buscar



Rally Cuesta Off-Road: Michel Terpins e Beco Andreotti vão buscar pódio em Botucatu

Neste sábado e domingo, dupla da Bull Sertões Rally Team encara prova técnica e exigente do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

São Paulo, 20 de maio de 2016 – A 10ª edição do Rally Cuesta Off-Road, que acontece neste fim de semana, 21 e 22, em Botucatu, no interior paulista, tem objetivo certeiro para a dupla da Bull Sertões Rally Team. Michel Terpins e Beco Andreotti pretendem buscar importantes pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, uma vez que a prova soma pontos para a quinta e a sexta etapas.
Terpins e Andreotti (carro #322) ocupam atualmente a terceira colocação na categoria Protótipos T1. “Faça chuva ou faça sol neste fim de semana nosso desempenho terá de ser exemplar, pois temos adversários bem competitivos na categoria e mais uma importante prova para o campeonato”, diz o piloto que em 2015 foi Vice-Campeão Brasileiro de Rally Cross Country, na categoria.
Apesar de a dupla ter se formado no segundo semestre de 2015, piloto e navegador já participaram, separadamente, de várias edições do Rally Cuesta Off-Road, assim como do Rally dos Sertões, e sabem que terão pela frente um fim de semana desafiante. O rali de rodada dupla terá aproximadamente 350 quilômetros de trechos cronometrados (Especiais) com muitas erosões, pedras, lombas (saltos), curvas, travessias de riachos, subidas e descidas, em meio a plantações de eucaliptos, áreas descampadas, além da conhecida Serra da Cuesta.
Andreotti também está confiante em um bom desempenho da dupla. “Acredito que eu tenha participado de quase todas as edições do Cuesta. Apesar de uma prova com diversidade de pisos contamos com um carro extremamente confiável e muito bem acertado”, diz o navegador.
A dupla chega nesta sexta-feira a Botucatu, onde a partir das 20 horas, participa do briefing no Primar Plaza Hotel. No sábado, o primeiro carro larga às 10h, já no domingo será um pouco mais cedo, às 9h30. Estarão na disputa além da categoria carros, motos, quadriciclos e UTVs. O parque de apoio está montado ao redor do Ginásio de Esportes Mário Covas.
Equipe– A Bull Sertões Rally Team é a equipe paulista formada pelos irmãos Michel Terpins e Rodrigo Terpins. Essa é a terceira temporada que pilotam um T-Rex, desenvolvido pela equipe MEM, e estão cada vez mais adaptados ao equipamento. Apesar de Rodrigo não ter disputado as primeiras etapas do campeonato será presença garantida no grid da 24ª edição Rally dos Sertões, que neste ano acontecerá de 3 a 10 de setembro, com largada em Goiânia (GO) e chega em Palmas (Tocantins). Mais informações no Facebook da equipe: Bull Sertões Rally Team.
A equipe Bull Sertões Rally Team conta com patrocínio da 100% Eventos, Xarla, Bull Sertões e apoio da equipe MEM, Motul e Ohlins.
Programação Rally Cuesta Off Road 2016 – Botucatu/SP
21/05 – Sábado

8h00 – Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
8h30 – Largada 1ª Moto na especial.
10h00 – Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
10h30 – Largada 1º Carro na especial.
15h30 – Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas)
19h30 – Briefing motos, quadris e UTVs (Primar Plaza Hotel – Jantar opcional)
20h30 – Briefing – carros e caminhões – (Primar Plaza Hotel – Jantar opcional)
22/05 – Domingo
7h00 – Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
7h30 – Largada 1ª Moto na especial.
9h30 – Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
10h00 – Largada 1º Carro na especial.
15h00 – Premiação (Primar Plaza Hotel – Almoço opcional)
Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country
Etapa 1 e 2 – 5 e 6/3 – Rally de Barretos
Etapa 3 e 4 – 21 a 24/4 – Rally RN 1500
Etapa 5 e 6 – 21 e 22/5 – Rally Cuesta Off Road
Etapa 7 e 8 – 30 e 31/07 – Rally Rota SC
Etapa 8 e 9 – 3 a 10/9 – Rally dos Sertões
Etapa 10 e 11 – 5 e 6/11 – Rally Rota Sudeste
Etapa 12 – 10/12 – Rally dos Amigos

Fonte: Assessoria de Imprensa – Equipe Bull Sertões Rally Team
MSuzuki Comunicação – Mércia Suzuki

Fotos: Sanderson Pereira/ PhotoEsporte e Marcelo Maragni/Fotop

Patrocínio

Comente aqui


Team Rinaldi busca vitórias em cinco competições neste final de semana

Ramon Sacilotti, piloto de rally do Team Rinaldi Crédito: Arthuro Paganini/DFotos

Ramon Sacilotti, piloto de rally do Team Rinaldi
Crédito: Arthuro Paganini/DFotos

Arena Cross, Brasileiro de Rally Baja, Brasileiro de Enduro de Regularidade, CACC e Gaúcho de Velocross estão na programação da equipe

São Paulo (SP) – O Team Rinaldi está pronto para buscar vitórias em cinco competições importantes do motociclismo nacional neste final de semana (21 e 22). A equipe oficial da fábrica de pneus tem programação agitada e confirmou presença em etapas do Arena Cross, Brasileiro de Rally Baja, Brasileiro de Enduro de Regularidade, CACC e Gaúcho de Velocross. Confira os detalhes:
Arena Cross – A terceira etapa do Arena Cross, co-patrocinado pela Rinaldi, promete grande público neste sábado em Ilhabela, litoral paulista. Destaque do Team Rinaldi, o atual campeão Rafael Becker luta para ampliar invencilibidade na classe 50cc. “Vai ser uma bela prova e treinei bastante para o desafio. Vou fazer de tudo para ganhar e ficar invicto esse ano”, disse o jovem catarinense.
A equipe Honda Ipiranga IMS Rinaldi também estará no gate com os pilotos Caio Lopes (MX2) e Wellington Garcia (MX Pró). Os pilotos utilizarão os pneus SR 39, RW 35, HE 40 e RMX 35, modelos da linha off-road da Rinaldi.
Brasileiro de Rally Baja – O Campeonato Brasileiro de Rally Baja realiza a quinta e a sexta etapas do calendário no 10º Rally Cuesta Off-Road, em Botucatu (SP). Ramon Sacilotti, líder da classificação geral e da categoria Super Production, comanda o Team Rinaldi na tradicional prova. “Estou muito confiante, tenho seguido rotina de treinos pesada, com muitas horas na moto e na academia. Acredito que isso irá ajudar muito quando enfrentarmos as areias de Botucatu”, disse o piloto.
Com dois dias de disputas, o percurso terá 350 quilômetros de trechos cronometrados na Serra da Cuesta e em propriedades de reflorestamento. O parque de apoio será o Ginásio Mário Covas. O Team Rinaldi ainda conta com a experiência de Moara Sacilotti na Super Production e a estreia de Daniel Crema na Marathon. Eles vão acelerar com os pneus Rinaldi RMX 35, HE 40, SR 39 e HE 42, específico para os praticantes de rally.
“O Cuesta é o meu preferido no calendário do Brasileiro de Rally Baja, a expectativa é grande porque a prova é muito desafiadora”, comentou Moara. Crema falou sobre a experiência inédita. “Estou muito empolgado, é uma modalidade nova para mim. Estou preparado e acredito que posso fazer uma boa prova. A ideia é ganhar experiência na classe Marathon para, no ano que vem, estar na Production Aberta.”
Brasileiro de Enduro de Regularidade – Emerson Loth “Bombadinho” encara o Enduro da Polenta, em Venda Nova do Imigrante (ES), válido como nona e décima etapas do Brasileiro de Enduro de Regularidade. Atual campeão, o piloto do Team Rinaldi é o vice-líder da categoria Master. Ele irá competir com pneus Rinaldi SH 31 na dianteira e SR 39 na traseira da motocicleta.
“Venci a etapa anterior do Brasileiro na Bahia e tenho boas expectativas para a prova. O Enduro da Polenta sempre é técnico e muito bom de andar, e eu venci lá no ano passado. Quero ganhar para somar o máximo de pontos e subir na tabela de classificação”, explicou Bombadinho.
CACC – O Team Rinaldi mostra a força feminina na segunda etapa do CACC, neste domingo no Centro de Treinamento de Arujá (SP). Tainá Aguiar defende a liderança da classe para mulheres, mas Janaína Souza, segunda colocada, está de olho na vitória. “Vou bastante animada para a prova e espero andar com consciência e evitar os erros que cometi na abertura do campeonato”, disse Janaína, que separou os pneus off-road dos modelos HE 40 e SR 39. A Rinaldi patrocina o evento, que é destaque no calendário da modalidade cross country, e a corrida terá uma hora de duração mais uma volta.
Gaúcho de Velocross – A abertura do Gaúcho de Velocross será na pista da Fenachim, em Venâncio Aires (RS), e os irmãos Basso estão prontos para defender o Team Rinaldi. Lucas e Mateus aceleram pelas classes VX Pró e VX2, enquanto Maiara disputa a VX3, VX4 e VXF. Eles utilizarão os pneus Rinaldi RMX 35 e SR 39. “Estamos treinando forte e com bom ritmo de prova. Gosto muito das pistas de Venâncio Aires, mas como desta vez o circuito será novo estou ansiosa para correr e fazer excelentes corridas”, concluiu Maiara Basso.
Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.
A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.
A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2008 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.

Fonte: Ângela Monteiro – Mundo Press Jornalismo Estratégico

Comente aqui


MS Rally busca posições no ranking do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

A dupla Mauro Guedes e Neurivan Calado aposta no 10º Rally Cuesta Off-Road como a grande oportunidade para conquistar pontos na classificação geral da categoria Protótipos. Prova será nesta final de semana, 21 e 22 de maio

Agora, o foco da MS Rally é o 10º Rally Cuesta Off-Road, que somará pontos pelas 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para carros, e 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja para motos, quadriciclos e UTVs. A competição acontece neste sábado e domingo, 21 e 22, na cidade de Botucatu, interior paulista. Organizado pela Arena Promoções e Eventos, o certame terá dois dias de disputas e aproximadamente 350 quilômetros percorridos -, e tudo margeando a Serra da Cuesta.
E essa será uma oportunidade para o piloto Mauro Guedes e o navegador Neurivan Calado conquistarem uma melhor posição no ranking geral do torneio nacional. Eles possuem 15 pontos e ocupam o quarto lugar na categoria Protótipos (empatados com a dupla Michel Terpins e Beco Andreotti)
“Vamos para mais um desafio e com a mesma disposição de vitória. Finalmente atingimos o preparo mecânico ideal da nossa Mitsubishi Triton SR, que nas últimas etapas demonstrou uma eficiência capaz de nos levar ao pódio. Estamos seguros que temos condições de lutar pelo primeiro lugar do Rally Cuesta Off-Road”, avaliou Guedes.
De acordo com Neurivan, um dos pontos fortes do Rally Cuesta são os obstáculos, uma vez que o terreno é bem variado e exige bastante do conjunto. “Esse é um típico rali cross country, com erosões, pedras, lombas, trechos sinuosos, travessias de riachos, mesclando alta e média velocidade, técnico e com muita navegação”, disse o navegador. O percurso ainda passará por áreas de plantações de eucaliptos, descampados e as subidas e descidas de Serra da Cuesta.
A concentração do evento começa nesta sexta-feira, 20, a partir das 13h30, no Ginásio de Esporte Mário Covas.
Programação – 10º Rally Cuesta Off-Road
20 de maio – sexta-feira
13h30 às 19h – Secretaria de prova
Ginásio de Esportes Mário Covas
19h30 – Briefing e lançamento do evento (Moto, Quadri e UTV)
Primar Plaza Hotel
20h – Briefing e lançamento do evento (Carros e Caminhões)
Primar Plaza Hotel
21 de maio – sábado – Primeira prova
7h às 7h30 – Secretaria de prova (Ginásio de Esportes Mário Covas)
8h – Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
8h30 – Largada 1ª Moto na especial
10h – Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
10h30 – Largada 1º Carro na especial
15h30 – Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas)
19h30 – Briefing motos, quadris e UTVs (Primar Plaza Hotel)
20h – Briefing – carros e caminhões – (Primar Plaza Hotel)
22 de maio – domingo – Segunda prova
7h – Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
7h30 – Largada 1ª Moto na especial
9h30 – Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
10h – Largada 1º Carro na especial
16h – Premiação (Primar Plaza Hotel – Almoço opcional)

Fonte: Isis Moretti – Liberdade de Ideias

Fotos: Sanderson Pereira/Photo-S Imagens

Comente aqui


Lancer Evolution X busca segunda vitória no Brasileiro de Rally de Velocidade neste fim de semana

280518_594025_ulysses_pomerode4

Depois de vencer a primeira etapa do campeonato, Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut chegam a Estação (RS) para mais uma prova repleta de desafios

Ulysses Bertholdo volta a acelerar seu Lancer Evolution X neste fim de semana, dias 16 e 17 de abril, na segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade. O palco das provas será a cidade gaúcha de Estação, uma das mais desafiadoras do calendário.
“Ao contrario da primeira etapa, que foi marcada por trechos técnicos e de serras, a etapa em Estação é de altíssima velocidade, com muitas retas e curvas de alta”, adianta o piloto, que competirá ao lado do navegador Marcelo Dalmut.
Durante o fim de semana, a dupla enfrentará 10 trechos cronometrados, que totalizam 125 quilômetros de especial, com piso predominantemente de terra batida e cascalho. “Na primeira prova, o Lancer Evo X nos entregou muito desempenho e resistência. Temos certeza que nessa etapa do rali não será diferente”, afirma Ulysses.
Ulysses e a Mitsubishi
A história de Ulysses com a Mitsubishi teve início em 1996, quando foi lançada a Copa Colt junto ao Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade. Em seu primeiro ano com a marca, o piloto já saiu vitorioso, o que estreitou ainda mais a parceria e culminou na vitória, em 1998, no Rally dos Sertões com a primeira L200 cabine dupla para competições.
“Depois dessas vitórias, comecei a correr com o Lancer Evo. Fui campeão em todos os anos que competi com esse carro, inclusive o inédito título de Campeão Sul-Americano de Rally de Velocidade para carros de produção (grupo N4), em 1998. Sou o único brasileiro até hoje a conquistar esse título”, lembra Ulysses.
Em 2014, a parceria conseguiu mais dois títulos: o Campeonato Brasileiro e o Gaúcho de Rally de Velocidade. “2014 foi bastante especial, conseguimos bons resultados e estamos animados para conseguir, em 2016, mais títulos para essa vitoriosa parceria”, afirma.
“Estamos muito honrados em continuar com essa parceria entre o Lancer Evo, com quatro títulos do WRC e 11 do P-WRC, e o Ulysses, que tem uma longa história de sucesso com a Mitsubishi. Será mais um teste para a dupla”, afirma Fernando Julianelli, diretor de Marketing da Mitsubishi.
Ulysses Bertholdo tem patrocínio de Mitsubishi Motors, Yokohama, Protune, Zeyana, XGym, RCF e Helmet
Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade 2016
16 e 17 de abril – Estação (RS)
13 a 15 de maio – Erechim (RS)
24 e 25 de setembro – Taubaté (SP)
19 e 20 de novembro – Morretes (PR)

Fonte: Assessoria de Imprensa
Thiago Padovanni
Carolina Vasconcellos
Fernando Menezes
Fernando Solano – Gerente de Comunicação

Comente aqui


Embalado por resultados no Sul-Americano, Luiz Altamir busca mais vagas olímpicas

unnamed

Com índice nos 400 m livre, o nadador do Flamengo busca entrar nos 200 m livre e 200 m borboleta

Luiz Altamir vive o seu melhor momento na sua carreira. Com 19 anos, o flamenguista começa, a partir desta sexta-feira (15), a sua participação no Troféu Maria Lenk 2016, última seletiva olímpica da natação. O nadador do Flamengo, que foi um dos melhores do País no Sul-Americano do Paraguai, com cinco medalhas, faz sua estreia nos 400 m livre, prova em que já possui o índice olímpico, obtido no Open de Palhoça (SC) do ano passado – 3min50s32. Com o foco na obtenção de outros dois índices – 200 m livre e 200 m borboleta – o atleta quer fazer os melhores tempo de sua carreira. “Minha principal é, sem dúvida alguma, bater minhas marcas individuais. Segundo minha comissão técnica, eu consegui alcançar meu auge no treinamento. Eu cheguei ao Flamengo em 2012 e desde então busco esse sonho, que é nadar a Rio 2016. Me considero muito melhor do que eu estava no Open, isso é um algo que eu e meu técnico trabalhamos”.


O nadador do Flamengo tenta no sábado (16) o índice de 1min47s97 nos 200 m livre. No Open, ele fez 1min48s34, o melhor tempo de sua vida. Para fechar, Luiz Altamir também vai nadar os 200 m borboleta, no domingo (17). Está balizado com o tempo de 1min58s21 – o índice olímpico é de 1min56s90.
A seletiva olímpica, que define os brasileiros para a Rio 2016, será realizada na piscina do Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, entre os dias 15 e 20 desse mês.
Sobre Luiz Altamir
Luiz Altamir é atleta do Flamengo. O atleta, que é patrocinado pelos Correios, foi campeão pan-americano em 2015, medalhista olímpico da Juventude em 2014 e é uma das promessas da natação brasileira. Aos 16 anos foi morar no Rio de Janeiro (RJ) onde treina com Eduardo Pereira, o Duda, no clube da Gávea e na piscina do Maria Lenk.
Saiba mais sobre Luiz Altamir no site www.luizaltamir.com.br
Siga também no Instagram @luizaltamir96 e
Curta a fã page em www.facebook.com/ LuizAltamir
Fonte:
Flávio Perez
[email protected]
Tel: +5511999498035
www.onboardsports.com.br

Fotos: Flávio Perez / OnboardSports

Comente aqui


Rally da Ilha: Jérémy Dubois buscará a liderança nos quadriciclos

A prova acontece neste final de semana em Ilha Comprida, litoral sul paulista

Jérémy Dubois acelera para cumprir o projeto traçado para a temporada: o bicampeonato nos quadriciclos e buscar o primeiro título do Rally da Ilha, que tem como palco a cidade de Ilha Comprida, no litoral sul de São Paulo. A prova que acontece neste sábado e domingo, 19 e 20, é válida para a terceira e quarta etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja para Motos, Quadriciclos e UTVs.
O piloto é o atual campeão na modalidade e fará sua terceira participação no Rally da Ilha. Nas duas primeiras nas edições passadas do Rally da Ilha, o piloto não conseguiu completar por problemas mecânicos, com o motor e sistema elétrico, respectivamente. Por isso, garante que será acima de tudo um desafio pessoal. “Preciso manter um bom ritmo e continuar focado, vou em busca deste objetivo”, comentou Dubois.
Depois de ter enfrentado as duas primeiras etapas do campeonato no Rally de Barretos, Jérémy segue na vice liderança. “Estou otimista e com boas expectativas para cumprir bem desta vez a competição. Farei meu melhor, com cuidado como sempre faço”, garante.
Dubois compete com o KTM 525 XC/4×2, preparado pela equipe SAT Racing. “Meu quadriciclo parece um gato que não pode ver água, fica arrepiado e não quer andar”, brinca. “Depois de um início de calendário complicado também com problemas elétricos, revisamos o chicote elétrico interiro e isolamos tudo que podemos e esperamos ter sanado esse contratempo. Agora vou checar mais uma vez antes de embarcá-lo para o Rally da Ilha”, explica.
No sábado (19), às 10 horas, haverá um Prólogo (circuito indoor de três quilômetros) que definirá a ordem de largada para a especial cronometrada marca para às 12h30. “A organização sempre faz um Super Prime e um Prólogo muito técnico e é preciso ser cauteloso para não colocar o restante da prova em risco”, destaca Jérémy.
O piloto acumula sete anos de experiência em provas off road. “Quero agradecer todas as pessoas que me incentivam e me apoiam para continuar a competir, sendo que este ano mesmo tendo conquistado o título em 2015 a situação não ajudou e ainda mais nesse momento que vive nosso país. Mas, vamos nos manter firmes com a esperança de um cenário no futuro diferente”, conclui o competidor de Taubaté (SP).
No Rally da Ilha para o sábado e domingo serão aproximadamente 240 quilômetros entre trechos cronometrados e deslocamentos. Todo o evento terá concentração na Avenida Beira Mar, desde as vistorias nesta sexta-feira, dia 18, até a cerimônia de premiação no domingo, 20.
O piloto Jérémy Dubois conta com o patrocínio da Prefeitura de Taubaté, SAT Racing e, com apoio da Bieffe, Fine Art Studio, Bieffe, Fly, Óculos 100%, Speed Motos, Motul e Projeto Motos Racing Team.
Classificação do Campeonato Brasileiro de Rally Baja nos Quadriciclos:
1º Richard Amaral
2º Jeremy Dubois
3º Luiz Fernando Melo
Programação do Rally da Ilha 2016
Local – Arena de Eventos. ( próximo ao Corpo de Bombeiros)
Wp-S-24 ‘44.903 W 47’33.025.
Dia 18 de março – Sexta-feira
14h00 às 17h30 – Secretaria de prova
14h30 às 18h00 – Vistoria
Dia 19 de março – Sábado
7h00 às 8h00 – Secretaria de prova
7h00 às 8h00 – Vistoria
8h00 – Briefing
10h00 – Prólogo com 3,0 km (Valendo posição de largada)
12h30 – Largada 113,0 km (duas voltas)*
19h30 – Briefing
Dia 20 de março- Domingo
08h30 – Largada 113,0 km (duas voltas)*
Local – Arena de Eventos
16h00 – Premiação
* DI 45km, 20 de asfalto e 25 de praia, especial de 68,0 Km.
Mais informações da equipe:
Facebook: SAT Racing e Jeremy Dubois ATV
Fonte: Assessoria de Imprensa Equipe SAT Racing:
SIG Comunicação | Silvana Grezzana Santos
www.sigcomunicacao.com.br

patrocinios

Comente aqui


Brasil define mesatenistas que vão buscar últimas vagas para o Rio 2016

unnamed(1)

Gustavo Tsuboi foi o escolhido entre os homens, enquanto no feminino Lin Gui, Caroline Kumahara e Bruna Takahashi competem por duas vagas

17-03-2016

O Brasil definiu os atletas que vão brigar pelas últimas três vagas olímpicas do Brasil no tênis de mesa. No masculino, Gustavo Tsuboi vai disputar o Pré-Olímpico Latino-Americano, entre 1º e 3 de abril, em Santiago, no Chile. Hugo Calderano, campeão do Pan de Toronto 2015, já tem vaga assegurada. Entre as mulheres, a disputa será mais acirrada: Lin Gui, Caroline Kumahara e a jovem Bruna Takahashi vão competir por duas vagas.

Atual número 63 do ranking mundial, Tsuboi será o único brasileiro a disputar uma das cinco vagas que estarão em jogo para os homens. “O Tsuboi, nos últimos dois anos, se manteve entre a 30ª e a 60ª posição no ranking mundial. Além disso, venceu jogadores top 20 do ranking mundial na Copa do Mundo recentemente”, destacou o técnico Jean-René Mounie.

Se o treinador da seleção masculina teve mais facilidade em escolher seu representante no Pré-Olímpico, o mesmo não se pode dizer de Hugo Hoyama. O comandante da equipe feminina teve que optar entre quatro atletas e acabou deixando a experiente Ligia Silva de fora.

“Eu convoquei as que mais se destacam, com os melhores resultados. Demos um grande passo no Pan-Americano e agora queremos duas vagas no individual. Acredito muito nisso, mesmo com adversárias fortes. Foi difícil deixar a Ligia de fora, porque ela participou de todo o processo. Sem a concorrência dela essas meninas não estariam tão fortes como estão hoje e ela vai seguir participando dos treinamentos e ajudando”, avaliou Hoyama.

Fonte: Confederação Brasileira de Tênis de Mesa

Ascom- Ministério do Esporte

unnamed

Comente aqui


A bordo do Lancer Evo X, Ulysses Bertholdo busca mais um título no Brasileiro de Rally de Velocidade

Primeira etapa da competição será realizada nesse fim de semana, dia 11 e 12 de março, na cidade de Pomerode (SC)

O multicampeão Ulysses Bertholdo volta a acelerar o seu Lancer Evolution X neste fim de semana, dia 11 e 12 de março, na primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, que será realizado na cidade de Pomerode (SC). A prova reunirá duplas de todo o Brasil, que prometem pisar fundo em busca das primeiras colocações.
“Pomerode sempre é uma prova muito técnica, com trechos de serra, curvas e estradas estreitas mescladas com setores de muita velocidade”, adianta Ulysses, que competirá ao lado do navegador Marcelo Dalmut. Para o piloto, a prova desse ano terá um ingrediente que tornará a especial ainda mais imprevisível. “Para aumentar as dificuldades a previsão para o final de semana é de chuva. Sem dúvida alguma começaremos o ano com uma etapa bem desafiadora”, explica.
Com tantos desafios pela frente, a dupla aposta nos diferenciais do Lancer Evolution X para sair da primeira prova do campeonato com a vitória. “Nesse tipo de prova, muitos recursos presentes no Lancer Evo podem fazer toda a diferença. Um deles é controle do diferencial central, que nos permitirá ter estabilidade em todos os tipos de curva e de terreno”, comenta o piloto.
Hoje, sexta-feira, acontece a largada promocional, a classificação e a largada do primeiro carro da Super Prime. No sábado, dia 12/3, serão realizadas as especiais.
Ulysses e a Mitsubishi
A história de Ulysses com a Mitsubishi teve início em 1996, quando foi lançada a Copa Colt junto ao Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade. Em seu primeiro ano com a marca, o piloto já saiu vitorioso, o que estreitou ainda mais a parceria e culminou na vitória, em 1998, no Rally dos Sertões com a primeira L200 cabine dupla para competições.
“Depois dessas vitórias, comecei a correr com o Lancer Evo. Fui campeão em todos os anos que competi com esse carro, inclusive o inédito título de Campeão Sul-Americano de Rally de Velocidade para carros de produção (grupo N4), em 1998. Sou o único brasileiro até hoje a conquistar esse título”, lembra Ulysses.
Em 2014, a parceria conseguiu mais dois títulos: o Campeonato Brasileiro e o Gaúcho de Rally de Velocidade. “2014 foi bastante especial, conseguimos bons resultados e estamos animados para conseguir, em 2016, mais títulos para essa vitoriosa parceria”, afirma.
“Estamos muito honrados em continuar com essa parceria entre o Lancer Evo, com quatro títulos do WRC e 11 do P-WRC, e o Ulysses, que tem uma longa história de sucesso com a Mitsubishi. Será mais um teste para a dupla”, afirma Fernando Julianelli, diretor de Marketing da Mitsubishi.
Ulysses Bertholdo tem patrocínio de Mitsubishi Motors, Yokohama, Protune, Zeyana e Tireshop
Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade 2016
11 e 12 de março – Pomerode (SC)
16 e 17 de abril – Estação (RS)
13 a 15 de maio – Erechim (RS)
24 e 25 de setembro – Taubaté (SP)
19 e 20 de novembro – Morretes (PR)

Fonte: Assessoria de Imprensa
Thiago Padovanni
Carolina Vasconcellos
Fernando Menezes
Fernando Solano – Gerente de Comunicação

Comente aqui


No evento-teste de rúgbi, Brasil busca manter hegemonia sul-americana

unnamed(1)

Seleção feminina vai a campo com o objetivo de conquistar o 11º título consecutivo no torneio. Para o Comitê Rio 2016, o foco de atenção será o campo de jogo

 
04-03-2016

Além de propiciar o primeiro contato das jogadoras da seleção brasileira feminina de rúgbi com o Estádio de Deodoro, palco do esporte nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o evento-teste da modalidade, que será disputado neste fim de semana, tem outro significado fundamental para as jogadoras. Com oito seleções da América do Sul envolvidas, a competição servirá também como Campeonato Sul-Americano, no qual o Brasil defende uma hegemonia invejável.

Ao todo, são 10 títulos invictos e consecutivos para as Tupis, como são chamadas as jogadoras brasileiras. No Estádio de Deodoro, elas vão atrás do 11º, com o bônus de poder pisar no gramado olímpico pela primeira vez já no ano dos Jogos.

“Apesar de ser um evento-teste, para a gente tem um significado grande por ser o Sul-Americano. Somos 10 vezes campeãs e vamos atrás de mais um título”, comentou Paula Ishibashi, capitã das Tupis. “Está todo mundo na expectativa. Estamos loucas para entrar logo em campo”, revelou a jogadora.

Apesar do retrospecto imensamente favorável, as brasileiras querem mostrar que não estão acomodadas com a situação. “O Sul-Americano é sempre importante. Os outros países estão crescendo muito, mas queremos mostrar que continuamos evoluindo”, disse Julia Sardá, admitindo a ansiedade por atuar no Estádio de Deodoro. “Sentir o gostinho da Olimpíada nos dá ainda mais motivação.”

Neste sábado (04.03), as equipes disputam a fase de grupos do Sul-Americano. O Brasil está no Grupo A, ao lado de Venezuela, Uruguai e Peru. O Grupo B conta com Colômbia, Argentina, Chile e Paraguai. A primeira partida das brasileiras será contra as peruanas, às 10h. A equipe verde e amarela volta ao campo às 12h30 para enfrentar as uruguaias e encerra sua participação no primeiro dia do torneio contra as venezuelanas, às 16h30. A fase final do Sul-Americano será disputada toda no domingo (05.03), das 10h às 17h30.

Foco no campo de jogo

Para o Comitê Rio 2016, o principal ponto a ser testado durante os dois dias de competição do Campeonato Sul-Americano é justamente o campo de jogo. O fato de o Estádio de Deodoro ser uma instalação temporária e não estar 100% concluída ainda, segundo Agberto Guimarães, diretor executivo de esportes do Rio 2016, não muda os procedimentos adotados pelo comitê.

“A gente usa a mesma fórmula dos outros eventos. Testar o campo de jogo é importantíssimo para a gente, saber se está em condições ideais e o que precisa ser melhorado”, explicou Guimarães, citando outros pontos de atenção na instalação. “A operação de esportes, o gerenciamento da instalação e a parte de cronometragem e sistema de resultados. É o princípio básico de cada uma das nossas operações em eventos-teste”, acrescentou.

Vagner Vargas, brasil2016.gov.br

Ascom – Ministério do Esporte

Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

unnamed

Comente aqui


Mercedes-Benz Challenge: Cristian Mohr busca seu melhor resultado do ano na final em Interlagos

Clima é de otimismo na equipe Rsports Racing que segue na busca do vice-campeonato para o piloto catarinense. A corrida com pontos dobrados será neste domingo às 12h35

O Mercedes-Benz Challenge, campeonato monomarca nacional, terá neste domingo, 13 de dezembro, a definição do segundo título de sua história na categoria CLA AMG Cup e o quinto na C 250 Cup. A oitava e última etapa da temporada será disputada no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo (SP). Cristian Mohr, campeão da C 250 Cup em 2014, segue na terceira posição na tabela do campeonato no seu ano de estreia na CLA AMG Cup.

Existem chances matemáticas para que Cristian Mohr conquiste o vice-campeonato neste final de semana. Ele precisa vencer a etapa e o piloto Adriano Rabelo tem de chegar em 12º lugar para trás. Outra hipótese é de chegar em segundo lugar e o Adriano terminar de 15º lugar ou mais. O primeiro colocado é Fernando Junior com 114 pontos, seguido de Adriano Rabelo, 102 pontos e Cristian Mohr, 71 pontos.

A corrida de Interlagos terá 45 minutos de duração e mais uma volta, e vale pontuação dobrada. Com isso, Cristian quer um bom resultado, para tentar completar o ano entre os três primeiros na classificação geral. “A expectativa é boa principalmente se conseguirmos um acerto melhor que é o que a equipe está buscando para esta etapa e, também com um pouco mais de sorte, é claro. Nós temos grandes chances de fechar o ano de estreia na CLA AMG em terceiro lugar no campeonato e matematicamente podemos ser vice-campeões”, explica Cristian Mohr.

O piloto destaca que apesar dos contratempos está satisfeito com o desempenho na temporada a bordo do Mercedes CLA AMG 45 (#3). “Em resumo, acredito que perdemos a oportunidade de disputar o título por detalhes importantes que nos faltaram no decorrer da temporada e que devemos aprimorá-los para o próximo ano. Acho que por ser um ano de estreia, de adaptação, foi muito bom, pois dentre 24 competidores na CLA AMG Cup ocupar a terceira colocação até a última etapa é bem positivo”, ressalta Cristian.

Permanência na Mercedes-Benz Challenge

O piloto anunciou a permanência na Mercedes-Benz Challenge para a temporada 2015. Será o terceiro ano do piloto com a equipe Rsports Racing. “Pretendo continuar na MB Challenge na mesma categoria, inclusive estou em fase final de renovação com os patrocinadores. Vamos torcer para que dê tudo certo!”, comenta o piloto que conta com o apoio do Grupo Max Mohr, Votorantim Cimentos, Agemed – Planos de Saúde e WDCom..

“Quero encerrar o ano com chave de ouro nesta última etapa do campeonato! E que o meu pai (Max Mohr #225) também consiga fazer uma bela corrida!”, diz Cristian.

“Na Rsports Racing temos tranquilidade para desempenhar o nosso trabalho e sabemos que todas as oportunidades de melhoria devem beneficiar os dois carros. A equipe é uma só! Por isso, Quero agradecer o empenho da equipe e também a todos que me apoiaram ao longo deste ano”, conclui Cristian Mohr.

A programação terá início na sexta-feira (11), a partir das 14h40 com a primeira sessão de treino livre e duração de uma hora. No sábado (12), acontece o segundo treino livre às 14h50 e os classificatórios das categorias CLA AMG Cup às 17h20 e C250 Cup às 17h50, com duração de 20 minutos cada. No domingo (13), a corrida terá sua largada às 12h35.

A transmissão da oitava etapa será ao vivo no canal Band Sports e no site do Terra TV, domingo a partir das 12h20.

A equipe Rsports Racing conta com o patrocínio da Votorantim Cimentos, Grupo Max Mohr, Fiolux/Serwal, Copimaq e KingStar.

Confira a programação do final de semana em Interlagos (SP):

Sexta-feira, 11 de dezembro
08h00 – 08h10 – Shakedown Copa Petrobras
08h20 – 08h55 – 1o treino (Grupo 1) Copa Petrobras
09h00 – 09h35 – 1o treino (Grupo 2) Copa Petrobras
09h45 – 10h25 – 1o treino F3 Brasil
10h35 – 10h45 – Shakedown (Grupo 1) Stock Car
10h50 – 11h00 – Shakedown (Grupo 2) Stock Car
11h10 – 11h55 – 1o treino Brasileiro de Turismo
12h05 – 12h40 – 2o treino (Grupo 1) Copa Petrobras
12h45 – 13h20 – 2o treino (Grupo 2) Copa Petrobras
13h30 – 14h10 – 2o treino F3 Brasil
14h20 -14h30 – Classificação Copa Petrobras
14h40 – 15h40 – 1o treino MBC
15h50 – 16h50 – 1o treino (Grupo 1) Stock Car
16h55 – 17h55 – 1o treino (Grupo 2) Stock Car
18h05 – 18h25 – Classificação F3 Brasil

Sábado, 12 de dezembro
08h00 – 08h40 – 2o treino (Grupo 1) Stock Car
08h50 – 09h30 – 2o treino (Grupo 2) Stock Car
09h40 – 10h25 – 2o treino Brasileiro de Turismo
11h00 – Largada Corrida 1 F3 Brasil (30 minutos de prova + 1 volta)
12h00 – 13h00 – Classificação Stock Car
13h10 – 13h30 – Classificação Brasileiro de Turismo
13h40 – 14h40 – 2o treino (C250) MBC
14h50 – 15h50 – 2o treino (CLA AMG) MBC

16h40 – Largada Corrida 1 Copa Petrobras (25 minutos de prova + 1 volta )
17h20 – 17h40 – Classificação (C250) MBC
17h50 – 18h10 – Classificação (CLA AMG) MBC

19h00 – Stock Run

Domingo, 13 de dezembro
08h25 – Largada Brasileiro de Turismo (35 minutos de prova + 1 volta )
10h00 – Largada Stock Car (40 minutos + 1 volta)
11h00 – 11h50 – Visitação aos boxes para convidados e áreas VIPs
12h35 – Largada MBC (45 minutos de prova + 1 volta)
13h30 – 13h40 – Ação Seu Carro nas Pistas
14h20 – Largada Corrida 2 Copa Petrobras (25 minutos de prova + 1 volta )
15h00 – 16h00 – Visitação aos Boxes
16h35 – Largada Corrida 2 F3 Brasil (30 minutos de prova + 1 volta)

Classificação do campeonato após sete etapas da CLA AMG Cup:

CLA AMG Cup
1) Fernando Junior, 114
2) Adriano Rabelo, 102
3) Cristian Mohr, 71
4) Pierre Ventura, 61
5) Neto De Nigris, 56
6) Cesare Marrucci, 51
7) Carlos Kray, 48
8) Arnaldo Diniz Filho, 39
9) Fernando Fortes, 37
10) Roger Sandoval, 37
11) Peter Ferter, 35
12) Fernando Amorim, 34
13) Claudio Dahruj, 33
14) Marcelo Hahn, 29
15) Fernando Poeta, 28
16) Luiz Carlos Ribeiro, 27
17) Cesar Fonseca, 27
18) Beto Fonseca, 21
19) Victor Amorim, 19
20) Guilherme Daudt, 13
21) Danilo Pinto, 13
22) Jose Vitte, 10
23) Thiago Viana, 10
24) Rodney Felício, 9
25) Otavio Mesquita, 9
26) Christian Hahn, 8
27) Paulo Totaro, 8
28) Lorenzo/Paulo Varassin, 6

C 250 Cup
1) Peter Michel Gottschalk, 99
2) Luiz Sena Jr/Cleiton Campos, 97
3) Betinho Sartório, 94
4) Marcos Paioli/Peter Gottschalk, 87
5) Christian Germano, 69
6) Marcio Basso, 67
7) Max Mohr, 60
8) Flavio Andrade, 60
9) Beto Rossi, 52
10) Claudio Simão, 38
11) Edson Ferreira, 36
12) Roberto Santos, 25
13) Theo De Nigris, 20
14) Thiago De Nigris, 20
15) Mauricio Lund, 19
16) Bruno Mesquita, 17
17) Alline Cipriani, 16
18) Alberto Cattuci, 11
19) Carlos Alberto Guilherme, 7
20) Vinicius Simão, 5
21) A.Papazissis/A.Camacho, 4
22) Roberto Cirino, 3
23) Leo Jr/Lucca de Nigris, 3
24) C. Eduardo Placucci, 2

Calendário Mercedes-Benz Challenge 2015

Etapa 1 – Goiânia/GO – 22 de março
Etapa 2 – Ribeirão Preto/SP – 05 de abril
Etapa 3 – Curitiba/PR – 31 de maio
Etapa 4 – Santa Cruz do Sul/RS – 28 de junho
Etapa 5 – Goiânia/GO – 16 de agosto
Etapa 6 – Campo Grande/MS – 13 de setembro
Etapa 7 – São Paulo/SP – 15 de novembro

Etapa 8 – São Paulo/SP – 13 de dezembro

Mais informações:
Site:
www.rsportsracing.com.br
Facebook: RSports Racing
Twitter: @RsportsRacing

Fonte: Assessoria de Imprensa Equipe RSports Racing
SIG Comunicação | Silvana Grezzana Santos

Fotos: Claudio Kolodiziej/Photo Racing

patrocinios

Comente aqui