MANUTENÇÃO

CUIDADOS COM O VEÍCULO.



Barra de direção dos caminhões será avaliada, gratuitamente, pela Nakata

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE

CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR

https://www.youtube.com/c/Caminharepensarésócomeçar

 

 

 

 

Avaliações acontecem na Rodovia Castello Branco, km 57 (Sentido São Paulo), nos dias 22 e 23 de novembro, das 10h às 17h.

 

A Nakatafabricante de autopeças para o mercado de reposição automotiva líder em componentes undercar para linhas leve e pesada, participará do Caminhão 100%, programa desenvolvido pelo GMA – Grupo de Manutenção Preventiva e Grupo CCR, nos dias 22 e 23 de novembro, no km 57 (Sentido São Paulo), da Rodovia Castello Branco.

 

A barra de direção, item de segurança do veículo, deve ser inspecionada regularmente e substituída sempre que apresentar indícios de desgaste. Na ocasião, a barra de direção dos caminhões será avaliada pela Nakata e outros componentes serão checados por outros parceiros do programa.

 

A Nakata apoia a iniciativa desde o início do programa, em 2010, e já avaliou as condições da barra de direção em milhares de veículos.

 

Sobre a Nakata Automotiva:

A Nakata Automotiva, fabricante de autopeças para o mercado de reposição para veículos leves, pesados e motocicletas, líder em componentes undercar, vem construindo sua história de sucesso há mais de 60 anos no Brasil. Com pioneirismo, qualidade e compromisso com o mercado, a Nakata Automotiva se tornou reconhecida pela alta performance de seus produtos e elevado padrão de serviços.

 

Comprometida 100% com o mercado de reposição, oferece soluções completas de serviços pré e pós-vendas. Possui fábrica em Diadema, sede administrativa e centro de tecnologia e desenvolvimento em Osasco e dois centros de distribuição em Extrema-MG e Santo André –SP e exporta para mais de 20 países das Américas, Europa, Ásia e Oceania.

 

Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa

Jornalista responsável – Majô Gonçalves – MTB 24.475

Solange Suzigan

www.versoassessoriadeimprensa.com.br

https://www.facebook.com/verso.assessoria

Comente aqui


Renault faz recall de Sandero, Logan, Duster, Duster Oroch e Kwid

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE

CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR

https://www.youtube.com/c/Caminharepensarésócomeçar

 

 

A Renault do Brasil convoca a partir de hoje (21 de novembro) os proprietários dos veículos Sandero, Logan, Duster e Duster Oroch a comparecerem à rede de concessionárias da marca para verificação da mangueira de direção de baixa pressão da direção hidráulica.

Foi constatada que a deterioração da mangueira de baixa pressão da direção hidráulica causa o vazamento do óleo hidráulico, com possibilidade de endurecimento da direção e, e casos extremos, perda da dirigibilidade com risco de acidente.

O recall envolve 13.026 unidades e foram fabricadas entre 29 de julho e 6 de outubro de 2017. Os chassis, não sequenciais, dos veículos Sandero envolvidos vão de GJ481357 até GJ549376 e HJ246861 até HJ656295. Os chassis dos veículos Logan que fazem parte do recall vão de GJ481363 até GJ516511 e HJ246859 até HJ548486. Os chassis dos veículos Duster vão de HJ246871 até HJ547067 e os da picape Duster Oroch de HJ246869 a HJ557912.

A verificação e, caso necessário, a substituição da mangueira de baixa pressão, é feita gratuitamente em uma das concessionárias Renault em até 1h30.

Kwid 

A Renault também convoca os proprietários de Kwid a comparecerem à rede de concessionárias para verificação do tubo de combustível e sistema de freios.

Pelo posicionamento na montagem do tubo de combustível, pode ocorrer a perfuração do tubo, causando vazamento de combustível. Para sanar o problema, a Renault fará o reposicionamento do componente e, se necessário, substituirá o tubo de combustível. O recall envolve 16.798 unidades, fabricadas entre 1 de março/2016 e 27 de setembro/2017, dos seguintes chassis (não sequenciais) HJ524902 até JJ999218

O sistema de freio pode ter trincas e em casos extremos ocasionar ineficiência de frenagem ou travamento das rodas e perda de dirigibilidade, com risco de causar acidente. Será efetuada verificação e, caso necessário, a substituição de componentes do sistema de freios. O reparo tem duração de até 1 dia. O recall envolve 21.802 unidades e envolve os chassis (não sequenciais) de HJ524902 até JJ999218, fabricados entre 1 de março/2016 e 2 de novembro/2017.

Os reparos são gratuitos e o serviço deve ser agendado. Caso o cliente tenha dúvidas, a Renault oferece seu Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), no telefone 0800-0555615 ou pelo site www.renault.com.br/servicos/recall.

Comente aqui


MXF MOTORS LANÇA NOVA MARCA VRT DE KITS TRANSMISSÃO

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE

CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR

https://www.youtube.com/c/Caminharepensarésócomeçar

 

 

 

Empresa avança para o mercado de reposição de peças para motocicletas

A montadora curitibana MXF Motors do Brasil avança para o mercado de reposição de peças para motocicletas. A empresa, que comercializa motos e quadriciclos off road, anuncia o lançamento da nova marca VRT Force, que contempla os Kits de Transmissão destinados a todos os tipos de motos, tanto on road quanto off road nacional.

Segundo a MXF, os produtos VRT Force são fabricados em aço 1045 e com a mesma tecnologia – materiais e técnicas de fabricação – das peças originais. O novo kit de transmissão contém: coroa, pinhão e corrente.

“A VRT Force chega ao mercado com a mesma qualidade dos produtos originais, mas com o preço mais acessível. O aço 1045 é o que se emprega de melhor hoje em termos de transmissão”, conclui Luiz Henrique, diretor técnico da MXF Motors do Brasil.

Patrícia Stedile

Assessoria de Imprensa

Engenharia de Comunicação

Comente aqui


Renault faz recall de Sandero, Logan, Duster e Duster Oroch

A Renault do Brasil convoca, a partir de hoje (23 de fevereiro), os proprietários dos veículos Sandero, Logan, Duster e Duster Oroch para verificação e/ou substituição dos parafusos do eixo traseiro e do berço dianteiro do motor, que fixam os elementos da suspensão dianteira. Foi detectada possibilidade de falha de aplicação do torque de aperto dos parafusos, que pode ocasionar uma deformação ou, nos casos mais severos, até a ruptura dos parafusos, podendo gerar uma perda das características originais de dirigibilidade.

O recall envolve um total de 24.814 unidades (13.559 Sandero, 5.111 Logan, 4.237 Duster e 1.907 Duster Oroch), fabricadas entre 3 de agosto e 29 de setembro de 2016.

Os chassis dos veículos Sandero envolvidos vão de GJ482682 a GJ601778 e de HJ246861 a HJ601818 nas versões Authentique, Expression, Dynamique, Stepway, Vibe, GT Line e R.S. 2.0.

Os chassis dos veículos Logan que fazem parte do recall vão de GJ481696 a GJ556423 e de HJ301482 a HJ579345 nas versões Authentique, Expression e Dynamique.

Os chassis dos veículos Duster envolvidos vão de HJ246871 a HJ600336 nas versões Expression e Dynamique. E os chassis dos veículos Duster Oroch que fazem parte do recall vão de HJ246869 a HJ589223 e JJ582317 nas versões Expression e Dynamique.

A verificação e/ou reparo são feitos gratuitamente em uma das concessionárias Renault (www.renault.com.br) em até uma hora. O serviço deve ser agendado. Caso o cliente tenha dúvidas, a Renault oferece seu Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), no telefone 0800-055-5615 ou pelo site www.renault.com.br/servicos/recall.

Fonte: Sala de Imprensa Renault

Comente aqui


Novos Kits e pistões com anéis da Kolbenschmidt (KS) para veículos pesados

 

Componentes são dirigidos para veículos das marcas Mercedes-Benz e Perkins 

O mercado de reposição já pode contar novos produtos das linhas de kit e pistão com anel da Kolbenschmidt (KS) para motores Mercedes-Benz e Perkins.

Da marca Mercedes-Benz, o lançamento do kit e do pistão com anel é indicado para o motor OM 924LA, OM 926LA Euro 5 que equipam os modelos Accelo 815/1016; Atelo 1726 (4×2) / 1726 (4×4) / 2426 (6×2) e Atron 2324 (6×2), produzidos a partir de 2012. O pistão é item exclusivo Kolbenschmidt (KS) no mercado original e de reposição.

Ainda para Mercedes Benz na linha de pistão com anel, os novos itens da Kolbenschmidt (KS) se aplicam nos caminhões Atego com motores Euro 3 OM 904, OM 906, produzidos a partir de 1998 e nos motores OM 924 LA e OM 926 LA, disponíveis após 2005.

Para Perkins, os lançamentos de pistão com anel atendem a linha industrial, com aplicação também em geradores para os motores série 1100 – 1100A Turbo e série 1100 -1104C Turbo e Aspirado.

* Os produtos da marca KOLBENSCHMIDT (KS), Pierburg e B.F são comercializados no mercado brasileiro de reposição pela MS Motorservice Brazil, divisão do Grupo KSPG AG responsável pelas atividades de vendas e prestação de serviços para o aftermarket.

Fonte: 

Talita C. Peres – Gerente de Marketing

Jornalista responsável: Majô Gonçalves – Verso Assessoria

1 Comentário


Avaliações gratuitas do Caminhão 100% acontecerão, nos dias 25 e 26 de julho, na Castello Branco

unnamed

Itens da parte mecânica e de segurança dos caminhões serão checados na Rodovia Castello Branco, km 57 (sentido São Paulo)

Em comemoração ao Dia do Motorista (25/7), a avaliação gratuita Caminhão 100% estará na Rodovia Castello Branco, nos dias 25 e 26 de julho, para em checar as condições de diversos componentes mecânicos e de segurança do caminhão. Basta dar uma parada no km 57 (sentido São Paulo).

A iniciativa faz parte do Programa Caminhão 100%, que tem como objetivo conscientizar motoristas de caminhões sobre a manutenção preventiva, como forma de melhorar a segurança no trânsito. O programa é desenvolvido pelo GMA – Grupo de Manutenção Automotiva, em parceria com o Grupo CCR e o programa Estrada para a Saúde,

Para mais informações e dicas de manutenção, acesse o site www.carro100.com.br. Baixe o aplicativo Carro 100% e faça check-up virtual gratuito do seu carro para avaliar as condições de vários itens.

Fonte:

Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa

Jornalista responsável – Majô Gonçalves

Solange Suzigan

Comente aqui


Aumenta procura por reparo de parabrisa, aponta levantamento da Carglass

 cta_2

Líder mundial em seu segmento, empresa recomenda maior atenção dos clientes na manutenção preventiva do parabrisa, que poderá resultar em uma economia de até 5 vezes o valor da troca

Um levantamento da Carglass, líder no mercado de reparação e troca de vidros automotivos, aponta que os condutores estão olhando atentamente para a manutenção de seus veículos, principalmente o parabrisa. Nos meses de março (20,77%), abril (20,82%), maio (21,33%) e junho (22,29%), a empresa constatou um aumento contínuo na procura dos serviços de reparo. “O brasileiro, até por questões do cenário econômico, está trocando menos de carro. Isso resulta em prevenção e manutenção de itens essenciais, como o parabrisa. O aumento de procura é crescente”, afirma Milton Bissoli, executivo da Carglass.

Mesmo com aumento mensal da procura por reparo, ainda muitos acreditam que a função do parabrisa seja apenas permitir a visualização do ambiente exterior e, por isso, quando o equipamento é danificado, o consumidor não dá a devida atenção ao seu conserto. “Alguns demoram muito para dar atenção à trinca do vidro, andando com uma ou várias por um longo tempo até que a situação fique crítica e a substituição seja necessária. Outros, por exemplo, efetuam a troca de um parabrisa sem ao menos saber que em grande parte dos casos é possível reparar o equipamento”, alerta Bissoli.

Entretanto, segundo ele, é importante que o consumidor saiba que os vidros de um veículo possuem entre suas principais características funções de segurança. Cada vez mais o vidro faz parte da estrutura de um automóvel, auxiliando no enrijecimento de sua carroceria. “Por isso, ao ser substituído, ele precisa ser colocado com a mesma eficiência e dentro de procedimentos tal qual ocorre na instalação do equipamento na linha de montagem”, destaca Bissoli.

Outro componente que depende diretamente do vidro é o air bag. A eficiência e o correto funcionamento do sistema dos air bags dianteiros, por exemplo, contam com a ajuda do parabrisa. Ao serem acionadas as bolsas de ar, elas se apoiam no parabrisa e por ele são escoradas para que absorvam o impacto da cabeça dos ocupantes. Nesses casos, se o parabrisa não tiver sido colocado com as mesmas características e qualidade do original, ou se tiver sido instalado de forma incorreta, ou com adesivos diferentes dos recomendados e utilizados pelas montadoras, a eficiência do sistema de air bag e a segurança dos ocupantes do veículo ficam comprometidas.

Ainda há no Brasil dúvidas sobre o reparo, mas uma trinca em grande parte dos casos pode ser rapidamente corrigida. “O mais importante é saber que o reparo de um parabrisa tem um custo muito acessível, resultando em uma economia de até cinco vezes o valor de sua substituição, sem contar o ganho que o serviço produz na manutenção do meio ambiente. Temos unidades móveis, que proporcionam comodidade e, na maioria das vezes, o reparo está coberto na apólice de seguros do condutor”, afirma Bissoli.

Justamente por se preocupar com a conservação ambiental e com o encantamento de seus clientes, a empresa prioriza e recomenda o reparo de trincas ao invés da imediata substituição do parabrisa. “Vale alertar que a resolução 216 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) prevê infração grave, que pode render cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), multa no valor de R$ 127,69 e retenção do veículo para regularização em caso de trinca”, lembra Bissoli.

Dicas ao condutor

Há vários tipos de trincas que podem ser reparados, mas é importante saber que o tamanho máximo recomendado para a realização do reparo é equivalente ao de uma moeda de 1 real.

Na ocorrência de trincas no parabrisa do veículo, é preciso evitar atitudes como:

– subir na guia bruscamente

– ligar o ar condicionado

– passar em lombadas em alta velocidade

– mudança brusca de temperatura (calor / frio)

– bater a porta com força

– passar por buracos e irregularidades

Carglass®

A Carglass® é uma empresa do Grupo Belron®, organização mundialmente reconhecida por prestar serviços de qualidade a milhões de motoristas e que possui a maior frota do segmento para atendimento em domicílio, com milhares de técnicos responsáveis pela execução de milhões de serviços por ano em todo o mundo.

Fonte: Tamer

Evandro Ribeiro

Assessor de Imprensa

Comente aqui


Checagem gratuita de caminhões acontece, no dia 7 de julho, na CEAGESP

Programa Caminhão 100% em parceria com o PMMVD e Operação Inverno 2016  promovem avaliações gratuitas de emissões de poluentes

Com o objetivo de conscientizar motoristas sobre a manutenção preventiva de caminhões, o GMA (Grupo de Manutenção Automotiva) e a CETESB (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) por meio do PMMVD (Programa para Melhoria da Manutenção de Veículos Diesel) realizarão, no dia 7 de julho, inspeções gratuitas de emissões de poluentes, a partir das 8 h.

caminhao100

A entrada será pelo portão 3.

Para mais informações sobre o Caminhão 100% e dicas de manutenção, acesse o site www.carro100.com.br .

Baixe o aplicativo Carro 100% e faça um check-up virtual para avaliar as condições do carro.

Serviço:

Local: CEAGESP

Av. Dr. Gastão Vidigal, 1946 – Vila Leopoldina, São Paulo – SP

Entrada pelo portão 3

Fonte:

Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa

Jornalista responsável – Majô Gonçalves

Solange Suzigan

Comente aqui


ELAION F70E É MAIS UM LUBRIFICANTE TOP DE LINHA DA YPF

elaion-f70e1

ELAION F70E é o lubrificante da YPF especialmente formulado para a proteção dos motores mais exigentes da indústria automotiva. Sua composição 100% sintética, tecnologia Flexlub de última geração e alta capacidade antisstress proporcionam proteção adicional ao motor e economia de combustível, mesmo em condições de uso severo.

ELAION F70E é adequado para todos os tipos de motores: a gasolina, etanol, GNV, flex e diesel (apto DPF) por ser um óleo Low SAPS, tem menor formação de cinzas sulfatadas, proporcionando maior vida útil do filtro de partículas (DPF) e catalisadores (TWD).

Lubrificante 100% sintético, ELAION F70E é um multiviscoso 5W-30, especialmente recomendado para veículos equipados com filtro de partículas (DPF e TWC) proporcionando-lhes maior vida útil. Sua formulação reduz a formação de cinzas minimizando a emissão de gases na atmosfera.

ELAION F70E garante maior economia de combustível, proteção ao sistema de escape e desempenho constante do motor ao longo tempo. Sua formulação especial oferece ainda redução da oxidação, consumo do lubrificante e aumento do intervalo de troca.

O lubrificante atende as mais severas exigências da Volkswagen, VW 504.00/507.00 e também ACEA C3, MB 229.51, BMW Longlife 04, Porsche C30

O novo ELAION F70E e toda a linha Elaion estão disponíveis aos distribuidores YPF, nos principais centros consumidores do país.

Sobre a YPF – A YPF é a empresa líder em exploração e produção de hidrocarbonetos na Argentina. É a maior empresa do país e lidera o mercado de lubrificantes com 40% de market share. É também a 3ª maior petrolífera das Américas e soma mais de 1500 postos de combustíveis. Sua planta de lubrificantes, em La Plata, é uma das mais modernas da América Latina, com excelência em qualidade e as certificações ISO 9001, 14001 e TS 16496. Atuando no Brasil desde 1998, a YPF tem de sede e fábrica em São Paulo e distribuidores nos principais centros consumidores do país. www.ypf.com.br  

Fonte:

MCA Imprensa & Relações Públicas – Assessoria de Imprensa YPF do Brasil

Renata Terra

Comente aqui


MVC fornece componentes para nova Mitsubishi L200 Triton Outdoor

mvc_l200triton

Peça proporciona redução de peso, economia e versatilidade

A nova picape L200 Triton Outdoor, da Mitsubishi Motors do Brasil, é equipada com componentes plásticos produzidos pela MVC, pertencente às Empresas Artecola. A companhia amplia o fornecimento à montadora com o desenvolvimento do para-choque de impulsão (PCI) dianteiro para o veículo produzido em Catalão, Goiás.

A parceria entre a MVC e a Mitsubishi tem permitido a introdução de inéditos e modernos componentes nos lançamentos de novos veículos. A equipe de engenharia da MVC conseguiu, no tempo recorde de 60 dias, desenvolver o PCI.  A montadora estima volume de aproximadamente 200 unidades mês.

O PCI é montado sobre o para-choque dianteiro e proporciona visual esportivo à L200 Triton Outdoor. O componente será produzido pelo processo de Vacuum Forming, com sistema de corte automatizado e utilização de compostos especiais de alta performance. O processo reduz o tempo de desenvolvimento e propicia menor custo de ferramental. Outra vantagem está em permitir a adaptação na fabricação de peças conforme o volume de produção do cliente ou de acordo com a demanda apresentada.

A Mitsubishi foi uma das primeiras montadoras a acreditar nesse processo. Hoje, em função da necessidade e velocidade de novos lançamentos, que geram uma redução dos volumes por modelo, as montadoras estão revendo os seus conceitos e optando por processos que proporcionem velocidade de desenvolvimento e baixo custo de investimento.

Fonte: Secco Consultoria de Comunicação

Comente aqui