ACESSÓRIOS

TUDO PARA O VEÍCULO.



Brasileiro de Turismo: Gustavo Frigotto encerra bom final de semana em Goiânia com mais um pódio

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE

CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR

https://www.youtube.com/c/Caminharepensarésócomeçar

 

 

 

Piloto curitibano segue acreditando no título
 

Após mais um final de semana do Campeonato Brasileiro de Turismo, dessa vez debaixo de chuva, o paranaense Gustavo Frigotto deixa a cidade de Goiânia satisfeito depois de mais uma bela atuação. O piloto da Água da Serra/RKL Competições cruzou a linha de chegada da segunda bateria, disputada neste domingo (19), na quarta colocação e conquistou o seu oitavo pódio na temporada. Com a soma dos resultados da sétima etapa, Gustavo Frigotto assegura a quarta posição na classificação com 115 pontos e ainda segue sonhando com o título.
O paranaense ficou feliz com o resultado alcançado na manhã deste domingo, após uma prova cheia de desafios.
“Consegui me posicionar como um dos mais rápidos da pista, apesar de nunca ter andado na chuva no Brasileiro de Turismo de forma competitiva. Mesmo com todas as dificuldades de inversão de grid, lastro e baixíssima visibilidade, acredito que o resultado foi positivo e nos manteve na briga pelo titulo”, disse o piloto
Gustavo Frigotto retorna à pista no dia 8 de dezembro em Interlagos, para a última etapa da temporada 2017 do Campeonato Brasileiro de Turismo.
Confira o Top 5 do Campeonato Brasileiro de Turismo:
1) Gabriel Robe — Motortech — 154 pontos
2) Gaetano Di Mauro — W2 Racing — 120 pontos
3) Raphael Reis — W2 Racing — 117 pontos
4) Gustavo Frigotto — RKL Competições — 115 pontos
5) Pietro Rimbano — RKL Competições — 112 pontos
Foto: Rodrigo Guimarães
Yuri Bascopé
www.apex-me.com.br
Comente aqui


M-Benz Challenge: Bruno Alvarenga sai de sua estreia na CLA com planos de permanecer na categoria

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE

CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR

https://www.youtube.com/c/Caminharepensarésócomeçar

 

Piloto da Rsports Racing esteve a bordo do modelo CLA-45 AMG no autódromo de Goiânia na sétima etapa da temporada

 

O piloto paulistano Bruno Alvarenga, da Rsports Racing, estreou neste último final de semana, dias 17 a 19 de novembro, na categoria CLA AMG Cup na sétima etapa do Mercedes-Benz Challenge que ocorreu no circuito do Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), sob o comando do CLA-45 AMG de número #110.

“Sem dúvida foi muito interessante o fim de semana, quero agora evoluir para conquistar a minha permanência na CLA, carro mais interessante e com novos desafios”, avaliou Bruno.

Após 45 minutos e mais uma volta da corrida realizada na manhã do domingo (19), Bruno marcou a 11ª posição e, assim, seus primeiros pontos na categoria CLA AMG Cup.

“Encaro essa etapa como uma estreia no circuito, apesar de ter participado por duas vezes na C 250 Cup. Adorei o carro, ainda tenho que acumular quilômetros para conseguir ser mais consistente, mas foi um bom começo”, declarou Alvarenga.

Os pilotos da Rsports Racing farão a prova decisiva no dia 10 de dezembro, em Interlagos (SP).

Bruno Alvarenga conta com o patrocínio da Cifarma, Dimep, Tetto Rooftop Lounge, Carnes Panamby e Galeria Cabeleireiros.

Resultado da corrida da sétima etapa:

CLA AMG Cup

  1. 90 José Vitte (WCR) CLA – 26 voltas
  2. 33 Adriano Rabelo (Cordova Motorsports) CLA – a 0.343
  3. 55 Fabio Escorpioni (Hot Car Competições) CLA – a 16.049
  4. 88 Fernando Amorim (Mottin/Sul Racing) CLA – a 25.819
  5. 20 Roger Sandoval (Mottin Racing) CLA – a 26.400
  6. 15 Raijan Mascarello (Mottin Racing) CLA – a 52.375
  7. 60 Betão Fonseca (Center Bus Sambaiba Racing) CLA – a 55.185
  8. 18 Fernando Poeta (Mottin/Sul Racing) CLA – a 1:08.024
  9. 6 Fernando Junior (WCR) CLA – a 1 volta
  10. 10 Pierre Ventura (Cordova Motorsports) CLA – a 2 voltas
  11. 110 Bruno Alvarenga (RSports Racing) CLA – a 3 voltas

Não completaram (75% da distância de prova)

  1. 19 Luiz Carlos Ribeiro (Ourocar Racing) CLA – a 20 voltas

Melhor volta CLA AMG CUP: José Vitte, 1min36s376

 

C 250 Cup

  1. 111 Marcos Paioli (Paioli Racing) C250 – a 1 volta
  2. 26 Flavio Andrade (Hot Car Competições) C250 – a 1 volta
  3. 12 André Moraes Jr (PGL Racing) C250 – a 1 volta
  4. 21 Peter Michel Gottschalk (Paioli Racing) C250 – a 2 voltas
  5. 13 Beto Rossi (Paioli Racing) C250 – a 2 voltas
  6. 41 João Lemos (PGL Racing) C250 – a 2 voltas
  7. 65 Claudio Simão (Center Bus Sambaiba Racing) C250 – a 2 voltas
  8. 51 Leandro Reis (RSports Racing) C250 – a 2 voltas
  9. 63 Fabio Peterson (Center Bus Sambaiba Racing) C250 – a 3 voltas
  10. 68 Carlos Machado (Center Bus Sambaiba Racing) C250 – a 3 voltas
  11. 84 Cello Nunes (RSports Racing) C250 – a 3 voltas
  12. 29 Vinicius Fugi (Brandão Motorsport) C250 – a 3 voltas
  13. 67 Luiz Barcellos (Center Bus Sambaiba Racing) C250 – a 3 voltas
  14. 64 C.A.Guilherme/S.Kuba (Center Bus Sambaiba Racing) C250 – a 3 voltas
  15. 9 Alexandre Navarro (RSports Racing) C250 – a 4 voltas

Não completaram (75% da distância de prova)

  1. 73 R. Teixeira/R. Cruvinel (Brandão Motorsport) C250 – a 20 voltas

Melhor volta C250 CUP: Marcos Paioli, 1min40s687

Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

 

Mais informações:

Site: www.rsportsracing.com.br

Facebook: RSports Racing

Twitter: @RsportsRacing

 

Consultoria de Comunicação e Assessoria

SIG Comunicação | [email protected]

Silvana Grezzana Santos |+55 (11) 999.726.966

www.sigcomunicacao.com.br

 

Bruno Alvarenga CLA #110 (André Santos/Time Sports)

Bruno Alvarenga CLA #110 (André Santos/Time Sports) 
Alta  | Web

Cello Nunes a bordo do Mercedes C250 #84 (André Santos/Time Sports)

Cello Nunes a bordo do Mercedes C250 #84 (André Santos/Time Sports) 
Alta  | Web

Goiano Leandro Reis #51 / C 250 Cup (André Santos/Time Sports)

Goiano Leandro Reis #51 / C 250 Cup (André Santos/Time Sports) 
Alta  | Web

Bruno Alvarenga CLA #110 (André Santos/Time Sports)

Bruno Alvarenga CLA #110 (André Santos/Time Sports) 
Alta  | Web

Bruno Alvarenga CLA #110 (André Santos/Time Sports)

Bruno Alvarenga CLA #110 (André Santos/Time Sports) 
Alta  | Web

A última e oitava etapa da temporada será no dia 10 de dezembro em Interlagos (André Santos/Time Sports)

A última e oitava etapa da temporada será no dia 10 de dezembro em Interlagos (André Santos/Time Sports) 
Alta  | Web

Alexandre Navarro #09 / C 250 Cup (André Santos/Time Sports)

Alexandre Navarro #09 / C 250 Cup (André Santos/Time Sports) 
Alta  | Web

Comente aqui


ZF torna-se parceira da Plug & Play, aceleradora de startups, para intensificar o desenvolvimento de novas tecnologias para a mobilidade urbana

Trabalho em conjunto permitirá maiores inovações em engenharia e aumento da velocidade de entrega ao mercado.

Parceria terá como foco a colaboração para o desenvolvimento de hardwares e softwares relacionados à mobilidade conectada.
A ZF e a aceleradora de startup digital Plug & Play firmaram parceria para uma cooperação estratégica. Como “Parceira Âncora Fundadora”, a ZF pode expandir ainda mais sua rede de parceiros de empresas startups que são ativas e relevantes nas áreas tecnológicas de seu interesse. A Plug & Play, situada no Vale do Silício, Califórnia/EUA, é reconhecida mundialmente por conectar startups a corporações e investe em mais de 100 empresas todos os anos. Com a nova cooperação, a ZF pode criar uma ligação mais estreita com empresas novas e inovadoras lidando com tendências disruptivas e oportunidades relacionadas à mobilidade conectada. Elas proporcionarão contribuições valiosas em campos essenciais de competência, inovação, velocidade e cultura. Além disso, a ZF pode também considerar cooperações de longo prazo e/ou investimentos diretos utilizando “Zukunft Ventures GmbH”, sua empresa de capital de risco criada em 2016.
“A colaboração com a Plug & Play nos ajuda a ficar atentos às tendências emergentes no mundo digital e à cena global de startups”, diz Mamatha Chamarthi, Chief Digital Officer (CDO) da ZF Friedrichshafen AG. “Expandir nossas parcerias com startups emergentes em paralelo aos nossos parceiros tradicionais, nos ajudará a entregar valor agregado a nossos consumidores por meio de produtos e serviços aprimorados”.
A cooperação oferece benefícios para ambas as partes, tanto para as startups como para a ZF. Enquanto contatos regulares orientam trabalhos relacionados a projetos com a empresa, suas divisões e unidade de negócios, a startup ganha acesso aos campos de expertise e know-how industrial da ZF. Esta valiosa troca pode acelerar o sucesso de negócios mútuos. Para a ZF, o contato contínuo pode fornecer ideias assim como soluções novas e possivelmente não convencionais. Estas não devem estar limitadas às tecnologias de mobilidade clássicas, uma vez que uma ênfase significativa está sobre empresas recém-fundadas com competências em campos como inteligência artificial e conectividade.
“Estamos levando a digitalização a sério. É uma ótima oportunidade para adaptar nossos processos de engenharia de modo a ganhar impulso na cena das startups digitais”, explica Mamatha Chamarthi. “A cooperação com a Plug & Play e o contato mais próximo com startups terá uma influência positiva na nossa cultura corporativa”. Exemplos de uma primeira troca são Dias de Seleção de startups com pitches, EXPOs, e Hackathons.
A Plug & Play foi fundada em 2006 e a cada ano avalia mais de oito mil startups de vários campos da tecnologia. Algumas ex-startups, como Dropbox ou Paypal, se beneficiaram da promoção da Plug & Play e se tornaram empresas mundialmente conhecidas. A Plug & Play Germany GmbH, que assinou um contrato com a ZF, já está intensivamente conectada com o negócio automotivo. Entre outros, o programa STARTUP AUTOBAHN, em Stuttgart, é o resultado de uma cooperação entre Plug & Play e Daimler, a universidade de Stuttgart e a fábrica de pesquisa ARENA2036. Desde o início de 2017, ZF também é parceira da STARTUP AUTOBAHN assim como de Hewlett Packard Enterprise (HPE), BASF, Porsche e Murata.

São Paulo, 22 de fevereiro de 2017.

Grupo ZF – A ZF é líder global em drivelines e tecnologias de chassis, além de segurança ativa e passiva. A companhia possui cerca de 137.000 colaboradores ao redor do mundo com aproximadamente 230 plantas em 40 países. Em 2016, a ZF alcançou vendas aproximadas de €35 bilhões (dados preliminares) e investe anualmente cerca de 5% de seu faturamento em pesquisa e desenvolvimento – garantindo sucesso contínuo por meio do design e engenharia de tecnologias inovadoras. A companhia é uma das maiores fornecedoras do setor automotivo do mundo. A ZF possibilita aos veículos “ver, pensar e agir”. Com suas tecnologias, a empresa está focada no “Vision Zero” – o mundo da mobilidade com zero acidentes e emissões. Com seu amplo portfólio, a ZF promove mobilidade e serviços aos segmentos automotivo, de veículos comerciais e tecnologias industriais.

Fonte: MM Editorial – www.mmeditorial.com.br
Marta de Souza – Simone Sabatini

ACESSÓRIOS
Comente aqui


FORD GT: CONHEÇA AS OPÇÕES DE CORES E MATERIAIS PARA PERSONALIZAÇÃO DO SUPERCARRO

 

O novo Ford GT terá apenas 500 unidades produzidas nos dois primeiros anos no mercado, o que lhe garante o título de carro mais exclusivo já oferecido pela marca. Mas os proprietários ainda poderão personalizar o supercarro com várias opções de cores e materiais, que os designers da Ford criaram para destacar as suas inovações e performance.

A carroceria conta com oito cores brilhantes, remetendo à herança da Ford nas corridas. Elas podem ser coordenadas com faixas esportivas e itens internos e externos, como as pinças de freio e acabamento das peças de fibra de carbono.

“Não são cores da moda, porque o Ford GT não é um carro da moda. Ele é um clássico – um verdadeiro carro de corrida para as ruas”, diz Barb Whalen, gerente de design, cores e materiais da Ford.

A fibra de carbono – tradicionalmente usada como elemento decorativo em veículos de desempenho – no Ford GT é empregada como componente estrutural para redução do peso. As opções de acabamento brilhante, fosco ou na cor preta “Black Shadow” permitem diferenciar o seu visual, destacando os aspectos de competição, desempenho ou força.

O Ford GT também é o primeiro carro da marca a oferecer pinças de freio Brembo com combinações de cores personalizadas ​​. O sistema com seis pistões e discos de carbono-cerâmica tem pinças anodizadas nas cores preta, prata, azul, laranja ou vermelho.

Excepcionalmente leves, os discos de freio de carbono-cerâmica do Ford GT pesam menos da metade dos de ferro fundido. Seu sistema, com tecnologia derivada da Fórmula 1, é projetado para baixo deslocamento de fluido, o que melhora a rigidez e sensação do pedal. Tem também um sistema integrado de resfriamento para excelente desempenho sob várias condições.

Forma e função no interior

Na cabine do novo GT, a cor é usada com moderação em áreas como atrás dos encostos dos bancos – detalhe que pode ser visto de fora do carro. Do lado do passageiro, ao se abrir a porta, o painel de instrumentos com dois níveis e tonalidades combinantes cria um equilíbrio visual. Para ajudar a reduzir a distração do motorista, as cores e acabamentos acetinados se intensificam conforme avançam para o lado do passageiro.

Nenhum detalhe do supercarro foi esquecido pelos designers, onde a forma segue a função. Os bancos, por exemplo, têm uma nervura horizontal que amplia o espaço visualmente. O tecido de revestimento Alcântara foi escolhido tanto pelo toque refinado como pelo baixo peso.

“Fizemos um trabalho meticuloso de seleção de cores e materiais do Ford GT para infundir energia e, ao mesmo tempo, garantir o apelo visceral de um carro de alta performance”, diz Barb Whalen. “Tudo nele foi criado intencionalmente para expressar o máximo de desempenho.”

(08/07/2016)

Imprensa Ford

Comente aqui


ARSENALCAR AUMENTA PORTFOLIO DE PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA CAMINHÕES

 índice

Há quase quatro anos atuando no mundo virtual e atendendo consumidores que procuram comodidade e facilidade no momento da compra, a ArsenalCar – um dos maiores portais de e-commerce de peças e acessórios do País- acaba de ampliar seu portfólio de produtos para caminhões de pequeno, médio e grande porte.  Agora, no portal de vendas é possível encontrar peças como turbina adaptável, fechos de molas, além de acessórios como som, alarme, tapete, sensor de estacionamento e outros para os grandões.

Thiago Micheloni, gerente da ArsenalCar, diz que o conceito dos caminhões mudou bastante nos últimos anos. Eles estão mais modernos, bonitos e seguros. Cada vez mais presentes no mercado, eles também mudaram o olhar do consumidor, que passou a investir mais em itens que valorizem seu veículo. “Estamos melhorando aos poucos a linha de produtos para os caminhões. Nossa expectativa é aumentar a oferta em, pelo menos 30%, até o final deste ano”, ressalta.

É importante alertar que, antes de qualquer mudança no veículo, o motorista precisa estar atento ao cumprimento da lei, já que, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), antes de realizar qualquer alteração, o motorista precisa obter autorização do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), como é o caso da turbina. “ Em sua maioria as turbinas são peças de substituição, mas há casos de adaptação que precisam ser informados ao Detran”, alerta Micheloni.

Sobre a ArsenalCar

Criada em 2012, a Arsenal Car – um dos maiores portais de e-commerces de peças e acessórios automotivos do Brasil – oferece hoje mais de dez mil itens para carros, vans e pick-ups, nacionais e importados. Com cerca de um milhão de acessos por mês, o portal Arsenal Car comercializa produtos de vários tipos e marcas, entre os quais se destacam faróis e lanternas, os carros-chefe da organização. O endereço do portal é www.arsenalcar.com.br

Fonte: Voice Comunicação Institucional

Beth Guaraldo – Diretora de Conteúdo

Ana Regina Bicudo – Diretora de Atendimento

Daniella Costa – Assessora de imprensa

Comente aqui


Nas finais por aparelhos, Brasil conquista mais quatro medalhas no Rio

unnamed(1)

Com pódios para Arthur Zanetti, Flávia Saraiva e Rebeca Andrade, provas encerraram as disputas da ginástica artística na Arena Olímpica. Nesta terça será a competição do trampolim

19-04-2016

Para fechar a participação no evento-teste de ginástica artística, o Brasil conquistou na noite da última segunda-feira (18.04) mais quatro medalhas. Nas argolas, Arthur Zanetti superou o atual campeão mundial, o grego Eleftherios Petrounias, e ficou com o ouro na sua primeira competição do ano. No feminino, ouro e prata para Flávia Saraiva, no solo e na trave, respectivamente, e bronze para Rebeca Andrade nas assimétricas.

“Competir na arena das Olimpíadas, fazer a mesma trajetória e sair com um resultado desse foi muito bom, valeu muito a pena participar da competição”, avalia Zanetti, que na classificatória do domingo (17.04) havia somado (15.800) e terminado em segundo, atrás do rival (15.900). Desta vez, o brasileiro conseguiu 15.866 pontos e assistiu do banco o adversário fechar a prova com a nota de 15.833. O francês Samir Ait Said ficou com o bronze e completou o pódio (15.500).

No pódio, Zanetti conversou rapidamente com Petrounias. “Eu falei para ele que foi uma competição muito difícil e agradeci porque eu consegui ter esse resultado por causa dele. Como ele foi o campeão mundial, era o cara a ser batido. Ninguém sabe o quanto eu treinei para ter esse resultado”, conta o campeão olímpico nas argolas em Londres-2012, comemorando o crescimento da nota de um dia para o outro.

“Se a série tiver a mesma nota de partida, geralmente acontece de a nota final ser mais baixa (do que na classificatória). Desta vez consegui fazer o contrário, a série foi muito boa e eu cravei a saída. Isso fez a diferença e veio esse ouro maravilhoso”, festeja.

Arthur Zanetti levou a melhor nas argolas no evento-teste. Foto: Miriam Jeske/Brasil2016.gov.br

Arthur Zanetti levou a melhor nas argolas no evento-teste. Foto: Miriam Jeske/Brasil2016.gov.br

» Rebeca Andrade esquece lesão e saudades: quero uma medalha no individual geral
» Rumo à sétima Olimpíada, Oksana Chusovitina quer o pódio no Rio

» Seleção feminina conquista o ouro e a vaga por equipes para os Jogos
» Alemanha brilha, garante vaga nos Jogos e é ouro na competição por equipes masculina
» Campeão mundial nas argolas, Petrounias avança em primeiro e espera Zanetti na final
» Para defender títulos do passado, lendas da ginástica buscam vagas no Rio
» Seleção feminina faz treino de pódio antes de seletiva final para os Jogos

Zanetti comentou ainda que fez algumas alterações na série para evitar algum tipo de “vício” por parte da arbitragem. “Às vezes tem que ter algumas estratégias. Os árbitros já estavam descontando de alguns elementos praticamente sem ver. A gente acabou mudando um pouco a série, as posições da mão e da cabeça, para chamar um pouco mais de atenção e tirar esse foco dos elementos. A série está muito bem encaixada, provavelmente vamos manter isso”, explica o ginasta.

Inspiração nas americanas

Quem também brilhou no evento-teste foi Flávia Saraiva. Classificada para as finais do solo e da trave, a atleta levantou a torcida a cada apresentação e faturou duas medalhas: ouro e prata, respectivamente. “Eu já me imagino na Olimpíada, competindo aqui. Eu me sinto muito bem com o público torcendo por mim, gosto muito disso”, comenta.

Flávia ressaltou ainda que, para ficar mais constante nas apresentações, tem seguido um treinamento no estilo das norte-americanas. “A gente está treinando muito firme, igual as americanas. Passei um tempo com elas na Itália e vi que elas não erram quase nada. Por isso que na hora vão lá e acertam. Eu estou tentando treinar isso e melhorando de pouco em pouco. Ainda não estou perfeita como elas, mas se Deus quiser vou ficar um dia”, deseja a ginasta.

A outra medalha do dia foi conquistada por Rebeca Andrade, nas assimétricas.

A brasileira levou o bronze ao somar 14.433, atrás das alemãs Elisabeth Seitz (15.133) e Sophie Scheder (15.033). Já Daniele Hypolito terminou em quinto lugar no salto (14.049) e em sexto no solo (12.566), após um desequilíbrio na finalização do primeiro movimento. Jade também saiu sem medalha: a brasileira sofreu uma queda do aparelho e terminou em oitavo e último lugar da final da trave, com 12.066 pontos.

“Hoje o dia foi importante para a gente sentir mais um pouco como o ginásio estará montado para as Olimpíadas. São oportunidades que a gente tem que aproveitar”, acredita Daniele. “Fechando esta semana, a preparação vai ser firme como foi para o evento-teste. Com certeza cada atleta tem suas metas pessoais, mas a gente viu a chance que a gente tem também como grupo de estar em uma final olímpica por equipes”, completa.

A ginástica artística brasileira agora se prepara para disputar a Copa do Mundo de São Paulo, entre os dias 20 e 22 de maio, no Ibirapuera. Nesta terça-feira (19), o evento-teste do Rio recebe a a competição da ginástica de trampolim. O Brasil será representado por Rafael Andrade, já garantido nos Jogos Olímpicos.

Resultados por aparelhos:

Solo masculino
1- Oleg Verniaiev (Ucrânia) – 15.266
2- Kieran Behan (Irlanda) – 15.058
3- Nestor Abad (Espanha) – 14.833

Salto feminino
1- Dipa Karmakar (Índia) – 14.833
2- Oksana Chusovitina (Uzbequistão) – 14.716
3- Emily Little (Austrália) – 14.383

Cavalo com alças (masculino)
1- Wei Sun (China) – 15.566
2- John Orozco (Estados Unidos) – 15.066
3- Vid Hidvegi (Hungria) – 14.700

Paralelas assimétricas (feminino)
1- Elisabeth Seitz (Alemanha) – 15.133
2- Sophie Scheder (Alemanha) – 15.033
3- Rebeca Andrade (Brasil) – 14.433

Argolas (masculino)
1- Arthur Zanetti (Brasil) – 15.866
2- Eleftherios Petrounias (Grécia) – 15.833
3- Samir Ait Said (França) – 15.500

Salto masculino
1- Oleg Verniaiev (Ucrânia) – 15.333
2- Jacob Dalton (Estados Unidos) – 14.853
3- Igor Radivilov (Ucrânia) – 14.649

Trave (feminino)
1- Sanne Wevers (Holanda) – 14.800
2- Flávia Saraiva (Brasil) – 14.733
3- Lieke Wevers (Holanda) – 14.366

Barras paralelas (masculino)
1- Oleg Verniaiev (Ucrânia) – 16.133
2- Ferhat Arican (Turquia) – 15.733
3- Anton Fokin (Uzbequistão) – 15.700

Solo feminino
1- Flávia Saraiva (Brasil) – 14.400
2- Larissa Miller (Austrália) – 13.700
3- Leah Griesser (Alemanha) – 13.566

Barra fixa (masculino)
1- Epke Zonderland (Holanda) – 15.733
2- Andreas Bretschneider (Alemanha) – 15.600
3- John Orozco (Estados Unidos) – 15.366

 

Ana Cláudia Felizola – brasil2016.gov.br

Ascom – Ministério do Esporte 

unnamed

ACESSÓRIOS
Comente aqui


Android Auto: liberado para uso no novo Honda Accord 2016

Aplicativo do Google em português já pode ser baixado na Google Play Store e junta-se ao Apple CarPlay, como forma de conexão segura e sem restrições ao sedã de luxo da Honda

A versão em português do aplicativo Android Auto está liberada para os usuários brasileiros na loja virtual Google Play Store. Com isso, os proprietários do Novo Honda Accord 2016 terão a possibilidade de conectar seus smartphones no sistema multimídia do sedã de luxo da fabricante japonesa de forma segura, rápida e sem adaptações.

A central multimídia de 7” multi touchscreen do Accord 2016 já oferece desde seu lançamento a compatibilidade com o Android Auto e, também, com o sistema Apple CarPlay. Essa conectividade permite a operação fácil de aplicativos e funções de smartphones de diversos fabricantes na tela central. Possibilita ainda a reprodução de músicas e o uso de assistentes comandados por voz, como o sistema Google Now, do Google, ou Siri, da Apple. No futuro, a Honda irá oferecer a tecnologia em novos produtos do seu portfólio.

Conexão fácil

Conectar smartphones na central multimídia do Accord 2016 é simples. Basta baixar o aplicativo Android Auto (no caso de dispositivos com sistema operacional Android) ou Apple CarPlay e usar o cabo USB para conectá-lo ao automóvel. De forma automática, a tela inferior do sedã irá apresentar os aplicativos instalados no smartphone que trazem versões otimizadas para o uso em automóveis. A tela do aparelho, enquanto conectada, permanece bloqueada, para a segurança do motorista.

A central multimídia do Accord 2016 oferece ainda GPS integrado com informações de trânsito por meio de radiofrequência (sem a necessidade de conexão com smartphones) nas principais capitais do País, acesso à internet (com o veículo estacionado), conexões Bluetooth, HDMI, USB e auxiliar, além de DVD Player, integrando as diversas funcionalidades a um sistema de áudio premium de alta qualidade.

Luxo e tecnologia

O Accord 2016 chega ao Brasil ainda mais sofisticado e com estilo único. Importado dos Estados Unidos, o sedã de luxo passou por alterações significativas no design, que deixaram o visual moderno e imponente, além de trazer novas tecnologias e acabamento de alto padrão. O modelo está disponível na versão EX, equipada com o consagrado motor i-VTEC 3.5 V6, com 280 cv e câmbio automático de seis velocidades, com opção de trocas manuais via paddle shift – uma novidade da linha 2016.

O sedã traz ainda, dentre outras tecnologias, o exclusivo sistema Honda Lane Watch, que monitora o ponto cego do lado direito do veículo por meio de uma câmera localizada abaixo do espelho retrovisor direito, reproduzindo as imagens na tela central, permitindo uma visão segura da faixa de rodagem lateral. A dianteira, redesenhada, traz iluminação com faróis principais e de neblina em LED, com acendimento automático.

Com três anos de garantia sem limite de quilometragem, o Accord 2016 está disponível nas concessionárias da Honda nas cores White Orchid, Crystal Black (perolizadas) e Platinum Silver (metálica), ao preço público sugerido de R$ 160.100.

Sobre o grupo Honda no Brasil – Presente no País desde 1971, quando começou a importar, e em seguida a produzir motocicletas em Manaus (AM), a Moto Honda da Amazônia Ltda. é atualmente a maior fabricante de motos do Brasil, com mais de 20 milhões de unidades produzidas.  Desde 2001, a empresa produz, também em Manaus, modelos de motores estacionários, além de comercializar geradores, motobombas, roçadeiras, cortadores de grama e motores de popa importados de outras unidades da marca no mundo. Um ano depois iniciou a fabricação de quadriciclos na unidade. Em 1992, com a criação da Honda Automóveis do Brasil Ltda., a empresa entrou no competitivo mercado automobilístico brasileiro por meio de importações e, a partir de 1997, com a produção nacional de automóveis no município de Sumaré (SP). Em 2013, anunciou sua segunda planta de automóveis, em Itirapina, interior de São Paulo, com inauguração prevista para o primeiro semestre de 2016. Em uma iniciativa inédita no segmento automotivo no País, a empresa iniciou, no mesmo ano, a construção do seu primeiro parque eólico na cidade de Xangri-Lá, no Rio Grande do Sul, inaugurado em novembro de 2014.  Para administrar as operações do parque, que supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, foi criada a Honda Energy do Brasil. No País, também faz parte do grupo a Honda Serviços Financeiros, que reúne o Consórcio Nacional Honda, a corretora Seguros Honda, a Leasing Honda e o Banco Honda. Presentes na rede autorizada de todo o Brasil, o serviços oferecidos facilitam o acesso dos clientes aos produtos da marca. Em 2015 a Honda Aircraft Company, subsidiária da Honda Motor Co.,anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para a América do Sul, sendo o Brasil o representante regional.

Fonte: Honda – Assessoria de imprensa

Rodrigo Leite – Viviane Costa – Marcel Dellabarba

www.honda.com.br

Comente aqui


Nova Coleção Gaia MX chega às lojas em abril

Com muito estilo e segurança, novos modelos são inspirados nos elementos da natureza, cores e sensações off road

A Gaia MX lança sua nova Coleção de óculos off road, com diferenciais que garantem segurança e conforto para todo tipo de piloto, seja profissional ou amador. A previsão é que os novos modelos estejam disponíveis nas lojas de todo o Brasil no início de Abril.

São 10 modelos com design arrojado e cores exclusivas, desenvolvidos pelo Marketing da Gaia MX após estudo sobre o universo off road e demais modalidades esportivas em sua essência. “A proposta foi estar inteiramente integrado a tudo que faz parte desse mundo, repleto de sensações e cores vibrantes, e com tudo o que se sente com a prática de esportes ao ar livre”, conta Jaqueline Wansowitsch, gerente de marketing da Gaia.

São eles: Carbon Master, Radical Blue, Black Light, Radical Purple, Lizard Fluor, Special Red, Special Macaw, Yellow Fluor e Orange Fire.

A lista integra ainda o modelo infantil Playstyle: uma réplica idêntica ao modelo adulto, proporcionando às crianças a emoção de utilizar um óculos igual ao de seu pai, irmão e ou até mesmo ídolo.

Os óculos Gaia possuem o mais moderno processo de injeção de TPU (ThermoPolyurethane), o que faz da armação extremamente leve e flexível (também inquebrável). Suas lentes são semi-espelhadas (Rainbow) e possuem tratamento UV 100%, antiscratch e anti-fog, o que permite a passagem adequada de luz e aumenta o contraste dos objetos.

Entre suas principais características está também o tratamento químico pelo qual os óculos da marca passam e que impede o embaçamento de suas lentes, mesmo em condições com muita umidade/transpiração. Todos os modelos possuem entradas de ar na armação que resultam em uma perfeita ventilação, além de contar com exclusivo encaixe anatômico da espuma, que aumenta o conforto e evita o típico problema de respiração para alguns pilotos.

A nova coleção dispõe de duas novas opções de lentes para os modelos adultos e uma para o óculos infantil, além de disponibilizar todas as lentes de reposição e acessórios como Tear Off e Roll Off.

A marca Gaia MX é aprovada por pilotos renomados no cenário off road nacional como Bruno Baeta, Raphael Arnellas, Tato Mello e Caio Lopes. Também é a patrocinadora oficial do piloto mineiro de Enduro de Regularidade Wemerson Victor.

Mais informações:www.gaiamx.com.br  ou facebook.com/gaiamx

Fonte:

Engenharia de Comunicação – Patrícia Stedeli

 

Comente aqui


Waze lança Percursos Planejados, um novo recurso para iOS

image003

Para facilitar mais a vida dos usuários, o Waze lança hoje Percursos Planejados, um novo recurso para dispositivos iOS.

Agora, os usuários podem agendar compromissos e ficar mais tranquilos. É só colocar o horário e a data que eles precisam chegar, e o Waze vai recomendar o melhor horário de saída.  Os usuários também vão receber um lembrete mais próximo ao compromisso, com um horário de saída atualizado, com base nas condições do trânsito em tempo real.

A função ajuda os usuários a saber quando devem sair para uma viagem, reunião ou qualquer tipo de compromisso, seja ele hoje ou em até uma semana, aliviando o stress do planejamento. Para alertas e compromissos sem horário fixo, o recurso ajuda a planejar um horário de partida com flexibilidade, evitando o trânsito.

É muito simples ativar o recurso: o usuário só precisa abrir o Waze e colocar um destino (Menu > digitar o endereço na barra de pesquisa). No painel de tempo de chegada, basta clicar no ícone Percursos Planejados no canto inferior esquerdo. A função apresenta os horários de pico de trânsito ao longo da rota, tornando a administração do tempo e o agendamento de atividades mais fácil, no horário ideal.

Para uma melhor experiência, o Waze recomenda:

  • Sincronizar o calendário do celular ou o do Facebook para programar compromissos e eventos automaticamente como Percursos Planejados
  • Permitir lembretes para que os usuários não se preocupem com o momento de sair para um compromisso
  • Enviar o horário estimado de chegada (HEC) para avisar os amigos ou a família que está a caminho!

Fonte: SMARTPR

Ana Julia Castilho – Melissa Panteliou – Marjorie Cohn

 

Comente aqui


KuangChi Martin Jetpack estreia na China

A KuangChi Martin Jetpack flies over a lake during a demonstration in Shenzhen, China on December 6, 2015. (PRNewsFoto/KuangChi Science)

A KuangChi Martin Jetpack flies over a lake during a demonstration in Shenzhen, China on December 6, 2015. (PRNewsFoto/KuangChi Science)

SHENZHEN, China, 8 de dezembro de 2015 – /PRNewswire/ — A KuangChi Martin Jetpack fez sua estreia no OCT Harbour em Shenzhen no dia 6 de dezembro, demonstrando a tecnologia futurista e de ponta, e um modo inovador de transporte urbano.

A KuangChi Science, uma empresa de alta tecnologia emergente e ambiciosa listada em Hong Kong, é a maior acionista da Martin Aircraft, fabricante do Jetpack, que tem sede em Christchurch, Nova Zelândia. A KuangChi Science pertence à empresa sedeada em Shenzhen, Kuang-Chi.

A missão de voo de alto perfil sobre um lago foi empreendida por Michael Read, diretor da Flight Operations para a Martin Aircraft e um piloto veterano. O voo durou mais de cinco minutos em frente a mais de 2.000 pessoas. Também foi apresentada uma demonstração em controle remoto.

Durante o evento, a Kuang-Chi estabeleceu oficialmente seu Iron Man Club, planejando atrair parceiros de todas as partes para a China, a fim de operar uma ampla gama de produtos e serviços em escala global. Uma joint venture da KuangChi Science e da Martin Aircraft assinou três contratos de estrutura para um total de 100 Jetpacks tripulados e 20 simuladores. Espera-se que os produtos sejam entregues em 2016.

O KuangChi Martin Jetpack, primeiro Jetpack comercial e prático do mundo, consiste de um motor à gasolina que move duas hélices em duto, que produz propulsão suficiente para erguer a aeronave e um piloto, e para permitir um voo prolongado. Ele pode operar perto ou entre prédios, perto de árvores e em espaços confinados que outras aeronaves não conseguem acessar.

Trata-se de uma vantagem operacional significativa, pois o Jetpack consegue carregar cargas comerciais de até 120 kg com tempo máximo de voo de 45 minutos a uma velocidade de até 80 km/h.

Projetado com a segurança em mente e para fácil adoção, o Jetpack possui uma ampla gama de uso em potencial incluindo aplicações de busca e resgate, militares, recreativas e comerciais. O Jetpack consegue entrar em modo flutuante assim que o piloto solta as mãos durante um voo. Um paraquedas pode ser disparado dentro de 0,68 segundo assim que sistema detecta um risco iminente.

Além do Jetpack, a Kuang-Chi trouxe uma série de inovações de ponta em exibição, incluindo a Cloud mini, uma plataforma como balão erguida por hélio e equipada com sistema de flutuação. Ele subiu ao céu no local para apresentar as funções de vigilância urbana.

Os dois produtos fotônicos inteligentes mais recentes foram demonstrados, um para facilitar a passagem de pessoas por barreiras elétricas, e o outros para fazer pedidos na hora da refeição. A tecnologia fotônica inteligente usa um simples flash de luz como meio de autorização, identificação, e transmissão de informações. Ele evita a captura eletromagnética e interferência com eficácia, e destaca a alta segurança e facilidade de uso. A Kuang-Chi possui seus produtos e soluções comercializados para identificação fotônica e pagamento fotônico.

Enquanto isso, a Kuang-Chi oficialmente lançou a iniciativa “Comunidade Global de Inovação” (GCI), destacando vários parceiros globais especializados na indústria aeroespacial, cidades inteligentes, robótica, pagamento seguro, banda larga, e assim por diante.

Atualmente, os parceiros do GCI incluem a Martin Jetpack, Cloud, Near Space Traveller, Space Levitation Station, Solarship, Zwipe, HyalRoute Broadband, Parallel World, iPhoton, Super WiFi e Smart Structure.

A Kuang-Chi está trabalhando rumo a três tendências do futuro: “Indepth Space”, que significa “levitar tudo acima do solo e reconstruir nosso mundo no espaço multidimensional”; “Spiritual Machines”, que significa “capacitar máquinas com almas e trazer alegria a humanos em interação e evolução”; e por fim “Ultimate Connection”, que significa “conectar o desconectado e construir pontes entre tudo em qualquer lugar”.

Fundada em 2010, a Kuang-Chi é uma empresa global de inovações de ponta. Com a dedicação de projetar o futuro e entregar o futuro, a Kuang-Chi une inovadores globais que compartilham da mesma visão de trazer tecnologias de ficção científica à realidade.

FONTE KuangChi Science

Comente aqui