Mês: julho 2016



15º JET WAVES WORLD CHAMPIONSHIP: MARK GOMEZ DEFENDE A INVENCIBILIDADE NO CIRCUITO MUNDIAL

O norte-americano Mark Gomez foi campeão do Circuito Mundial em 2015 e venceu as três primeiras etapas desse ano Fotos: Ricardo Fuchs/jetskiNworld

O norte-americano Mark Gomez foi campeão do Circuito Mundial em 2015 e venceu as três primeiras etapas desse ano
Fotos: Ricardo Fuchs/jetskiNworld

Campeão mundial em 2015 e vencedor das três primeiras etapas na Europa esse ano, o norte-americano chega nesta quinta-feira a Salvador (BA), como favorito

Campeão mundial em 2015 e vencedor das três etapas europeias esse ano, o norte-americano Mark Gomez chega a Salvador (BA) como favorito a ganhar o 15º Jet Waves World Championship (campeonato com manobras de jet ski nas ondas).  A disputa, que começa nesta sexta-feira e prossegue até domingo, na praia Stella Maris, na capital baiana, é válida pela quarta etapa do Circuito Mundial.
Gomez venceu as etapas realizadas em Portugal, França e Inglaterra, entre os meses de maio e junho. Adiantou que não teve tempo de preparação para essa quarta etapa, pois participou de campeonatos profissionais de ski, em circuito fechado (corrida) e freestyle (manobras livres) nos Estados Unidos.  “Chegarei na quinta-feira e quero fazer alguns treinos no local de competição. Será a primeira vez que estarei no Brasil. Vi várias fotos da praia Stella Maris e espero que a mãe natureza nos ajude para que seja um grande evento”, explicou o piloto que pratica o freeride há 12 anos e também tem no currículo o título amador no Blowsion Surf Slam de 2009.
O norte-americano avalia que caso garanta a quarta vitória seguida, nesse final de semana em Salvador, ficará em situação privilegiada para tentar o bicampeonato. Depois, o Circuito Mundial terá apenas mais duas etapas, de 9 a 11 de setembro, nos Estados Unidos e de 3 A 6 de novembro, no Japão. Lembrou que nesse 15º Jet Waves World Championship não competirá com seu equipamento, mas promete fazer o melhor e tentar manter a invencibilidade.
Segundo Gomez, o freeride está crescendo no mundo inteiro. Em seu país são realizados várias competições, como o Daytona Freeride, WaveDaze, Pismo Freeride, entre outros. “Muitas vezes são encontros, desta forma não existe a pressão da competição e ajuda a modalidade a ganhar novos praticantes. Outras competições importantes nos Estados Unidos são o Blowsion Surf Slam (etapa norte-americana do Circuito Mundial) e o Grayland Open,q eu reúne os melhores competidores. As perspectivas são muito boas para a modalidade”, destacou.
PROGRAMAÇÃO
A programação do 15º Jet Waves World Championship terá início na sexta-feira com inscrições e treinos livres no período das 8 às 11h30. Das 10h30 às 12h30 haverá treinos livres. Às 14 horas, acontecerá a reunião com os pilotos. Às 14h15 haverá a solenidade de abertura. Às 14h30 começa a pré classificatória e às 16 horas será realizada a segunda pré classificatória No sábado a movimentação tem início às 9h30 com a reunião dos pilotos. Às 10 horas está prevista a classificatória com chave de 20 pilotos e às 11h30 a última chance. Ás 14 horas começarão as disputas das oitavas de finais. Às 15h30 está programado o Best Jump.
No domingo às 10 horas tem início às oitavas de final, às 14 horas, as quartas de final, às 15 horas, a semifinal.  Às 15h30 será realizada a disputa do terceiro lugar e às 15h45, a decisão do título e às 16 horas, haverá a entrega de prêmios.
O 15º Jet Waves World Championship tem a organização da FER (Federação de Esportes Radicais), com supervisão da IFWA (International FreeRide WaterCraft Association). Os apoios são da Ventura Marine – Água de Coco Obrigado – Wamiltons Customs – Grand Hotel Stella Maris – AMF Racing – Pro Rider – Hydro Turf – DASA – Tigercraft – Prefeitura Municipal de Salvador – Racu Photo – ProNautica – Jacob Adventure.
Mais informações nos sites: www.jetwaves.com.br
Fonte: ROF – Renato Fabretti

Comente aqui


CAOA RECEBE PRÊMIO ABEMD PELA COMUNICAÇÃO DA PROMOÇÃO TABELA FIPE

1 Promoção Tabela FIPE

  • Durante o ano de 2015, empresa foi pioneira ao realizar campanha oferecendo o preço vigente, na tabela FIPE, para modelos usados na troca por um zero quilômetro da marca
  • A Associação Brasileira de Marketing Direto – ABEMD – premia estratégia de comunicação da CAOA em parceria com o IBOPE DTM para divulgação da promoção na categoria E-mail Marketing

São Paulo, 12 de julho de 2016 Seguindo o conceito de transformar a crise em oportunidades, a CAOA realizou, em 2015, a inédita campanha Tabela Fipe para alavancar as vendas e promover a fidelização de seus Clientes, oferecendo pelo veículo seminovo, o valor equivalente ao preço vigente na Tabela Fipe na compra de um Hyundai 0km. Grande parte do sucesso da campanha foi a comunicação objetiva e eficiente com seu público alvo, realizada por uma estratégia de e-mail marketing, agora premiada pela ABEMD.

Promovida pela equipe de Gestão do Relacionamento com o Cliente – CRM (Customer Relationship Management) – da CAOA, em parceria com o IBOPE DTM, a estratégia gerou grande interesse do público e, como desdobramento, foi estendida e novamente comunicada aos Clientes que ainda não tinham aderido.

Os consumidores que receberam a oferta foram selecionados cuidadosamente, para que fossem os mais adequados, de acordo com o ciclo de vida na régua de relacionamento da marca, abordando os Clientes com maior propensão a compra de um novo veículo (baseado em um estudo do comportamento e perfil dos Consumidores realizado pelo CRM). A iniciativa rendeu aos responsáveis o prêmio de bronze na categoria E-mail Marketing da ABEMD.

“O setor automotivo tem passado por dificuldades nos últimos anos e, nesse cenário, continuamente buscamos soluções para atrair a atenção dos consumidores”, diz Anselmo Borgheti, Diretor Executivo de Marketing, Produto, Desenvolvimento de Rede e Pós-venda da Hyundai CAOA. A campanha durou 40 dias, vendeu cerca de 180 carros (somente como resultado do E-mail Marketing) e teve o Retorno de Investimento (ROI) de 33.531%.

CAOA e IBOPE DTM trabalham em conjunto há dois anos com as ações de marketing de relacionamento voltadas aos Clientes da marca.

Fonte: CAOA

Diretoria de Relações Institucionais e Comunicação com a Imprensa

Déborah Encarnato | Maira Nascimento | Anderson Cavalcante | Gerson Almeida

Comente aqui


Consórcio é opção para realizar o sonho do primeiro carro

índice

Parcelas mais acessíveis, sem cobrança de juros e, a possibilidade de negociar o bem à vista, após contemplação, têm feito do consórcio a melhor opção para a compra de um automóvel

        Conseguir, enfim, guardar dinheiro pagando uma parcela acessível, sem a cobrança de juros abusivos dos financiamentos e, de quebra, ainda conseguir adquirir um bem de valor. O consórcio, não à toa, tem crescido no Brasil e caído no gosto dos clientes e economistas, que passaram a enxergar nessa modalidade a melhor opção para compra e realização de sonhos. Por meio dela o cliente pode adquirir desde a casa própria até um serviço, como tratamento dentário, ou a compra de um carro ou uma moto.

Cliente do Consórcio Luiza, empresa do grupo Magazine Luiza, o auxiliar de produção Tiago Chagas Corso, paulistano de 27 anos, foi um dos que apostou no segmento para realizar seu sonho. Após pesquisar e fazer comparações com financiamentos tradicionais, ele optou pelo consórcio e acaba de comprar seu primeiro carro. “Tinha um valor reservado para parte da compra do veículo, mas quando fiz as contas vi que, se optasse pelo financiamento, seria suficiente para pagar apenas os juros.  Fiz o consórcio, dei a quantia como lance e fui contemplado”, afirma.

Segundo Edna Maria Honorato, diretora do Consórcio Luiza, uma das vantagens dessa modalidade de compra é que ela permite que o cliente, após ser contemplado, tenha possibilidade de negociar o valor do bem com pagamento à vista. Além disso, é uma excelente forma de se educar financeiramente, já que o cliente aprende, na prática, a guardar dinheiro para conseguir o bem desejado. “O consórcio é a maneira mais consciente e democrática de consumo que existe no mercado, pois qualquer pessoa, com planejamento, alcança seu objetivo”, explica.

O consórcio de veículos, opção escolhida por Tiago, é uma forma menos burocrática e mais acessível de se obter recursos para a compra de um carro, sem pagar pelos juros cobrados nos financiamentos convencionais e com parcelas que cabem no bolso. “É uma maneira de planejar o futuro e investir em uma conquista sua, por meio de uma poupança programada. Além disso, possibilita melhor negociação no momento da compra”, diz Edna.

Consórcio Luiza

No mercado há 23 anos, o Consórcio Luiza oferece seus serviços em 786 lojas do Magazine Luiza e conta ainda com 154 gestores de negócios autorizados, além do site www.consorcioluiza.com.br.

Com sede em Franca (SP), a empresa, uma das maiores no ramo de consórcios do país, oferece serviços inovadores e de qualidade, possibilitando aos clientes a conquista de seus sonhos por meio de opções de cartas de crédito de eletro, móveis, carros, caminhões, motos, imóveis, serviços como festas, saúde e estética, viagens, estudos, reformas, entre outros. Atualmente, a empresa está  investindo na expansão do seu quadro de gestores de negócios em todo o Brasil, aproveitando o bom momento em que o sistema se encontra.

Há cinco anos consecutivos figura entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil, e há três anos, entre as melhores da América Latina, segundo o Instituto Great Place to Work. Em 2014, foi o vencedor do prêmio Época Reclame Aqui, na categoria Consórcios, que elege as empresas com melhor atendimento ao consumidor do Brasil. Afiliado à ABAC (Associação Nacional dos Administradores de Consórcios) e ao SINAC (Sindicato Nacional dos Administradores de Consórcios), o Consórcio Luiza já entregou mais de 260 mil bens e, atualmente, conta com mais de 70 mil clientes ativos. Em seus 23 anos, não possui reclamação fundamentada no Procon e conta com uma excelente reputação junto ao BACEN.

Julho/2016

Fonte Assessoria de Imprensa

www.fonte.com.br

Ana Catarina Prebill – Paulo Viarti – Ricardo Carvalho

Comente aqui


Backflips de Kiko Silva levam Ribeirão Moto Festival ao delírio

unnamed

Piloto preparou repertório de manobras impressionante para os dois dias de apresentações no encontro de motociclistas em Ribeirão Preto (SP)

Backflips. Underflips. Tsunamis. Parte do arsenal de manobras empregado por Kiko Silva para impressionar o Ribeirão Moto Festival. Realizado anualmente em Ribeirão Preto (SP), a sexta edição do encontro de motociclistas teve o freestyle motocross como atração especial. E ao longo dos três dias do evento (8 a 10 de julho), as apresentações ocorreram no sábado (9) e domingo (10).

Kiko Silva já havia saltado no Ribeirão Moto Festival. Tamanho do encontro, quantidade e energia do público marcaram sua memória. Tudo, pela mesma razão: alcançaram pico de intensidade. Mesmo na escala de quem tem como profissão manobrar Brasil afora.

Assim, Kiko preparou repertório de impacto, visando impressionar o público. E os backflips desempenharam papel central neste plano. Entre as rotações, destaque para os backflips indian air e underflips, manobra na qual durante o giro a moto é deslocada quase perpendicular ao sentido do salto. E que apesar da complexidade, foi executada com perfeição.

A reação do público foi 100%. Durante o show havia expectativa quanto aos backflips. E na hora que fiz, o público foi ao delírio. Ouvi muitos gritos e aplausos”, detalha Kiko Silva.

Além das manobras, outro aspecto que empolga o público é a capacidade dos pilotos de saltarem em sequência. Por isso, habilidade frequentemente integrada às apresentações realizadas pelo Negretti Motocross Show. Em Ribeirão Preto (SP), Kiko Silva, e seu companheiro na equipe, Cyro de Oliveira, mostraram mais uma vez que os saltos seguidos conquistam os fãs. De acordo com Kiko, este foi um dos momentos mais aclamados dos shows no Ribeirão Moto Festival.

Dois dias de arquibancadas lotadas. Vários motoclubes. Estrutura muito boa. O evento estava 100%”, o resumo de Kiko Silva sobre o Ribeirão Moto Festival 2016. Que já pensa no que vai preparar para o encontro do próximo ano.

Fonte: Whipress Comunicação

Fotos: Best Trick

patro

Comente aqui


Programa turístico quer recuperar e difundir a histórica cidade da Lapa

 

Localizada na região metropolitana de Curitiba, a cidade é marcada pelo tropeirismo e por um dos capítulos mais importantes da Revolução Federalista

CURITIBA, 12/07/2016 – Que a cidade da Lapa, no Paraná, é um dos destinos mais charmosos do Sul do Brasil, muita gente já sabe. Com sua origem ligada ao tropeirismo, a cidade, localizada na região metropolitana de Curitiba, é uma das mais antigas do Estado. Seu Centro Histórico mantém características originais da época, ruas de paralelepípedos, construções no estilo português dos séculos VXIII e XIX chamam atenção de quem visita a cidade. Além disso, a Lapa carrega em sua rica história um dos episódios mais importantes da república brasileira: o Cerco da Lapa. Em 1894, a cidade ficou sitiada por 26 dias quando o exército local conteve o avanço da Revolução Federalista, que pretendia instituir sua própria forma de governo no Sul por rejeitar a República.

Para difundir essas histórias e oferecer um programa turístico completo aos visitantes, acaba de ser lançado o programa “Tropeiro Urbano”, uma parceria entre o Hotel Tropeiro da Lapa e a Pousada Tropeira, que conta com o apoio dos comerciantes locais. O programa, que tem duração de um dia, fará com que os turistas aproveitem o melhor que a cidade da Lapa tem para oferecer. O “Tropeiro Urbano” une história e entretenimento, oferecendo passeios guiados pelos museus e edifícios históricos da cidade, apresentações musicais e culturais, almoço típico, café com mistura e hospedagem de uma noite.

“Entre os séculos XVII e XIX, os tropeiros se tornaram responsáveis pelo comércio e transporte de animais e mercadorias por todo território que passavam. Os locais onde eles paravam acabaram virando freguesias, vilas e cidades, com fortes heranças culturais que foram espalhadas, principalmente, no trajeto que ia do Rio Grande do Sul até São Paulo, tendo a cidade da Lapa, no Paraná, como uma das principais paradas. Foi aí que a Lapa começou a ganhar força e importância. É essa história rica e repleta de encantos culturais e gastronômicos que queremos mostrar aos turistas”, explica o historiador e idealizador, Márcio Assad.

O Tropeiro Urbano já está disponível e custa R$ 135,00 (por pessoa). Os agendamentos de passeios podem ser feitos pelo telefone (41) 9986-1011 ou na página oficial do programa no Facebook (www.facebook.com/pousadatropeiraemlapa).

Fonte: Bruna Bozza
P+G Comunicação Integrada

Comente aqui


Novos Kits e pistões com anéis da Kolbenschmidt (KS) para veículos pesados

 

Componentes são dirigidos para veículos das marcas Mercedes-Benz e Perkins 

O mercado de reposição já pode contar novos produtos das linhas de kit e pistão com anel da Kolbenschmidt (KS) para motores Mercedes-Benz e Perkins.

Da marca Mercedes-Benz, o lançamento do kit e do pistão com anel é indicado para o motor OM 924LA, OM 926LA Euro 5 que equipam os modelos Accelo 815/1016; Atelo 1726 (4×2) / 1726 (4×4) / 2426 (6×2) e Atron 2324 (6×2), produzidos a partir de 2012. O pistão é item exclusivo Kolbenschmidt (KS) no mercado original e de reposição.

Ainda para Mercedes Benz na linha de pistão com anel, os novos itens da Kolbenschmidt (KS) se aplicam nos caminhões Atego com motores Euro 3 OM 904, OM 906, produzidos a partir de 1998 e nos motores OM 924 LA e OM 926 LA, disponíveis após 2005.

Para Perkins, os lançamentos de pistão com anel atendem a linha industrial, com aplicação também em geradores para os motores série 1100 – 1100A Turbo e série 1100 -1104C Turbo e Aspirado.

* Os produtos da marca KOLBENSCHMIDT (KS), Pierburg e B.F são comercializados no mercado brasileiro de reposição pela MS Motorservice Brazil, divisão do Grupo KSPG AG responsável pelas atividades de vendas e prestação de serviços para o aftermarket.

Fonte: 

Talita C. Peres – Gerente de Marketing

Jornalista responsável: Majô Gonçalves – Verso Assessoria

1 Comentário


FORD GT DISPARA NOS CAMPEONATOS IMSA E MUNDIAL DE ENDURANCE NA TEMPORADA 2016

 

O Ford GT continua sua saga de vitórias nos mais importantes campeonatos mundiais da atual temporada. Este final de semana conquistou, no Canadá, sua terceira vitória no Campeonato SportsCar Weathertech (IMSA). Com o primeiro lugar obtido nas 24 Horas de Le Mans, em junho, pelo Mundial de Endurance, o novo supercarro soma agora quatro triunfos com a equipe Ford Chip Ganassi Racing.

Esta foi também a terceira vitória da dupla formada por Richard Westbrook e Ryan Briscoe, pilotando o Ford GT número 67. Eles abriram a série em Laguna Seca, em maio, e voltaram a ganhar nas 6 Horas de The Glen, há apenas uma semana. Nesse meio tempo, garantiram ainda o terceiro lugar em Le Mans junto com Scott Dixon, na histórica corrida vencida pelos companheiros Joey Hand, Dirk Müller e Sébastien Bourdais no Ford GT 68.

Essa nova conquista do GT – a segunda em duas semanas – é resultado de vários fatores que vão desde a tecnologia do carro e talentos dos pilotos à estratégia brilhante da equipe Ford Chip Ganassi Racing e qualidade dos pneus Michelin.  Durante a corrida disputada no Canadian Tire Motorsport Park, o Ford GT 67 fez sua última parada no box apenas para repor combustível, confiando na durabilidade dos pneus Michelin. Isso permitiu ganhar um tempo precioso para manter a liderança até o final.

“Mais do que um bom carro, tivemos um excelente trabalho de equipe, mostrando a força da Ford Chip Ganassi Racing. Foi uma grande estratégia”, comemorou Westbrook. “Tivemos de fazer um trabalho infernal para chegar ao final. Estamos empolgados com esse momento. Como dizem, ganhar se torna um hábito e parece que está virando realidade agora. É surreal.”

Os próximos desafios do Ford GT serão em Lime Rock Park, em Connecticut, EUA, dia 23 de julho, pelo IMSA, e as 6 Horas de Nurburgring, na Alemanha, em 24 de julho, pelo Mundial de Endurance.

(11/07/2016)

Imprensa Ford

Comente aqui


RZ Motorsport volta ao grid da Stock Car em Cascavel

 

Equipe paranaense vem com novidades no comando dos seus carros para a etapa no oeste do Paraná, promovendo a estreia de Danilo Dirani e o retorno de Cesar Ramos

A RZ Motorsport retorna ao grid da Stock Car, na sexta etapa do campeonato, em Cascavel, neste final de semana (17), e vem com novidades no comando dos seus carros. Ambos com destaque internacional. Cesar Ramos, que disputou as duas primeiras etapas pela equipe volta ao comando do carro #11 e Danilo Dirani é o mais novo reforço do time paranaense.
“Estou muito feliz com a notícia e empolgado em retomarmos um trabalho, que iniciou muito bem. Tive um ótimo entrosamento com a equipe desde a primeira etapa desse ano e tenho certeza, que juntos poderemos reverter esse bom trabalho, também em bons resultados na pista”, destacou Ramos, de 26 anos, que possui um extenso currículo internacional, com destaque para o campeonato da F3 italiana, a World Series e o FIA GT, o campeonato mundial de Gran Turismo.
Dirani, de 33 anos fará sua estreia na Stock Car. Com 25 anos de carreira, o paulista acumula vários títulos no kart, o vice-campeonato da Fórmula 3 Sul-americana, com passagens pela Fórmula 3 Inglesa, Fórmula Atlantic nos EUA, além de ter testado na GP2 e na World Series, tendo participado do programa de jovens pilotos da BAR Honda na F1. Ele também comemorou o acordo com a tradicional equipe sediada em Curitiba.
“Essa oportunidade que surgiu em disputar a Stock Car com a RZ me deixa muito contente. Sei que é um time muito bom, que nas últimas vezes que esteve na pista teve resultados bons, principalmente, com o Cesinha (Cesar Ramos). Essa será a primeira vez que eu irei guiar por uma equipe oficialmente. Corri a primeira etapa como convidado do Serrinha (Daniel Serra), mas é diferente. Você chega em uma equipe, onde o carro é do piloto oficial, não é o teu carro, não está com sua energia ali”, explicou.
“É minha estreia com uma equipe e um carro, que posso dizer que serão minhas. Eu que vim nos últimos anos correndo no Brasil, na Fórmula Truck e no Brasileiro de Turismo, onde fiz algumas etapas, e agora disputar a Stock Car, que é uma categoria que abraçou muitos pilotos da minha geração, muito bons e competentes, vejo como uma grande oportunidade. Apesar, de eu estar nesse ano mais na Inglaterra, onde trabalho como coach, fico muito feliz de voltar ao Brasil na maior categoria do automobilismo do país. Fazendo o melhor que eu puder. Ter andando no Brasileiro de Turismo ajudará muito, pois é próxima da Stock Car e me fez ficar mais perto da categoria. Espero que seja um grande final de semana”, destacou Dirani.
As atividades de pista terão início na sexta-feira, com o shakedown às 9h, com duração de 10 minutos, logo depois com um treino de desenvolvimento de 40 minutos, o primeiro treino oficial acontece das 11h35 às 13h40, com os pilotos divididos em dois grupos. No sábado, a programação inicia com o segundo treino livre às 08h55 e a classificação que define o grid de largada da primeira corrida ao meio dia, com transmissão ao vivo do Sportv. No domingo, a primeira bateria está marcada para as 12h20, com 45 minutos de prova, e a segunda, mais curta de 30 minutos, às 14h, também ao vivo pelo Sportv.

Fotos: Duda Bairros e Fernanda Freixosa/Vicar

Fonte: MS2 Comunicação Integrada

Comente aqui


Transportadoras do Paraná conseguem anulação de multa indevida da ANTT

índice

Multas de R$ 5 mil por fuga de balança são ilegais, diz Sindicato; decisões criam jurisprudência

Transportadoras do Paraná estão obtendo decisões favoráveis da Justiça para anular multas emitidas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em casos de motoristas que evitam passar pelas balanças de pesagem em rodovias federais. Por meio da assessoria jurídica do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas no Estado do Paraná (Setcepar), os associados movem ações questionando o dispositivo legal em que a infração está sendo enquadrada e a forma como as multas estão sendo aplicadas. As decisões criam jurisprudência para todo o país.

De acordo com a assessora jurídica do Setcepar, Lucimar Stanziola, a ANTT tem aplicado ilegalmente multas de até R$ 5 mil a caminhoneiros e empresas de transporte. Com base na resolução nº 3.056/2009, a ANTT alega que o motorista deixa de realizar a pesagem obrigatória do veículo em estradas federais. “Porém, ainda que haja previsão para aplicação da multa no caso de fuga da balança, a infração é tipificada como violação do artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com multa prevista de R$ 127,69, e deve ser penalizada com base neste dispositivo legal e não na Resolução da ANTT”, explica.

Entenda

A multa por evasão da balança – também chamada de fuga de balança  – está prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “Ao condutor que se evadir da fiscalização, não submetendo o veículo à pesagem obrigatória nos pontos de pesagem fixos ou móveis, será aplicada a penalidade prevista no artigo 209, além da obrigação de retornar ao ponto de evasão para fim de pesagem obrigatória”, diz o texto da lei. De acordo com a tabela dos órgãos de trânsito, a multa para este tipo de infração é de R$ 127,69, ou seja, valor 39 vezes menor do que o de R$ 5 mil imposto pela ANTT.

Segundo o Setcepar, além de tipificar erroneamente a multa, a ANTT não encaminha o auto de infração ao transportador, que acaba informado apenas quando a cobrança já está em fase de execução judicial ou inscrita no cadastro negativo do SERASA. “Além disso, nos PPVs (Postos de Pesagem de Veículos), a agência fiscaliza apenas o excesso de peso de forma automática, por meio de câmeras de segurança, mas cobra dos transportadores como se eles tivessem cometido outras infrações referentes a cargas perigosas, pedágio, seguro e contrato de terceiro”, diz Lucimar. A advogada ainda observa que a ANTT não está seguindo o padrão usado para fiscalizar outros atos ilegais, com blitz em parceria com a Polícia Rodoviária, em operação ostensiva e ampla sinalização.

Para a assessora jurídica do Setcepar, obter decisões favoráveis da Justiça tem efeito didático e cria jurisprudência. “A ANTT deve deixar de aplicar essa multa de forma automática. Os transportadores não podem mais ser surpreendidos por enquadramento e cobrança ilegais, que não deixam espaço para defesa”, diz.

Mesmo com vitórias nas ações, o Setcepar alerta que as empresas devem sempre questionar as multas. “A ANTT continua multando e este cenário só mudará quando todos questionarem”, acrescenta Lucimar.

Fonte: Rodrigo de Lorenzi
Talk Assessoria de Comunicação
www.talkcomunicacao.com.br

 

Comente aqui


Seleções brasileiras de basquete em cadeira de rodas são convocadas para os Jogos

unnamed

Delegações masculina e feminina têm um nono lugar como melhor classificação na história dos Jogos Paralímpicos. No Rio, o objetivo é superar essa marca

 

11-07-2016

A Confederação Brasileira de Basquete em Cadeira de Rodas (CBBC) divulgou a relação oficial dos atletas e membros das comissões técnicas convocados para integrar as seleções de basquete em cadeira de rodas feminina e masculina que defenderão o Brasil nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, em setembro.

No feminino, o Brasil caiu no Grupo A, junto ao Canadá, Alemanha, Grã-Bretanha e Argentina. A seleção obteve o nono lugar nas Paralimpíadas de Londres 2012 e terá pela frente as atuais campeãs, as alemãs.

Já os homens ficaram no Grupo B e terão como adversários o Irã, os Estados Unidos, a Grã-Bretanha, a Holanda e a Argélia. O melhor resultado dos brasileiros em Jogos Paralímpicos foi em Pequim 2008, com a nona colocação.

Seleção Brasileira feminina:

Andreia Cristina Santa Rosa Farias (1.0) – Addece/CE

Rosália Ramos da Silva (1.5) – ADR/SP
Perla dos Santos Assunção (2.0) – All Star Rodas/PA
Jéssica da Silva Santana (2.5) – Irefes/Crefes/ES
Lucicleia da Costa e Costa (2.5) – All Star Rodas/PA
Geisiane de Souza Maia Brito (3.0) – Irefes/Crefes/ES
Ana Aurélia Mendes Rosa (3.5) – ADR/SP
Ivanilde Cândida da Silva (3.5) – Irefes/Crefes/ES
Geisa Rodrigues Vieira (4.0) – Gaadin – Indaiatuba/SP
Paola Klokler (4.0) – Addece/CE
Lia Maria Soares Martins (4.5) – Gaadin – Indaiatuba/SP
Vileide Brito de Almeida (4.5) – All Star Rodas/PA

 

Seleção Brasileira masculina:

Dwan Gomes dos Santos (1.0) – Adfego/GO

Rodrigo Arão de Carvalho (1.0) – Magic Hands/SP
Amauri Alves Viana (1.5) – Magic Hands/SP
Paulo Roberto Dauinheimer (1.5) – Afadefi/SC
Paulo César dos Santos (2.0) – CAD/SJRP
Gelson José da Silva Júnior (3.0) – Magic Hands/SP
Marcos Candido Sanches (3.0) – Gadecamp/SP
Erick Epaminondas da Silva (3.5) – CAD/SJRP
Pedro Henrique Vieira (4.0) – Magic Hands/SP
Leandro de Miranda (4.5) – Gadecamp/SP
Celestino Luciano Suurso (4.5) – CAD/SP
Edjunior José do Bonfim (4.5) – América Tigres/RN

 

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro 

unnamed2

Comente aqui