 às 11h00 – Vistoria
11h30 – Briefing
13h00 – Largada da Especial com 174 km ( duas voltas com 87 km)
17h00 – Super Prime com 2,6 km
19h30 – Briefing e posição de largada

Dia 20 de março- Domingo
8h30 – Largada- Especial com 218 Km ( duas voltas de 109 km)
Local – Arena de Eventos
16h00 – Premiação

Hospedagem
Hotel Oficial da prova
Pousada Recanto
Rua das Margaridas 65 – Balneário Meu Recanto
(13)3842-3838 / 3842-1546

Calendários 2016 da Arena Promoções e Eventos

Campeonato Brasileiro de Rally Baja

1ª e 2ª etapas – 06/03 – Rally de Barretos
3ª e 4ª etapas – 20/03 – Rally da Ilha
5ª e 6ª etapas – 22/05 – Rally Cuesta
7ª e 8ª etapas – 12/06 – Rally Rota SC
9ª e 10ª etapas – 02/07 – Rally Baja Jalapão
11ª e 12ª etapas – 07/08 – Rally Baja Canastra
13ª e 14ª etapas – 06/11 – Rally Rota Sudeste
15ª e 16ª etapas – 10/12 – Rally dos Amigos

Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

1ª e 2ª etapas – 5 e 6/3 – Rally de Barretos (2 etapas)
3ª e 4ª etapas – 21 a 24/4 – Rally RN 1500 (2 etapas – 2 primeiros dias)
5ª e 6ª etapas – 21 e 22/5 – Rally Cuesta (2 etapas)
7ª e 8ª etapas – 3 a 10/9 – Rally dos Sertões (2 etapas – 2 primeiros dias)
9ª e 10ª etapas – 5 e 6/11 – Rally Rota Sudeste (2 etapas)
11ª etapa – 10/12 – Rally dos Amigos (1 etapa)

Fonte: Consultoria de Comunicação e Assessoria de Imprensa
SIG Comunicação | Silvana Grezzana Santos
www.sigcomunicacao.com.br

Fotos: Luciano Santos/DFotos, Sanderson Pereira/Photo-S, Nelson Santos Jr., Idário Café/Mundo Press e Gustavo Epifanio/DFotos

patrocinios

Comente aqui


Scania bate recorde histórico de market share no México

Fabricante é líder no país no segmento de ônibus rodoviário, e fechou 2015 com 57% de participação de mercado; em serviços, faturamento cresceu 12% ante 2014

São Paulo, 25 de fevereiro de 2016 – A Scania, referência mundial em soluções de transporte sustentável, consolida sua liderança no mercado mexicano: pelo sexto ano consecutivo ficou em primeiro lugar entre os concorrentes, com market share recorde de 57% no segmento de ônibus rodoviário – aumento de quase 9 pontos porcentuais em relação ao resultado do ano anterior. Outro destaque do desempenho da marca no país é o crescimento de 12% no faturamento em serviços, na comparação entre os números de 2015 e 2014. “Com esses resultados, o México se torna o principal mercado de ônibus para a Scania no mundo”, diz o diretor-geral da empresa no México, Enrique Enrich.

No quesito serviços, o México é um modelo de sucesso com o desenvolvimento do conceito de oficinas nas instalações dos clientes, hoje presente em quase 40 pontos. Também vale mencionar que a ampliação da rede de concessionários, que no último ano ganhou duas unidades, colaborou para consolidar a presença da marca no país. “O fato de atualmente 80% de nossos colaboradores trabalharem na área de serviços mostra a importância do pós-venda em nossa operação. Pela primeira vez na região das Américas, mais de 50% da frota circulante roda com contratos de manutenção”, enfatiza o executivo.

Enrich afirma ser possível explorar mais o potencial de crescimento em serviços, principalmente considerando a conectividade dos veículos que oferecem, em tempo real, informações sobre sua condução. “Com esses dados conseguimos dar maior eficiência e disponibilidade a nossos clientes”, explica o executivo.

A maré favorável para o mercado mexicano deve continuar. O executivo da Scania conta que neste ano já foram encomendados 360 ônibus, mais que o dobro das encomendas do mesmo período do ano passado. Esse número representa um recorde histórico de pedidos realizados em um único mês no México.

Mobilidade sustentável – Foi somente no fim de 2013 que a Scania entrou no segmento urbano do mercado mexicano. “A partir de então estamos ganhando protagonismo, com participação em importantes sistemas da Cidade do México, do Estado do México, Puebla e León, que intensificaram nos últimos dois anos a implantação de sistemas de BRT”, conta o executivo.

A aposta reflete a estratégia da Scania de investir no crescimento do país e aproveitar a demanda por soluções de mobilidade nas grandes cidades.  “Apresentamos ao mercado mexicano em 2015 nosso ônibus Euro 6 movido a gás natural. A Scania tem todas as tecnologias para transporte de passageiros, do etanol ao diesel euro 6, do híbrido ao elétrico. Mas vemos que no México, pela disponibilidade do combustível gás e levando em consideração todo o ciclo de vida do veículo, essa é a melhor solução, e as demonstrações comprovam isso”, explica Enrich. Outros países da América Latina, como Colômbia e Peru, já seguem a mesma tendência do uso de GNV para seus sistemas de transporte urbano.

Para 2016, a aposta da Scania será também por caminhões. Estão planejados estudos de mercado e demonstrações com as primeiras unidades que chegam ao país. “No México, Scania é sinônimo de ônibus e excelência em serviços, e chegou a hora de ser sinônimo também de caminhões. Estamos prontos para esse passo”, completa Enrich.

Sobre a Scania

A Scania é um dos principais fabricantes mundiais de caminhões pesados, de ônibus e de motores industriais e marítimos. Os serviços têm participação crescente nos negócios da empresa, assegurando aos clientes soluções de transporte econômicas e com alta disponibilidade operacional. Em 2016, a Scania completa 125 anos de fundação e tem como objetivo ser líder em soluções de transporte sustentável. Com 44,4 mil colaboradores, a empresa está presente em mais de 100 países, com linhas de produção na Europa, Ásia e América Latina e com possibilidade de intercâmbio global de componentes e veículos completos. Em 2015, a receita líquida da Scania alcançou 94,89 bilhões de coroas suecas e o lucro líquido do exercício, após a dedução de impostos, foi de 6,7 bilhões de coroas suecas.

Para mais informações sobre a Scania acesse:

www.scania.com.br/
Fonte: Assessoria de imprensa
Scania Latin America
Cristiano Soares
S/A Llorente & Cuenca
Bruno de Oliveira

Comente aqui