triathlon



Dupla da Seleção Paranaense participa de Copa Pan-Americana de Triathlon em Havana

Kauê Willy e Eduardo Lass representam as cores do estado em desafio de alto nível

 

A Seleção Paranaense de Triathlon tem mais um desafio de internacional de alto nível pela frente. Enquanto a folia rola solta com o carnaval, Kauê Willy e Eduardo Lass se divertem, defendendo as cores do estado e de seu país na Copa Pan-Americana de Sprint Triathlon, marcada para este domingo (26) em Havana, Cuba.

“Estou ansioso para colocar em prátia o que venho aprendendo com os treinos. Estou vindo de um bloco com bastante volume e agora começamos a dar mais ênfase na parte de velocidade. A ideia é usar a prova como referência para o sul-americano, agendado para o mês de março em Montevidéo, que também será na distância sprint”, contou Kauê, que recentemente foi selecionado pela Confederação Americana de Triathlon (CAMTRI) para integrar o programa de desenvolvimento de jovens talentos do continente.

Vitor retorna às pistas

Após um começo de ano conturbado, sofrendo com uma virose e sinusite, Vitor Cardoso voltou às pistas e participou de uma corrida de rua no último fim de semana (19). Mesmo ainda se restabelecendo, o integrante da seleção paranaense foi o terceiro colocado geral na prova em Curitiba (PR). “Tenho feito bons treinos, com qualidade e boas distâncias. Esse ano focarei mais no Brasileiro Olímpico e percursos short. Por isso, farei também algumas provas longas para criar uma boa base e assim fazer a diferença na disputa dos eventos principais.”

A Seleção

O objetivo da Seleção Paranaense de Triathlon é lapidar e desenvolver os jovens talentos do estado. O projeto da FPTRI – Federação Paranaense de Triathlon foi viabilizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal. Os patrocínios são da COPEL, SANEPAR e ELEJOR.

Sobre a COPEL

A Companhia Paranaense de Energia atua com tecnologia de ponta nas áreas de geração, transmissão e distribuição de energia, além de telecomunicações. Opera um abrangente e eficaz sistema elétrico com parque gerador próprio de usinas, linhas de transmissão, subestações, linhas e redes elétricas do sistema de distribuição e um moderno e poderoso sistema óptico de telecomunicações que integra todas as cidades do Estado. Efetua em média, mais de 70 mil novas ligações a cada ano, atendendo praticamente 100% dos domicílios nas áreas urbanas e passa de 90% nas regiões rurais.

Sobre a SANEPAR

A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar é uma das maiores e mais eficientes do setor de saneamento do País, pronta para ampliar sua participação de mercado e a qualidade de seus serviços. A companhia atende 345 dos 399 municípios do Paraná e 289 distritos ou localidades de menor porte no estado, além de Porto União em Santa Catarina. A Sanepar presta serviços de fornecimento de água tratada, coleta e tratamento de esgoto sanitário e gerenciamento de resíduos sólidos. A empresa é referência no setor, por aliar eficiência operacional e resultados econômicos a uma sólida política socioambiental.

Sobre a ELEJOR

As Centrais Elétricas do Rio Jordão S.A. é uma sociedade de propósito específico criada para explorar o Complexo Energético Fundão Santa Clara, o qual opera com rígidos compromissos ambientais, promove grandes benefícios ecológicos, além de integrar diversos municípios e gerar renda. A ELEJOR vem se destacando no mercado de energia por suas ações sustentáveis e com isso conquistando o reconhecimento do setor e dos órgãos regulatórios.

Mais informações sobre a Seleção Paranaense de Triathlon no site: www.fptri.com.br

Fonte:
Flávio Perez e Andressa Rufino
www.onboardsports.com.br

Comente aqui


Triathlon: Eduardo Lass busca segundo pódio internacional na temporada

Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017
Paranaense disputa neste domingo (26) Copa Pan-Americana de Sprint Triathlon em Havana (Cuba)

Enquanto a folia corre solta no Carnaval, Eduardo Lass (Tradener) encara um verdadeiro teste de força e velocidade neste domingo (26). Depois de conquistar a medalha de bronze na Pan American Cup de Triathlon na Argentina, competição de elite na distância olímpica, participa de uma das provas mais rápidas do circuito mundial, a Copa Pan-Americana de Sprint Triathlon, em Havana (Cuba). Serão 750 metros de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida, lado a lado dos triatletas mais velozes do continente.

“É uma prova muito rápida, mas estou vindo de uma sequência treinos muito bons e acredito que estou em uma fase muito boa, principalmente na corrida. Estou muito confiante em realizar uma boa prova e trazer um bom resultado”, contou o atleta beneficiado pela lei do incentivo ao esporte.

Eduardo Lass começou no triatlo aos 11 anos de idade e mesmo novo acumulou títulos importantes nas categorias de base, como os de campeão do Troféu Brasil e do Brasileiro Olímpico, além de duas medalhas de ouro e duas de prata em competições na França. Integrante da Seleção Brasileira de Triathlon por 4 anos consecutivos, está disputando os principais eventos nacionais e internacionais. O atleta de 24 anos é patrocinado pela Tradener Comercialização de Energia.

Mais informações sobre Eduardo Lass no site: www.eduardolass.com
Veja as fotos do triatleta no Instagram: @eduardolass
Curta a fan page oficial do atleta: www.facebook.com/eduardolass.triatleta

Contatos:
Flávio Perez e Andressa Rufino
[email protected] e [email protected]
Tel: +5511999498035
www.onboardsports.com.br

Imagens disponíveis para download …

Alta  | Web
Eduardo Lass (Flávio Perez/OnboardSports)

Eduardo Lass
(Flávio Perez/OnboardSports)

Alta  | Web
Corrida (Flávio Perez/OnboardSports)

Corrida
(Flávio Perez/OnboardSports)

Alta  | Web
Treino (Flávio Perez/OnboardSports)

Treino
(Flávio Perez/OnboardSports)

Comente aqui


Escolinha de Triathlon marca presença em Circuito Infantil de Corridas de Rua em Curitiba

abretri

Equipe se prepara para seletiva paranaense para final da Copa Brasil de Sprint Triathlon, no fim de julho

As férias de inverno estão batendo na porta, mas para os alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões, o período de descanso será de mais aprendizado. No fim de julho, a equipe terá pela frente a seletiva paranaense para final da Copa Brasil de Sprint Triathlon, um evento de alto nível e bastante competitivo do calendário estadual. Para a garotada chegar bem preparada na disputa, o cronograma de treinos no mês de junho e julho foi reforçado com algumas competições regionais.
“Neste domingo (26), um grupo de 10 atletas irá disputar disputa o V Circuito Infantil de Corridas de Rua, em Curitiba, e em meados de julho, dia 17, teremos o 14º Circuito de Aquathlon Triativa, o mais tradicional do Paraná, justamente no Colégio da Polícia Militar do Paraná, nossa base de treinamento. É uma oportunidade muito boa para eles vivenciarem o clima de competição e aplicarem o que estamos aprendendo nos treinos. Essa experiência é importante para que eles vejam o que estão fazendo bem e o que precisam melhorar, e assim continuarem evoluindo”, contou o sargento Ricardo Júnior Cardoso, coordenador técnico do projeto.


Na corrida deste fim de semana, os alunos participam de provas de 2k e 5k, de acordo com suas idades e categorias.
Desde maio de 2015, o Colégio da Polícia Militar do Paraná, base do projeto, que recebe diariamente 35 alunos da rede pública de ensino, visando inseri-los em um dos esportes ao ar livre que mais vem se popularizando nos últimos tempos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. As atividades respeitam a grade escolar e faixa etária de cada atleta mirim.
A Escolinha de Triathlon Formando Campeões foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e do Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Condor, Grupo Astra e Santana Financeira.
Curta a Fã page – /Escolinha de Triathlon – Formando Campeões
Fonte:
Flávio Perez e Andressa Rufino
www.onboardsports.com.br

tripatro

Comente aqui


Atleta da seleção paranaense é campeão brasileiro de Aquathlon em Brasília

abre

Kauê Willy foi o destaque da competição na elite masculina. Equipe se prepara para grandes desafios de longa distância

Com apenas 19 anos, Kauê Willy mostrou nesse domingo (22) porque é considerado um dos destaques da nova geração do triathlon brasileiro. O integrante da Seleção Paranaense de Triathlon conquistou a medalha de ouro do Brasileiro de Aquathlon, em Brasília.
“Consegui colocar em pratica tudo que treinei nesse primeiro semestre. Na natação fui o segundo a sair da água, com uma pequena vantagem para o grande pelotão que estava vindo. Fiz uma boa transição e sai em primeiro lugar para correr. Já no começo da corrida consegui impor um ritmo forte e somente um atleta pode me acompanhar na primeira volta. A partir da metade da segunda volta consegui me distanciar e segurar a vantagem até cruzar a linha de chegada”, contou o jovem curitibano.
Kauê retorna para Portugal já no dia 26 para finalizar seu intercâmbio esportivo no Complexo Desportivo de Rio Maior, uma das estruturas mais completas do mundo.


Ironman e Challenge
Três integrantes da Seleção Paranaense de Triathlon estão em contagem regressiva para dois grandes eventos de longa distância, Fellipe Santos e Luís Ohde encaram no próximo domingo (29) o Ironman Florianópolis, uma das provas de resistência mais difíceis do mundo (percurso de 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,195 km de corrida). A prova na capital catarinense é seletiva para o Mundial de Ironman, que está marcado para outubro em Kona, no Hawaii. Em 2015, Luís Ohde fez sua estreia na distância e foi o melhor amador.da prova. Fellipe foi o segundo melhor amador. Nessa temporada, ambos sofrerão uma grande pressão já que correrão pela primeira vez na elite masculina.
“Vai ser totalmente diferente. Na elite, o ritmo é outro e qualquer pequeno erro pode custar a prova toda. Não estou preocupado com os outros atletas, acredito que se conseguir fazer o que venho treinando posso fazer uma prova melhor que ano passado, abaixar meu tempo nas três modalidades se o clima colaborar”, afirmou Luís.
Ainda no domingo (29), outro integrante da equipe estará em ação em uma prova longa de triathlon, mas na Espanha. Eduardo Lass encara o Challenge Salou Costa Daurada, na distância half-Ironman – com 1.900m de natação, 90km de bike e 21km de corrida.
A Seleção
O objetivo da Seleção Paranaense de Triathlon é lapidar e desenvolver os jovens talentos do estado. O projeto da FPTRI – Federação Paranaense de Triathlon foi viabilizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal. Os patrocínios são da COPEL, SANEPAR e ELEJOR.
Sobre a COPEL
A Companhia Paranaense de Energia atua com tecnologia de ponta nas áreas de geração, transmissão e distribuição de energia, além de telecomunicações. Opera um abrangente e eficaz sistema elétrico com parque gerador próprio de usinas, linhas de transmissão, subestações, linhas e redes elétricas do sistema de distribuição e um moderno e poderoso sistema óptico de telecomunicações que integra todas as cidades do Estado. Efetua em média, mais de 70 mil novas ligações a cada ano, atendendo praticamente 100% dos domicílios nas áreas urbanas e passa de 90% nas regiões rurais.
Sobre a SANEPAR
A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar é uma das maiores e mais eficientes do setor de saneamento do País, pronta para ampliar sua participação de mercado e a qualidade de seus serviços. A companhia atende 345 dos 399 municípios do Paraná e 289 distritos ou localidades de menor porte no estado, além de Porto União em Santa Catarina. A Sanepar presta serviços de fornecimento de água tratada, coleta e tratamento de esgoto sanitário e gerenciamento de resíduos sólidos. A empresa é referência no setor, por aliar eficiência operacional e resultados econômicos a uma sólida política socioambiental.
Sobre a ELEJOR
As Centrais Elétricas do Rio Jordão S.A. é uma sociedade de propósito específico criada para explorar o Complexo Energético Fundão Santa Clara, o qual opera com rígidos compromissos ambientais, promove grandes benefícios ecológicos, além de integrar diversos municípios e gerar renda. A ELEJOR vem se destacando no mercado de energia por suas ações sustentáveis e com isso conquistando o reconhecimento do setor e dos órgãos regulatórios.
Mais informações sobre a Seleção Paranaense de Triathlon no site: www.fptri.com.br
Fonte:
Flávio Perez e Andressa Rufino
www.onboardsports.com.br

patro

Comente aqui


Jovens triatletas do Paraná terminam entre os primeiros do Campeonato Brasileiro de Aquathlon

abre

Em Brasília (DF), alunos Escolinha de Triathlon Formando Campeões ficam entre os top 10 em todas as categorias

Os cinco alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões que disputaram o Campeonato Brasileiro de Aquathlon, em Brasília (DF), neste domingo (22), conseguiram posições de destaque no evento que mistura natação e corrida. Gabrielle Estefany foi vice-campeã na categoria até 14 anos e terceira no geral. Já Maria Fernanda Forti conquistou vaga no Mundial da modalidade no México ficando em quinto no Junior. Entre os garotos, Henrique Padilha foi vice na divisão dos 12 anos. E na categoria 15 anos masculino, quarto lugar para Pedro Henrique Boff e sétimo lugar para Pedro Lucas Freitas.

”Ficamos muito felizes com os resultados obtidos sabendo que os atletas têm apenas um ano de treinamento e já estão com uma performance excepcional. Destaco também o trabalho dos treinadores Ronaldo Mateus e Camila Silva de Castro. Tenho plena confiança nas atividades que são feitas por eles e os resultados falam por si. Agradecemos também ao nosso padrinho do projeto Juraci Moreira e aos nossos patrocinadores”, disse o sargento Ricardo Júnior Cardoso, coordenador do projeto .

Para Juraci Moreira, padrinho do projeto, os resultados devem ser comemorados pela comunidade esportiva do Paraná. ”O projeto tem um ano e os meninos e meninas já demostram que estão no caminho certo. O Paraná seguirá formando grandes campeões no triathlon. Investir na base é a solução para todas as modalidades e espero que novas escolinhas sejam criadas no País”.
Desde maio de 2015, o Colégio da Polícia Militar do Paraná é a base do projeto, que recebe diariamente 35 alunos da rede pública de ensino, visando inseri-los em um dos esportes ao ar livre que mais vem se popularizando nos últimos tempos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. As atividades respeitam a grade escolar e faixa etária de cada atleta mirim.
A Escolinha de Triathlon Formando Campeões foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e do Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Condor, Grupo Astra e Santana Financeira.
Fonte:
Flávio Perez e Andressa Rufino
www.onboardsports.com.br

patro

Comente aqui


Jovens da Escolinha de Triathlon mostram seu talento no Brasileiro de Aquathlon em Brasília

abre

Projeto pioneiro de formação vem preparando nova geração do triathlon paranaense para grandes competições do cenário nacional

O domingo (22) promete ser especial para cinco integrantes do projeto Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Pedro Boff, Pedro Lucas, Henrique Padilha, Gabrielle Estefany e Maria Fernanda Forti foram escalados para participar do Campeonato Brasileiro de Aquathlon, em Brasília (DF). Essa é uma bela oportunidade para os jovens competirem ao lado de grandes nomes da modalidade e ainda mostrarem seu talento em um evento bastante prestigiado do calendário.
“Existe o desejo real deles de aparecer em provas do cenário nacional e quem sabe no futuro representarem o Brasil em Campeonatos Mundiais, Jogos Olímpicos, etc. Assim, por meio do projeto, oferecemos à eles uma estrutura adequada para que eles possam descobrir suas habilidades, desenvolver seu potencial e assim possam aproveitar ao máximo suas qualidades e virtudes”, comenta o sargento Ricardo Júnior Cardoso, coordenador do projeto, que também destaca o longo período de preparação da garotada para o evento. “As expectativas são grandes. Eles são os melhores atleta de aquathlon do Paraná de 2015 e desse início de temporada nas suas categorias. Todos estão muito ansiosos e muito bem preparados para fazerem bonito nesta prova.”
Desde maio de 2015, o Colégio da Polícia Militar do Paraná é a base do projeto, que recebe diariamente 35 alunos da rede pública de ensino, visando inseri-los em um dos esportes ao ar livre que mais vem se popularizando nos últimos tempos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. As atividades respeitam a grade escolar e faixa etária de cada atleta mirim.
A Escolinha de Triathlon Formando Campeões foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e do Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Condor, Grupo Astra e Santana Financeira.
Fonte:
Flávio Perez
www.onboardsports.com.br

patro

Comente aqui


Eduardo Lass é campeão da 1ª etapa do Paranaense de Triathlon Olímpico

lassabre

Próximo desafio será o Challenge Salou Costa Daurada na Espanha dia 29 de maio

Considerado uma das principais apostas do Brasil no próximo ciclo olímpico de Tóquio2020, Eduardo Lass (Tradener) mostrou neste domingo (15) porque é o melhor triatleta do Paraná no percurso de 1.500m de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida. Na disputa da 1ª etapa do Campeonato Paranaense de Triathlon Olímpico, em Caiobá, o 3º sargento da FAB liderou a prova de ponta a ponta, garantindo mais uma medalha de ouro para o currículo.
“Mantive uma boa consistência durante toda a disputa e estou me sentindo na melhor forma”, contou o atleta, que é beneficiado pela Lei de Incentivo ao Esporte e já está focado no próximo desafio. No dia 29 de maio, o curitibano representa as cores do Brasil no Challenge Salou Costa Daurada, na Espanha. “Na Catalunha serão 1.900m de natação, 90km de bike e 21km de corrida. Então o Campeonato paranaense foi um bom treino de luxo para testar os equipamentos para o Challenge.”


Eduardo Lass começou no triatlo aos 11 anos de idade e mesmo novo acumulou títulos importantes nas categorias de base, como os de campeão do Troféu Brasil e do Brasileiro Olímpico, além de duas medalhas de ouro e duas de prata em competições na França. Integrante da Seleção Brasileira de Triathlon por 4 anos consecutivos, está disputando os principais eventos nacionais e internacionais buscando uma boa colocação no ranking mundial. O ano de 2015 foi um dos melhores da carreira do curitibano e entre os principais resultados estão a medalha de prata no triatlo masculino por equipes dos Jogos Mundiais Militares e o bronze na Copa Continental de Triathlon no Equador. O atleta de 24 anos é patrocinado pela Tradener Comercialização de Energia.
Mais informações sobre Eduardo Lass no site: www.eduardolass.com
Siga também no Twitter: @EduardoLass
Veja as fotos do triatleta no Instagram: @eduardolass
Curta a fan page oficial do atleta: www.facebook.com/eduardolass.triatleta

Fonte: Flávio Perez e Andressa Rufino
www.onboardsports.com.br

Fotos: TriSport Magazine, André Nogueira e Rômulo Cruz

lasspatro

Comente aqui


Do ouro ao bronze: Seleção domina pódio da elite masculina do Paranaense de Tritahlon Olímpico

triabre

Atletas se preparam para provas longas e de resistência, como o Ironman Florianópolis

Se o projeto Seleção Paranaense de Triathlon tem como objetivo tornar-se referência na formação e desenvolvimento de atletas de alto rendimento para o triathlon nacional, pode ter certeza de que ele está cada vez mais no caminho certo. Neste domingo (15), o quarteto formado por Eduardo Lass, Fellipe Santos, Luís Ohde e Vitor Cardoso dominou completamente a disputa da elite masculina da 1ª etapa do Campeonato Paranaense de Triathlon Olímpico, finalizando a prova nas quatro primeiras colocações, respectivamente.
“O resultado confirma o acerto na escolha desses jovens para integrar a equipe de alto rendimento. Eles não são apenas os melhores triatletas do estado atualmente mas também os mais qualificados para representar o Paraná nos grandes desafios nacionais e mesmo internacionais”, comemorou Juraci Moreira, um dos principais nomes do triathlon brasileiro, padrinho e idealizador do projeto.
Segundo Homero Cachel, técnico da seleção paranaense, os jovens cumpriram sua meta e estão em plena evolução para competir em igualdade com a elite nacional e internacional. “O Eduardo liderou a prova de ponta a ponta, com uma clara evolução na corrida, que era um dos pontos a serem aperfeiçoados. Fellipe e Luís estão bem preparados para representar o Paraná e o Brasil nas provas de longa distância, principal foco deles. Já o Vitor mesmo sem estar completamente recuperado de uma virose demonstrou que está cada vez mais competitivo.”
Para a nova geração, que sonha em defender as cores do Brasil nos principais eventos mundiais, o projeto representa, além da oportunidade de aprimorar as habilidades com uma infraestrutura adequada de treinamento, uma forma de ajudar no crescimento do nível dos competidores locais. “Ter os melhores atletas competindo juntos eleva o nível da disputa e nos prepara para competições ainda mais importantes”, destaca o campeão Eduardo Lass.


Ironman e Challenge
Falando em compromissos importantes, três atletas da seleção parananese já tem dois grandes desafios à vista. No dia 29 de maio, Fellipe Santos e Luís Ohde encaram o famoso Ironman Florianópolis, uma das competições mais duras do triatlo mundial, válido também como etapa sul-americana na distância 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,195 km de corrida. No mesmo dia, Eduardo Lass também encara uma prova de longa distância, mas de outra grande franquia reconhecida mundialmente. O Challenge Salou Costa Daurada, na Espanha, terá 1.900m de natação, 90km de bike e 21km de corrida.
A Seleção
O objetivo da Seleção Paranaense de Triathlon é lapidar e desenvolver os jovens talentos do estado. O projeto da FPTRI – Federação Paranaense de Triathlon foi viabilizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal. Os patrocínios são da COPEL, SANEPAR e ELEJOR.
Sobre a COPEL
A Companhia Paranaense de Energia atua com tecnologia de ponta nas áreas de geração, transmissão e distribuição de energia, além de telecomunicações. Opera um abrangente e eficaz sistema elétrico com parque gerador próprio de usinas, linhas de transmissão, subestações, linhas e redes elétricas do sistema de distribuição e um moderno e poderoso sistema óptico de telecomunicações que integra todas as cidades do Estado. Efetua em média, mais de 70 mil novas ligações a cada ano, atendendo praticamente 100% dos domicílios nas áreas urbanas e passa de 90% nas regiões rurais.
Sobre a SANEPAR
A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar é uma das maiores e mais eficientes do setor de saneamento do País, pronta para ampliar sua participação de mercado e a qualidade de seus serviços. A companhia atende 345 dos 399 municípios do Paraná e 289 distritos ou localidades de menor porte no estado, além de Porto União em Santa Catarina. A Sanepar presta serviços de fornecimento de água tratada, coleta e tratamento de esgoto sanitário e gerenciamento de resíduos sólidos. A empresa é referência no setor, por aliar eficiência operacional e resultados econômicos a uma sólida política socioambiental.
Sobre a ELEJOR
As Centrais Elétricas do Rio Jordão S.A. é uma sociedade de propósito específico criada para explorar o Complexo Energético Fundão Santa Clara, o qual opera com rígidos compromissos ambientais, promove grandes benefícios ecológicos, além de integrar diversos municípios e gerar renda. A ELEJOR vem se destacando no mercado de energia por suas ações sustentáveis e com isso conquistando o reconhecimento do setor e dos órgãos regulatórios.
Mais informações sobre a Seleção Paranaense de Triathlon no site: www.fptri.com.br
Fonte: Flávio Perez e Andressa Rufino
www.onboardsports.com.br

Fotos: Rafael Dalalana

tripatro

Comente aqui


Eduardo Lass compete no Paranaense de Triathlon Olímpico de olho em desafio de longa distância

abre

Triatleta se prepara para o Challenge Salou Costa Daurada na Espanha no fim de maio

Uma semana após subir ao pódio no Rio Triathlon, Eduardo Lass (Tradener) já está pronto para voltar as pistas. O curitibano encara neste domingo (15) o Campeonato Paranaense de Triathlon Olímpico, em Caiobá. Além de contar com o fator “casa” para um bom desempenho, o 3º sargento da FAB aproveita o forte nível da competição regional para se preparar para um desafio duríssimo: o Challenge Salou Costa Daurada na Espanha, marcado para o dia 29 de maio. Na Catalunha, serão 1.900m de natação, 90km de bike e 21km de corrida.
“Vou aproveitar para testar os materiais e equipamentos novos e analisar o que precisa ser ajustado para a prova na Espanha. Será o primeiro evento de longa distância da temporada. Estou me sentindo bem nos treinos, o bom resultado no Rio me deixa motivado então chego em Caiobá bastante otimista”, conta o atleta beneficiado pela Lei de Incentivo ao Esporte.


Eduardo Lass começou no triatlo aos 11 anos de idade e mesmo novo acumulou títulos importantes nas categorias de base, como os de campeão do Troféu Brasil e do Brasileiro Olímpico, além de duas medalhas de ouro e duas de prata em competições na França. Integrante da Seleção Brasileira de Triathlon por 4 anos consecutivos, está disputando os principais eventos nacionais e internacionais buscando uma boa colocação no ranking mundial. O ano de 2015 foi um dos melhores da carreira do curitibano e entre os principais resultados estão a medalha de prata no triatlo masculino por equipes dos Jogos Mundiais Militares e o bronze na Copa Continental de Triathlon no Equador. O atleta de 24 anos é patrocinado pela Tradener Comercialização de Energia.
Mais informações sobre Eduardo Lass no site: www.eduardolass.com
Siga também no Twitter: @EduardoLass
Veja as fotos do triatleta no Instagram: @eduardolass
Curta a fan page oficial do atleta: www.facebook.com/eduardolass.triatleta

Fonte:
Flávio Perez e Andressa Rufino
www.onboardsports.com.br

Fotos: Rafael Dalalana

patro

Comente aqui


Escolinha de Triathlon prepara futuros campeões no Circuito Renault de Triathlon Olímpico

abre

Projeto pioneiro de formação já está em seu segundo ano de atividade

O triathlon brasileiro pode se orgulhar. A nova safra de futuros campeões e atletas olímpicos já está sendo preparada para os grandes desafios da modalidade. O projeto Escolinha de Triathlon Formando Campeões está em seu segundo ano de vida e no próximo domingo (8) irá mostrar todo seu potencial em um dos eventos mais tradicionais da modalidade. Cerca de 20 alunos do projeto participam do Circuito Renault de Triathlon Olímpico – Etapa Outono, competição válida como 1ª etapa do Campeonato Paranaense na modalidade.
“Neste primeiro semestre os atletas da escolinha estão se preparando objetivamente para aprimorar suas participações defintivamente no triathlon, haja vista que ano passado demos prioridade aos aquatlons, natação e corrida, para inserirmos paulatinamente os alunos nas três modalidades. Em 2015 já tivemos excelentes resultados no Campeonato Brasileiro Infantil de Trathlon e para este ano a expectativa é melhor ainda. Os alunos estão super empolgados e bem preparados para o desafio”, explica o sargento Ricardo Júnior Cardoso, coordenador do projeto.
Desde maio de 2015, o Colégio da Polícia Militar do Paraná é a base do projeto, que recebe diariamente 30 alunos da rede pública de ensino, visando inseri-los em um dos esportes ao ar livre que mais vem se popularizando nos últimos tempos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. As atividades respeitam a grade escolar e faixa etária de cada atleta mirim.


Na prova marcada para a Praia Mansa de Caiobá, quatro atletas participam do Aquatlon (750m de natação e 5km de corrida) e 16 irão competir na categoria OpenTri, com um percurso de 400m de natação, 10 km de ciclismo e 2.500 metros de corrida. “Como a maioria de nossos atletas tem entre 13 à 15 anos, essas distancias são as mais adequadas para a idade e também ideais para prepará-los para o final do ano, onde novamente estaremos disputando o Campeonato Brasileiro de Triathlon nas categorias Infantil Juvenil. Gostaria de agradecer ao Luiz Iran, organizador da prova, que viabilizou essas distâncias com intuito de promover o triathlon aos futuros atletas e principalmente aos nossos patrocinadores que ajudaram a proporcionar uma infraestrutura excepcional para os meninos treinarem para esse e outros eventos”, lembra o sargento Cardoso.
A Escolinha de Triathlon Formando Campeões foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e do Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Condor, Grupo Astra e Santana Financeira.
Fonte: Flávio Perez
www.onboardsports.com.br

patro

Comente aqui