RALLY

RADICALISMO EM TODO TERRENO.



Lucas Barroso sai na frente entre os UTVs do Rally X-Fight

Lucas Barroso e o novo UTV Can-Am Maverick X3 X RS no Rally X-Fight
Crédito: Youth Jampa/Terrabella Racing

São Paulo (SP) – Depois de abrir a temporada com o tetracampeonato do Rally Piocerá, Lucas Barroso saiu na frente entre os UTVs do Rally X-Fight. O piloto cearense venceu a primeira etapa do campeonato, válido pelo Paraibano de Rally Baja e pelo Circuito Potiguar de Baja no último sábado (18), em Campina Grande (PB). Ele voou baixo a bordo do UTV Can-Am Maverick X3 X RS, lançamento da marca canadense.

A prova foi formada por nove voltas em um percurso de oito quilômetros, com 27 UTVs participantes. “A etapa de abertura teve grid cheio, altas velocidades e ótima organização. A disputa da categoria foi acirrada, consegui confirmar a vitória apenas na última volta”, contou. Barroso aproveitou para sentir toda a potência do Maverick X3 X RS.

“O Piocerá é uma prova de regularidade, na qual temos que seguir as médias de velocidade impostas pela organização. O Rally X-Fight trouxe o momento certo para pisar fundo, a vontade de acelerar estava grande e me diverti muito. O Can-Am Maverick X3 X RS é impressionante em termos de potência e precisão, traz uma experiência desafiadora”, concluiu Barroso.

O Rally X-Fight tem mais três etapas programadas: 15 de julho em São Paulo do Potengi (RN), 2 de setembro em Riachão do Bacamarte (PB) e 25 de novembro com local a ser definido pelos organizadores. O próximo desafio de Barroso será nos dias 11 e 12 de março no Rally Barretos, no interior paulista, válido como abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Baja.

Sobre a BRP – A BRP (TSX: DOO) é líder mundial no design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos e sistemas de propulsão. Seu portfólio inclui os veículos para neve Ski-Doo e Lynx, as embarcações Sea-Doo, os veículos todo-o-terreno e side-by-side Can-Am, os roadsters Can-Am Spyder, os sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como os motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP dá suporte a sua linha de produtos com peças, acessórios e vestuário. Com renda anual de mais de CA$ 3,8 bilhões em mais de 100 países, a empresa conta com aproximadamente 7.900 funcionários em todo o mundo.

Lucas Barroso e o novo UTV Can-Am Maverick X3 X RS no Rally X-Fight
Crédito: Youth Jampa/Terrabella Racing

www.brp.com
@BRPNews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder, Defender, Maverick, X3 e o logotipo da BRP são marcas registradas da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são de propriedade de seus respectivos proprietários.

 

Fonte:

Mundo Press Jornalismo Estratégico

www.mundopress.com.br

Comente aqui


Rali Mitsubishi Motorsports: 23 anos de aventura e diversão

Prova de regularidade mais tradicional do País divulga calendário 2017; competidores vão curtir seus Mitsubishi 4×4 em belas trilhas pelo País
Assista e conheça: http://bit.ly/MitsubishiMotorsports

A Nação 4×4 está contando os dias para o início da temporada 2017 do Mitsubishi Motorsports, rali de regularidade mais tradicional do País. A competição que leva os participantes por lindas e desafiadoras trilhas promete muitas emoções e, principalmente, diversão de sobra. “Acho que essa é a parte mais legal de participar. Além da prova, sempre conhecemos cidades novas”, comenta o participante Renato de Rezende Lopes.

Neste ano, o rali passará por Mogi Guaçu (SP), Ribeirão Preto (SP), Aracaju (SE), Penha (SC), Salvador (BA), Curitiba (PR), São José do Rio Preto (SP), Campos do Jordão (SP) e Fortaleza (CE).

“O objetivo dessa competição é que famílias e amigos se divirtam a bordo de seus Mitsubishi em trilhas pelo Brasil, com paisagens de tirar o fôlego e pisos de todos os tipos. Teremos areia, terra, poeira, lama, cascalho… Preparamos uma temporada especial e esperamos que todos curtam muito cada etapa”, adianta Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors.

O rali de regularidade é uma prova off-road em que vence a dupla que faz o trajeto o mais próximo do tempo proposto pela organização. Cada piloto e navegador recebe uma planilha com as orientações de caminho, tempo, velocidade e referências. Ou seja, não adianta acelerar! Os participantes devem seguir as tulipas à risca. Saiba mais: https://youtu.be/afBqSxVjbr4

Além de visitar cidades com diversas atrações turísticas, os competidores e suas famílias poderão colocar à prova toda tecnologia e força de seus Mitsubishi com tração 4×4. “É super legal ter a oportunidade de entrar em trilhas que você normalmente não entraria, de usar tudo que um carro desses oferece. Qualquer um pode fazer um rali de regularidade para experimentar o que o veículo tem”, afirma o ator Murillo Benício, que participou da etapa final de 2016.

Como participar?
As inscrições para o rali de regularidade Mitsubishi Motorsports abrem com 12 dias de antecedência. É preciso fazer o cadastro no site www.mitralis.com.br. Não há taxa de inscrição: cada carro faz a doação de uma cesta básica de alimentos e seis itens de higiene, que são encaminhados a instituições assistenciais das cidades por onde passa o rali.

O Mitsubishi Motorsports tem três categorias: Turismo Light, para iniciantes no mundo off-road, Turismo, para quem tem experiência intermediária, e Graduados, para os participantes com vários quilômetros rodados em trilhas. Podem participar os modelos com tração 4×4 das linhas ASX, Pajero e L200.

Na sexta-feira à noite, véspera da competição, as duplas, formadas por piloto e navegador, confirmam sua inscrição, adesivam o carro e participam do briefing, com dicas sobre a prova e aula de navegação para os novatos. No sábado acontece a largada pela manhã. Na chegada, há um grande almoço de confraternização e a festa de premiação para as melhores duplas.

As dupla campeãs da temporada 2017 nas categorias Turismo e Graduados levarão como prêmio uma viagem inesquecível.

O Mitsubishi Motorsports tem patrocínio de Petrobras, Itaú, Transzero, Clarion, Pirelli, Unirios, W. Truffi, STP, Sideral, Conseg e ADX.

Acompanhe as novidades dos ralis Mitsubishi através das redes sociais: Twitter (www.twitter.com/nacaomitsubishi), Instagram (www.instagram.com/mundomit) e Facebook (www.facebook.com/Mundomit). Para mais informações, vídeos, fotos e inscrições, acesse: www.mitsubishimotors.com.br.

Calendário 2017
1ª etapa – 01 de abril – Velo Città – Mogi Guaçu (SP)
2ª etapa – 13 de maio – Ribeirão Preto (SP)
3ª etapa – 27 de maio – Aracaju (SE)
4ª etapa – 10 de junho – Penha (SC)
5ª etapa – 05 de agosto – Salvador (BA)
6ª etapa – 02 de setembro – Curitiba (PR)
7ª etapa – 23 de setembro – São José do Rio Preto (SP)
8ª etapa – 21 de outubro – Campos do Jordão (SP)
9ª etapa – 11 de novembro – Fortaleza (CE)
10ª etapa – 25 de novembro – Velo Città – Mogi Guaçu (SP)

*Calendário sujeito a alterações.

Henrique Ribas/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
23ª temporada do Mitsubishi Motorsports começa em 1º de abril
David Santos Jr/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Cidades turísticas e repletas de atrações estão no calendário 2017
Tom Papp/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Calendário 2017 foi divulgado; inscrições são feitas pelo site
Ricardo Leizer/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Areia, cascalho, terra batida, poeira, lama… As duplas vão encontrar de tudo
David Santos Jr/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Belas paisagens e desafios off-road animam os participantes do rali
David Santos Jr/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Podem participar os veículos 4×4 das linhas ASX, Pajero e L200
Adriano Carrapato/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ator Murillo Benício participou do rali a bordo da nova L200 Triton Sport
Cadu Rolim/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Competidores participam de almoço de confraternização após o rali
Adriano Carrapato/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
ASX 4×4 também pode participar do rali de regularidade
Tom Papp/Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
No fim de cada etapa, os melhores sobem ao pódio e são premiados
Assessoria de Imprensa
Carolina Vasconcellos
Fernando Menezes
Thiago Padovanni
Fernando Solano – Gerente de Comunicação
E-mail: [email protected]
Comente aqui


Mitsubishi Cup terá até prova noturna na temporada 2017

Em sete etapas, rali cross-country de velocidade mais tradicional do País terá também rallycross, provas de endurance, entre outras novidades
Os amantes de velocidade e off-road já contam os dias para a primeira etapa da Mitsubishi Cup 2017. Além da emoção e adrenalina que já fazem parte da receita do rali cross-country de velocidade mais tradicional do Brasil, a 18ª temporada da competição apresentará alguns ingredientes inéditos para as duplas de pilotos e navegadores. Durante as sete etapas da temporada, os competidores enfrentarão provas de rallycross, etapas de endurance, especial noturna, além de uma prova de longa duração em um “terródromo”.

“Preparamos inovações que vão proporcionar aos competidores experiências inesquecíveis, tornando a temporada ainda mais emocionante. Tenho certeza que o campeonato será muito disputado, com elementos que preparamos especialmente para o 18º aniversário do rali”, comenta Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors do Brasil.

Prova noturna
A sintonia entre a dupla é essencial em qualquer rali. Mas, os navegadores da Mitsubishi Cup terão um desafio extra em 2017: guiar seus pilotos em uma prova noturna.

“Essa será uma dos maiores novidades da temporada. Assim como nas outras etapas, os competidores disputarão três provas de aproximadamente 30 km. Mas, uma delas será realizada de noite”, comenta Julianelli.

Disputas lado a lado
Outra novidade do campeonato serão fins de semana com uma prova de rallycross na programação. Os pilotos percorrerão baterias em um trajeto de aproximadamente 1,3 km, que mesclará o asfalto do autódromo Velo Città com estradas de terra da região de Mogi-Guaçu (SP).

“Nesse formato, os pilotos correm lado a lado, e não contra o relógio como acontece no rali cross-country de velocidade. Isso traz novos desafios para as duplas, que terão que concorrer em uma disputa direta”, comenta Fernando Julianelli.

Nas duas etapas da temporada com provas de rallycross, serão realizadas também duas provas de cross-country no mesmo dia, em uma verdadeira maratona para as duplas.

Teste de resistência
As etapas da Mitsubishi Cup tradicionalmente contam com três provas de 30 km de extensão. Para a temporada 2017, a organização preparou uma surpresa para os competidores: uma etapa de “endurance”, com prova única de 90 km.

“Neste tipo de prova, não há segunda chance. Qualquer erro pode custar pontos preciosos no campeonato. Por isso, mesmo que a quilometragem total da etapa seja a mesma, as duplas precisarão definir estratégias específicas para manter a concentração e buscar um bom resultado em provas com o triplo de duração.”, explica Julianelli.

Corrida no terródromo
Outra novidade que fará sua estreia em 2017 será o endurance em terródromo. Em um trajeto de terra preparado especialmente para a Mitsubishi Cup, as duplas competirão lado a lado buscando a vitória em uma prova de longa duração. Um formato totalmente diferente, que trará ainda mais adrenalina para a disputa.

Sobre a Mitsubishi Cup
A Mitsubishi Cup já realizou mais de 130 etapas e 400 provas de rali cross-country de velocidade desde sua criação, em 2000. Os carros participantes são preparados pela Mitsubishi Motors, única montadora na América Latina que tem uma linha de produção de carros de corrida. A Mitsubishi já preparou mais de 500 veículos e continuará, em 2017, vendendo os modelos ASX, L200 Triton Sport RS e L200 Triton ER, homologados para os principais campeonatos de rali do Brasil. A competição terá as seguintes cinco categorias: L200 Triton Sport RS, L200 Triton ER, L200 Triton ER Master, ASX RS e Pajero TR4 ER.

A Mitsubishi Cup tem patrocínio de Petrobras, Axalta, Transzero, Clarion, Pirelli e Unirios.

Calendário 2017*
1ª etapa – 01 de abril – Velo Città / Mogi Guaçu (SP)
2ª etapa – 13 de maio – Jaguariúna (SP)
3ª etapa – 10 de junho – A definir
4ª etapa – 05 de agosto – Cordeirópolis (SP)
5ª etapa – 23 de setembro – Magda / Votuporanga (SP)
6ª etapa – 21 de outubro – Indaiatuba (SP)
7ª etapa – 25 de novembro – Velo Città / Mogi Guaçu (SP)

* Datas e locais sujeitos a alterações.

Cadu Rolim / Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Mitsubishi Cup chega a sua 18ª temporada recheada de novidades
Cadu Rolim / Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Prova de rallycross fará parte do calendário
Marcio Machado / Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Etapa de endurance, com prova de 90 km, é outra novidade
Ricardo Leizer / Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Duplas também enfrentarão prova noturna em 2017
Cadu Rolim / Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Serão 7 etapas durante o ano
Cadu Rolim / Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Temporada promete ser uma das mais emocionantes do rali
Cadu Rolim / Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Duplas de todo o Brasil participam do rali
Ricardo Leizer / Mitsubishi
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Os melhores de cada categoria sobem ao pódio
Assessoria de Imprensa
Fernando Menezes
Thiago Padovanni
Carolina Vasconcellos
Fernando Solano – Gerente de Comunicação

Mitsubishi Facebook Twitter Youtube
RALLY
Comente aqui


Transcatarina: o evento que cresce a cada ano

Há quase oito anos, a SC Racing trabalha para trazer mais e novos adeptos ao off-road. Com categorias diferenciadas e uma infraestrutura acolhedora, os números demonstram o potencial e vida longa do Transcatarina

Quando os idealizadores do Rally Transcatarina começaram a rascunhar o projeto deste evento, Edson João da Costa e Wagner de Souza, mal podiam imaginar a proporção que ele tomaria. Em sete anos de história, 21 cidades já serviram como sede da competição, mais de 5.600 quilômetros percorridos entre a serra e o mar de Santa Catarina, aproximadamente 7 mil pessoas estiveram presentes (entre participantes e organização) e, que certamente movimentaram em torno de R$ 20 milhões na economia dos municípios que estiveram ao longo dessa rota.
“Ainda destacamos cerca de 20 empresas que acreditaram na força deste sonho e nos ajudaram a torná-lo real. Graças ao patrocínio e apoio fundamental de grandes parceiros, o Rally Transcatarina se transformou no que é hoje”, declarou o diretor geral da SC Racing, Edson João da Costa. A edição de 2016 será realizada de 26 a 30 de julho, entre Fraiburgo e Itajaí, SC.
Atendendo a dois tipos de públicos (competição e passeio), o 8º Transcatarina vem para bater recorde de números. Até o momento são 238 carros inscritos entre Máster, Graduados, Turismo, Jeep, Amigos do Rali, Passeio, Passeio Radical e Adventure. “O Transcatarina nasceu para agregar todas as tribos do fora-de-estrada. Na edição de 2016, nos chama a atenção o sucesso que as categorias Passeio Radical e Adventure estão fazendo, pois receberemos muitas pessoas para essas modalidades. E isso, devido a credibilidade que conquistamos durante esse período de trabalho. Na noites de confraternização, nossos salões estarão cheios; serão lindas festas”, completou Costa.
Desta forma, a organização precisa se preocupar bastante com a infraestrutura das regiões que receberão essa caravana, afinal, hotéis, postos de combustíveis, lava-rápidos, borracharias, auto-peças, supermercados etc, precisarão estar preparados para atender esse público que, por algumas horas, injetará alguns milhares de reais na economia local.
As inscrições para o Transcatarina seguem abertas. O evento é uma das maiores concentrações de pilotos/navegadores, e aventureiros radicais que buscam por um “refugio” do estresse profissional; tornando desta, uma agradável viagem de lazer. Para mais informações, acesse: www.transcatarina.com.br
Programação – 8º Rally Transcatarina
26 de julho – terça-feira
Confirmação de inscrição – Hotel Renar
27 de julho – quarta-feira
14h – Largada promocional
15h – Prólogo em Fraiburgo
28 de julho – quinta-feira
Fraiburgo – Timbó Grande – Canoinhas
29 de julho – sexta-feira
Canoinhas – Itaiópolis – Rio Negrinho
30 de julho – sábado
Rio Negrinho – Araquari – Itajaí
A noite – Premiação no Centro de Eventos da Marejada em Itajaí
O 8º Rally Transcatarina tem patrocínio de Transpotech, Governo de Santa Catarina, Hotel Renar e Hankook Pneus
Apoio de Gatos e Atos, RH Brasil – Recursos Humanos, GBach Implementos, Semp Toshiba, Link Belt, Floripa Textil, SFIChips, Temasa, Still, Ativa, Q7 Off-Road, Lave Bem, Prefeitura Municipal de Fraiburgo, Prefeitura Municipal de Rio Negrinho e Trilhas SC
Supervisão: FAUESC
Realização: SC Racing

Fonte: Isis Moretti – Liberdade de Ideias

Comente aqui


Rally Paraná contou com grandes disputas na terceira etapa em Apucarana

Próxima etapa da prova de regularidade, válida pelo Campeonato Paranaense de Rally 4×4, será o Rally do Cachorro Louco, em Curitiba, no dia 27 de agosto

Apucarana (PR) – Estiveram presentes 50 veículos que formaram um belo grid da terceira etapa do Rally Paraná 2016, neste sábado, 09/07, na cidade de Apucarana, no Paraná. A largada aconteceu às 9 horas no Barracão Off Road para as quatro categorias Master, Graduados, Turismo e Light que partiram para uma prova de 139 quilômetros percorridos em canaviais, algumas estradas rurais e, no final da prova, uma pedreira dentro de propriedades particulares.
A briga entre as categorias foram extremamente acirradas durante todo o circuito, com médias de velocidades bem justas e inúmeras pegadinhas para testar a habilidade e a concentração de pilotos e navegadores, numa aventura que exigiu bastante técnica.
As equipes de Apucarana dominaram na Master, Otávio Enz Marreco/Allan Enz (Troller) venceram a etapa e Roberto Ardigo/Jhonatan Ardigo, conquistaram o segundo lugar e seguem líderes do campeonato na categoria. “O que dizer da etapa do Paranaense? Perdeu quem não foi. A melhor prova já realizada em Apucarana, Vanderlei Hirt (Fritão) mais uma vez se superou. Jeep Clube e Fusca Clube, obrigado por estarem juntos em mais uma etapa!”, festejou o navegador Jhonatan Ardigo.
Com um percurso de tirar o fôlego dos competidores, teve duração de aproximadamente 4h40 e, foi bastante elogiada pelas equipes. “Nesta etapa deu certo e estou muito feliz com o resultado. Foi uma prova top, bem ‘pegada’! Parabéns para a organização pelo sucesso do evento e também pela acolhida do pessoal de Apucarana, sensacional”, disse o navegador Rafael Pinto, que garantiu a primeira posição na categoria Graduados ao lado de Marcelo Sapateiro (Curitiba/Troller).
Pela categoria Turismo, a primeira posição ficou com Leonardo Menarim/Adriana Micheli (Castro/Troller). Já Dirceu Araujo Salla/Leonardo Farias (Curitiba/Troller) e Renato Penso/Fabio Bueno (Cascavel/Pajero), em segunda e terceira colocações, respectivamente.
Na categoria Light, Alexandre Oberg/Mauricio William Pedroso, de Curitiba/ Jimny ficaram com a primeira posição, seguidos de Carlos Roberto Weis/Marina Welter Weis, também de Curitiba/Pajero TR4 e Rogério Gonçales/José Barbosa, de Apucarana/Troller.
“Mais um evento do jeito que a gente gosta, porque a diversão começa onde o asfalto termina! Dia show, com direito a um som da melhor qualidade no final”, destacou Gabi Giroto, que esteve ao seu lado Pedro Giroto.
A cerimônia de premiação aconteceu no Barracão Off-Road, onde foi servido um caprichado almoço aos competidores, a costela mais famosas do Brasil, a Ferra Mula. A Banda Doutores abrilhantou a festa de encerramento com som ao vivo e o melhor do rock.
“A ajuda dos amigos dos clubes locais foi imprescindível para a realização da prova”, finalizou Vanderlei Hirt, diretor e organizador do Rally Paraná.
O Rally Paraná tem patrocínio de Ouro Trilha Eurocar, Zenz Bonés, Dispauto, Barracão do Jeep, Mamute Off Road e apoio local do Jeep Clube de Apucarana, Barracão Off Road, Fusca Clube Apucarana. A supervisão é da Federação Paranaense de Automobilismo. Apuração da Totem.
Resultado da terceira etapa:
Master
1º) Otávio Enz Marreco/Allan Enz, Apucarana, Troller, 70 pontos
2º) Roberto Ardigo/Jhonatan Ardigo, Apucarana, Troller, 55
3º) André Pereira de Queiroz/Ronaldo William Santos, Curitiba, Troller, 48
4º) Sandy Roncaglio/Marcos Painstein Melado, Curitiba, Troller, 45
5º) Marcelo Felipe Rorig/Roberto Spessato, Palotina, Troller, 39
6º) Leandro Moor/Shuinka, Apucarana, Pajero, 37
7º) Victor Pudell/Caio Boscolo, Toledo, Willys, 29
8º) Marcos Bezerra/Antonio Bezerra, Ponta Grossa, Troller 27
9º Sandro Marcelo Supitiz/Eduardo Ortolan, Cascavel, Pajero, 25
10º Marcos Ap. Donadon/Plínio Bergamo, Arapongas, TR4, 18
Graduados
1º) Marcelo Sapateiro/Rafael Pinto, Curitiba, Troller, 60 pontos
2º) Agnaldo Reis/André Reis, Apucarana, Troller, 52
3º) João da Ranger/Bryan Hirt, Apucarana, Troller, 48
4º) Serginho Oliveira/Cesar Valandro, Cascavel, Troller, 43
5º) Leandro Eufrázio dos Passos/Wilian Pedroso, Cascavel, Pajero, 37
6º) Bruno Cesconetto/Luana de Deus, Cascavel, Pajero, 34
7º) Mauro Glir Jr / Henrique Glir, Curitiba, Troller, 26
8º) Irineu P. Pedroso/Arthur Scotton, Cascavel, Troller, 17
9º) Eraldo Franzoi/Antenor Neto de Oliveira, Curitiba/Cascavel, Pajero Full, 8
Turismo
1º) Leonardo Menarim/Adriana Micheli, Castro, Troller, 75 pontos
2º) Dirceu Araujo Salla/Leonardo Farias, Curitiba, Troller, 54
3º) Renato Penso/Fabio Bueno, Cascavel, Pajero, 44
4º) Marcão Latorama/André Latorama, Umuarama, Troller, 42
5º) Alexander Augustus Mittelstedt/Artur Petter Mittelstedt, Castro, Triton, 41
6º) José Maluf/Hugo Boscolo, Toledo, Troller, 32
7º) Carlos Carraro/Daniel Castanho, Londrina, Troller, 32
8º) Deonilson Salla / Emerson Coleti, Curitiba, Troller, 30
9º) Gilmar Ferreira da Silva/Leandro Silva, Cascavel, Cherokee, 20
10º) José Lopes/Rodrigo Ferreira Lopes, Apucarana, Troller, 15
11º) Luiz Gonçales Junior/Sibeli Maria Morial, Apucarana, PajeroTR4, 13
Light
1º) Alexandre Oberg/Mauricio William Pedroso, Curitiba, Jimny, 283 pontos
2º) Carlos Roberto Weis/Marina Welter Weis, Curitiba, Pajero TR4, 341
3º) Rogério Gonçales/José Barbosa, Apucarana, Troller, 1085
4) Valdinei Antonio da Silva/Carlos E. Polak Silva, Cascavel, Pajero TR4, 6914
5º) Helio Bazani/Emerson de Santis, Apucarana, Pajero TR4, 7699
6º) Rogério Varago/Dora Varago, Apucarana, Pajero, 13093
7º) Rafael Chamorro/Lucas Chamorro, Apucarana, Troller, 13187
8º) Allan Pitzer/Newton Morgado Apucarana, Troller, 14274
9º) Gabi Giroto/Pedro Giroto, Umuarama, Pajero TR4, 15716
10º) Elton Prudencio Vitorino/Damião Everton Lopes, Apucarana, Hilux, 23522
11º) Marlon Eduardo Rodrigues/Mário A. Rodrigues, Apucarana, Fusca, 33403
12º) Marcos Leiva/Regina Lucia, Apucarana, Triton, 35173
13º) Fernando Rossi / Bruna Havrelucz, Apucarana, Cherokee, 37986
Mais informações:
Site:
www.rallyparana.webnode.com
Facebook: RallyParanaPR
Calendário Campeonato Paranaense de Rally 4×4
Etapa 1 – 27 de fevereiro – Cascavel
Etapa 2 – 07 de maio – Castro
Etapa 3 – 09 de julho – Apucarana

Etapa 4 – 27 de agosto – Rally do Cachorro Louco – Curitiba
Etapa 5 – 15 de outubro – Apucarana
Etapa 6 – 10 de dezembro – Rally da Meia Noite – Curitiba
*Sujeito a alteração
Fonte: Assessoria de Imprensa do Rally Paraná
SiG Comunicação | Silvana Grezzana Santos
www.sigcomunicacao.com.br

Fotos: Lucas Silva

ralipr

Comente aqui


Apucarana recebe neste final de semana a terceira etapa do Rally Paraná

Atividades do evento começam nesta sexta-feira (8), com as vistorias técnicas e administrativas e a disputa neste sábado (9), com largada às 9 horas

O Rally Paraná é composto de veículos multimarcas com tração 4×4 e para a terceira etapa estão previstos mais de 50 carros para o certame que tem como sede a cidade de Apucarana, PR, marcado para este sábado 09 de julho. Equipes e pilotos estão em ritmo acelerado de preparação e seguem para garantir pontos importantíssimos na reta final do Campeonato Paranaense de Rally 4×4 em clima de grande motivação pelos adeptos do esporte a motor fora de estrada.
A prova terá largada às 9 horas neste sábado e duração de aproximadamente 4h30. As equipes passarão por um percurso em trilhas em fazenda de plantio de cana-de-açúcar, com características de terreno mesclado em areia, cascalho e chão batido. “Está tudo pronto para receber os competidores e já começaram a chegar na cidade. O Jeep Clube de Apucarana, Barracão Off Road, Fusca Clube Apucarana estão apoiando com empenho o evento”, disse Vanderlei Hirt, diretor e organizador do Rally Paraná.
Para o calendário 2016 do Rally Paraná são quatro categorias – Master, Graduados, Turismo e Light – que permitem a participação de duplas de pilotos e navegadores com diversos níveis de habilidade.
Na categoria Turismo os competidores passam pelo mesmo trajeto das categorias Master e Graduados, mas com velocidades menores. Já a categoria Light é para iniciantes ou para quem quer curtir a prova com a família, onde o competidor pode participar com qualquer carro 4×4.
A recepção aos competidores nesta sexta-feira, 08, será no Barracão Off-Road. Neste sábado, 09, haverá um belo almoço de cerimônia de premiação no mesmo local, com uma das costelas mais famosas do Brasil (Ferra Mula) e som ao vivo.
O Rally Paraná tem patrocínio de Ouro Trilha Eurocar, Zenz Bonés, Dispauto, Barracão do Jeep, Mamute Off Road e apoio local do Jeep Clube de Apucarana, Barracão Off Road, Fusca Clube Apucarana. A supervisão é da Federação Paranaense de Automobilismo. Apuração da Totem.
Mais informações:
Site:
www.rallyparana.webnode.com
Facebook: RallyParanaPR
Calendário Campeonato Paranaense de Rally 4×4
Etapa 1 – 27 de fevereiro – Cascavel
Etapa 2 – 07 de maio – Castro

Etapa 3 – 09 de julho – Apucarana
Etapa 4 – 27 de agosto – Rally do Cachorro Louco – Curitiba
Etapa 5 – 15 de outubro – Apucarana
Etapa 6 – 10 de dezembro – Rally da Meia Noite – Curitiba
*Sujeito a alteração
Fonte: Assessoria de Imprensa do Rally Paraná
SiG Comunicação | Silvana Grezzana Santos
www.sigcomunicacao.com.br

ralipr

Comente aqui


Lages recebe o Rally Rota SC 2016

Evento é válido para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e Baja e será nos dias 29, 30 e 31 de julho com apoio da Prefeitura Municipal de Lages

Lages recebe nos dias 29, 30 e 31 de julho o Rally Rota SC para as 7ª e 8ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e 8ª e 9ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, mas também contará com as categorias regionais para as modalidades moto e UTV. O evento é um dos mais disputados campeonatos do país e acontece pela primeira vez na cidade.
A programação de atividades tem início com a recepção às equipes, vistoria técnica e o briefing, que acontecem na área do parque de apoio no estacionamento e na área interna do Lages Garden Shopping, na sexta feira (29), a partir das 8 horas.
A largada promocional apresentará os “maestros” do Rally Rota SC na área frontal do Lages Garden Shopping, na noite da sexta-feira a partir das 20 horas. A solenidade contará autoridades do município. O desfile dos veículos pelo pórtico do evento deve reunir um grande público e será o momento da apresentação oficial de cada um dos competidores e equipes que vão estar competindo na corrida a partir do sábado, 30.
A Prefeitura Municipal de Lages prevê uma série de ações culturais como Festival de Inverno na cidade e junto ao Lages Garden Shopping nos dias que acontecem o Rally Rota SC, através das Secretarias Municipais de Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econômico, com o apoio da CDL -Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages.
“Estamos apostando muito nos eventos, principalmente que venham a somar aos demais atrativos planejados em torno das comemorações dos 250 anos de Lages. Apoiamos e queremos eventos como o Rally Rota SC, que movimentam a nossa economia, além de divulgar a nossa cidade para o país “, declarou o prefeito de Lages, Elizeu Mattos.
Segundo o secretário de turismo, Flávio Luiz Agustini, Lages é terra hospitaleira, com localização geográfica estratégica no Sul do Brasil conhecida como Princesa da Serra Catarinense. Possui excelente infraestrutura de hospedagem, gastronomia e lazer. Berço do turismo rural no Brasil, já realiza e sedia grande eventos, como o Natal Felicidade, A Festa do Pinhão, Motoneve, Fashion Hair, Festival de Inverno – Serra Catarinense, ExpoLages, dentre outros.
“Temos no DNA o gosto por aventura nas mais diferentes modalidades, com uma cultura e beleza natural inigualável, ficamos orgulhosos de receber o Rally Rota SC pela primeira vez, na certeza que passarão por campos lindos e históricos da Coxilha Rica, e que juntos possamos enaltecer as belezas, realizar um grande evento, preservando a natureza”, declarou o Flávio Luiz Agustini. O secretário aproveitou para indicar sua torcida para o piloto da ‘casa’: “Força Gustavo Gugelmin!”
“Contamos com parcerias e apoios importantes no desenvolvimento do Rota SC, que são fundamentais para a montagem da estrutura e manutenção dos conceitos e critérios que norteiam toda a organização do rali, além é lógico dos comitês técnicos (CBM, CBA, FAUESC e FCM) e dos patrocinadores”, declarou o diretor do evento André Alcântara.
Aventura de verdade começa no sábado de manhã com a largada para o primeiro dia de disputas em especial cronometrada e deslocamentos de aproximadamente 240 quilômetros do Rally Rota SC, repleto de muita adrenalina. Já a prova final será no domingo (cerca de 210 quilômetros) com a largada, chegada e premiação também nas dependências do Lages Garden Shopping.
Os competidores estarão divididos em categorias nas modalidades, de acordo com suas experiências e equipamentos utilizados, são elas: carros, motos, quadriciclos e UTVs.
A previsão dos organizadores é de superar a marca de 100 inscritos, pois as inscrições estão abertas até o dia 29 de julho pelo site www.rallyrotasc.com.br.
A 5ª edição do Rally Rota Santa Catarina é uma realização da Mr Bits Eventos Esportivos e conta com o patrocínio do Lages Garden Shopping, Tenco Shopping Centers, Construpema e Tecmin – Importação e Acessórios 4×4, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Lages, CDL de Lages, Polícia Militar de Santa Catarina, Construpema e Tecmin – Importação e Acessórios 4×4.
A supervisão é da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo, da CBA – Confederação Brasileira de Automobilismo, da FAUESC – Federação de Automobilismo do Estado de Santa Catarina e F.C.M – Federação Catarinense de Motociclismo.
Hotel Oficial – Le CanarD Hotéis
Endereço: Avenida Presidente Vargas, 255 – Centro, Lages/SC, 88502-255, Brasil
Telefone:+55 49 2101-8100
http://www.lecanard.com.br/
Fonte: Consultoria e Assessoria de Comunicação
SIG Comunicação | Silvana Grezzana Santos
www.sigcomunicacao.com.br

patro

Comente aqui


Inscrições para o 8º Rally Transcatarina seguem abertas

Para as duplas que desejam participar de um dos maiores ralis de regularidades do País em uma das regiões mais frias e charmosas do ano, ainda dá tempo de garantir um lugar no grid. Inscrições podem ser feitas pelo www.transcatarina.com.br

Restam poucas vagas disponíveis para a oitava edição do Rally Transcatarina – rali de regularidade que atravessa todos os anos o Estado de Santa Catarina. Em 2016, o evento será realizado de 26 a 30 de julho, com largada de Fraiburgo e, após percorrer cerca de 800 quilômetros, terá chegada em Itajaí. Mas quem deseja estar nessa aventura, e ainda não se inscreveu, corre que dá tempo.
Até o momento, participantes de 237 carros confirmaram presença, e a expectativa é que até o dia 25 de julho, este número esteja em 290 veículos, divididos nas categorias Máster, Graduados, Turismo, Jeep, Amigos do Rally, Passeio, Passeio Radical e Adventure.
Segundo o piloto Marcio Ruckl, de Rio Negrinho, SC, a cada ano o rali se supera em número de inscritos e, quem ganha com isso são os próprios off-roaders, que fazem novos amigos fora das trilhas, e encaram mais competitividade dentro delas. “Este ano, eu e meu filho, Márcio Ruckl Júnior, que também será meu navegador, competiremos na Graduados. Lutaremos para obter bons resultados e ficar entre os cinco primeiros colocados da categoria,” disse Ruckl, que esteve em todos os Rally Transcatarina.
Faltam 20 dias para começar o certame, e grandes histórias serão escritas nesses quatro dias de competição. A secretaria de prova do evento abre no dia 25 no Hotel Renar, em Fraiburgo, e as inscrições podem ser feitas através do site www.transcatarina.com.br.
Programação – 8º Rally Transcatarina
26 de julho – terça-feira
Confirmação de inscrição – Hotel Renar
27 de julho – quarta-feira
14h – Largada promocional
15h – Prólogo em Fraiburgo
28 de julho – quinta-feira
Fraiburgo – Timbó Grande – Canoinhas
29 de julho – sexta-feira
Canoinhas – Itaiópolis – Rio Negrinho
30 de julho – sábado
Rio Negrinho – Araquari – Itajaí
A noite – Premiação no Centro de Eventos da Marejada em Itajaí
O 8º Rally Transcatarina tem patrocínio de Transpotech, Governo de Santa Catarina, Hotel Renar e Hankook Pneus
Apoio de Gatos e Atos, RH Brasil – Recursos Humanos, GBach Implementos, Semp Toshiba, Link Belt, Floripa Textil, SFIChips, Temasa, Still, Ativa, Q7 Off-Road, Lave Bem, Prefeitura Municipal de Fraiburgo, Prefeitura Municipal de Rio Negrinho e Trilhas SC
Supervisão: FAUESC
Realização: SC Racing

Fonte: Isis Moretti – Liberdade de Ideias

Comente aqui


BH Racing encarou os desafios de mais uma prova da Mitsubishi Motorsports

A sexta etapa da Mitsubishi Motorsports levou as emoções do rali de regularidade para Curitiba, PR

No último sábado, 02, a marca dos três diamantes reuniu pilotos e navegadores para a disputa da sexta etapa da Mitsubishi Motorsports 2016. A prova foi realizada em Curitiba, PR, e teve largada no Parque Barigui, às 8h. Apesar das chuvas durante a semana, o dia amanheceu ensolarado e isso animou as duplas que colocaram os 4×4 neste grid.
A competição teve aproximadamente 190 quilômetros, e passou também pelos municípios de Campo Largo, Campo Magro e Itaperuçu. Os obstáculos de percurso foram bem variados, entre lama, terreno liso, travessias de rios, cascalho e uma planilha com diversas pegadinhas em meio a plantações de eucaliptos. De acordo com os participantes, o roteiro foi bem levantado e as médias de velocidade estavam justas. A chegada da sexta etapa ocorreu no Centro de Convenção Expounimed.
A dupla da BH Racing, Renato Martins e Enedir da Silva Júnior, obteve a nona colocação da Graduados, ao fazer 761 pontos. Segundo Martins, existiu uma situação decisiva no certame. “Em um trecho do trajeto, havia muito barro pelo caminho e o carro patinava demais, sendo que o pneu girava em falso. Com isso, perdíamos a metragem no hodometro e, em uma disputa rápida e com várias referências, dificilmente podemos evitar os erros. Assim como nós, diversos competidores tiveram desacertos na navegação e pilotagem, e isso colaborou significativamente para a definição do pódio”, explicou o piloto. Na classificação geral do campeonato, eles estão em sétimo lugar, com 87 pontos ganhos.
Os outros representantes da BH Racing, Pedro Junio de Oliveira e Alessandro Bonsucesso estiveram ausentes deste rali por motivos médicos. Entretanto, devido aos excelentes resultados conquistados nas etapas anteriores, mantêm-se entre os cinco primeiros colocados do ranking geral da Turismo. O piloto está em recuperação de uma distensão muscular na coxa esquerda e a expectativa é que a dupla volte a acelerar já no próximo compromisso da equipe, no Ibitipoca Off-Road, nos dias 06 e 07 de agosto.
A BH Racing tem patrocínio de Supermercados BH, SP Imports, Nitrix e Temperatta

Fonte: Isis Moretti – Liberdade de Ideiais

Fotos: Ricardo Leizer/FotoVelocidade

Comente aqui


Diversão no off-road e em meio a belas paisagens marcam os ralis da Suzuki em Curitiba

offsuz

Três eventos foram realizados simultaneamente na capital paranaense, com direito a lama, travessia de rios e muita diversão 4×4

Curitiba (PR), 03 de julho de 2016 – Dia de sol e ótimas trilhas para encarar o 4×4. Os três eventos off-road – Suzuki Off-Road, Suzuki Extreme e Suzuki Day – realizados no último domingo reuniram os apaixonados por aventura na capital paranaense.
“Tenho 4×4 há alguns anos e desde que comprei o Jimny fazemos questão de participar das provas da Suzuki”, conta Bruno Maia, de Curitiba que, ao lado da esposa Juliana e da cachorra Greta, se divertiu no Suzuki Day, um passeio 4×4 em meio a belas paisagens. “É um dia gostoso e ainda pudemos levar nossa cachorra com a gente”, comenta. No Suzuki Day, não há planilhas, nem tempos a serem seguidos. O importante é aproveitar as trilhas e curtir com a família e amigos.
Quem também participou do Suzuki Day foi o casal Lincon e Mercia Matumoto, de Blumenau (SC). “É nossa primeira vez e queríamos experimentar essa diversão com o Jimny”, conta Lincon. “É uma experiência, estou animada. Também estamos levando nossos dois cachorros e eles têm cadeirinha e cintos próprios dentro do carro, então podemos aproveitar”, anima-se Mercia.
O Suzuki Off-Road é um rali de regularidade realizado por estradas e trilhas, onde o objetivo é manter-se dentro do tempo e velocidade estipulados pela organização. Edy Paulo Gonçalves Ferrasa e Valeria Veiga da Silva saíram de Santo André (SP) e viajaram até Curitiba para disputar da prova. “É a vontade de ver os amigos, participar, colocar o carro na lama e usá-lo do jeito que ele foi feito para ser usado”, conta ele. “Essa experiência com a Suzuki nos aproximou ainda mais. E a parceria deu certo, estamos subindo no pódio em algumas etapas e cada dia nos aperfeiçoando”, comenta Valeria.
Já os amigos Antonio Norberto Wielewski e Carlos Kaiamoto Uyemura aproveitaram a prova perto de casa para participar pela primeira vez. “Estou bem feliz com o Jimny, me surpreendeu bastante, é muito guerreiro”, conta Antonio.
Quem subiu ao lugar mais alto do pódio foi o casal Suzana Veloso Rodrigues e Giuliano Marcio Rodrigues. “Nas duas últimas provas tivemos alguns problemas, ficamos chateados, mas dessa vez deu certo, foi muito legal. É uma delícia o primeiro lugar”, vibra Suzana. “Foi uma prova difícil, até pelas características do percurso, com muita subida e descida. É legal participar, fazer amizades, isso é o mais importante”, disse Giuliano. O casal começou participando do passeio Suzuki Day até que se entusiasmaram para disputar o Suzuki Off-Road.

Ricardo Leizer / Suzuki

Ricardo Leizer / Suzuki

Suzuki Extreme
Uma prova 4×4 radical, repleta de desafios. Assim é o Suzuki Extreme, que tem um percurso feito para aqueles que gostam de encarar as dificuldades e testar o limite dos carros.
E para quem pensa que a prova é estritamente masculina, está enganado: Camila Sandrini, de Curitiba, fez sua estreia na competição no volante de seu Jimny. “Gosto de lama e vim pela dificuldade, testar o carro, ver meus limites, o que eu consigo e tenho coragem de fazer”, disse ela, que competiu ao lado do namorado, Rodrigo Nardelli. “Muito legal, venho para incentivá-la. Estamos gostando cada vez mais”, afirma.
Quem também estreou na prova foi o casal Pedro Antonio Bello Junior e Flaviana Maria Marques. “Já comprei o Suzuki com o objetivo de colocá-lo nas trilhas. É uma prova bem dura, com bastante erosão mas, com certeza, o guerreiro aqui (Jimny) é capaz de superar”, conta Pedro. “Tem que participar, ser companheira, dar risada, sentir emoção e adrenalina, além das paisagens serem muito legais. O ambiente também é gostoso, bem família”, destaca Flaviana.
Os campeões da prova foram Fernando de Almeida Gonçalves e José Gonçalves, que subiram ao topo do pódio pela segunda vez. É maravilhoso, muito bom, uma disputa que é um conjunto. A dificuldade é o que torna o Suzuki Extreme excelente. É uma prova que precisa ter atitude”, vibra o piloto. “Estava legal porque tinha bastante barro e atoleiro. É a nossa alegria. Foi muito divertido”, comenta José.
Próxima etapa
No dia 27 de agosto, será realizada uma etapa do passeio 4×4 Suzuki Day em Campos do Jordão (SP). A inscrição será a doação de dois brinquedos novos, para apoiar o Projeto Criança Feliz, e será aberta no dia 1º de agosto no site www.suzukiveiculos.com.br. Fique atento, as vagas são limitadas.
E a próxima etapa do Suzuki Off-Road será no dia 03 de setembro, em Goiânia (GO). As inscrições podem ser feitas a partir do dia 08 de agosto.
Suzuki Pelo Bem – Ação Social
A Suzuki Veículos realizou a ação social Suzuki Pelo Bem e arrecadou 300 cobertores, que foram destinadas ao IPCC (Instituto Pró-Cidadania de Curitiba).
As competições da Suzuki Veículos têm patrocínio de Mobil, Pirelli, Itaú, W. Truffi, Clarion, Projeto Sign e Transportadora Autoport.
Acompanhe as novidades através das redes sociais: Facebook (www.facebook.com/SuzukiBR), Instagram (www.instagram.com/suzukibr) e Twitter (www.twitter.com/suzukiveiculos). Para mais informações, vídeos, fotos e inscrições, acesse: www.suzukiveiculos.com.br.
Resultados Suzuki Off-Road – 3ª etapa – Curitiba (PR)
1) Suzana Veloso Rodrigues / Giuliano Marcio Rodrigues – São Paulo-SP – 325 pontos perdidos
2) Jaime Nestor Procek Procek / Fabio Procek Procek – Curitiba-PR – 676 pp
3) Caue Cartocci Davila / Maria Cristina Cartocci – Praia Grande-SP – 682 pp
4) Fabio Dalpaz / Silvia Dalpaz – Rio do Sul-SC – 715 pp
5) Helio Hamilton Ziehmann / Edson Luiz Bailoni Pereira – Joinville-SC – 739 pp

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comente aqui